Chargement en cours...

Flash Player 9 (ou une version ultérieure) est nécessaire pour visualiser les présentations.
Il semblerait que Flash Player 9 ne soit pas installé sur votre ordinateur. Pour l'installer, cliquez ici.

Vous aimez cette présentation ? Pourquoi ne pas la partager !

Like this? Share it with your network

Share

Anarquismo

le

  • 18,513 vues

*O que é o Anarquismo

*O que é o Anarquismo
*Onde e como surgiu
*Principais Teóricos
*Características
*Curiosidades
*Críticas

Statistiques

Vues

Total des vues
18,513
Vues sur SlideShare
18,513
Vues externes
0

Actions

J'aime
5
Téléchargements
373
Commentaires
2

0 Ajouts 0

No embeds

Accessibilité

Détails de l'import

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Droits d'utilisation

© Tous droits réservés

Report content

Signalé comme inapproprié Signaler comme inapproprié
Signaler comme inapproprié

Indiquez la raison pour laquelle vous avez signalé cette présentation comme n'étant pas appropriée.

Annuler
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Êtes-vous sûr de vouloir
    Votre message apparaîtra ici
    Processing...
Poster un commentaire
Modifier votre commentaire

Anarquismo Presentation Transcript

  • 1. Anarquismo
  • 2. Anarquismo
  • 3. O que é o Anarquismo
    A Anarquia seria uma sociedade sem poder, dado que os indivíduos de uma dada sociedade, se auto-organizariam ______________ de tal forma que, ______________ garantiriam que todos ______________ teriam em todas as _________ circunstâncias a ______________ mesma capacidade de ______________ decisão.
    Anarquismo
  • 4. Onde e como surgiu
    A palavra tem origem no termo gregoánarkhos, cujo significado é, aproxi- madamente, "sem governo".
    Surgiu na França do séc. XIX em um período de ascensão do movimento operário.
    Podemos demarcar este período como indo da década de 40 à década de 70.
    Contudo, não há consenso entre os historiadores sobre as origens da ideologia anarquista. 
    Anarquismo
  • 5. Principais Teóricos
    Embora Gerard Winstanley e William Godwin tenham sido os pioneiros na exposição da filosofia do anarquismo, este trabalho foi iniciado primeiramente por quatro pessoas: um alemão, Max Stirner, um francês, Pierre-Joseph Proudhon, e dois russos, Michael Bakunin e Peter Kropotkin. 
    Eles captaram ideias que circulavam entre os trabalhadores e as expressaram na forma escrita. 
    Anarquismo
  • 6. Anarquismo
  • 7. Características
    Princípio da não-doutrinação
    Socialismo Libertário: uma ótica anarquista
    Humanismo
    Liberdade
    Internacionalismo
    Anarquismo
  • 8. Anarquismo no Brasil
    A doutrina chega ao país com os imigrantes europeus, por volta de 1850.
    A principal experiência brasileira é a Colônia Cecília dirigida entre 1890 e 1893 por imigrantes italianos.
    Durante grande parte da República Velha, a ideologia predomina no movimento operário, principalmente em São Paulo, no Rio de Janeiro e no Rio Grande do Sul.
     Em 1906 é organizado o Congresso Operário, no Rio de Janeiro, que define práticas de ação anarquista. 
    Entre 1909 e 1919 são criadas escolas para trabalhadores nos moldes da doutrina.
    As federações anarquistas comandam as grandes greves de 1917 (São Paulo), 1918 (Rio de Janeiro) e 1919 (São Paulo e Rio de Janeiro). Entre os principais militantes destacam-se Edgard Leuenroth, José Oiticica e Neno Vasco.
    Em 1919 é instituído o Partido Comunista Anarquista. Com a fundação do Partido Comunista, em 1922, o anarquismo perde força, principalmente no movimento operário.
    Anarquismo
  • 9. Países anarquistas
    O movimento anarquista na Nova Zelândia, ou Aotearoaé pequeno, mas mostra alguns sinais encorajantes. No momento, há grupos anarquistas funcionando em diversos locais.
    Christiania, na Dinamarca, também desenvolve várias atividades com o objetivo de contestar o sistema capitalista e divulgar as idéias anarquistas.
    Anarquismo
  • 10. Curiosidades
    Pouca gente sabe, mas um dos primeiros clubes do Brasil foi criado em Santos (cidade portuária que foi a porta de entrada de muitos anarquistas), lá no início do século, por imigrantes europeus. O nome do time era Libertários Futebol Clube, e suas cores vermelhas e negras. A sede, ainda existe e consta o nome do clube numa placa, no bairro do Campo Grande. Ainda existe um senhor vivo, o “seu Silvio”, ex-sócio do clube (a maioria morreu), com muita documentação e histórias para contar do Libertários F.C.
    Anarquismo
    Na Croácia, existia, ou existe, um clube fundado por anarquistas, se chamava “Anarco”. E tem muitas histórias de clubes que fizeram resistência ao fascismo. Como o “Dínamo de Kiev”, que morreram fuzilados pelos nazistas por haver vencido a seleção do III Reich, apesar de que haviam sido advertidos que deveriam perder.
    Tem mais, equipes como o Barcelona e o Atlético de Bilbao foram símbolos de resistência anti-franquista. No Maio de 68, os jovens revolucionários do “Footballer’sActionCommitte” ocuparam a Federação Francesa de Futebol, e leram um manifesto muito atual com criticas a profissionalização do futebol, e a rigidez dos técnicos, cartolas.
    Na Argentina, alguns jogadores anarquistas que pertenciam a FORA, chegaram a vestir a camisa da seleção portenha. Na Argentina, a história do futebol é muito parecida com a do Brasil. Lá, surgiram clubes “barriales” criados por socialistas e anarquistas. Por exemplo, o “Clube Mártires de Chicago”, em homenagem aos operários enforcados nos Estados Unidos por lutarem pela jornada de oito horas de trabalho. Foi o núcleo que anos depois passou a ser chamar o hoje conhecido “Argentino Juniors”. Também o clube “Porvenir” teve a mão dos utopistas. O “ChacaritaJuniors” nasceu numa biblioteca libertária num Primeiro de Maio, em 1906. Com camisetas vermelhas, negras e brancas O “Newell’sOld Boys, foi fundado em homenagem a Newell, que era anarquista. A camisa do NOB é vermelha e negra. O time “Nueva Chicago”, usava um uniforme verde e negro.
  • 11. Arnacopunk
    É uma vertente do movimento punk que consiste de bandas, grupos e indivíduos que promovem políticas anarquistas.
    O termo "anarcopunk" é algumas vezes aplicado exclusivamente a bandas que fizeram parte do movimento anarcopunk original no Reino Unido na década de 1970 e 1980, como Crass, Conflict, Flux of Pink Indians, Subhumans, Poison Girls e Oi Polloi.
    Alguns utilizam o termo mais amplamente para se referir a qualquer música punk com conteúdo anarquista em sua letra. Essa definição mais ampla inclui bandas  Crust punk e bandas d-beat como Discharge, e podem incluir bandas de hardcore punk dos EUA, como MCD, artistas de folk como The Bike Is a PipeBombou artistas em outros subgêneros
    http://www.youtube.com/watch?v=27qFtGYGXp0&feature=related
    Anarquismo
  • 12. Críticas
    Negativa
    POSITIVA
    Infelizmente nunca demonstrou eficácia positiva, no sentido de melhorar as relações humanas e os problemas sociais.
    Anarquismo é uma utopia. É da natureza do homem disputar o poder e o mais forte se sobrepor ao mais fraco. Uma forma ou outra de organização sempre haverá, por mais que se tente suprimir o Estado, sempre existirão regras e leis.
    Para anarquistas, socialismo libertário, comunismo libertário, e anarquismo são virtualmente idênticos.
    Cada individuo é consciente de suas atitudes (se auto governa).
    Anarquismo
  • 13. Anarquismo