Successfully reported this slideshow.

NOS DIAS ATUAIS O SOBREPESO E A OBESIDADE É UM PROBLEMA DE ÂMBITO MUNDIAL.

455 vues

Publié le

SOMOS OBRIGADOS A DIMINUIR ESSES CUSTOS, SOB PENA DE INVIABILIZAR O ATENDIMENTO E ATÉ MESMO OS FATORES LIGADOS AOS CUSTOS COMO A APOSENTADORIA.ESTE FATO SE CONSIDERADO O AUMENTO DA POPULAÇÃO DO PLANETA, INVIABILIZARÁ TODO E QUALQUER ESFORÇO PARA MANTER A QUALIDADE DE VIDA DOS HABITANTES DO PLANETA, POIS EM SE CONSIDERANDO OS CUSTOS PARA ISTO, NÃO EXISTEM PAÍSES OU FEDERAÇÕES QUE POSSA SUPORTAR TAMANHOS ENCARGOS.

Publié dans : Santé & Médecine
  • Soyez le premier à commenter

  • Soyez le premier à aimer ceci

NOS DIAS ATUAIS O SOBREPESO E A OBESIDADE É UM PROBLEMA DE ÂMBITO MUNDIAL.

  1. 1. NOS DIAS ATUAIS O SOBREPESO E A OBESIDADE (SOBREPESO, OBESIDADE, OBESIDADE ABDOMINAL, INTRA-ABDOMINAL, CENTRAL, VISCERAL) É UM PROBLEMA DE ÂMBITO MUNDIAL,COM GASTOS SIGNIFICATIVOS PARA QUALQUER SISTEMA DE PREVIDÊNCIA. SOMOS OBRIGADOS A DIMINUIR ESSES CUSTOS, SOB PENA DE INVIABILIZAR O ATENDIMENTO E ATÉ MESMO OS FATORES LIGADOS AOS CUSTOS COMO A APOSENTADORIA.ESTE FATO SE CONSIDERADO O AUMENTO DA POPULAÇÃO DO PLANETA, INVIABILIZARÁ TODO E QUALQUER ESFORÇO PARA MANTER AQUALIDADE DE VIDA DOS HABITANTES DO PLANETA, POIS EM SE CONSIDERANDO OS CUSTOS PARA ISTO, NÃO EXISTEM PAÍSES OU FEDERAÇÕES QUE POSSA SUPORTAR TAMANHOS ENCARGOS. A crescente prevalência de sobrepeso e obesidade (sobrepeso, obesidade, obesidade abdominal, intra-abdominal, central, visceral) necessita abordagens eficazes para perda de peso desde os primeiros cuidados e em ambientes comunitários. Comparamos a perda de peso com o tratamento padrão desde os primeiros cuidados com a obtida após o encaminhamento pela equipe de primeiros cuidados a uma organização, na comunidade. Os adultos com sobrepeso e obesidade (sobrepeso, obesidade,obesidade abdominal, intra-abdominal, central, visceral) foram recrutados através de práticas de atenção primária. Os participantes foram distribuídos aleatoriamente para receber 12 meses de tratamento padrão, conforme definido pelas diretrizes nacionais de tratamento, ou 12 meses de livre adesão a uma organização , e acompanhados por 12 meses. O desfecho primário foi a mudança de peso em 12 meses. Cerca de 50% dos participantes foram orientados a seguirem as orientações da organização, dos quais 61%
  2. 2. concluíram a avaliação de 12 meses, e dos 50% que foram designados para o tratamento padrão, somente 54% concluíram a avaliação de 12 meses. Em todas as análises, os participantes no grupo da organização perderam peso, tanto quanto aqueles no grupo de tratamento padrão. O encaminhamento por primeiros cuidados de saúde profissional para uma organização de perda de peso que fornece regularmente aconselhamento sobre o peso, orientações dietéticas, orientações sobre atividade física, motivação e apoio de um grupo pode oferecer uma intervenção precoce clinicamente útil para a gestão de peso em pessoas com sobrepeso eobesidade (sobrepeso, obesidade, obesidade abdominal, intra- abdominal, central, visceral) e pode ser empregada em larga escala. A obesidade é um problema mundial de saúde, com uma estimativa de 1 bilhão de pessoas em todo o mundo com excesso de peso, sendo que destes mais de 300 milhões apresentam obesidade I. O excesso de peso gera 44% de casos de diabetes, 23% de doenças isquêmicas do coração, e de 7 a 41% de alguns tipos de neoplasias. Uma perda de peso de 5 a 10% está associada a benefícios para a saúde clinicamente significativos, incluindo uma redução nos fatores de risco para diabetes e doenças cardiovasculares. Existem várias intervenções para a perda de 5 a 10% do peso, mas poucas podem ser empregadas em larga escala. As intervenções eficazes para tratar este problema com cuidados primários ou em ambientes comunitários são urgentemente necessárias.
  3. 3. AUTORES PROSPECTIVOS Dr. João Santos Caio Jr. Endocrinologia – Neuroendocrinologista CRM 20611 Dra. Henriqueta V. Caio Endocrinologista – Medicina Interna CRM 28930 Como Saber Mais: 1. A crescente prevalência de sobrepeso e obesidade (sobrepeso, obesidade, obesidade abdominal, intra-abdominal, central, visceral) necessita abordagens eficazes para perda de peso nos cuidados primários e ambientes comunitários... http://controladaobesidade.blogspot.com 2. Comparamos a perda de peso com o tratamento padrão nos cuidados primários com a obtida após o encaminhamento pela equipe de cuidados primários a um programa comercial, como os Vigilantes do Peso, na comunidade... http://imceobesidade.blogspot.com 3. Uma perda de peso de 5 a 10% está associada a benefícios para a saúde clinicamente significativos, incluindo uma redução nos fatores de risco para diabetes e doenças cardiovasculares... http://gorduraabdominal.blogspot.com AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA. Referências Bibliográficas: Dr. João Santos Caio Jr Diretor científico, Dra. Henriqueta Verlangieri Caio, Diretora Clínica – Van Der Häägen Brazil, São Paulo – Brasil. Dr Susan Jebb PhD A uma, Amy L Ahern um PhD, Ashley Olson MA D a, Louise M Aston um PhD, Christina Holzapfel PhD b, Julia Stoll MSc b, Ulrike Amann-Gassner PhD b, Annie E Simpson DipAppSci [Nurs] c, Nicholas R Fuller MND c, Suzanne Pearson PhD c, Lau Namson
  4. 4. FRACP S c, Adrian P Mander PhD d, Prof Hans Hauner MD b, Prof Ian D Caterson FRACP c; WHO. Global health risks: mortality and burden of disease attributable to selected major risks. Geneva: World Health Organization, 2009; Klein S, Burke LE, Bray GA, et al. Clinical implications of obesity with specific focus on cardiovascular disease: a statement for professionals from the American Heart Association Council on Nutrition, Physical Activity, and Metabolism: endorsed by the American College of Cardiology Foundation. Circulation 2004; 110: 2952-2967; Knowler WC, Barrett-Connor E, Fowler SE, et al. Reduction in the incidence of type 2 diabetes with lifestyle intervention or metformin. N Engl J Med 2002; 346: 393-403; Franz MJ, VanWormer JJ, Crain AL, et al. Weight-loss outcomes: a systematic review and meta-analysis of weight-loss clinical trials with a minimum 1-year follow-up. J Am Diet Assoc 2007; 107: 1755-1767; Ahern A, Olson A, Aston L, Jebb S. Weight Watchers on prescription: an observational study of weight change among adults referred to Weight Watchers by the NHS. BMC Public Health 2011; 11: 434; 6 Lavin JH, Avery A, Whitehead SM, et al. Feasibility and benefits of implementing a slimming on referral service in primary care using a commercial weight management partner. Public Health 2006; 120: 872-881; Heshka S, Anderson JW, Atkinson RL, et al. Weight loss with self-help compared with a structured commercial program: a randomized trial. JAMA 2003; 289: 1792-1798; Truby H, Baic S, deLooy A, et al. Randomised controlled trial of four commercial weight loss programmes in the UK: initial findings from the BBC “diet trials”. BMJ 2006; 332: 1309- 1314; Rock CL, Pakiz B, Flatt SW, Quintana EL. Randomized trial of a multifaceted commercial weight loss program. Obesity (Silver Spring) 2007; 15: 939-949; Tsai AG, Wadden TA. Systematic review: an evaluation of major commercial weight loss programs in the United States. Ann Intern Med 2005; 142: 56-66. The Lancet, publicação on-line precoce, 08 de setembro 2011doi: 10.1016/S0140-6736 (11) 61.344. Contato: Fones: 55 11 5087-4404 ou 96197-0305 Nextel: ID:111*101625 Rua Estela, 515 - Bloco D - 12º andar - Conj. 121/122 Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002 e-mails: drcaio@vanderhaagenbrasil.com drahenriqueta@vanderhaagenbrasil.com vanderhaagen@vanderhaagenbrasil.com Site Van Der Häägen Brazil www.vanderhaagenbrazil.com.br www.clinicavanderhaagen.com.br www.crescimentoinfoco.com www.obesidadeinfoco.com.br http://drcaiojr.site.med.br http://dracaio.site.med.br Joao Santos Caio Jr http://google.com/+JoaoSantosCaioJr Video
  5. 5. http://youtu.be/woonaiFJQwY Google Maps: http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl= pt&sll=-23.578256,46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie =UTF8&ll=-23.575591,- 46.650481&spn=0,0&t = h&z=17

×