Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.

Monitoramento do Horizonte Tecnológico em Saúde no Mundo

260 vues

Publié le

Rosimary Almeida

Publié dans : Santé & Médecine

Monitoramento do Horizonte Tecnológico em Saúde no Mundo

  1. 1. Rosimary T. Almeida Profa. Assoc. do PEB - COPPE/UFRJ Coordenadora do NATS do Complexo Hospitalar da UFRJ CONITEC 5 anos – 5 Dez. 2016 Monitoramento do Horizonte Tecnológico em Saúde no Mundo e no Brasil
  2. 2. CONITEC 5 anos 2 Sumário  O que é monitoramento do horizonte?  Necessidade de monitorar  Monitoramento do horizonte tecnológico (MHT) em saúde  MHT em saúde no mundo  MHT em saúde no Brasil
  3. 3. CONITEC 5 anos 3 O que é monitoramento do horizonte tecnológico?  O MHT, termo adaptado do inglês – horizon scanning, não consiste em fazer previsões, mas sim na investigação metódica de evidências que assegurem uma preparação adequada e resiliente das oportunidades e das ameaças futuras. (UK Government, 2016)  Surgiu no início do século XX, sendo utilizado pelo Comitê Imperial de Defesa da Inglaterra, passando a ser utilizado em negócios desde a década de 1960, nas decisões de políticas e de prestação de serviço. (Cabinet Office and Government Office for Science, 2016; PARKER et al., 2014; Health and Safety Executive, 2016)
  4. 4. CONITEC 5 anos 4 O que é monitoramento do horizonte tecnológico? Princípios básicos do MHT na definição do UK Government Office for Science: “A análise sistemática das potencialidades, ameaças, oportunidades e prováveis desenvolvimentos incluindo, mas não restrito, aos que estão à margem do pensamento e planejamento atual. O MHT pode explorar questões novas e inesperadas, bem como problemas ou tendências persistentes”. (citado em URQUHART e SAUNDERS, 2016)
  5. 5. CONITEC 5 anos 5 Necessidade de monitorar o horizonte tecnológico  As decisões políticas podem ser desastrosas caso ocorram falhas na identificação e na resposta a problemas não identificados no processo de decisão.  A European Environment Agency (2001) fez um levantamento de temas que sofreram atraso na identificação e na ação de reparo, provocando prejuízos desnecessários à saúde ou ao meio ambiente. Conclusão é de existe “a necessidade de pesquisar e monitorar “alertas precoces" e lidar com pontos cegos e lacunas no conhecimento científico".
  6. 6. CONITEC 5 anos 6 Necessidade de monitorar o horizonte tecnológico  HOLMES e CLARK (2008) apontam que “a ciência não atua suficientemente nas fases iniciais do processo de decisão política, o que dificulta a identificação das lacunas do conhecimento”.  A Inglaterra vem tentando mudar está realidade com um forte investimento na criação e manutenção de agências de monitoramento, bem como, na formação de grupos especiais nos órgão de governo para atuarem em conjunto com essas agências, visando melhorar o processo de tomada de decisão em diferentes áreas estratégicas, tais como: energia, alimento, meio ambiente, saúde entre outros.
  7. 7. CONITEC 5 anos 7 MHT no setor saúde  O potencial do monitoramento do horizonte na proteção e melhoria da saúde é evidenciado pelo surgimento de vários sistemas desenvolvidos internacionalmente (European Commission, 2016; BROOKS et al., 2013; KELLER, et al.,2009).  De fato, é cada vez mais aceito como o estágio inicial na formulação de políticas nos governos do Reino Unido, União Europeia, Austrália e Nova Zelândia e Indonésia. (SUTHERLAND et al., 2016; SUTHERLAND E WOODROOF, 2009; EUROPEAN COMMISSION, 2016)
  8. 8. CONITEC 5 anos 8 MHT no setor saúde Diagrama das inter-relações entre as fases principais do ciclo de vida de uma tecnologia em saúde em um Sistema de MHT.
  9. 9. CONITEC 5 anos 9 MHT no setor saúde no mundo  A primeira rede internacional de MHT em saúde, foi criada em 1999 por um grupo de agências da Europa e Canadá.  EuroScan – The International Information Network on New and Emerging Health Technologies contempla a participação de agências de outras regiões do mundo, em um total de 18, incluindo Brasil.  Tem por objetivo trocar informação e desenvolver metodologia para identificação e avaliação precoce das tecnologias em saúde. (SIMPSON et al., 2008)
  10. 10. CONITEC 5 anos 10 MHT no setor saúde no mundo https://www.euroscan.org/methods/methods-toolkit/
  11. 11. CONITEC 5 anos 11 MHT no setor saúde no Brasil  No Brasil, esta iniciativa foi desenvolvida a partir de 2008, no âmbito da Rede Brasileira de Avaliação de Tecnologia em Saúde – REBRATS.  Proposta preliminar de MHT/2011:  Definição do cliente – órgão incorporador (CONITEC);  Tipo de tecnologia – problemas prioritários para o SUS;  Horizonte de tempo – a ser definido pelo cliente.
  12. 12. CONITEC 5 anos 12 MHT no setor saúde no Brasil  Marco legal para a implantação de um sistema de MHT no Brasil é dado pelo Decreto no. 7797 de 30 de agosto de 2012, que cria o DGITS.  A partir desse decreto oficializa-se a atribuição do DGITS de coordenar as ações de monitoramento de tecnologias novas e emergentes, visando à antecipação de demandas de tecnologias a serem incorporadas, bem como, a indução da inovação tecnológica.
  13. 13. CONITEC 5 anos 13 MHT desafios  Definir uma estratégia de ação para um sistema de MHT.  Elaboração de metodologia de forma participativa, envolvendo atores estratégicos nas diferentes etapas do processo (Nascimento, 2016).  Acesso a fontes locais de dados sobre as tecnologias emergentes.  Capacitação de pessoal para desenvolver as atividades de MHT.
  14. 14. CONITEC 5 anos 14 Finalmente….  Parabéns a toda a equipe da CONITEC pelos 5 anos de trabalho árduo e de aprimoramento da PNGTS.  Agradeço pela confiança e colaboração que temos tido durante estes +5 anos.  Desejo muita motivação a toda a equipe, pois “Atenção Tudo é perigoso Tudo é divino maravilhoso Atenção para o refrão É preciso estar atento e forte Não temos tempo de temer a morte” Divino e Maravilhoso (Caetano Veloso)
  15. 15. CONITEC 5 anos 15 Obrigada! rosal@ufrj.br http://www.peb.ufrj.br

×