Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.

Nr18

8 373 vues

Publié le

Breve resumo da NR 18.

Publié dans : Ingénierie
  • Identifiez-vous pour voir les commentaires

Nr18

  1. 1. A Norma Regulamentadora nº 18 do Ministério do Trabalho está vinculada às condições e o ambiente de trabalho, estabelecendo regras e diretrizes para implementação de sistemas de prevenção e segurança e medidas de controle tanto nos processos, como nas condições e no ambiente de trabalho da indústria de construção. Possui normas aplicáveis desde as áreas de vivência dos funcionários no ambiente de trabalho até normas mais específicas para estruturas de concreto e metal, escavações, demolições, proteção contra quedas e altura, entre diversos outros conteúdos.
  2. 2. 18.1 Objetivo e Campo de Aplicação 18.2 Comunicação Prévia 18.3 Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção - PCMAT 18.4 Áreas de Vivência 18.5 Demolição 18.6 Escavações, Fundações e Desmonte de Rochas 18.7 Carpintaria 18.8 Armações de Aço 18.9 Estruturas de Concreto 18.10 Estruturas Metálicas 18.11 Operações de Soldagem e Corte a Quente 18.12 Escadas, Rampas e Passarelas 18.13 Medidas de Proteção contra Quedas de Altura 18.14 Movimentação e Transporte de Materiais e Pessoas 18.15 Andaimes e Plataformas de Trabalho 18.16 Cabos de Aço e Cabos de Fibra Sintética 18.17 Alvenaria, Revestimentos e Acabamentos 18.18 Telhados e Coberturas 18.19 Serviços em Flutuantes 18.20 Locais Confinados 18.21 Instalações Elétricas 18.22 Máquinas, Equipamentos e Ferramentas Diversas 18.23 Equipamentos de Proteção Individual 18.24 Armazenagem e Estocagem de Materiais 18.25 Transporte de Trabalhadores em Veículos Automotores 18.26 Proteção Contra Incêndio 18.27 Sinalização de Segurança 18.28 Treinamento 18.29 Ordem e Limpeza 18.30 Tapumes e Galerias 18.31 Acidente Fatal 18.32 Dados Estatísticos (Revogado pela Portaria SIT 237/2011) 18.33 Comissão Interna de Prevenção de Acidentes CIPA nas empresas da Indústria da Construção 18.34 Comitês Permanentes Sobre Condições e Meio Ambiente do Trabalho na Indústria da Construção 18.35 Recomendações Técnicas de Procedimentos RTP 18.36 Disposições Gerais 18.37 Disposições Finais 18.38 Disposições Transitórias 18.39 Glossário
  3. 3. COMUNICAÇÃO PRÉVIA: 18.2.1. É obrigatória a comunicação à Delegacia Regional do Trabalho, antes do início das atividades, das seguintes informações. Endereço correto da obra; Endereço correto e qualificação do contratante, empregador ou condomínio; Número máximo previsto de trabalhadores na obra. Datas previstas do início e conclusão da obra; Tipo de obra;
  4. 4. PROGRAMA DE COMUNICAÇÃO E MEIO AMBIENTE DE TRABALHO NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO - PCMAT: Treinamentos aos envolvidos na atividade, com carga horária mínima de 6h. Contendo as atividades operacionais; Resgate e Primeiros socorros. Mantido a disposição do órgão regional do Ministério do Trabalho – MTb; A implementação é de responsabilidade do empregador ou condomínio. Elaborado e executado por profissional legalmente habilitado na área de segurança do trabalho, antes do início das atividades. É obrigatório nos estabelecimentos com 20 funcionários ou mais. Contemplar as exigências da NR 9.
  5. 5. *Instalações sanitárias *Vestiário *Local de refeições; *Cozinha, quando houver preparo de refeições. *Ambulatório, quando se tratar de frentes de trabalho com 50 (cinquenta) ou mais trabalhadores. *Alojamento; *Lavanderia; *Área de lazer. Obrigatório onde houver trabalhadores alojados
  6. 6. *Instalações sanitárias *Vestiário *Local de refeições; *Cozinha, quando houver preparo de refeições. *Ambulatório, quando se tratar de frentes de trabalho com 50 (cinquenta) ou mais trabalhadores. *Alojamento; *Lavanderia; *Área de lazer. Obrigatório onde houver trabalhadores alojados QUAL NORMA REGULAMENTADORA, ABORDA DIRETAMENTE AS CONDIÇÕES SANITÁRIAS E DE CONFORTO NOS LOCAIS DE TRABALHO?
  7. 7. Profissionais de acabamento (marceneiros, ceramistas, vidraceiros, gesseiros, azulejistas, pintores, marmoristas). Deverão realizar o treinamento de integração e obter a certificação, com carga horária mínima de 6 horas, TODOS OS TRABALHADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL, tais como: Pedreiros. Serventes. Carpinteiros. Eletricistas. Encanadores. Engenheiros Civis, Arquitetos. Técnicos e Engenheiros de Segurança do Trabalho. QUEM DEVE FAZER O TREINAMENTO DE NR-18?
  8. 8. CERTO OU ERRADO?
  9. 9. O CA é muito importante, pois é uma garantia de que o equipamento passou nos testes que o fabricante fez e está apto para ser vendido e com a certeza que garantirá a segurança, integridade física e a saúde do trabalhador que o usar.
  10. 10. Tem a função de escavar valas e redes; Transportar materiais e carregar caminhões. Tem a função de fazer movimentação de cargas na hora com o braço hidraúlico. Prepara concreto ou mistura as argamassas.
  11. 11. Máquina de demolição utilizada para quebrar e perfurar materiais resistentes. Uso em serralherias, oficinas, montagens de estruturas leves, etc. Serve para realizar grandes cortes em diversos tipos de materiais.
  12. 12. Segundo o item 18.36.5, da NR 18 quanto a escadas: a) As escadas de mão portáteis e corrimão de madeira não devem apresentar farpas, nós, saliências, emendas ou pinturas na madeira; b) As escadas fixas, tipo marinheiro, devem ser presas no topo e na base; c) As escadas fixas, tipo marinheiro, de altura superior a 5,00m (cinco metros), devem ser fixadas a cada 3,00m (três metros).
  13. 13. Trabalho em altura – Andaimes • De acordo com a NBR 6494 / 1990, podemos definir andaimes como plataformas destinadas à elaboração de trabalhos em lugares elevados. • Podemos identificar os seguintes tipos de andaimes: simplesmente apoiados, fachadeiros, móveis, em balanço, suspensos mecânicos e cadeira suspensa. • Para evitar acidentes, é importante olhar para os diferentes tipos de andaimes de construção civil e escolher aquele que é mais adequado ao terreno e às características do trabalho.
  14. 14. ATO INSEGURO: O Ministério do Trabalho, através da Portaria nº. 84 de 04/03/2009, “FIM DO ATO INSEGURO”, alínea "b" do item 1.7 da NR 1. CONDIÇÃO INSEGURA “ERRO ou FALHA HUMANA” + CONDIÇÃO INSEGURA
  15. 15. Sofrimento físico. Desamparo a família. Morte. Deficiência física, incapacidade para o trabalho.
  16. 16. Disposições gerais  Inspeção, limpeza, ajuste e reparo somente devem ser executados com a máquina ou o equipamento desligado, salvo se o movimento for indispensável à realização da inspeção ou ajuste;  As ferramentas manuais não devem ser deixadas sobre passagens, escadas, andaimes e outras superfícies de trabalho ou de circulação, devendo ser guardadas em locais apropriados, quando não estiverem em uso; 18.36.2. Quanto às máquinas, equipamentos e ferramentas diversas:
  17. 17. REFERÊNCIAS  Segurança e Medicina do Trabalho, 76º edição, São Paulo, 2015, Editora Atlas S.A;  http://revistacipa.com.br;  http://pt.slideshare.net;  http://www.guiatrabalhista.com.br;  http://www.mtps.gov.br;  https://consultaca.com/home;  Imagens: https://www.google.com.br.
  18. 18. “ A maior recompensa do nosso trabalho, não é o que nos pagam por ele, mas em o que ele nos transforma”.

×