Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.
Um modelo de infraestrutura
colaborativa para as Ciências Sociais e
Humanas
Marie Pellen
OpenEdition
38 instituições
15 países
• Uma infraestructura colaborativa europeia para
a promoção da comunicação científica aberta em
CSH
• Uma coordenação asse...
• Multiplicidade dos atores em CHS
• Recursos dispersos
• Especificidade da escrita nas CHS
• Importância do papel de edit...
• Construção de uma rede internacional
• Definição de uma agenda mútua:
– Importância da bibliodiversidade
– Interoperabil...
Cinco plataformas de livros:
• EKT
• Göttingen University Press
• OAPEN
• OpenEdition Books
• Ubiquity Press
Type of service Type of data Technology or Standards
Identification
Authors ID ORCID
Documents ID DOI
Entity
recognition
N...
• Advocacy: DOI: 10.5281/zenodo.1324035
• Best Pratices in OA Scholarly Publishing: em breve
• Common Standards: DOI: 10.5...
Obrigada
marie.pellen@openedition.org
operas.hyptoheses.org
OPERAS: Um modelo de infraestrutura colaborativa para as Ciências Sociais e Humanas
Prochain SlideShare
Chargement dans…5
×

OPERAS: Um modelo de infraestrutura colaborativa para as Ciências Sociais e Humanas

87 vues

Publié le

OPERAS: Um modelo de infraestrutura colaborativa para as Ciências Sociais e Humanas - Marie Pellen, OpenEdition

Publié dans : Formation
  • Soyez le premier à commenter

OPERAS: Um modelo de infraestrutura colaborativa para as Ciências Sociais e Humanas

  1. 1. Um modelo de infraestrutura colaborativa para as Ciências Sociais e Humanas Marie Pellen OpenEdition
  2. 2. 38 instituições 15 países
  3. 3. • Uma infraestructura colaborativa europeia para a promoção da comunicação científica aberta em CSH • Uma coordenação assegurada por um core group com 9 membros • Os parceiros em Portugal e no Brasil: Universidade de Coimbra (cg), ISCTE-IUL, FCSH.Nova, SciELO Brasil O que é a OPERAS?
  4. 4. • Multiplicidade dos atores em CHS • Recursos dispersos • Especificidade da escrita nas CHS • Importância do papel de editora Porque OPERAS?
  5. 5. • Construção de uma rede internacional • Definição de uma agenda mútua: – Importância da bibliodiversidade – Interoperabilidade – Implementação de projetos exploratórios Quais objetivos para a OPERAS?
  6. 6. Cinco plataformas de livros: • EKT • Göttingen University Press • OAPEN • OpenEdition Books • Ubiquity Press
  7. 7. Type of service Type of data Technology or Standards Identification Authors ID ORCID Documents ID DOI Entity recognition Named entities Entity-fishing Certification Peer Review process DOAB PR types License Creative Commons Annotation Open peer review hypothes.is Open Commentary hypothes.is Usage metrics Downloads COUNTER Citations/Reviews Crossref - Google Scholar Social media impact ALM
  8. 8. • Advocacy: DOI: 10.5281/zenodo.1324035 • Best Pratices in OA Scholarly Publishing: em breve • Common Standards: DOI: 10.5281/zenodo.1324065 • Mutlilingualism: DOI: 10.5281/zenodo.1324025 • OA Business Models: DOI: 10.5281/zenodo.1323707 • Platforms and Services: DOI: 10.5281/zenodo.1324058 • Tools Research and Development: DOI: 10.5281/zenodo.1324109 • https://operas.hypotheses.org/ Sete grupos de trabalho 7 white papers
  9. 9. Obrigada marie.pellen@openedition.org operas.hyptoheses.org

×