Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.

20161014 Workshop :A RLCPU

A Development Workshop Angola, em parceria com a Rede de Luta Contra Pobreza Urbana ,apresentou o workshop sobre O Direito a Cidade, que se realizou na Sexta-feira, dia 14 de Outubro, às 14:00 no Anfiteatro da Faculdade de Arquitectura, Av. Ho Chi Minh. O Workshop teve como objectivo Promover uma reflexão com actores chaves e comunidades para partilhar conhecimentos e experiências e identificar consensos que permitam uma convivência mais inclusiva e com iguais oportunidades de desenvolvimento. Pretende-se também que seja uma oportunidade de estreitamento de relações entre diversos actores da sociedade civil, academia, governo e sector privado que actuam nesta área.

  • Soyez le premier à commenter

  • Soyez le premier à aimer ceci

20161014 Workshop :A RLCPU

  1. 1. PROMOVENDO PARTICIPAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO REDE DE LUTA CONTRA POBREZA URBANA
  2. 2. Quem somos? A RLCPU – é uma Plataforma das Organizações da sociedade civil sedeada nas zonas Peri-urbanas da província de Luanda. Congrega, organizações da sociedade civil (ONGs, Associações e Grupos de Jovens e de Mulheres com acção em Luanda), pessoas singulares e visa essencialmente influenciar politica públicas e programas de redução da pobreza .
  3. 3. ESTRUTURA ORGANIZACIONAL Coordenações
  4. 4. Estratégias de Implementação Monitoria do contexto de pobreza, Fazendo monitoria sobre os serviços sociais básicos, principalmente:  Água, saneamento básico, saúde, Educação, habitação, alimentação, energia, segurança alimentar, emprego e gestão ambiental. Promover debates sobre pobreza, Os debate , em 3 níveis: Comunitário, municipal e provincial e Aproveitando os espaços já existentes: Fóruns Municipais, Conferencias da SC e CACs, quando possível
  5. 5. OS DESAFIOS DE HABITAÇÕES NAS ÁREAS PERI-URBANAS DE LUANDA PARTICIPAÇÃO DOS CIDADÃOS NAS POLITICAS HABITACIONAIS:
  6. 6. A participação dos cidadão em politicas públicas estão garantidos na Lei Constitucional e leis ordinários. Espaços de participação institucional (CACS, Conselho da Juventude e Conselho da Família) e comunitárias (Fóruns e Conferencias da Sociedade Civil). PARTICIPAÇÃO DOS CIDADÃOS NAS POLITICAS HABITACIONAIS
  7. 7. PARTICIPAÇÃO DOS CIDADÃOS NAS POLITICAS HABITACIONAIS: CASO CAZENGA E SAMBIZANGA. Das consultas (pesquisas) realizadas pela Rede de Luta Contra Pobreza neste dois Municípios confirmaram que houve encontros de apresentação dos projectos habitacionais nos CACS e encontros alargados com diferentes líderes de opiniões, a nivel Local. 
  8. 8. OS DESAFIOS DE HABITAÇÕES NAS ÁREAS PERI- URBANAS DE LUANDA Das pesquisas realizadas pela RLCPU, dão conta que as iniciativas do Governo trouxeram grandes expectativas junto da População. As modalidades de acesso a esses projectos continuam sendo o maior desafio devido a fraca capacidade de poder aquisitivo na maioria das famílias residentes nas zonas dos projectos. ausencia de infra-estruturas de saneamento básico, a degradação da maioria de vias de acesso no interior dos bairros por falta de investimento, alterou a qualidade de vida dos moradores.
  9. 9. OS DESAFIOS DE HABITAÇÕES NAS ÁREAS PERI- URBANAS DE LUANDA O crescimento e surgimento de novos bairros sem devido acompanhamento por parte das autoridades locais. Água saneamento continua a ser um dos grandes desafios nas area peri-urbana de Luanda principalmente a recolha do lixo.
  10. 10. Considerações finais Maior envolvimento de cidadão no desenho das políticas habitacionais. Para melhorar a qualidade das intervenções. Inclusão das zonas peri-urbanas nas prioridades orçamentais. Isso vai permitir recuperar ou manter as estruturas antigas e projectar as novas. 
  11. 11. RLCPU MUITO OBRIGADO

×