Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.

A IRA DE DEUS

398 vues

Publié le

Aula ministrada aos jovens da UMP da IPB em C.A.E. Carvalho.

Publié dans : Spirituel
  • Soyez le premier à commenter

  • Soyez le premier à aimer ceci

A IRA DE DEUS

  1. 1. A IRA DE DEUS ROMANOS 1: 18-32
  2. 2. • 18 – A ira de Deus se revela do céu contra toda impiedade e perversão dos homens que detêm a verdade pela injustiça; • 19 - porquanto o que de Deus se pode conhecer é manifesto entre eles, porque Deus lhes manifestou. • 20 - Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas. Tais homens são, por isso, indesculpáveis; • 21 - porquanto, tendo conhecimento de Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças; antes, se tornaram nulos em seus próprios raciocínios, obscurecendo-se-lhes o coração insensato. • 22 - Inculcando-se por sábios, tornaram-se loucos • 23 - e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, bem como de aves, quadrúpedes e répteis. • 24 - Por isso, Deus entregou tais homens à imundícia, pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu corpo entre si; • 25 - pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém! • 26 - Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; • 27 - semelhantemente, os homens também, deixando o contato natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro. • 28 - E, por haverem desprezado o conhecimento de Deus, o próprio Deus os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem coisas inconvenientes, • 29 - cheios de toda injustiça, malícia, avareza e maldade; possuídos de inveja, homicídio, contenda, dolo e malignidade; sendo difamadores, • 30 - caluniadores, aborrecidos de Deus, insolentes, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais, • 31 - insensatos, pérfidos, sem afeição natural e sem misericórdia. • 32 - Ora, conhecendo eles a sentença de Deus, de que são passíveis de morte os que tais coisas praticam, não somente as fazem, mas também aprovam os que assim procedem. ROMANOS 1:18-32
  3. 3. • “Não é possível entender a necessidade e o valor da salvação sem entender, antes, a realidade e a gravidade do pecado.” (revista do Professor, p. 5)
  4. 4. • A “IRA DIVINA” é um assunto pouco tratado pela Igreja atual. Apesar de em toda a Escritura observarmos ensinamentos sobre a IRA DE DEUS, muitos púlpitos atualmente estão mais preocupados em agradar seus ouvintes, com palavras “doces” e “agradáveis”.
  5. 5. • Certamente a palavra “pecado” e a expressão “ira divina” não são doces e nem suaves aos ouvidos modernos. • Os púlpitos atuais estão mais para Paulo Coelho do que para Paulo de Tarso.
  6. 6. • O tema “IRA DE DEUS” é espinhoso, incômodo, constrangedor, pois nos coloca diante dos nossos pecados e diante de nós mesmos.
  7. 7. • “... por que tratar de um assunto tão aterrorizador logo no início da carta?”, pergunta o redator da revista do aluno (p.7).
  8. 8. • No trecho de Romanos 1:18 – 3:20, Paulo trata da universalidade do pecado e da condenação ▫ No tocante aos gentios (1:18:32) ▫ No tocante aos judeus (2:1-16)
  9. 9. • “Todos pecaram e carecem da glória de Deus” (Rm 3:23) • “Não há justo, nem um sequer” (Rm 3:10)
  10. 10. Algumas definições
  11. 11. • “...não é um acesso de raiva caprichoso, arbitrário e impulsivo, mas a resposta decidida e determinada de um Deus santo contra o pecado.” (revista do aluno, p. 10)
  12. 12. • “A divina e justa retribuição do Juiz e sua reação pessoal, provocada pelo mal moral.” (Bíblia de Genebra, p.1319)
  13. 13. • “A ira de Deus é sua eterna ojeriza (nojo) por toda injustiça. É o desprazer e a indignação da divina equidade contra o mal. É a santidade de Deus posta em ação contra o pecado. É a causa motora daquela sentença justa que ele lavra sobre os malfeitores. Deus está irado contra o pecado porque este é rebelião contra a Sua autoridade, um ultraje à Sua soberania inviolável.” (Pink, p. 122)
  14. 14. • Jamais comparar a IRA DE DEUS com nossos acessos recalcados de fúria e desejos de vingança desproporcionais ao agravo recebido.
  15. 15. ISAÍAS 40:18,25 • 18 - Com quem comparareis a Deus? Ou que coisa semelhante confrontareis com ele? • 25 - A quem, pois, me comparareis para que eu lhe seja igual? —diz o Santo.
  16. 16. ISAÍAS 46:5 • “A quem me comparareis para que eu lhe seja igual? E que coisa semelhante confrontareis comigo?”
  17. 17. Romanos 1:18-27
  18. 18. •“A ira de Deus se revela do céu contra toda impiedade e perversão dos homens que detêm a verdade pela injustiça;” (v.18)
  19. 19. • “A “impiedade” fala daquela perversão de natureza religiosa, ao passo que a “perversão” se refere àquilo que tem caráter moral;” (Murray, p.65).
  20. 20. AMBAS REPRESENTAM O PECADO, A REBELIÃO CONTRA DEUS Impiedade idolatria Perversão imoralidade
  21. 21. • Esta parte do texto básico mostra a revelação da ira de DEUS contra o pecado. Até mesmo aqueles que nunca ouviram falar de Cristo são indesculpáveis, pois a existência e os atributos de DEUS podem ser percebidos “por meio das coisas que foram criadas” (v.20).
  22. 22. Salmo 19:1-6
  23. 23. • No entanto, mesmo tendo essa revelação geral de DEUS, os homens “não o glorificaram como DEUS, nem lhe deram graças...servindo a criatura em lugar do Criador... Por causa disso, os entregou DEUS a paixões infames.” (v.21,25,26).
  24. 24. • Há uma conexão entre idolatria (v.23) e imoralidade (v.24). • A carta aos Romanos foi escrita em Corinto, cidade conhecida pela imoralidade sexual.
  25. 25. • Durante o nosso estudo sobre a segunda viagem missionária de Paulo, relatamos que:  Corinto era completamente pagã e imoral. A cidade era cheia de templos pagãos e, na parte sul, havia uma alta acrópole com um templo de Afrodite. A partir do século V a.C., a expressão “corintianizar” significa ser sexualmente imoral.” (Bíblia de Genebra, p. 1298).
  26. 26. • “O ídolo é uma mentira porque (na imaginação do adorador) promete muito, mas não provê nada”. (Hendriksen, p. 100). • Os homens deixaram de adorar o Criador, para adorar a criatura (v.25), por isso merecem o castigo descrito no versículo 24.
  27. 27. • Nos versículos 26 e 27, Paulo está censurando a prática da homossexualidade. • “Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos.” (v.22). Este versículo deixa clara a postura daqueles que em nossos dias defendem a homossexualidade. • Alguns trechos sobre o que a Palavra de DEUS diz sobre a homossexualidade: Lv 20:13; Gn 19:4-9; Lv 18:22; 20:13; Dt 23:17-18; Jz 19:22- 24; I Rs 23:7; Is 3:9; etc.
  28. 28. Romanos 1:28-32
  29. 29. • Devido ao desprezo com que os homens trataram esse conhecimento de DEUS presente em toda a criação, ele os entregou aos seus próprios pecados (a homossexualidade e mais 21 vícios mencionados no texto).
  30. 30. • Na revista, o autor da lição usa o termo “abandono judicial”. • A ideia é a mesma de quando um juiz entrega o sentenciado para cumprir sua pena.
  31. 31. • Esses vícios da natureza humana são: ▫ Injustiça ▫ Maldade ▫ Ganância ▫ Depravação ▫ Inveja ▫ Homicídio ▫ Rivalidades
  32. 32. ▫ Engano ▫ Malícia ▫ Bisbilhoteiros ▫ Caluniadores ▫ Cheios de ódio ▫ Insolentes ▫ Arrogantes ▫ Presunçosos ▫ Inventores de males
  33. 33. ▫ Desobedientes aos pais ▫ Insensíveis ▫ Desleais ▫ Destituídos de amor ▫ Destituídos de misericórdia
  34. 34. BISBILHOTEIRO (V.29) • Na tradução Revista e Atualizada – difamadores; • Na tradução Revista e Corrigida – murmuradores; • Na Nova Tradução na Linguagem de Hoje – caluniadores.
  35. 35. BISBILHOTEIRO (V.29) • No famoso Dicionário Aurélio, bisbilhoteiro significa: ▫ Mexeriqueiro; ▫ Intrigante; ▫ Curioso; ▫ Intrometido.
  36. 36. BISBILHOTEIRO (V.29) • “O que está implícito aqui são os difamadores “sussurrantes”. Não saem – talvez não ousem sair – em público com sua charla (conversa à toa, sem importância) caluniadora, mas sussurram-na ao ouvido de alguém.” (Hendriksen, p.106)
  37. 37. Preguemos o Evangelho
  38. 38. • O pecado provoca a ira de DEUS. • O pecado é tão grave, que todos (gentios e judeus) necessitam do poder da salvação pelo sangue de Cristo.
  39. 39. • Vivemos dias de conforto e alta tecnologia, inimagináveis nos dias de Paulo. • Mas a idolatria e depravação moral dos homens são as mesmas dos dias do Império Romano.
  40. 40. • Como naqueles dias, hoje encontramos uma sociedade com homens e mulheres: ▫ Desrespeitosos ▫ Desaforados ▫ Arrogantes ▫ Orgulhosos ▫ Pretensiosos ▫ Bisbilhoteiros ▫ Traidores ▫ Irreconciliáveis ▫ Depravados sexualmente ▫ Idólatras
  41. 41. • Paulo não se acomodou: pregou o Evangelho sem descanso, pois ele sabia que só O SANGUE DE JESUS TEM PODER.
  42. 42. PARA REFLEXÃO • Hoje em dia, a expressão “só o sangue” em tom de brincadeira, tem sido usado de forma leviana e irresponsável. • Se alguns de nós “brincamos” com isto, precisamos pedir perdão.
  43. 43. • O pecado é algo terrível e sério. • O sangue de Jesus é santo. • Assim sendo, esses assuntos não podem ser motivos de “piadinhas engraçadinhas”. Devem sim, ser motivos de reverência e respeito. • O sangue precioso de Jesus é o único que tem poder para curar o pecador e satisfazer a justiça do Justo Juiz.
  44. 44. • Que o nosso sentimento diante da IRA DE DEUS seja de gratidão por termos recebido a salvação pela graça, através do derramamento do sangue de Cristo na cruz. • Que o conhecimento da IRA DE DEUS nos leve a pregar às almas perdidas, assim como Paulo fez incansavelmente.
  45. 45. PRODUZIDO POR: • Zilrene Alcantara Miguel, com base na Revista “Evangelho e poder – A carta aos Romanos e a soberania de Deus na salvação”, lição 2 - A Ira de Deus - da editora Cultura Cristã. • Igreja Presbiteriana em Cidade A.E. Carvalho, São Paulo, SP, Brasil. • Classe da UMP • Agosto/2016 • zilrene.ump@gmail.com
  46. 46. BIBLIOGRAFIA • Hendriksen, Willian. Comentário do Novo Testamento – Romanos; tradução de Valter Graciano Martins; Cultura Cristã, São Paulo, 2011. • Murray, John. Romanos (traduzido do original em inglês: The Epistle to the Romans), Fiel, São José dos Campos, 2003. • Pink, A.W. Os atributos de Deus, PES, São Paulo, 2001.
  47. 47. BIBLIOGRAFIA - continuação • Bíblia de Estudo de Genebra. Cultura Cristã e Sociedade Bíblica do Brasil, São Paulo e Barueri, 1999. • Site ▫ http://monergismo.net.br/

×