Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.
MICROBIOLOGIA
Prof.ª: Enf.ª Sheilla Sandes
2017.1
Rondon do Pará
Aula 20/03
• Introdução à microbiologia:
• Célula Procariótica
• Célula Eucariótica
• Nomenclatura e Classificação das
Bac...
INTRODUÇÃO À MICROBIOLOGIA
INTRODUÇÃO À MICROBIOLOGIA
 Micro: pequeno, minúsculo;
 Bio: vida
 Logia: estudo
MICRO + BIO + LOGIA = estudo da vida
...
INTRODUÇÃO À MICROBIOLOGIA
Divididos em:
PROCARIONTES: Única molécula de DNA
Desprovidos de membrana
nuclear;
 EUCARIONT...
CÉLULA PROCARIÓTICA ou
BACTERIANA
CÉLULA PROCARIÓTICA ou
BACTERIANA
Elementos Fundamentais:
• PAREDE CELULAR;
• MEMBRANA CITOPLASMÁTICA;
• CÁPSULA;
• CITOP...
CÉLULA PROCARIÓTICA ou
BACTERIANA
 Parede Celular: é uma estrutura rígida que está
presente em quase todas as bactérias e...
CÉLULA PROCARIÓTICA ou
BACTERIANA
Membrana Citoplasmática: Fina
membrana que separa a parede celular do
citoplasma.
 Des...
CÉLULA PROCARIÓTICA ou
BACTERIANA
Citoplasma: É composto pela porção
fluida e contém substâncias dissolvidas e
partículas...
CÉLULA PROCARIÓTICA ou
BACTERIANA
Componentes especiais:
 Flagelos: São organelas especiais
(apêndices delgados) respons...
CÉLULA PROCARIÓTICA ou
BACTERIANA
Componentes especiais:
 Glicocálice: O glicocálice desempenha
papel importante na infe...
CÉLULA PROCARIÓTICA ou
BACTERIANA
Fisiologia Bacteriana:
 Nutrição: classificam-se em:
• Autotróficas: sintetizam suas p...
CÉLULA PROCARIÓTICA ou
BACTERIANA
Fisiologia Bacteriana:
 Heterotróficas: necessitam de substancias
para nutrir-se. Divi...
CÉLULA PROCARIÓTICA ou
BACTERIANA
Fisiologia Bacteriana:
 Reprodução: As bactérias geralmente
reproduzem-se assexuadamen...
REPRODUÇÃO BINÁRIA OU CISSIPARIDADE
BROTAMENTO
CÉLULA PROCARIÓTICA ou
BACTERIANA
Fisiologia Bacteriana:
 Respiração: classificam-se em
• Aeróbias: crescem na presença ...
MORFOLOGIA DAS BACTÉRIAS:
Formas e arranjos bacterianos
Embora existam milhares de espécies
bacterianas, elas podem ser ag...
MORFOLOGIA DAS BACTÉRIAS:
Formas e arranjos bacterianos
• Micrococos – cocos.
• Diplococos – cocos agrupados aos pares.
• ...
MORFOLOGIA DAS BACTÉRIAS:
Formas e arranjos bacterianos
MORFOLOGIA DAS BACTÉRIAS:
Formas e arranjos bacterianos
b) Forma de bastonete – são células
cilíndricas em forma de baston...
MORFOLOGIA DAS BACTÉRIAS:
Formas e arranjos bacterianos
c) Formas espiraladas – caracterizadas por
células em espiral; div...
MORFOLOGIA DAS BACTÉRIAS:
Formas e arranjos bacterianos
CÉLULA EUCARIÓTICA HUMANA
NOMENCLATURA
Deve ser binominal para as espécies. O
primeiro nome, o gênero, deve ser escrito
com letra maiúscula e o segu...
PRINCIPAIS GRUPOS DE BACTÉRIAS
DE INTERESSE MÉDICO
ESPIROQUETAS SPIROCHAETACEAE TREPONEMA
LEPTOSPIRA
BACILOS GRAM NEGATIVO...
COCOS GRAM NEGATIVO
AERÓBIOS
NEISSERIAECEAE NEISSERIA
COCOS GRAM POSITIVOS
AERÓBIOS
MICROCOCCACEAE MICROCOCCUS
STAPHYLOCOC...
REFERÊNCIAS
 BARBOSA, H.R. Microbiologia básica. São
Paulo: Atheneu, 2010.
 MADIGAN, M.T; MARTINKO, J.M; PARKER,
J. Micr...
Por hoje é só...
...até amanhã!
Microbiologia01
Prochain SlideShare
Chargement dans…5
×

sur

Microbiologia01 Slide 1 Microbiologia01 Slide 2 Microbiologia01 Slide 3 Microbiologia01 Slide 4 Microbiologia01 Slide 5 Microbiologia01 Slide 6 Microbiologia01 Slide 7 Microbiologia01 Slide 8 Microbiologia01 Slide 9 Microbiologia01 Slide 10 Microbiologia01 Slide 11 Microbiologia01 Slide 12 Microbiologia01 Slide 13 Microbiologia01 Slide 14 Microbiologia01 Slide 15 Microbiologia01 Slide 16 Microbiologia01 Slide 17 Microbiologia01 Slide 18 Microbiologia01 Slide 19 Microbiologia01 Slide 20 Microbiologia01 Slide 21 Microbiologia01 Slide 22 Microbiologia01 Slide 23 Microbiologia01 Slide 24 Microbiologia01 Slide 25 Microbiologia01 Slide 26 Microbiologia01 Slide 27 Microbiologia01 Slide 28 Microbiologia01 Slide 29 Microbiologia01 Slide 30
Prochain SlideShare
Nutriçao
Suivant
Télécharger pour lire hors ligne et voir en mode plein écran

12 j’aime

Partager

Télécharger pour lire hors ligne

Microbiologia01

Télécharger pour lire hors ligne

INTRODUÇÃO A MICROBIOLOGIA PARA TÉCNICOS DE ENFERMAGEM;

Livres associés

Gratuit avec un essai de 30 jours de Scribd

Tout voir

Livres audio associés

Gratuit avec un essai de 30 jours de Scribd

Tout voir

Microbiologia01

  1. 1. MICROBIOLOGIA Prof.ª: Enf.ª Sheilla Sandes 2017.1 Rondon do Pará
  2. 2. Aula 20/03 • Introdução à microbiologia: • Célula Procariótica • Célula Eucariótica • Nomenclatura e Classificação das Bactérias • Principais grupos de bactérias de interesse médico
  3. 3. INTRODUÇÃO À MICROBIOLOGIA
  4. 4. INTRODUÇÃO À MICROBIOLOGIA  Micro: pequeno, minúsculo;  Bio: vida  Logia: estudo MICRO + BIO + LOGIA = estudo da vida dos pequenos ou minúsculos. ESTUDO DOS MICROORGANISMOS
  5. 5. INTRODUÇÃO À MICROBIOLOGIA Divididos em: PROCARIONTES: Única molécula de DNA Desprovidos de membrana nuclear;  EUCARIONTES: Várias moléculas de DNA Envolvidos por uma membrana nuclear.
  6. 6. CÉLULA PROCARIÓTICA ou BACTERIANA
  7. 7. CÉLULA PROCARIÓTICA ou BACTERIANA Elementos Fundamentais: • PAREDE CELULAR; • MEMBRANA CITOPLASMÁTICA; • CÁPSULA; • CITOPLASMA; • FLAGELO
  8. 8. CÉLULA PROCARIÓTICA ou BACTERIANA  Parede Celular: é uma estrutura rígida que está presente em quase todas as bactérias e localiza-se acima da membrana citoplasmática.  Atua como uma barreira de proteção contra determinados agentes químicos e físicos externos.  As bactérias podem ser divididas em dois grandes grupos, com base na capacidade de suas paredes celulares fixarem o corante violeta cristal: as Gram- positivas (que coram em roxo) e as Gram-negativas (que coram em vermelho).
  9. 9. CÉLULA PROCARIÓTICA ou BACTERIANA Membrana Citoplasmática: Fina membrana que separa a parede celular do citoplasma.  Desempenha importante papel na permeabilidade seletiva da célula. Cápsula: Envoltório que reveste a célula. Formada por polissacarídeos e polipeptídeos.
  10. 10. CÉLULA PROCARIÓTICA ou BACTERIANA Citoplasma: É composto pela porção fluida e contém substâncias dissolvidas e partículas, tais como ribossomos, e material nuclear ou nucleóide, rico em DNA.
  11. 11. CÉLULA PROCARIÓTICA ou BACTERIANA Componentes especiais:  Flagelos: São organelas especiais (apêndices delgados) responsáveis pela locomoção das bactérias.  Fímbrias: sua função parece estar relacionada com a troca de material genético durante a conjugação bacteriana (fímbria sexual) com a aderência às superfícies mucosas.
  12. 12. CÉLULA PROCARIÓTICA ou BACTERIANA Componentes especiais:  Glicocálice: O glicocálice desempenha papel importante na infecção, permitindo que a bactéria patogênica se ligue a tecidos específicos do hospedeiro. Acredita-se que o glicocálice possa proteger as bactérias da dessecação.
  13. 13. CÉLULA PROCARIÓTICA ou BACTERIANA Fisiologia Bacteriana:  Nutrição: classificam-se em: • Autotróficas: sintetizam suas próprias substâncias. • Heterotróficas: necessitam de substancias para nutrir-se.
  14. 14. CÉLULA PROCARIÓTICA ou BACTERIANA Fisiologia Bacteriana:  Heterotróficas: necessitam de substancias para nutrir-se. Dividem-se em: • Saprófitas: alimentam-se de matéria orgânica em decomposição; • Parasitas: alimentam-se de animais e vegetais vivos aos quais causam doenças; • Simbióticas: associam-se a outros organismos sem causar mal ao mesmo.
  15. 15. CÉLULA PROCARIÓTICA ou BACTERIANA Fisiologia Bacteriana:  Reprodução: As bactérias geralmente reproduzem-se assexuadamente por fissão binária ou cissiparidade. Nesse processo reprodutivo ocorre à replicação do cromossomo e uma única célula divide-se em duas; em seguida ocorre a divisão do cromossomo bacteriano replicado e o desenvolvimento de uma parede celular transversal. A fissão binária não é o único método reprodutivo assexuado entre as bactérias. Também pode ocorrer esporulação e brotamento.
  16. 16. REPRODUÇÃO BINÁRIA OU CISSIPARIDADE BROTAMENTO
  17. 17. CÉLULA PROCARIÓTICA ou BACTERIANA Fisiologia Bacteriana:  Respiração: classificam-se em • Aeróbias: crescem na presença de oxigênio; • Anaeróbias: crescem na ausência de oxigênio; • Anaeróbias facultativas: crescem tanto na presença ou ausência de oxigênio.
  18. 18. MORFOLOGIA DAS BACTÉRIAS: Formas e arranjos bacterianos Embora existam milhares de espécies bacterianas, elas podem ser agrupadas em três tipos morfológicos gerais: cocos, bacilos e espiralados. a) Formas de cocos (esféricas) – é o grupo de bactérias mais homogêneo em relação ao tamanho. Os cocos tomam denominações diferentes de acordo com o seu arranjo:
  19. 19. MORFOLOGIA DAS BACTÉRIAS: Formas e arranjos bacterianos • Micrococos – cocos. • Diplococos – cocos agrupados aos pares. • Tétrades – agrupamentos de quatro cocos. • Sarcina – agrupamentos de oito cocos em forma cúbica. • Estreptococos – cocos agrupados em cadeias. • Estafilococos – cocos agrupados em grupos irregulares, lembrando cachos de uva.
  20. 20. MORFOLOGIA DAS BACTÉRIAS: Formas e arranjos bacterianos
  21. 21. MORFOLOGIA DAS BACTÉRIAS: Formas e arranjos bacterianos b) Forma de bastonete – são células cilíndricas em forma de bastonete; apresentam grande variação na forma e no tamanho entre gêneros e espécies.
  22. 22. MORFOLOGIA DAS BACTÉRIAS: Formas e arranjos bacterianos c) Formas espiraladas – caracterizadas por células em espiral; dividem-se em: • Espirilos – possuem corpo rígido e movem-se à custa de flagelos externos. Ex.: Gênero Aquaspirillium. • Espiroquetas – são flexíveis e locomovem-se geralmente por contrações do citoplasma, podendo dar várias voltas completas em torno do próprio eixo. Ex.: Gênero Treponema.
  23. 23. MORFOLOGIA DAS BACTÉRIAS: Formas e arranjos bacterianos
  24. 24. CÉLULA EUCARIÓTICA HUMANA
  25. 25. NOMENCLATURA Deve ser binominal para as espécies. O primeiro nome, o gênero, deve ser escrito com letra maiúscula e o segundo nome, a espécie, com letra minúscula. • Exemplo: Staphylococcus aureus.
  26. 26. PRINCIPAIS GRUPOS DE BACTÉRIAS DE INTERESSE MÉDICO ESPIROQUETAS SPIROCHAETACEAE TREPONEMA LEPTOSPIRA BACILOS GRAM NEGATIVOS AERÓBIOS PSEUDOMANACEAE PSEUDOMONAS BRUCELLA BORTEDELLA BACILOS GRAM NEGATIVOS ANAERÓBIOS FACULTATIVOS ENTEROBACTERIACEAE ESCHERICHIA ENTEROBACTER KLEBSIELLA SALMONELLAA SHIGELLA BACILOS GRAM NEGATIVOS ANAERÓBIOS VIBRIONACEAE VIBRIO HAEMOPHILUS COCOS GRAM NEGATIVOS AERÓBIOS BACTEROIDECEAE LEPTOTHRICHIA COCOS GRAM POSITIVOS AERÓBIOS NEISSERIAECEAE NEISSERIA
  27. 27. COCOS GRAM NEGATIVO AERÓBIOS NEISSERIAECEAE NEISSERIA COCOS GRAM POSITIVOS AERÓBIOS MICROCOCCACEAE MICROCOCCUS STAPHYLOCOCCUS STREPTOCOCCACEAE STREPTOCOCCUS DIPLOCOCCUS BACILOS GRAM POSITIVOS ESPIROGÊNICOS BACILLACEAE LACTOBACILLUS BACILOS GRAM POSITIVOS ASPIROGÊNICOS LACTOBACILLACEAE LACTOBACILLUS ACTINOMICETOS E AFINS ACTINOMYCETACEAE MYCOBACTERIACEAE ACTINOMYCES MYCOBACTERIUM RICKÉTSIAS RICKETTSIEACEAE RICKETTSIA MICIPLASMAS CHLAMYDIACEAE MYCOPLASMATACEAE CLAMYDIA MYCOPLASMA
  28. 28. REFERÊNCIAS  BARBOSA, H.R. Microbiologia básica. São Paulo: Atheneu, 2010.  MADIGAN, M.T; MARTINKO, J.M; PARKER, J. Microbiologia de Brock. 10.ed. São Paulo: Prentice Hall, 2004.  AGUIAR, Z.N.; RIBEIRO, M.C.S. Vigilância e controle das doenças transmissíveis. São Paulo: Martinari, 2004.
  29. 29. Por hoje é só... ...até amanhã!
  • MARIASILVA1407

    Nov. 11, 2019
  • AdrianoBoracini

    Aug. 5, 2019
  • MariaLuizaOliveira15

    Mar. 28, 2019
  • CristianeRolon

    May. 18, 2018
  • BrendaCamila6

    Mar. 16, 2018
  • LaryssaLohane

    Mar. 14, 2018
  • RosngelaSantos22

    Oct. 28, 2017
  • GenesisRodriguesDosSantos

    Sep. 30, 2017
  • RosngelaDeOliveiraGomes

    Aug. 21, 2017
  • NathalyaSchetine

    Aug. 16, 2017
  • NataliaFernandes53

    Aug. 1, 2017
  • Cntiaaparecidadeoliv

    Mar. 20, 2017

INTRODUÇÃO A MICROBIOLOGIA PARA TÉCNICOS DE ENFERMAGEM;

Vues

Nombre de vues

2 019

Sur Slideshare

0

À partir des intégrations

0

Nombre d'intégrations

1

Actions

Téléchargements

41

Partages

0

Commentaires

0

Mentions J'aime

12

×