SlideShare une entreprise Scribd logo
1  sur  15
CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS
APLICADAS
HISTÓRIA
Professora Fernanda Serbêto
Ensino Médio
2022
2022
OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM DO DC-GOEM
(GO-EMCHS606C) Contextualizar as desigualdades sociais no Brasil, reconhecendo a
existência de diferentes visões de mundo procedentes de grupos socioculturais distintos no
país para refletir criticamente sobre os problemas sociais existentes na sociedade brasileira e
suas possíveis causas.
(EM13CHS606) Analisaras características socioeconômicas da sociedade
brasileira - com base na análise de documentos (dados, tabelas, mapas, etc.)
de diferentes fontes - e propor medidas para enfrentar os problemas
identificados e construir uma sociedade mais próspera, justa e inclusiva, que
valorize o protagonismo de seus(as) cidadãos(ãs) e promova o
autoconhecimento, a autoestima,
a autoconfiança e a empatia.
HABILIDADE DA BNCC
2022
Brasil Colônia.
OBJETO DO CONHECIMENTO
OBJETIVOS DAAULA
Analisar diferentes processos de produção ou circulação de riquezas e suas implicações
socioespaciais.
Identificar as manifestações ou representações da diversidade do patrimônio cultural e
artístico em diferentes sociedades.
Caracterizar as relações de trabalho no Brasil.
2022
Como foi a abordagem do Enem em 2021 sobre este
tema?
O torém dependia de organização familiar, sendo brincado por pessoas com
vínculos de parentesco e afinidade que viviam no local. Era visto como uma
brincadeira, um entretenimento feito para os próprios participantes e seus
conhecidos. O tempo do caju era o pretexto para sua realização, sendo
chamadas várias pessoas da região a fim de tomar mocororó, bebida fermentada
do caju.
VALLE, C. G. O. Torém/Toré: tradições e invenção no quadro de multiplicidade étnica do Ceará contemporâneo. In: GRÜNEWALD, R. A. (Org.). Toré: regime encantado dos índios do
Nordeste. Recife: Fundaj-Massangana, 2005.
2022
Como foi a abordagem do Enem em 2021 sobre este
tema?
O ritual mencionado no texto atribui à manifestação cultural de grupos
indígenas do Nordeste brasileiro a função de
(A) celebrar a história oficial.
(B) estimular a coesão social.
(C) superar a atividade artesanal.
(D) manipular a memória individual.
(E) modernizar o comércio tradicional.
(B) estimular a coesão social.
2022
“DESCOBRIMENTO DO BRASIL”
Disponível em: https://cutt.ly/AHDdfpz. Acesso em: 20 maio 2022.
Painel de Portinari, A Primeira Missa no Brasil, vai
integrar acervo do Museu Nacional de Belas Artes
Disponível em: https://cutt.ly/RBNNdAr. Acesso em: 20 maio 2022.
2022
PROJETO COLONIZADOR
Disponível em: https://cutt.ly/lHDhrjb. Acesso em: 20 maio 2022.
GOVERNOS GERAIS (1549-1580)
A cidade de Salvador foi, então, escolhida
como sede do Governo-Geral. Dali o
governador deveria representar o rei
português, agindo favoravelmente ao
desenvolvimento do projeto colonizador.
Para tanto, algumas ações deveriam ser
tomadas, como o combate a tribos indígenas
rebeladas, a realização de expedições em
busca de riquezas minerais, o fortalecimento
da defesa da colônia contra invasões
externas, a fiscalização das capitanias e a
promoção da catequese religiosa.
2022
ECONOMIAAÇUCAREIRA
Disponível
em:
https://cutt.ly/SBbdBed.
Acesso
em:
20
maio
2022.
Sérgio Buarque de Holanda baseia sua
obra Raízes do Brasil sobre uma forte
hipótese: os portugueses eram os mais
bem preparados para efetuar a
conquista dos trópicos em benefício
da civilização, do que eles tinham
consciência. Nisto residia sua missão
histórica essencial, da qual eles eram os
portadores naturais.
Disponível em: https://cutt.ly/bBNG5gC. Acesso em: 20 out. 2022.
2022
ECONOMIAAÇUCAREIRA
Disponível em: https://cutt.ly/ZBNJnA7. Acesso em: 11 out. 2022.
Se SBH aceita considerar que esta
colonização se tenha dado através de muitas e
sérias falhas, ele não vai ao encontro
daqueles que lamentam o insucesso da
experiência da colonização holandesa.
Segundo tais detratores da colonização
portuguesa, a falência dos holandeses no
Brasil impediu que este fosse conduzido
a um destino mais glorioso.
Disponível em: https://cutt.ly/bBNG5gC. Acesso em: 19 out. 2022.
2022
Fragmento da minissérie “A Muralha”-2000
Disponível em: https://youtu.be/ywGiCk87yfY. Acesso em: 30 maio 2022.
2022
MINERAÇÃO NO BRASIL
Disponível em: https://cutt.ly/EJp2WZ8 Acesso em: 30 maio 2022.
As condições para o desenvolvimento da
mineração no Brasil foram dadas pelo processo
de desbravamento do interior da colônia operado
pelas denominadas Entradas e bandeiras, que
consistiam em expedições armadas que saíam da
Capitania de São Paulo rumo ao sertão, com o
objetivo de apresar índios, destruir quilombos e
encontrar metais preciosos. No ano de 1696, uma
dessas expedições conseguiu encontrar jazidas de
ouro nas regiões montanhosas de Minas Gerais,
onde teve início a ocupação do Vale do Ouro
Preto.
Nessa e em outras regiões de Minas (e depois em
Goiás e no Mato Grosso), o ouro, inicialmente,
era encontrado na forma de aluvião.
Disponível em: https://cutt.ly/gJj5eep Acesso em: 01 jun. 2022.
2022
Como foi a abordagem do Enem em 2020 sobre este tema?
“Porque todos confessamos não se poder viver sem alguns escravos,
que busquem a lenha e a água, e façam cada dia o pão que se come, e
outros serviços que não são possíveis poderem-se fazer pelos Irmãos
Jesuítas, máxime sendo tão poucos, que seria necessário deixar as
confissões e tudo mais. Parece-me que a Companhia de Jesus deve
ter e adquirir escravos, justamente, por meios que as Constituições
permitem, quando puder para nossos colégios e casas de meninos.”
LEITE. S. História da Companhia de Jesus no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1938. Adaptado.
2022
Como foi a abordagem do Enem em 2020 sobre este tema?
O texto explicita premissas da expansão ultramarina portuguesa ao
buscar justificar a
(A) propagação do ideário cristão.
(B) valorização do trabalho braçal.
(C) adoção do cativeiro na Colônia.
(D) adesão ao ascetismo contemplativo,
(E) alfabetização dos indígenas nas Missões.
(C) adoção do cativeiro na Colônia.
Bons estudos!
Até logo!
2022
2022

Contenu connexe

Similaire à CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS 1ª Séries Hist. TBC Fernanda 18 10 Semana 29.pptx

2009 simulado cienciashumanas
2009 simulado cienciashumanas2009 simulado cienciashumanas
2009 simulado cienciashumanas
newsevoce
 
Historia da baixada
 Historia da baixada Historia da baixada
Historia da baixada
Tiago Silva
 
Edital jovens olhares sobre campos dos goytacazes histórico (1)
Edital jovens olhares sobre campos dos goytacazes histórico (1)Edital jovens olhares sobre campos dos goytacazes histórico (1)
Edital jovens olhares sobre campos dos goytacazes histórico (1)
museudecampos
 
Aut 3358 institui o calendário oficial de eventos e datas comemorativas do ...
Aut 3358   institui o calendário oficial de eventos e datas comemorativas do ...Aut 3358   institui o calendário oficial de eventos e datas comemorativas do ...
Aut 3358 institui o calendário oficial de eventos e datas comemorativas do ...
Claudio Figueiredo
 
Www.cultura.gov.br_culturaviva_rede-de-pontos-de-cultura
  Www.cultura.gov.br_culturaviva_rede-de-pontos-de-cultura  Www.cultura.gov.br_culturaviva_rede-de-pontos-de-cultura
Www.cultura.gov.br_culturaviva_rede-de-pontos-de-cultura
comeia
 
Brasil minerio e indep avaliação de historia 3 ano em 2010
Brasil minerio e indep avaliação de historia 3 ano em 2010Brasil minerio e indep avaliação de historia 3 ano em 2010
Brasil minerio e indep avaliação de historia 3 ano em 2010
Keila Caetano
 
Monumento O Laçador Caderno de Restauro 2022.pdf
Monumento O Laçador Caderno de Restauro 2022.pdfMonumento O Laçador Caderno de Restauro 2022.pdf
Monumento O Laçador Caderno de Restauro 2022.pdf
Paulo Ratinecas
 
Colonizacao de porto velho
Colonizacao de porto velhoColonizacao de porto velho
Colonizacao de porto velho
cfpe
 

Similaire à CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS 1ª Séries Hist. TBC Fernanda 18 10 Semana 29.pptx (20)

2009 simulado cienciashumanas
2009 simulado cienciashumanas2009 simulado cienciashumanas
2009 simulado cienciashumanas
 
ENEM OTO Simulado de ciências humanas
ENEM OTO Simulado de ciências humanasENEM OTO Simulado de ciências humanas
ENEM OTO Simulado de ciências humanas
 
Revista Oeste Completa Goiás
Revista Oeste Completa GoiásRevista Oeste Completa Goiás
Revista Oeste Completa Goiás
 
SEMANA 07 - HISTÓRIA - 2ª SÉRIE - ESTADO MODERNO
SEMANA 07 - HISTÓRIA - 2ª SÉRIE - ESTADO MODERNOSEMANA 07 - HISTÓRIA - 2ª SÉRIE - ESTADO MODERNO
SEMANA 07 - HISTÓRIA - 2ª SÉRIE - ESTADO MODERNO
 
Historia da baixada
 Historia da baixada Historia da baixada
Historia da baixada
 
Edital jovens olhares sobre campos dos goytacazes histórico (1)
Edital jovens olhares sobre campos dos goytacazes histórico (1)Edital jovens olhares sobre campos dos goytacazes histórico (1)
Edital jovens olhares sobre campos dos goytacazes histórico (1)
 
Portfólio Instituto Olho D'Água
Portfólio Instituto Olho D'ÁguaPortfólio Instituto Olho D'Água
Portfólio Instituto Olho D'Água
 
Sinduscon-RS Projeto Construção Cultural - premiado no TOP de Marketing 2014 ...
Sinduscon-RS Projeto Construção Cultural - premiado no TOP de Marketing 2014 ...Sinduscon-RS Projeto Construção Cultural - premiado no TOP de Marketing 2014 ...
Sinduscon-RS Projeto Construção Cultural - premiado no TOP de Marketing 2014 ...
 
Aut 3358 institui o calendário oficial de eventos e datas comemorativas do ...
Aut 3358   institui o calendário oficial de eventos e datas comemorativas do ...Aut 3358   institui o calendário oficial de eventos e datas comemorativas do ...
Aut 3358 institui o calendário oficial de eventos e datas comemorativas do ...
 
Semana 01 - HISTÓRIA - 1ª Série - Identidade Cultural
Semana 01 - HISTÓRIA -  1ª Série - Identidade Cultural Semana 01 - HISTÓRIA -  1ª Série - Identidade Cultural
Semana 01 - HISTÓRIA - 1ª Série - Identidade Cultural
 
SEMANA 01 - MATEMÁTICA - 2ª SÉRIE - GEOMETRIA PLANA
SEMANA 01 - MATEMÁTICA - 2ª SÉRIE - GEOMETRIA PLANASEMANA 01 - MATEMÁTICA - 2ª SÉRIE - GEOMETRIA PLANA
SEMANA 01 - MATEMÁTICA - 2ª SÉRIE - GEOMETRIA PLANA
 
SEMANA 01 | HISTÓRIA | 1ª SÉRIE | IDENTIDADE CULTURAL E MEMORIAS
SEMANA 01 | HISTÓRIA | 1ª SÉRIE | IDENTIDADE CULTURAL E MEMORIASSEMANA 01 | HISTÓRIA | 1ª SÉRIE | IDENTIDADE CULTURAL E MEMORIAS
SEMANA 01 | HISTÓRIA | 1ª SÉRIE | IDENTIDADE CULTURAL E MEMORIAS
 
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS - Nº 587 an 30 agosto_2016.
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS - Nº 587 an  30 agosto_2016.AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS - Nº 587 an  30 agosto_2016.
AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS - Nº 587 an 30 agosto_2016.
 
Jundiaí
JundiaíJundiaí
Jundiaí
 
Www.cultura.gov.br_culturaviva_rede-de-pontos-de-cultura
  Www.cultura.gov.br_culturaviva_rede-de-pontos-de-cultura  Www.cultura.gov.br_culturaviva_rede-de-pontos-de-cultura
Www.cultura.gov.br_culturaviva_rede-de-pontos-de-cultura
 
Cartilha do patrimônio cultural de piracicaba referência de ação patrimoni...
Cartilha do patrimônio cultural de piracicaba    referência de ação patrimoni...Cartilha do patrimônio cultural de piracicaba    referência de ação patrimoni...
Cartilha do patrimônio cultural de piracicaba referência de ação patrimoni...
 
Brasil minerio e indep avaliação de historia 3 ano em 2010
Brasil minerio e indep avaliação de historia 3 ano em 2010Brasil minerio e indep avaliação de historia 3 ano em 2010
Brasil minerio e indep avaliação de historia 3 ano em 2010
 
Monumento O Laçador Caderno de Restauro 2022.pdf
Monumento O Laçador Caderno de Restauro 2022.pdfMonumento O Laçador Caderno de Restauro 2022.pdf
Monumento O Laçador Caderno de Restauro 2022.pdf
 
Colonizacao de porto velho
Colonizacao de porto velhoColonizacao de porto velho
Colonizacao de porto velho
 
Web quest
Web questWeb quest
Web quest
 

Plus de GernciadeProduodeMat

CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE
GernciadeProduodeMat
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE
GernciadeProduodeMat
 
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...
GernciadeProduodeMat
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...
GernciadeProduodeMat
 

Plus de GernciadeProduodeMat (20)

SEMANA 02 | BIOLOGIA – BIOLOGIA – 2ª SÉRIE – TEMA: FEUDALISMO E IDADE MÉDIA.
SEMANA 02 | BIOLOGIA – BIOLOGIA – 2ª SÉRIE – TEMA: FEUDALISMO E IDADE MÉDIA.SEMANA 02 | BIOLOGIA – BIOLOGIA – 2ª SÉRIE – TEMA: FEUDALISMO E IDADE MÉDIA.
SEMANA 02 | BIOLOGIA – BIOLOGIA – 2ª SÉRIE – TEMA: FEUDALISMO E IDADE MÉDIA.
 
SEMANA 02 | LÍNGUA PORTUGUESA| IVAIR | 1ª SÉRIE | CONTEXTO DE PRODUÇÃO DO GÊN...
SEMANA 02 | LÍNGUA PORTUGUESA| IVAIR | 1ª SÉRIE | CONTEXTO DE PRODUÇÃO DO GÊN...SEMANA 02 | LÍNGUA PORTUGUESA| IVAIR | 1ª SÉRIE | CONTEXTO DE PRODUÇÃO DO GÊN...
SEMANA 02 | LÍNGUA PORTUGUESA| IVAIR | 1ª SÉRIE | CONTEXTO DE PRODUÇÃO DO GÊN...
 
Semana 02 | Matemática | 1ª série| Notação científica e arredondamento de dados
Semana 02 | Matemática | 1ª série| Notação científica e arredondamento de dados Semana 02 | Matemática | 1ª série| Notação científica e arredondamento de dados
Semana 02 | Matemática | 1ª série| Notação científica e arredondamento de dados
 
Semana 01 - Língua Portuguesa - 3ª Série - Estratégias de leitura e compreens...
Semana 01 - Língua Portuguesa - 3ª Série - Estratégias de leitura e compreens...Semana 01 - Língua Portuguesa - 3ª Série - Estratégias de leitura e compreens...
Semana 01 - Língua Portuguesa - 3ª Série - Estratégias de leitura e compreens...
 
Semana 01 - Língua Portuguesa - 2ª Série - Gêneros discursivos
Semana 01 - Língua Portuguesa - 2ª Série - Gêneros discursivos Semana 01 - Língua Portuguesa - 2ª Série - Gêneros discursivos
Semana 01 - Língua Portuguesa - 2ª Série - Gêneros discursivos
 
Semana 01- Matemática - 2ª Série - Polígonos regulares e suas características
Semana 01-  Matemática - 2ª Série - Polígonos regulares e suas característicasSemana 01-  Matemática - 2ª Série - Polígonos regulares e suas características
Semana 01- Matemática - 2ª Série - Polígonos regulares e suas características
 
Semana 01 - Biologia - 1ª Série - Biodiversidade
Semana 01 - Biologia - 1ª Série - BiodiversidadeSemana 01 - Biologia - 1ª Série - Biodiversidade
Semana 01 - Biologia - 1ª Série - Biodiversidade
 
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA 2ª Série Port Ivair PPT TB...
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS -  LÍNGUA PORTUGUESA 2ª Série Port Ivair PPT TB...LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS -  LÍNGUA PORTUGUESA 2ª Série Port Ivair PPT TB...
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA 2ª Série Port Ivair PPT TB...
 
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Port TBC Ivair 14 11 Semana 33.pptx
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Port TBC Ivair 14 11 Semana 33.pptxLINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Port TBC Ivair 14 11 Semana 33.pptx
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Port TBC Ivair 14 11 Semana 33.pptx
 
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Mat TBC Silvio 17 10 Semana 29.pptx
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Mat TBC Silvio 17 10 Semana 29.pptxMATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Mat TBC Silvio 17 10 Semana 29.pptx
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Mat TBC Silvio 17 10 Semana 29.pptx
 
1ª série Educação Física Marcelo PPT TBC 25 10.pptx
1ª série Educação Física Marcelo PPT TBC 25 10.pptx1ª série Educação Física Marcelo PPT TBC 25 10.pptx
1ª série Educação Física Marcelo PPT TBC 25 10.pptx
 
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 2ª Série 28-10-2022 semana 30.pptx
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 2ª Série 28-10-2022 semana 30.pptxMATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 2ª Série 28-10-2022 semana 30.pptx
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 2ª Série 28-10-2022 semana 30.pptx
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE
 
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA –1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA –1ª SÉR...CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA –1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA –1ª SÉR...
 
MATEMÁTICAS E SUAS TECNOLOGIAS – MATEMÁTICA – 1ª SÉRIE –POLÍGONOS REGULARES (...
MATEMÁTICAS E SUAS TECNOLOGIAS – MATEMÁTICA – 1ª SÉRIE –POLÍGONOS REGULARES (...MATEMÁTICAS E SUAS TECNOLOGIAS – MATEMÁTICA – 1ª SÉRIE –POLÍGONOS REGULARES (...
MATEMÁTICAS E SUAS TECNOLOGIAS – MATEMÁTICA – 1ª SÉRIE –POLÍGONOS REGULARES (...
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...
 
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA – 2ª SÉRIE –PLANEJAMENTO E ...
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA – 2ª SÉRIE –PLANEJAMENTO E ...LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA – 2ª SÉRIE –PLANEJAMENTO E ...
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA – 2ª SÉRIE –PLANEJAMENTO E ...
 
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA –3ª SÉRIE –CATEGORIAS SINTÁ...
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA –3ª SÉRIE –CATEGORIAS SINTÁ...LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA –3ª SÉRIE –CATEGORIAS SINTÁ...
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA –3ª SÉRIE –CATEGORIAS SINTÁ...
 

Dernier

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
WelitaDiaz1
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 

Dernier (20)

662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.pptnocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundario
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 

CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS 1ª Séries Hist. TBC Fernanda 18 10 Semana 29.pptx

  • 1. CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS HISTÓRIA Professora Fernanda Serbêto Ensino Médio 2022
  • 2. 2022 OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM DO DC-GOEM (GO-EMCHS606C) Contextualizar as desigualdades sociais no Brasil, reconhecendo a existência de diferentes visões de mundo procedentes de grupos socioculturais distintos no país para refletir criticamente sobre os problemas sociais existentes na sociedade brasileira e suas possíveis causas. (EM13CHS606) Analisaras características socioeconômicas da sociedade brasileira - com base na análise de documentos (dados, tabelas, mapas, etc.) de diferentes fontes - e propor medidas para enfrentar os problemas identificados e construir uma sociedade mais próspera, justa e inclusiva, que valorize o protagonismo de seus(as) cidadãos(ãs) e promova o autoconhecimento, a autoestima, a autoconfiança e a empatia. HABILIDADE DA BNCC
  • 3. 2022 Brasil Colônia. OBJETO DO CONHECIMENTO OBJETIVOS DAAULA Analisar diferentes processos de produção ou circulação de riquezas e suas implicações socioespaciais. Identificar as manifestações ou representações da diversidade do patrimônio cultural e artístico em diferentes sociedades. Caracterizar as relações de trabalho no Brasil.
  • 4. 2022 Como foi a abordagem do Enem em 2021 sobre este tema? O torém dependia de organização familiar, sendo brincado por pessoas com vínculos de parentesco e afinidade que viviam no local. Era visto como uma brincadeira, um entretenimento feito para os próprios participantes e seus conhecidos. O tempo do caju era o pretexto para sua realização, sendo chamadas várias pessoas da região a fim de tomar mocororó, bebida fermentada do caju. VALLE, C. G. O. Torém/Toré: tradições e invenção no quadro de multiplicidade étnica do Ceará contemporâneo. In: GRÜNEWALD, R. A. (Org.). Toré: regime encantado dos índios do Nordeste. Recife: Fundaj-Massangana, 2005.
  • 5. 2022 Como foi a abordagem do Enem em 2021 sobre este tema? O ritual mencionado no texto atribui à manifestação cultural de grupos indígenas do Nordeste brasileiro a função de (A) celebrar a história oficial. (B) estimular a coesão social. (C) superar a atividade artesanal. (D) manipular a memória individual. (E) modernizar o comércio tradicional. (B) estimular a coesão social.
  • 6. 2022 “DESCOBRIMENTO DO BRASIL” Disponível em: https://cutt.ly/AHDdfpz. Acesso em: 20 maio 2022. Painel de Portinari, A Primeira Missa no Brasil, vai integrar acervo do Museu Nacional de Belas Artes Disponível em: https://cutt.ly/RBNNdAr. Acesso em: 20 maio 2022.
  • 7. 2022 PROJETO COLONIZADOR Disponível em: https://cutt.ly/lHDhrjb. Acesso em: 20 maio 2022. GOVERNOS GERAIS (1549-1580) A cidade de Salvador foi, então, escolhida como sede do Governo-Geral. Dali o governador deveria representar o rei português, agindo favoravelmente ao desenvolvimento do projeto colonizador. Para tanto, algumas ações deveriam ser tomadas, como o combate a tribos indígenas rebeladas, a realização de expedições em busca de riquezas minerais, o fortalecimento da defesa da colônia contra invasões externas, a fiscalização das capitanias e a promoção da catequese religiosa.
  • 8. 2022 ECONOMIAAÇUCAREIRA Disponível em: https://cutt.ly/SBbdBed. Acesso em: 20 maio 2022. Sérgio Buarque de Holanda baseia sua obra Raízes do Brasil sobre uma forte hipótese: os portugueses eram os mais bem preparados para efetuar a conquista dos trópicos em benefício da civilização, do que eles tinham consciência. Nisto residia sua missão histórica essencial, da qual eles eram os portadores naturais. Disponível em: https://cutt.ly/bBNG5gC. Acesso em: 20 out. 2022.
  • 9. 2022 ECONOMIAAÇUCAREIRA Disponível em: https://cutt.ly/ZBNJnA7. Acesso em: 11 out. 2022. Se SBH aceita considerar que esta colonização se tenha dado através de muitas e sérias falhas, ele não vai ao encontro daqueles que lamentam o insucesso da experiência da colonização holandesa. Segundo tais detratores da colonização portuguesa, a falência dos holandeses no Brasil impediu que este fosse conduzido a um destino mais glorioso. Disponível em: https://cutt.ly/bBNG5gC. Acesso em: 19 out. 2022.
  • 10. 2022 Fragmento da minissérie “A Muralha”-2000 Disponível em: https://youtu.be/ywGiCk87yfY. Acesso em: 30 maio 2022.
  • 11. 2022 MINERAÇÃO NO BRASIL Disponível em: https://cutt.ly/EJp2WZ8 Acesso em: 30 maio 2022. As condições para o desenvolvimento da mineração no Brasil foram dadas pelo processo de desbravamento do interior da colônia operado pelas denominadas Entradas e bandeiras, que consistiam em expedições armadas que saíam da Capitania de São Paulo rumo ao sertão, com o objetivo de apresar índios, destruir quilombos e encontrar metais preciosos. No ano de 1696, uma dessas expedições conseguiu encontrar jazidas de ouro nas regiões montanhosas de Minas Gerais, onde teve início a ocupação do Vale do Ouro Preto. Nessa e em outras regiões de Minas (e depois em Goiás e no Mato Grosso), o ouro, inicialmente, era encontrado na forma de aluvião. Disponível em: https://cutt.ly/gJj5eep Acesso em: 01 jun. 2022.
  • 12. 2022 Como foi a abordagem do Enem em 2020 sobre este tema? “Porque todos confessamos não se poder viver sem alguns escravos, que busquem a lenha e a água, e façam cada dia o pão que se come, e outros serviços que não são possíveis poderem-se fazer pelos Irmãos Jesuítas, máxime sendo tão poucos, que seria necessário deixar as confissões e tudo mais. Parece-me que a Companhia de Jesus deve ter e adquirir escravos, justamente, por meios que as Constituições permitem, quando puder para nossos colégios e casas de meninos.” LEITE. S. História da Companhia de Jesus no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1938. Adaptado.
  • 13. 2022 Como foi a abordagem do Enem em 2020 sobre este tema? O texto explicita premissas da expansão ultramarina portuguesa ao buscar justificar a (A) propagação do ideário cristão. (B) valorização do trabalho braçal. (C) adoção do cativeiro na Colônia. (D) adesão ao ascetismo contemplativo, (E) alfabetização dos indígenas nas Missões. (C) adoção do cativeiro na Colônia.
  • 15. 2022