SlideShare une entreprise Scribd logo
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS
LÍNGUA PORTUGUESA
Professor Ivair Alves de Souza
Ensino Médio
2022
OBJETIVO DE APRENDIZAGEM DO DC-GOEM
OBJETO DE CONHECIMENTO
HABILIDADES SAEB/SAEGO
2022
Reconhecer o assunto em um texto.
Inferir o sentido de uma palavra ou expressão a partir do contexto.
Reconhecer o sentido das relações lógicas-discursivas de um texto.
Reconhecer o efeito de sentido decorrente da exploração de recursos morfossintáticos.
Identificar a finalidade de textos de diferentes gêneros.
(GO-EMLP06D) Reconhecer os diferentes recursos da linguagem verbal e não verbal em diferentes
tipologias textuais e diferentes gêneros discursivos, descrevendo os recursos utilizados na
elaboração dos textos para analisar os efeitos de sentido desses usos linguísticos na construção de
sentido.
Estratégias de leitura e compreensão de textos. Intertextualidade.
HABILIDADE DA BNCC
(EM13LP06) Analisar efeitos de sentido decorrentes de usos expressivos da linguagem, da escolha
de determinadas palavras ou expressões e da ordenação, combinação e contraposição de palavras,
dentre outros, para ampliar as possibilidades de construção de sentidos e de uso crítico de língua.
2022
GÊNEROS TEXTUAIS
“Gênero textual é um conceito que busca compreender e explicar a materialização dos
inúmeros textos que utilizamos na vida diária, desde mensagens telefônicas e posts em
redes sociais até entrevistas de emprego, artigos científicos e outros.”
Disponível em: http://gg.gg/12k4bk. Acesso em: 04 out. 2022.
2022
INTERTEXTUALIDADE
“A intertextualidade é um recurso realizado entre textos, ou seja, é a influência e relação
que um estabelece sobre o outro. [...]
Grosso modo, a intertextualidade é o diálogo entre textos, de forma que essa relação pode ser
estabelecida entre as produções textuais que apresentem diversas linguagens (visual,
auditiva, escrita), sendo expressa nas artes (literatura, pintura, escultura, música, dança,
cinema), propagandas publicitárias, programas televisivos, provérbios, charges, dentre
outros.”
Disponível em: http://gg.gg/12k4be. Acesso em: 03 nov. 2022.
2022
“De acordo com a referência utilizada pela intertextualidade ela é dividida em dois tipos:
1. Intertextualidade explícita: nota-se logo o intertexto na superfície textual, ou seja,
geralmente há citação da fonte original;
2. Intertextualidade implícita: não se encontra de imediato o intertexto aplicado, ou seja, é
necessária maior atenção do leitor, uma vez que não aparece a citação do texto-fonte.”
Disponível em: http://gg.gg/12k4be. Acesso em: 03 nov. 2022.
2022
Intertextualidade na Literatura
“Fenômeno recorrente nas produções literárias, segue[m] alguns exemplos de intertextualidade.
O poema de Casimiro de Abreu (1839-1860), “Meus oito anos”, escrito no século XIX, é um dos textos que
gerou inúmeros exemplos de intertextualidade, como é o caso da paródia de Oswald de Andrade “Meus oito
anos”, escrito no século XX:”
Texto Original
“Oh! que saudades que tenho
Da aurora da minha vida,
Da minha infância querida
Que os anos não trazem mais!
Que amor, que sonhos, que flores,
Naquelas tardes fagueiras
À sombra das bananeiras,
Debaixo dos laranjais!”
(Casimiro de Abreu, “Meus oito anos”)
Paródia
“Oh que saudades que eu tenho
Da aurora de minha vida
Das horas
De minha infância
Que os anos não trazem mais
Naquele quintal de terra!
Da rua de Santo Antônio
Debaixo da bananeira
Sem nenhum laranjais”
(Oswald de Andrade)
Disponível em: http://gg.gg/12k4be. Acesso em: 03 nov. 2022.
2022
SOUSA, Maurício de. O Estado de S. Paulo, 11 fev. 2006. Disponível em: http://gg.gg/12k4br. Acesso em: 03 nov. 2022.
2022
“Outro exemplo é o poema de Gonçalves Dias (1823-1864) intitulado Canção do Exílio o
qual já rendeu inúmeras versões.”
Texto Original
“Minha terra tem palmeiras
Onde canta o sabiá,
As aves que aqui gorjeiam
Não gorjeiam como lá.”
Gonçalves Dias, “Canção do exílio”.
Paródia
“Minha terra tem palmares
onde gorjeia o mar
os passarinhos daqui
não cantam como os de lá.”
Oswald de Andrade, “Canto de regresso à
pátria”.
Paráfrase
“Meus olhos brasileiros se
fecham saudosos
Minha boca procura a ‘Canção do
Exílio’.
Como era mesmo a ‘Canção do
Exílio’?
Eu tão esquecido de minha terra...
Ai terra que tem palmeiras
Onde canta o sabiá!”
Carlos Drummond de Andrade, “Europa, França
e Bahia”.
Disponível em: http://gg.gg/12k4be. Acesso em: 03 nov. 2022.
2022
“Predição - A predição é o ato de prever ou antecipar o que será abordado, com base nas
informações explícitas do texto (título, autor, palavras, índices) ou até conhecimento já
existente que pode ser útil para facilitar a compreensão. [...]
ESTRATÉGIAS DE LEITURA
Analisar a estrutura do texto - Ao avaliar a estrutura textual, identificando aspectos como o
cenário, personagens, problema, ação, tema, resultados, todas as características presentes, é
possível fazer uma associação entre esses elementos e o conteúdo estudado.
Representação visual - Assim como recordar os elementos facilita a absorção do conteúdo,
formar uma imagem mental do que foi lido, auxilia na compreensão, principalmente quando
o texto é muito extenso.”
Disponível em: http://gg.gg/12k4ce. Acesso em: 03 nov. 2022.
2022
Disponível
em:
https://tinyurl.com/GEPROMLPIV1128.
Acesso
em:
04.
out.
2022.
Notícia
Reportagem
Editorial
Artigo de opinião
Crônica
Charge
Classificados
Entrevista
Gêneros
Textuais
2022
Desiguais na fisionomia, na cor e na raça, o que lhes
assegura identidade peculiar, são iguais enquanto
frente de trabalho. Num dos cantos, as chaminés das
indústrias se alçam verticalmente. No mais, em todo
o quadro, rostos colados, um ao lado do outro, em
pirâmide que tende a se prolongar infinitamente,
como mercadoria que se acumula, pelo quadro afora.
Nádia Gotlib. Tarsila do Amaral, a modernista.
O texto aponta no quadro de Tarsila do Amaral um tema
que também se encontra nos versos transcritos em:
(A) “Pensem nas meninas/ Cegas inexatas/ Pensem nas
mulheres/ Rotas alteradas.” (Vinícius de Moraes)
(B) “Somos muitos severinos/ iguais em tudo e na sina:/ a
de abrandar estas pedras/ suando-se muito em cima.” (João
Cabral de Melo Neto)
(C) “O funcionário público não cabe no poema/ com seu
salário de fome/ sua vida fechada em arquivos.” (Ferreira
Gullar)
(D) “Não sou nada./ Nunca serei nada./ Não posso querer
ser nada./À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do
mundo.” (Fernando Pessoa)
(E) “Os inocentes do Leblon/ Não viram o navio entrar
(...)/ Os inocentes, definitivamente inocentes/ tudo
ignoravam,/ mas a areia é quente, e há um óleo suave que
eles passam pelas costas, e aquecem.” (Carlos Drummond
de Andrade)
(B) “Somos muitos severinos/ iguais em tudo e na sina:/ a
de abrandar estas pedras/ suando-se muito em cima.” (João
Cabral de Melo Neto)
(ENEM/2003-Adaptada)
DICAS DO TIO IVAIR
 Leitura e compreensão.
 Intertextualidade.
2022
Forte abraço!
Beijo no coração!
2022
2022

Contenu connexe

Similaire à LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Port TBC Ivair 14 11 Semana 33.pptx

Intertextualidade
IntertextualidadeIntertextualidade
Intertextualidade
Francis Paula
 
Intertextualidade e linguagem Catia Delatorre
Intertextualidade e linguagem   Catia DelatorreIntertextualidade e linguagem   Catia Delatorre
Intertextualidade e linguagem Catia Delatorre
Catia Delatorre
 
Aap lp ago 2015 caderno do professor_2 em_intranet (3)
Aap lp ago 2015 caderno do professor_2 em_intranet (3)Aap lp ago 2015 caderno do professor_2 em_intranet (3)
Aap lp ago 2015 caderno do professor_2 em_intranet (3)
Andréa Sousa Silveira Silva
 
Intertextualidades - "Vou-me embora pra pasárgada"
Intertextualidades - "Vou-me embora pra pasárgada"Intertextualidades - "Vou-me embora pra pasárgada"
Intertextualidades - "Vou-me embora pra pasárgada"
Edilson A. Souza
 
atividades do Enem
atividades do Enematividades do Enem
atividades do Enem
Daniela Arfeli
 
Aulão de Linguagens - Enem 2017 - CSJ
Aulão de Linguagens - Enem 2017 - CSJAulão de Linguagens - Enem 2017 - CSJ
Aulão de Linguagens - Enem 2017 - CSJ
CrisBiagio
 
Linguagens Hildalene
Linguagens HildaleneLinguagens Hildalene
Linguagens Hildalene
Pré-Enem Seduc
 
Intertextualidade e Paráfrase
Intertextualidade e ParáfraseIntertextualidade e Paráfrase
Intertextualidade e Paráfrase
Jomari
 
Figuras de Linguagem.pptx
Figuras de Linguagem.pptxFiguras de Linguagem.pptx
Figuras de Linguagem.pptx
Cydyclessya Cydy
 
SEMANA 04 - LÍNGUA PORTUGUESA - 3ª SÉRIE - ANALISE E INTERPRETAÇÃO SEMIÓTICA
SEMANA 04 - LÍNGUA PORTUGUESA -  3ª SÉRIE - ANALISE E INTERPRETAÇÃO SEMIÓTICASEMANA 04 - LÍNGUA PORTUGUESA -  3ª SÉRIE - ANALISE E INTERPRETAÇÃO SEMIÓTICA
SEMANA 04 - LÍNGUA PORTUGUESA - 3ª SÉRIE - ANALISE E INTERPRETAÇÃO SEMIÓTICA
GernciadeProduodeMat
 
Ot 03 09-2010[1]
Ot 03 09-2010[1]Ot 03 09-2010[1]
Ot 03 09-2010[1]
Elisangela Prismit
 
Material de estudo para o enem - linguagens e codigos lingua espanhola
Material de estudo para o enem - linguagens e codigos lingua espanholaMaterial de estudo para o enem - linguagens e codigos lingua espanhola
Material de estudo para o enem - linguagens e codigos lingua espanhola
NathSantana
 
27207.pptx
27207.pptx27207.pptx
27207.pptx
27207.pptx27207.pptx
27207.pptx
Recyda1
 
intertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptx
intertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptxintertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptx
intertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptx
keilaoliveira69
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
professorakathia
 
Pronomes Relativos
Pronomes RelativosPronomes Relativos
Pronomes Relativos
Andreia Cezar Pedreira
 
Pronomeslpo
PronomeslpoPronomeslpo
Variedades linguísticas- exercício
Variedades linguísticas-  exercícioVariedades linguísticas-  exercício
Variedades linguísticas- exercício
Cláudia Heloísa
 
APOSTILA PREPARATÓRIA ENEM 2012. LINGUAGENS SUAS TECNOLOGIAS E SEUS CÓDIGOS.
APOSTILA PREPARATÓRIA ENEM 2012. LINGUAGENS SUAS TECNOLOGIAS E SEUS CÓDIGOS.APOSTILA PREPARATÓRIA ENEM 2012. LINGUAGENS SUAS TECNOLOGIAS E SEUS CÓDIGOS.
APOSTILA PREPARATÓRIA ENEM 2012. LINGUAGENS SUAS TECNOLOGIAS E SEUS CÓDIGOS.
Antônio Fernandes
 

Similaire à LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Port TBC Ivair 14 11 Semana 33.pptx (20)

Intertextualidade
IntertextualidadeIntertextualidade
Intertextualidade
 
Intertextualidade e linguagem Catia Delatorre
Intertextualidade e linguagem   Catia DelatorreIntertextualidade e linguagem   Catia Delatorre
Intertextualidade e linguagem Catia Delatorre
 
Aap lp ago 2015 caderno do professor_2 em_intranet (3)
Aap lp ago 2015 caderno do professor_2 em_intranet (3)Aap lp ago 2015 caderno do professor_2 em_intranet (3)
Aap lp ago 2015 caderno do professor_2 em_intranet (3)
 
Intertextualidades - "Vou-me embora pra pasárgada"
Intertextualidades - "Vou-me embora pra pasárgada"Intertextualidades - "Vou-me embora pra pasárgada"
Intertextualidades - "Vou-me embora pra pasárgada"
 
atividades do Enem
atividades do Enematividades do Enem
atividades do Enem
 
Aulão de Linguagens - Enem 2017 - CSJ
Aulão de Linguagens - Enem 2017 - CSJAulão de Linguagens - Enem 2017 - CSJ
Aulão de Linguagens - Enem 2017 - CSJ
 
Linguagens Hildalene
Linguagens HildaleneLinguagens Hildalene
Linguagens Hildalene
 
Intertextualidade e Paráfrase
Intertextualidade e ParáfraseIntertextualidade e Paráfrase
Intertextualidade e Paráfrase
 
Figuras de Linguagem.pptx
Figuras de Linguagem.pptxFiguras de Linguagem.pptx
Figuras de Linguagem.pptx
 
SEMANA 04 - LÍNGUA PORTUGUESA - 3ª SÉRIE - ANALISE E INTERPRETAÇÃO SEMIÓTICA
SEMANA 04 - LÍNGUA PORTUGUESA -  3ª SÉRIE - ANALISE E INTERPRETAÇÃO SEMIÓTICASEMANA 04 - LÍNGUA PORTUGUESA -  3ª SÉRIE - ANALISE E INTERPRETAÇÃO SEMIÓTICA
SEMANA 04 - LÍNGUA PORTUGUESA - 3ª SÉRIE - ANALISE E INTERPRETAÇÃO SEMIÓTICA
 
Ot 03 09-2010[1]
Ot 03 09-2010[1]Ot 03 09-2010[1]
Ot 03 09-2010[1]
 
Material de estudo para o enem - linguagens e codigos lingua espanhola
Material de estudo para o enem - linguagens e codigos lingua espanholaMaterial de estudo para o enem - linguagens e codigos lingua espanhola
Material de estudo para o enem - linguagens e codigos lingua espanhola
 
27207.pptx
27207.pptx27207.pptx
27207.pptx
 
27207.pptx
27207.pptx27207.pptx
27207.pptx
 
intertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptx
intertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptxintertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptx
intertextualidadesnoenem-171016134816 (1).pptx
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Pronomes Relativos
Pronomes RelativosPronomes Relativos
Pronomes Relativos
 
Pronomeslpo
PronomeslpoPronomeslpo
Pronomeslpo
 
Variedades linguísticas- exercício
Variedades linguísticas-  exercícioVariedades linguísticas-  exercício
Variedades linguísticas- exercício
 
APOSTILA PREPARATÓRIA ENEM 2012. LINGUAGENS SUAS TECNOLOGIAS E SEUS CÓDIGOS.
APOSTILA PREPARATÓRIA ENEM 2012. LINGUAGENS SUAS TECNOLOGIAS E SEUS CÓDIGOS.APOSTILA PREPARATÓRIA ENEM 2012. LINGUAGENS SUAS TECNOLOGIAS E SEUS CÓDIGOS.
APOSTILA PREPARATÓRIA ENEM 2012. LINGUAGENS SUAS TECNOLOGIAS E SEUS CÓDIGOS.
 

Plus de GernciadeProduodeMat

SEMANA 02 | BIOLOGIA – BIOLOGIA – 2ª SÉRIE – TEMA: FEUDALISMO E IDADE MÉDIA.
SEMANA 02 | BIOLOGIA – BIOLOGIA – 2ª SÉRIE – TEMA: FEUDALISMO E IDADE MÉDIA.SEMANA 02 | BIOLOGIA – BIOLOGIA – 2ª SÉRIE – TEMA: FEUDALISMO E IDADE MÉDIA.
SEMANA 02 | BIOLOGIA – BIOLOGIA – 2ª SÉRIE – TEMA: FEUDALISMO E IDADE MÉDIA.
GernciadeProduodeMat
 
SEMANA 02 | LÍNGUA PORTUGUESA| IVAIR | 1ª SÉRIE | CONTEXTO DE PRODUÇÃO DO GÊN...
SEMANA 02 | LÍNGUA PORTUGUESA| IVAIR | 1ª SÉRIE | CONTEXTO DE PRODUÇÃO DO GÊN...SEMANA 02 | LÍNGUA PORTUGUESA| IVAIR | 1ª SÉRIE | CONTEXTO DE PRODUÇÃO DO GÊN...
SEMANA 02 | LÍNGUA PORTUGUESA| IVAIR | 1ª SÉRIE | CONTEXTO DE PRODUÇÃO DO GÊN...
GernciadeProduodeMat
 
Semana 02 | Matemática | 1ª série| Notação científica e arredondamento de dados
Semana 02 | Matemática | 1ª série| Notação científica e arredondamento de dados Semana 02 | Matemática | 1ª série| Notação científica e arredondamento de dados
Semana 02 | Matemática | 1ª série| Notação científica e arredondamento de dados
GernciadeProduodeMat
 
Semana 01 - Língua Portuguesa - 3ª Série - Estratégias de leitura e compreens...
Semana 01 - Língua Portuguesa - 3ª Série - Estratégias de leitura e compreens...Semana 01 - Língua Portuguesa - 3ª Série - Estratégias de leitura e compreens...
Semana 01 - Língua Portuguesa - 3ª Série - Estratégias de leitura e compreens...
GernciadeProduodeMat
 
Semana 01 - Língua Portuguesa - 2ª Série - Gêneros discursivos
Semana 01 - Língua Portuguesa - 2ª Série - Gêneros discursivos Semana 01 - Língua Portuguesa - 2ª Série - Gêneros discursivos
Semana 01 - Língua Portuguesa - 2ª Série - Gêneros discursivos
GernciadeProduodeMat
 
Semana 01- Matemática - 2ª Série - Polígonos regulares e suas características
Semana 01-  Matemática - 2ª Série - Polígonos regulares e suas característicasSemana 01-  Matemática - 2ª Série - Polígonos regulares e suas características
Semana 01- Matemática - 2ª Série - Polígonos regulares e suas características
GernciadeProduodeMat
 
Semana 01 - HISTÓRIA - 1ª Série - Identidade Cultural
Semana 01 - HISTÓRIA -  1ª Série - Identidade Cultural Semana 01 - HISTÓRIA -  1ª Série - Identidade Cultural
Semana 01 - HISTÓRIA - 1ª Série - Identidade Cultural
GernciadeProduodeMat
 
Semana 01 - Biologia - 1ª Série - Biodiversidade
Semana 01 - Biologia - 1ª Série - BiodiversidadeSemana 01 - Biologia - 1ª Série - Biodiversidade
Semana 01 - Biologia - 1ª Série - Biodiversidade
GernciadeProduodeMat
 
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA 2ª Série Port Ivair PPT TB...
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS -  LÍNGUA PORTUGUESA 2ª Série Port Ivair PPT TB...LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS -  LÍNGUA PORTUGUESA 2ª Série Port Ivair PPT TB...
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA 2ª Série Port Ivair PPT TB...
GernciadeProduodeMat
 
CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS 1ª Séries Hist. TBC Fernanda 18 10 Seman...
CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS 1ª Séries Hist. TBC Fernanda 18 10 Seman...CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS 1ª Séries Hist. TBC Fernanda 18 10 Seman...
CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS 1ª Séries Hist. TBC Fernanda 18 10 Seman...
GernciadeProduodeMat
 
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Mat TBC Silvio 17 10 Semana 29.pptx
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Mat TBC Silvio 17 10 Semana 29.pptxMATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Mat TBC Silvio 17 10 Semana 29.pptx
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Mat TBC Silvio 17 10 Semana 29.pptx
GernciadeProduodeMat
 
1ª série Educação Física Marcelo PPT TBC 25 10.pptx
1ª série Educação Física Marcelo PPT TBC 25 10.pptx1ª série Educação Física Marcelo PPT TBC 25 10.pptx
1ª série Educação Física Marcelo PPT TBC 25 10.pptx
GernciadeProduodeMat
 
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 2ª Série 28-10-2022 semana 30.pptx
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 2ª Série 28-10-2022 semana 30.pptxMATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 2ª Série 28-10-2022 semana 30.pptx
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 2ª Série 28-10-2022 semana 30.pptx
GernciadeProduodeMat
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE
GernciadeProduodeMat
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE
GernciadeProduodeMat
 
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...
GernciadeProduodeMat
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA –1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA –1ª SÉR...CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA –1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA –1ª SÉR...
GernciadeProduodeMat
 
MATEMÁTICAS E SUAS TECNOLOGIAS – MATEMÁTICA – 1ª SÉRIE –POLÍGONOS REGULARES (...
MATEMÁTICAS E SUAS TECNOLOGIAS – MATEMÁTICA – 1ª SÉRIE –POLÍGONOS REGULARES (...MATEMÁTICAS E SUAS TECNOLOGIAS – MATEMÁTICA – 1ª SÉRIE –POLÍGONOS REGULARES (...
MATEMÁTICAS E SUAS TECNOLOGIAS – MATEMÁTICA – 1ª SÉRIE –POLÍGONOS REGULARES (...
GernciadeProduodeMat
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...
GernciadeProduodeMat
 
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA – 2ª SÉRIE –PLANEJAMENTO E ...
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA – 2ª SÉRIE –PLANEJAMENTO E ...LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA – 2ª SÉRIE –PLANEJAMENTO E ...
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA – 2ª SÉRIE –PLANEJAMENTO E ...
GernciadeProduodeMat
 

Plus de GernciadeProduodeMat (20)

SEMANA 02 | BIOLOGIA – BIOLOGIA – 2ª SÉRIE – TEMA: FEUDALISMO E IDADE MÉDIA.
SEMANA 02 | BIOLOGIA – BIOLOGIA – 2ª SÉRIE – TEMA: FEUDALISMO E IDADE MÉDIA.SEMANA 02 | BIOLOGIA – BIOLOGIA – 2ª SÉRIE – TEMA: FEUDALISMO E IDADE MÉDIA.
SEMANA 02 | BIOLOGIA – BIOLOGIA – 2ª SÉRIE – TEMA: FEUDALISMO E IDADE MÉDIA.
 
SEMANA 02 | LÍNGUA PORTUGUESA| IVAIR | 1ª SÉRIE | CONTEXTO DE PRODUÇÃO DO GÊN...
SEMANA 02 | LÍNGUA PORTUGUESA| IVAIR | 1ª SÉRIE | CONTEXTO DE PRODUÇÃO DO GÊN...SEMANA 02 | LÍNGUA PORTUGUESA| IVAIR | 1ª SÉRIE | CONTEXTO DE PRODUÇÃO DO GÊN...
SEMANA 02 | LÍNGUA PORTUGUESA| IVAIR | 1ª SÉRIE | CONTEXTO DE PRODUÇÃO DO GÊN...
 
Semana 02 | Matemática | 1ª série| Notação científica e arredondamento de dados
Semana 02 | Matemática | 1ª série| Notação científica e arredondamento de dados Semana 02 | Matemática | 1ª série| Notação científica e arredondamento de dados
Semana 02 | Matemática | 1ª série| Notação científica e arredondamento de dados
 
Semana 01 - Língua Portuguesa - 3ª Série - Estratégias de leitura e compreens...
Semana 01 - Língua Portuguesa - 3ª Série - Estratégias de leitura e compreens...Semana 01 - Língua Portuguesa - 3ª Série - Estratégias de leitura e compreens...
Semana 01 - Língua Portuguesa - 3ª Série - Estratégias de leitura e compreens...
 
Semana 01 - Língua Portuguesa - 2ª Série - Gêneros discursivos
Semana 01 - Língua Portuguesa - 2ª Série - Gêneros discursivos Semana 01 - Língua Portuguesa - 2ª Série - Gêneros discursivos
Semana 01 - Língua Portuguesa - 2ª Série - Gêneros discursivos
 
Semana 01- Matemática - 2ª Série - Polígonos regulares e suas características
Semana 01-  Matemática - 2ª Série - Polígonos regulares e suas característicasSemana 01-  Matemática - 2ª Série - Polígonos regulares e suas características
Semana 01- Matemática - 2ª Série - Polígonos regulares e suas características
 
Semana 01 - HISTÓRIA - 1ª Série - Identidade Cultural
Semana 01 - HISTÓRIA -  1ª Série - Identidade Cultural Semana 01 - HISTÓRIA -  1ª Série - Identidade Cultural
Semana 01 - HISTÓRIA - 1ª Série - Identidade Cultural
 
Semana 01 - Biologia - 1ª Série - Biodiversidade
Semana 01 - Biologia - 1ª Série - BiodiversidadeSemana 01 - Biologia - 1ª Série - Biodiversidade
Semana 01 - Biologia - 1ª Série - Biodiversidade
 
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA 2ª Série Port Ivair PPT TB...
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS -  LÍNGUA PORTUGUESA 2ª Série Port Ivair PPT TB...LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS -  LÍNGUA PORTUGUESA 2ª Série Port Ivair PPT TB...
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA 2ª Série Port Ivair PPT TB...
 
CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS 1ª Séries Hist. TBC Fernanda 18 10 Seman...
CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS 1ª Séries Hist. TBC Fernanda 18 10 Seman...CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS 1ª Séries Hist. TBC Fernanda 18 10 Seman...
CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS 1ª Séries Hist. TBC Fernanda 18 10 Seman...
 
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Mat TBC Silvio 17 10 Semana 29.pptx
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Mat TBC Silvio 17 10 Semana 29.pptxMATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Mat TBC Silvio 17 10 Semana 29.pptx
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Mat TBC Silvio 17 10 Semana 29.pptx
 
1ª série Educação Física Marcelo PPT TBC 25 10.pptx
1ª série Educação Física Marcelo PPT TBC 25 10.pptx1ª série Educação Física Marcelo PPT TBC 25 10.pptx
1ª série Educação Física Marcelo PPT TBC 25 10.pptx
 
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 2ª Série 28-10-2022 semana 30.pptx
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 2ª Série 28-10-2022 semana 30.pptxMATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 2ª Série 28-10-2022 semana 30.pptx
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 2ª Série 28-10-2022 semana 30.pptx
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE
 
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA –1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA –1ª SÉR...CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA –1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA –1ª SÉR...
 
MATEMÁTICAS E SUAS TECNOLOGIAS – MATEMÁTICA – 1ª SÉRIE –POLÍGONOS REGULARES (...
MATEMÁTICAS E SUAS TECNOLOGIAS – MATEMÁTICA – 1ª SÉRIE –POLÍGONOS REGULARES (...MATEMÁTICAS E SUAS TECNOLOGIAS – MATEMÁTICA – 1ª SÉRIE –POLÍGONOS REGULARES (...
MATEMÁTICAS E SUAS TECNOLOGIAS – MATEMÁTICA – 1ª SÉRIE –POLÍGONOS REGULARES (...
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...
 
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA – 2ª SÉRIE –PLANEJAMENTO E ...
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA – 2ª SÉRIE –PLANEJAMENTO E ...LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA – 2ª SÉRIE –PLANEJAMENTO E ...
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA – 2ª SÉRIE –PLANEJAMENTO E ...
 

Dernier

Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
marcos oliveira
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 

Dernier (20)

Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 

LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Port TBC Ivair 14 11 Semana 33.pptx

  • 1. LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS LÍNGUA PORTUGUESA Professor Ivair Alves de Souza Ensino Médio 2022
  • 2. OBJETIVO DE APRENDIZAGEM DO DC-GOEM OBJETO DE CONHECIMENTO HABILIDADES SAEB/SAEGO 2022 Reconhecer o assunto em um texto. Inferir o sentido de uma palavra ou expressão a partir do contexto. Reconhecer o sentido das relações lógicas-discursivas de um texto. Reconhecer o efeito de sentido decorrente da exploração de recursos morfossintáticos. Identificar a finalidade de textos de diferentes gêneros. (GO-EMLP06D) Reconhecer os diferentes recursos da linguagem verbal e não verbal em diferentes tipologias textuais e diferentes gêneros discursivos, descrevendo os recursos utilizados na elaboração dos textos para analisar os efeitos de sentido desses usos linguísticos na construção de sentido. Estratégias de leitura e compreensão de textos. Intertextualidade. HABILIDADE DA BNCC (EM13LP06) Analisar efeitos de sentido decorrentes de usos expressivos da linguagem, da escolha de determinadas palavras ou expressões e da ordenação, combinação e contraposição de palavras, dentre outros, para ampliar as possibilidades de construção de sentidos e de uso crítico de língua.
  • 3. 2022 GÊNEROS TEXTUAIS “Gênero textual é um conceito que busca compreender e explicar a materialização dos inúmeros textos que utilizamos na vida diária, desde mensagens telefônicas e posts em redes sociais até entrevistas de emprego, artigos científicos e outros.” Disponível em: http://gg.gg/12k4bk. Acesso em: 04 out. 2022.
  • 4. 2022 INTERTEXTUALIDADE “A intertextualidade é um recurso realizado entre textos, ou seja, é a influência e relação que um estabelece sobre o outro. [...] Grosso modo, a intertextualidade é o diálogo entre textos, de forma que essa relação pode ser estabelecida entre as produções textuais que apresentem diversas linguagens (visual, auditiva, escrita), sendo expressa nas artes (literatura, pintura, escultura, música, dança, cinema), propagandas publicitárias, programas televisivos, provérbios, charges, dentre outros.” Disponível em: http://gg.gg/12k4be. Acesso em: 03 nov. 2022.
  • 5. 2022 “De acordo com a referência utilizada pela intertextualidade ela é dividida em dois tipos: 1. Intertextualidade explícita: nota-se logo o intertexto na superfície textual, ou seja, geralmente há citação da fonte original; 2. Intertextualidade implícita: não se encontra de imediato o intertexto aplicado, ou seja, é necessária maior atenção do leitor, uma vez que não aparece a citação do texto-fonte.” Disponível em: http://gg.gg/12k4be. Acesso em: 03 nov. 2022.
  • 6. 2022 Intertextualidade na Literatura “Fenômeno recorrente nas produções literárias, segue[m] alguns exemplos de intertextualidade. O poema de Casimiro de Abreu (1839-1860), “Meus oito anos”, escrito no século XIX, é um dos textos que gerou inúmeros exemplos de intertextualidade, como é o caso da paródia de Oswald de Andrade “Meus oito anos”, escrito no século XX:” Texto Original “Oh! que saudades que tenho Da aurora da minha vida, Da minha infância querida Que os anos não trazem mais! Que amor, que sonhos, que flores, Naquelas tardes fagueiras À sombra das bananeiras, Debaixo dos laranjais!” (Casimiro de Abreu, “Meus oito anos”) Paródia “Oh que saudades que eu tenho Da aurora de minha vida Das horas De minha infância Que os anos não trazem mais Naquele quintal de terra! Da rua de Santo Antônio Debaixo da bananeira Sem nenhum laranjais” (Oswald de Andrade) Disponível em: http://gg.gg/12k4be. Acesso em: 03 nov. 2022.
  • 7. 2022 SOUSA, Maurício de. O Estado de S. Paulo, 11 fev. 2006. Disponível em: http://gg.gg/12k4br. Acesso em: 03 nov. 2022.
  • 8. 2022 “Outro exemplo é o poema de Gonçalves Dias (1823-1864) intitulado Canção do Exílio o qual já rendeu inúmeras versões.” Texto Original “Minha terra tem palmeiras Onde canta o sabiá, As aves que aqui gorjeiam Não gorjeiam como lá.” Gonçalves Dias, “Canção do exílio”. Paródia “Minha terra tem palmares onde gorjeia o mar os passarinhos daqui não cantam como os de lá.” Oswald de Andrade, “Canto de regresso à pátria”. Paráfrase “Meus olhos brasileiros se fecham saudosos Minha boca procura a ‘Canção do Exílio’. Como era mesmo a ‘Canção do Exílio’? Eu tão esquecido de minha terra... Ai terra que tem palmeiras Onde canta o sabiá!” Carlos Drummond de Andrade, “Europa, França e Bahia”. Disponível em: http://gg.gg/12k4be. Acesso em: 03 nov. 2022.
  • 9. 2022 “Predição - A predição é o ato de prever ou antecipar o que será abordado, com base nas informações explícitas do texto (título, autor, palavras, índices) ou até conhecimento já existente que pode ser útil para facilitar a compreensão. [...] ESTRATÉGIAS DE LEITURA Analisar a estrutura do texto - Ao avaliar a estrutura textual, identificando aspectos como o cenário, personagens, problema, ação, tema, resultados, todas as características presentes, é possível fazer uma associação entre esses elementos e o conteúdo estudado. Representação visual - Assim como recordar os elementos facilita a absorção do conteúdo, formar uma imagem mental do que foi lido, auxilia na compreensão, principalmente quando o texto é muito extenso.” Disponível em: http://gg.gg/12k4ce. Acesso em: 03 nov. 2022.
  • 11. 2022 Desiguais na fisionomia, na cor e na raça, o que lhes assegura identidade peculiar, são iguais enquanto frente de trabalho. Num dos cantos, as chaminés das indústrias se alçam verticalmente. No mais, em todo o quadro, rostos colados, um ao lado do outro, em pirâmide que tende a se prolongar infinitamente, como mercadoria que se acumula, pelo quadro afora. Nádia Gotlib. Tarsila do Amaral, a modernista. O texto aponta no quadro de Tarsila do Amaral um tema que também se encontra nos versos transcritos em: (A) “Pensem nas meninas/ Cegas inexatas/ Pensem nas mulheres/ Rotas alteradas.” (Vinícius de Moraes) (B) “Somos muitos severinos/ iguais em tudo e na sina:/ a de abrandar estas pedras/ suando-se muito em cima.” (João Cabral de Melo Neto) (C) “O funcionário público não cabe no poema/ com seu salário de fome/ sua vida fechada em arquivos.” (Ferreira Gullar) (D) “Não sou nada./ Nunca serei nada./ Não posso querer ser nada./À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.” (Fernando Pessoa) (E) “Os inocentes do Leblon/ Não viram o navio entrar (...)/ Os inocentes, definitivamente inocentes/ tudo ignoravam,/ mas a areia é quente, e há um óleo suave que eles passam pelas costas, e aquecem.” (Carlos Drummond de Andrade) (B) “Somos muitos severinos/ iguais em tudo e na sina:/ a de abrandar estas pedras/ suando-se muito em cima.” (João Cabral de Melo Neto) (ENEM/2003-Adaptada)
  • 12. DICAS DO TIO IVAIR  Leitura e compreensão.  Intertextualidade. 2022
  • 13. Forte abraço! Beijo no coração! 2022
  • 14. 2022