Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.

Service Design em Grandes Corporações

Costumamos ver as metodologias do Service Design aplicadas principalmente na criação de novos serviços ou startups. Neste encontro, conversaremos sobre como essas ferramentas podem ser usadas para o redesign de serviços já existentes e na manutenção deles.

A partir de um caso real, debateremos sobre os desafios e os aprendizados para utilizar os processos de colaboração, cocriação e a empatia dentro de uma grande corporação, com diversas equipes e uma cultura consolidada.

  • Identifiez-vous pour voir les commentaires

Service Design em Grandes Corporações

  1. 1. Construir juntos para construir melhor
  2. 2.  Nome  Com que trabalha  Quanto conhece sobre Service Design ou UX
  3. 3. Heller de Paula “Construir narrativas encantadoras para realizarmos nossas atividades do melhor jeito possível”. Franchise consultant Digital designer User experience designer
  4. 4. Debate Como o Service Design está presente ou pode ser inserido em grandes empresas?
  5. 5. Start-ups • Maior agilidade • Equipes menores • Abertura a tentativas e reestruturações Grandes companhias • Maior burocracia • Muitas equipes com muitas pessoas • Retidão com o ousado ou arriscado Dilemas
  6. 6. Os sete grandes desafios 1. Apego ao modo como as coisas já estão sendo feitas 2. Dúvida sobre metodologias “diferentes” (quão isso é proveitoso?) 3. Cultura das áreas diferentes geram resistência ao trabalho colaborativo 4. Pressão por resultados em curto prazo inibe a inovação 5. Prazo de entrega no fluxo de trabalho pressiona o valor a ser entregue 6. Processos burocráticos inibem a criatividade 7. Quebrar paradigmas é difícil
  7. 7. Bases
  8. 8. Bases
  9. 9. Fluxo de trabalho EXEMPLO
  10. 10. Fluxo de trabalho EXEMPLO COCRIAÇÃO
  11. 11. DESBRAVANDO UM NOVO MUNDO O primeiro passo é o mais complicado
  12. 12. A liga
  13. 13. Primeiros passos Evangelize Exemplifique Explore Exponha
  14. 14. O primeiro caso • Curiosidade • Resultado • Exemplos reais
  15. 15. Começando pequeno
  16. 16. Adaptando-se ao fluxo
  17. 17. Mensuração e divulgação • Indicadores definidos antes • Ressaltar os pontos positivos • Exibir os pontos a melhorar já com planos de ação
  18. 18. Diferenças exigem tratamentos distintos Estrutura A1 Estrutura NB Estrutura HJ Estrutura FR Estrutura WK Estrutura J3 Estrutura LK Estrutura MN
  19. 19. NOSSOS DESAFIOS
  20. 20. Obrigado! www.hellerdepaula.com www.linkedin.com/in/hellerdepaula www.dianafournier.com.br www.linkedin.com/in/dianafournier www.linkedin.com/in/thips Heller de Paula Diana Fournier Thiago Prado
  21. 21. Referências https://thenounproject.com/gasparvasco/ https://thenounproject.com/bart.scholliers/ https://thenounproject.com/man1/ https://thenounproject.com/nl_menghini/ http://voicesfromkrypton.net/justice-league-new-fan-made-movie-trailer/ http://leankit.com/learn/kanban/kanban-board/ https://thenounproject.com/Milky/ https://thenounproject.com/Anisha%20Varghese/ https://thenounproject.com/creativestall/ https://thenounproject.com/tomplusplus/ http://pics-about-space.com/neil-armstrong-first-step?p=4 https://thenounproject.com/formbuero/ https://thenounproject.com/yugudesign/ https://thenounproject.com/kaipei.feng/ https://thenounproject.com/amyschwartz/ https://thenounproject.com/lfc/ https://thenounproject.com/takaoumehara/ https://thenounproject.com/r.severino/ https://thenounproject.com/Martin%20LEBRETON/ https://thenounproject.com/marie49/ https://thenounproject.com/michelez/

×