ApresentaçãO Brasil Plus 27102010 1

1 381 vues

Publié le

Apresentação Brazil lus FIDC

  • Soyez le premier à commenter

  • Soyez le premier à aimer ceci

ApresentaçãO Brasil Plus 27102010 1

  1. 1. Outubro 2010 Material de Suporte à Apresentação: Leia os Avisos na página 2 desta Apresentação.
  2. 2. Apresentação - AVISOS • AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTA APRESENTAÇÃO ESTÃO EM CONSONÂNCIA COM O PROSPECTO DEFINITIVO E O REGULAMENTO DO FUNDO, PORÉM NÃO OS SUBSTITUEM. • É RECOMENDADA A LEITURA CUIDADOSA DO PROSPECTO E DO REGULAMENTO, COM ESPECIAL ATENÇÃO PARA AS DISPOSIÇÕES RELATIVAS AOS OBJETIVOS E À POLÍTICA DE INVESTIMENTOS DO FUNDO, BEM COMO AOS FATORES DE RISCO A QUE O FUNDO ESTA EXPOSTO. • O INVESTIMENTO DO FUNDO DE INVESTIMENTO DE QUE TRATA ESTA APRESENTAÇÃO, APRESENTA RISCOS PARA O INVESTIDOR. AINDA QUE O GESTOR DA CARTEIRA MANTENHA SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS. NÃO HÁ GARANTIA DE COMPLETA ELIMINAÇÃO DA POSSIBILIDADE DE PERDAS PARA O FUNDO DE INVESTIMENTO E PARA O INVESTIDOR. • FUNDOS DE INVESTIMENTO NÃO CONTAM COM GARANTIA DO ADMINISTRADOR DO FUNDO, DO GESTOR DA CARTEIRA, DE QUALQUER MECANISMO DE SEGURO OU, AINDA, DO FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITO – FGC. • O TRATAMENTO TRIBUTÁRIO APLICÁVEL AO INVESTIDOR DESTE FUNDO DEPENDE DO PERÍODO DE APLICAÇÃO DO INVESTIDOR DESTE FUNDO DEPENDE DO PERÍODO DE APLICAÇÃO DO INVESTIDOR BEM COMO DA MANUTENÇÃO DE UMA CARTEIRA DE ATIVOS COM PRAZO MÉDIO SUPERIOR A 365 DIAS. ALTERAÇÕES NESTAS CARACTERÍSTICAS PODEM LEVAR A UM AUMENTO DO IMPOSTO DE RENDA INCIDENTE SOBRE A RENTABILIDADE AUFERIDA PELO INVESTIDOR. • OS DOCUMENTOS RELACIONAMENTOS AO FUNDO OBJETO DESTA APRESENTAÇÃO, FORAM APROVADOS PELA CVM, EM 02 DE MARÇO DE 2010. O PROSPECTO DEFINITIVO ESTÁ À DISPOSIÇÃO DOS INVESTIDORES NOS ENDEREÇOS: WWW.NSGCAPITAL.COM.BR, WWW.CETIP.COM.BR E WWW.CVM.GOV.BR. CASO SEJA DE SEU INTERESSE, O PROSPECTO PODERÁ SER SOLICITADO POR MEIO DOS SEGUINTES ENDEREÇOS: PRAIA DE BOTAFOGO, 440 – 6º ANDAR – RIO DE JANEIRO – RJ – CEP: 22.250-908 OU CONTACT@NSGCAPITAL.COM.BR.“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 2
  3. 3. Agenda 1. Introdução 2. Termos e Condições 3. Estrutura da Operação 4. Consultoras 5. Pontos Fortes 6. Estratégia 7. Garantias 8. Contatos“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 3
  4. 4. Agenda 1. Introdução 2. Termos e Condições 3. Estrutura da Operação 4. Consultoras 5. Pontos Fortes 6. Estratégia 7. Garantias 8. Contatos“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 4
  5. 5. Introdução Características da Oferta e do Fundo;  Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Brazil Plus – Multisegmentos;  O Fundo destina-se a adquirir, preponderantemente, direitos de crédito oriundos de operações performadas ou a performar - limitado à 20% do Patrimônio Líquido do Fundo -, dos segmentos mercantil, industrial e de prestação de serviços, realizadas por empresas dos segmentos mercantil, industrial, e de prestação de serviços;  Fundo de Condomínio aberto, Multicedente;  Registrado em 10/05/2007; Início das operações em Fev. de 2008.“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 5
  6. 6. Introdução Ativos Lastro Cedentes com contrato assinado 368 Cedentes ativos 138 Sacados ativos 18.122 Ticket médio R$ 3.291,58 Prazo Médio dos Recebíveis 54 dias PDD R$ -2.348.343,43 * Dados de fechamento para o mês de setembro de 2010“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 6
  7. 7. Agenda 1. Introdução 2. Termos e Condições 3. Estrutura da Operação 4. Consultoras 5. Pontos Fortes 6. Estratégia 7. Garantias 8. Contatos“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 7
  8. 8. Termos Condições Proporcionar rendimentos aos Quotistas por meio do investimento da Objetivo parcela preponderante de seus recursos na aquisição de direitos creditórios Tipo de Condomínio Aberto Moeda Real (R$) Mínimo 50%, sendo que as Cotas Subordinadas Juniores devem possuir ao Cotas Subordinadas % menos 30% em Relação às Cotas Subordinadas Mezaninos. Cotas Seniores % Até 50% Valor das Cotas Seniores R$ 10.000,00. No caso de novas emissões, deverá ser observada a relação entre o Patrimônio Líquido do Fundo e o valor das cotas. Garantias De acordo com a operação - Real e Fiduciária Rating – Cota Senior AA+ (Austin Ratings) (S&P em análise) Rating – Cota Mezanino (Austin em análise) Liquidez 60 dias após a solicitação Valor Mínimo R$ 25.000,00 Público Alvo Investidores Qualificados Alavancagem Não é permitida 125% do CDI – Cota Senior Benchmark 130% do CDI – Cota Subordinada Mezanino 0,15% ao ano à Administradora, 0,10% ao Gestor, 1,00% ao ano para a Distribuidora referente às cotas distribuídas, um valor às Empresas de Taxas de Administração Consultoria conforme o Contrato de Consultoria, uma taxa para o Custodiante, conforme o Contrato de Custódia.“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 8
  9. 9. Agenda 1. Introdução 2. Termos e Condições 3. Estrutura da Operação 4. Consultoras 5. Pontos Fortes 6. Estratégia 7. Garantias 8. Contatos“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 9
  10. 10. Estrutura da Operação Participante Descrição • NSG Capital DTVM S.A. • Administradora •Deutsche Bank S.A. - Banco Alemão • Custodiante • Concórdia S.A. CVMCC • Gestor • Distribuidora • NSG Capital DTVM S.A.“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 10
  11. 11. Estrutura da Operação Participantes Descrição • Opinião • Empresas de Consultoria • Sifra • Empresa de Auditoria • BDO Trevisan Auditores Independentes • Assessores Legais • Souza, Cescon, Avedissian, Barrieu e Flesh Advogados • Estruturadores • Brazil Plus Investment Management Ltd“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 11
  12. 12. Estrutura da Operação Participantes Descrição • Standard & Poor’s Rating • Agencia Classificadora de Risco Services • Austin Rating Serviços • Agencia Classificadora de Risco Financeiros“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 12
  13. 13. Estrutura da Operação Estrutura esquemática Administrador e Distribuidor 1A - Quotistas adquirem quotas 3 - Consultora indica DC’s ao Fundo 8 - FIDC paga rendimentos Consultoras 7- Consultora é remunerada pelos Dc’s FIDC liquidados Custodiante faz a custódia dos direitos creditório e controla os recebimentos do fundo 4- Cedente Cede Direitos 5 - Fundo paga Creditórios ao Fundo Cedente pelos Direitos Creditórios Cedente 6 - Sacado paga ao FIDC – liquidando a operação 1B - Cedente performa operação e 2 - Sacado formaliza fatura contra o promessa de Pagamento sacado a prazo dando origem a Direitos Creditórios Sacado“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 13
  14. 14. Estrutura da Operação • Modelagem de Fluxo de Caixa  Ordem de alocação de recursos • Pagamento dos encargos do fundo 1º • Reserva para os encargos do mês calendário 2º • Reserva para despesas relacionadas à liquidação e extinção do 3º Fundo Prioridade de resgate • Resgate das quotas Seniores 4º • Resgate das quotas Subordinadas Mezanino 5º • Resgate das quotas Subordinadas 6º • Novas aquisições de direitos creditórios 7“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 14
  15. 15. Estrutura da OperaçãoComitê de Investimento;• Thomas Cauchois  O Sr. Cauchois é um dos fundadores da FondElec Partners LLC e outras entidades. Passou aproximadamente 16 anos investindo em mercados emergentes globais e vinte e oito anos em consultoria internacional e financeira. A FondElec é uma empresa de private-equity que investe em mercados emergentes. Afiliadas da FondElec foram participantes no início dos investimentos nas privatizações da Rússia e da América Latina com sucesso, e geriu $ 150 milhões em capital de investimento direto de investidores institucionais. Sr. Cauchois é também o presidente da Comanche Clean Energy Corporation. Antes da FondElec, Sr. Cauchois foi Managing Director do Drexel Burnham Lambert. Sr. Cauchois é mestre pela Sloan School of Management do Massachusetts Institute of Technology (MIT) e graduado pela Universidade da Califórnia em Berkeley ;• Alicia Noyola  A carreira da Sra. Noyola tem sido focada em complexas operações no mercado de capitais, reestruturações e relações contratuais, tendo trabalhado nos Estados Unidos e na América Latina. Antes de se juntar à FondElec, ela foi vice-presidente da Capine Corporation para a América Latina, uma afiliada da Electrowatt Ltda ,uma multi-nacional Suíça, e parceira dos escritórios de advocacia de Thelen, Marrin, Johnson & Pontes e Lillick e Charles. Sra. Noyola é doutora em direito pela Hastings College, da Universidade da Califórnia, e é graduada em arquitetura pela Universidade da Califórnia em Berkeley;• Paulo Eugenio Schonenberg  o Sr. Paulo Shonenberg é Fundador e Presidente do Grupo Sifra, é graduado em Engenharia Mecânica pela Faculdade Mauá, com experiências anteriores na Degussa, Itautec e Banco Safra em Corporate Finance e Midle Market. Com anos de experiencia em Midle Market, e grande conhecimento do funcionamento das empresas atuantes nesse mercado, o Sr. Paulo Shonenberg preside e vota nos Comitês de Crédito do Grupo Sifra e também é membro votante de Comitês de Crédito de outras instituições financeiras.• Luis Geraldo Schonenberg  O Sr. Luis Shonenberg é Diretor da área administrativo-financeira do Grupo Sifra. Formado em contabilidade pela USP com mestrado em controladoria pela mesma instituição. O Sr Luis Shonenberg possui experiência de 19 anos em auditoria externa, sendo 5 anos na PriceWaterhousCoopers e 14 anos pela BDO Trevisan, tendo atuado como sócio nos 4 últimos anos. A experiência do Sr. Luis Shonenberg possibilitou que o Grupo Sifra se tornasse uma empresa sólida e competitiva.“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 15
  16. 16. Estrutura da Operação Representantes do Fundo; • Responsabilidades:  Aceitar ou rejeitar, previamente e por escrito, as recomendações das Contratadas quanto à aprovação dos Cedentes;  Aceitar ou rejeitar, previamente e por escrito, as recomendações das Contratadas quanto à aprovação das Condições Básicas;  Limite de Crédito Global;  Limite de Crédito por Operação;  Percentual mínimo de Verificação;  Limite de concentração em um único Cedente;  Taxa de desconto;  Prazo de validade das Condições Básicas;  Suspensão de alterações com determinados Cedentes;  Aceitar por escrito e expressamente, operações de aquisições de Direitos de Crédito que não atendem as disposições conforme acima.  Auditoria diária dos processos e operações.“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 16
  17. 17. Estrutura da Operação Critérios de elegibilidade: • O Sacado não se encontra inadimplente no cumprimento de obrigações perante o Fundo (Atrasos acima de 10 dias); • Prazo máximo de 360 dias; • DC’s nã podem estar vencidos quando de sua Cessão; • Direitos Creditórios à performar devem ser aprovados previamente pelo Comitê de Investimento ou seu Representante; • Prazo Médio de até 70 dias; • Limites de Concentração:  Sacado – 7%;  brAA S&P – 10%, brAAA S&P – 20%;  Alocação não deve passar de 50% do PL nos 10 maiores sacados;  Cedente – 7% (performado) e 2% (à performar);  Alocação não deve passar de 50% do PL nos 10 maiores sacados;  Concentração por atividade econômica limitada a 15%.“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 17
  18. 18. Estrutura da Operação • Condições de Cessão:  O Sacado não se encontra inadimplente junto ao respectivo Cedente após 10 dias úteis do respectivo vencimento;  Os Documentos Comprobatórios serão mantidos sob a guarda do Fiel Depositário, até o integral pagamento do Direito de Crédito;  O Sacado não tenha, na data de aquisição do Direito de Crédito, registro no CCF do BACEN, que tenha sido efetuado nos últimos 6 meses;  O Sacado com DCs maiores que R$ 5.000,00 não poderá ter, registro no SERASA, em valor superior a R$ 5.000,00, que tenha sido registrado nos últimos 6 meses;  Nenhum dos DCs oferecidos ao Fundo poderá ter sido objeto de qualquer espécie de repactuação ou renegociação entre os respectivos Sacados e Cedentes;  Os Direitos de Crédito deverão estar corretamente formalizados por título de crédito; e  Os Cedentes e seus respectivos DCs são oriundos dos segmentos industrial, comercial, imobiliário, financeiro e/ou de prestação de serviços.“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 18
  19. 19. Estrutura da Operação • Eventos de Avaliação, Liquidação e Amortização Antecipada:  Exemplos dos eventos de avaliação são novos impostos e elevação de alíquotas, DCs em, desacordo, rebaixamento do rating, alteração de regulamento que prejudique a performance do fundo, etc.;  Exemplos de eventos de liquidação são resilição, não integralização de quotistas subordinados, deliberação de assembléia geral, etc.;  Vale lembrar que neste caso trata-se de Condomínio aberto permitindo resgates de acordo com Regulamento do Fundo dependendo da disponibilidade de caixa do Fundo.“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 19
  20. 20. Agenda 1. Introdução 2. Termos e Condições 3. Estrutura da Operação 4. Consultoras 5. Pontos Fortes 6. Estratégia 7. Garantias 8. Contatos“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 20
  21. 21. Consultoras • Principais responsabilidades:  Análise de crédito;  Seleção e indicação de Cedentes e Direitos Creditórios ao Fundo;  Gestão de risco dos clientes;  Acompanhamento da carteira de clientes e respectivas operações;  Checagem de operações;  Auditoria in-loco.  Cobrança;  Formalização;  Fiel depositário;  Responsável por garantir 25% da inadimplência;  Garante 10% a.a. de rentabilidade mínima dos direitos creditórios.“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 21
  22. 22. Agenda 1. Introdução 2. Termos e Condições 3. Estrutura da Operação 4. Consultoras 5. Pontos Fortes 6. Estratégia 7. Garantias 8. Contatos“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 22
  23. 23. Pontos Fortes • Equipes Qualificadas; • Conhecer e estar próximo aos Cedentes e Sacados; • Monitoramento da Aquisição de Direitos de Crédito por Representante do Comitê de Investimentos; • Acompanhamento das Atividades do Fundo por Comitê de Investimentos; • Liquidez.“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 23
  24. 24. Agenda 1. Introdução 2. Termos e Condições 3. Estrutura da Operação 4. Consultoras 5. Pontos Fortes 6. Estratégia 7. Garantias 8. Contatos“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 24
  25. 25. Estratégia • Expansão da base de Cedentes e Carteira de Ativos; • Conhecer e estar próximo aos Cedentes e Sacados; • Oferta de recebíveis deve anteceder futuras subscrições; • Manter níveis de inadimplência abaixo da média de mercado;  Pulverização;  Diversificação. • Taxas de desconto mais atrativas com maior monitoramento; • Explorar o momento econômico; • Foco no recebimento.“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 25
  26. 26. Estratégia – Ramo de Atividades Cedentes Gráfica e Comunicação 2% 2% 2% 3% Outros 14% Metais 4% 5% Moveleiro 10% Têxtil e Vestuário 5% Calçadista 5% Agronegócios 10% Plásticos 6% Fios e Cabos 7% 8% Ceramista Alimentação e Bebidas 7% 8% Auto-peças Construção Energia Saúde Papeis“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 26
  27. 27. Estratégia – Maiores Concentrações CEDENTES Valor %/Total SACADOS Valor %/Total 1o Cedente 6.669.287,61 5,50% 1o Sacado 3.868.490,07 3,19% 2o Cedente 6.522.005,30 5,38% 2o Sacado 2.871.150,00 2,37% 3o Cedente 6.434.873,71 5,31% 3o Sacado 2.465.662,62 2,03% 4o Cedente 6.210.932,88 5,12% 4o Sacado 1.829.343,00 1,51% 5o Cedente 5.783.401,52 4,77% 5o Sacado 1.606.166,86 1,32% 6o Cedente 4.826.099,51 3,98% 6o Sacado 1.514.901,00 1,25% 7o Cedente 3.305.658,69 2,73% 7o Sacado 1.454.000,00 1,20% 8o Cedente 3.155.784,21 2,60% 8o Sacado 1.177.175,80 0,97% 9o Cedente 2.921.355,92 2,41% 9o Sacado 1.145.872,97 0,94% 10o Cedente 2.772.838,49 2,29% 10o Sacado 1.064.022,86 0,88% Demais cedentes 72.680.959,97 59,93% Demais sacados 102.286.412,63 84,34% Posição em Setembro-2010“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 27
  28. 28. Agenda 1. Introdução 2. Termos e Condições 3. Estrutura da Operação 4. Consultoras 5. Pontos Fortes 6. Estratégia 7. Garantias 8. Contatos“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 28
  29. 29. Garantias • Análise das Garantias;  Cedente Coobrigado;  Sócio da empresa é Devedor Solidário;  Outras garantias podem ser agregadas de acordo com necessidade do cedente e sua situação creditícia;  25% da inadimplência é de responsabilidade da prestadora que também garante um retorno mínimo de 10% a.a. nos recebíveis indicados pela mesma;  Valores deduzidos da comissão da prestadora;  Carta de Fiança de Banco de Primeira linha com garantias parciais no caso de inadimplência da Prestadora.  A administradora não efetuará resgates das Quotas Subordinadas caso tal resgate provoque o desenquadramento do Fundo em relação à Razão Mínima.“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 29
  30. 30. Agenda 1. Introdução 2. Termos e Condições 3. Estrutura da Operação 4. Consultoras 5. Pontos Fortes 6. Estratégia 7. Garantias 8. Contatos“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores 30
  31. 31. CONTATOS Da Administradora: NSG CAPITAL DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS S.A. Rio de Janeiro Praia de Botafogo, 440/ 6° andar Rio de Janeiro - RJ - CEP: 22250-040 Tel: (+55 21) 3797-1000 São Paulo Av. Brigadeiro Faria Lima, 3.729/ 418 São Paulo - SP - CEP: 04538-905 Tel: (+55 11) 3443-7208 Porto Alegre Av. Nilo Peçanha, 1.221/ 601, sala 11 Porto Alegre - RS – CEP: 91330-000 Tel: (+55 21) 3797-1000 www.nsgcapital.com.br“Material de Suporte à Apresentação: Leia o Prospecto antes de aceitar a oferta.” Material de suporte a potenciais investidores contact@nsgcapital.com.br 31

×