Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.
D N A
AUTODUPLICAÇÃO TRANSCRIÇÃO TRADUÇÃO
 
Biossíntese de proteínas A biossíntese de proteínas insere-se no dogma central da biologia molecular 1958,Francis Crick  S...
<ul><li>Algumas descobertas posteriores não coincidiram com este Dogma: </li></ul><ul><li>1- O RNA pode sofrer replicação ...
 
 
Nucleotídeos <ul><li>Unidades formadoras dos ácidos nucléicos:  DNA  e  RNA . </li></ul><ul><li>É composto: </li></ul><ul>...
DNA RNA Adenina Guanina Citosina Timina Uracila
Bases Púricas, ou Purinas: Adenina e Guanina.   Bases Pirimídicas, ou Pirimidinas:  Citosina,   Timina  e Uracila.   DNA  ...
DNA <ul><li>Ácido Desoxirribonucléico. </li></ul><ul><li>Molécula de  fita dupla  formando uma  dupla hélice </li></ul><ul...
 
Duplicação do DNA <ul><li>É a “única” molécula capaz de sofrer  autoduplicação . </li></ul><ul><li>É do tipo  semiconserva...
 
DNA Duplicação DNA DNA
 
RNA <ul><li>Ácido Ribonucléico </li></ul><ul><li>Molécula de  fita simples </li></ul><ul><li>É dividido em: </li></ul><ul>...
Transcrição <ul><li>Processo pelo qual uma molécula de RNA é produzida usando como molde o DNA. </li></ul>
 
 
DNA Transcrição DNA RNA
RNA m <ul><li>Leva a informação  da seqüência protéica a ser formada do núcleo para o citoplasma, onde ocorre a tradução. ...
 
 
1 códon    3 nucleotídeos no RNAm 7 códons    21 nucleotídeos
O código genético &quot;padrão&quot; AUG é também sinal de iniciação O código é &quot;degenerado&quot;: três aminoácidos, ...
RNA t <ul><li>Levam os aminoácidos  para o RNAm durante o processo de síntese protéica. As moléculas de RNAt apresentam, e...
 
Anti-códon Sítio de ligação ao aminoácido U  A  C
RNA r <ul><li>São componentes dos  ribossomos , organela onde ocorre a síntese protéica.  </li></ul><ul><li>Os ribossomos ...
 
Aminoácidos <ul><li>Moléculas que dão origem às  proteínas . </li></ul>C N H R C OH O H H
 
Ligação Peptídica <ul><li>É a  ligação covalente  entre dois aminoácidos. </li></ul><ul><li>Quando poucos aminoácidos estã...
N H R C OH O H H C N H R C OH O H H C H 2 O <ul><li>O grupo OH do ácido carboxílico de um aminoácido se liga em um dos hid...
N H R C O H H N H R C OH O H C C <ul><li>Um dos carbonos de um aminoácido agora está instável porque está fazendo apenas t...
N H R C O H H N H R C OH O H C C Ligação Peptídica <ul><li>Então uma ligação covalente entre o carbono de um aminoácido e ...
Tradução <ul><li>Também chamada  síntese de proteínas </li></ul><ul><li>Quando o RNAm chega ao citoplasma ele se associa a...
 
 
A U G  U U U  C U U  G A C  C C C  U G A U A C A A A <ul><li>Quando o RNAm chega ao citoplasma, ele se associa ao ribossom...
A U G  U U U  C U U  G A C  C C C  U G A U A C A A A <ul><li>Uma enzima presente na subunidade maior do ribossomo realiza ...
A U G  U U U  C U U  G A C  C C C  U G A U A C A A A <ul><li>O RNAt “vazio” volta para o citoplasma para se ligar a outro ...
A U G  U U U  C U U  G A C  C C C  U G A U A C A A A G A A <ul><li>O ribossomo agora se desloca uma distância de 1 códon. ...
A U G  U U U  C U U  G A C  C C C  U G A U A C A A A G A A <ul><li>Uma enzima presente na subunidade maior do ribossomo re...
A U G  U U U  C U U  G A C  C C C  U G A U A C A A A G A A <ul><li>O RNAt “vazio” volta para o citoplasma para se ligar a ...
A U G  U U U  C U U  G A C  C C C  U G A G G G Códon de terminação <ul><li>Quando o ribossomo passa por um códon de termin...
A U G  U U U  C U U  G A C  C C C  U G A G G G <ul><li>Então o ribossomo se solta do RNAm, a proteína recém formada é libe...
Vários ribossomos podem traduzir simultaneamente uma molécula de mRNA Os ribossomos movem-se ao longo de um mRNA na direçã...
 
 
Considerações <ul><li>Uma proteína    + de 70 aminoácidos ligados. </li></ul><ul><li>1 códon    3 nucleotídeos no RNAm <...
<ul><li>1 anticódon    3 nucleotídeos no RNAt </li></ul><ul><li>O anticódon é complementar ao códon </li></ul><ul><li>Cad...
 
 
Região Gênica   É a porção que codifica para um produto final, que pode ser uma cadeia polipeptídica ou um RNA  O DNA é fo...
AS PRINCIPAIS DIFERENÇAS ENTRE OS ÁCIDOS DNA E RNA    http://www.enq.ufsc.br/labs/probio/disc_eng_bioq/trabalhos_pos2003/c...
 
Prochain SlideShare
Chargement dans…5
×

Dna, rna, síntese protéica

21 799 vues

Publié le

  • Olá Larissa!
    Antes de mais nada, parabéns pelos slides. São bastante didáticos.
    No entanto, fiquei com uma dúvida: num dos slides diz que o DNA pode sintetizar diretamente uma ptn, sem passar pelo processo de transcrição. Isso procede? Não achei referências.

    Obgd desde já! ;)
       Répondre 
    Voulez-vous vraiment ?  Oui  Non
    Votre message apparaîtra ici
  • Bom uso em suas aulas! Imagina
       Répondre 
    Voulez-vous vraiment ?  Oui  Non
    Votre message apparaîtra ici
  • Oi Larissa !!! Sem problemas ... agradeço a atenção ... Obrigado !!!
       Répondre 
    Voulez-vous vraiment ?  Oui  Non
    Votre message apparaîtra ici
  • Olá Thiago! Desculpe a demora para responder. Bem, o slide foi feito pela minha antiga professora de biolgia, o nome dela é Gilmara Lopes do Colégio Franciscano Coração de Maria, se quiser usá-los fique a vontade! Obrigada!
       Répondre 
    Voulez-vous vraiment ?  Oui  Non
    Votre message apparaîtra ici
  • Oi Larissa.
    Uma humilde opinião.
    Parabéns, pela qualidade em todos os aspectos.
    Muito bem feito, processos na ordem, fácil entendimento, Interdisciplinar !!!
    Posso usar em aulas ??
    Grato
    Thiago Bonatto
       Répondre 
    Voulez-vous vraiment ?  Oui  Non
    Votre message apparaîtra ici

Dna, rna, síntese protéica

  1. 1. D N A
  2. 2. AUTODUPLICAÇÃO TRANSCRIÇÃO TRADUÇÃO
  3. 4. Biossíntese de proteínas A biossíntese de proteínas insere-se no dogma central da biologia molecular 1958,Francis Crick Sede da informação Processo comprovado Processo não comprovado Ácido desoxirribo-nucléico Ácido ribonuclêico
  4. 5. <ul><li>Algumas descobertas posteriores não coincidiram com este Dogma: </li></ul><ul><li>1- O RNA pode sofrer replicação em alguns vírus e plantas; </li></ul><ul><li>2- O RNA viral, através de uma enzima denominada transcriptase reversa, pode ser transcrito em DNA; </li></ul><ul><li>3- O DNA pode diretamente traduzir proteínas específicas sem passar pelo processo de transcrição, porém o processo ainda não está bem claro. </li></ul>
  5. 8. Nucleotídeos <ul><li>Unidades formadoras dos ácidos nucléicos: DNA e RNA . </li></ul><ul><li>É composto: </li></ul><ul><li>por um radical fosfato, uma pentose ( ribose  RNA e desoxirribose  DNA ) e uma base nitrogenada ( A denina, G uanina, C itosina, T imina e U racila). </li></ul>
  6. 9. DNA RNA Adenina Guanina Citosina Timina Uracila
  7. 10. Bases Púricas, ou Purinas: Adenina e Guanina. Bases Pirimídicas, ou Pirimidinas: Citosina, Timina e Uracila. DNA e RNA DNA e RNA DNA RNA um grupo metil a menos
  8. 11. DNA <ul><li>Ácido Desoxirribonucléico. </li></ul><ul><li>Molécula de fita dupla formando uma dupla hélice </li></ul><ul><li>As fitas estão unidas pelas ligações de Hidrogênio </li></ul><ul><li>A - T </li></ul><ul><li>C - G </li></ul>
  9. 13. Duplicação do DNA <ul><li>É a “única” molécula capaz de sofrer autoduplicação . </li></ul><ul><li>É do tipo semiconservativa , pois cada molécula nova apresenta uma das fitas vinda da mãe e outra fita recém sintetizada. </li></ul>
  10. 15. DNA Duplicação DNA DNA
  11. 17. RNA <ul><li>Ácido Ribonucléico </li></ul><ul><li>Molécula de fita simples </li></ul><ul><li>É dividido em: </li></ul><ul><li>RNA mensageiro ( RNAm ) </li></ul><ul><li>RNA transportador ( RNAt ) </li></ul><ul><li>RNA ribossômico ( RNAr ) </li></ul>
  12. 18. Transcrição <ul><li>Processo pelo qual uma molécula de RNA é produzida usando como molde o DNA. </li></ul>
  13. 21. DNA Transcrição DNA RNA
  14. 22. RNA m <ul><li>Leva a informação da seqüência protéica a ser formada do núcleo para o citoplasma, onde ocorre a tradução. Ele contém uma seqüência de trincas correspondente a uma das fitas do DNA. </li></ul><ul><li>Cada trinca (três nucleotídeos) no RNAm é denominada códon e corresponde a um aminoácido na proteína que irá se formar </li></ul>
  15. 25. 1 códon  3 nucleotídeos no RNAm 7 códons  21 nucleotídeos
  16. 26. O código genético &quot;padrão&quot; AUG é também sinal de iniciação O código é &quot;degenerado&quot;: três aminoácidos, Arg, Leu, Ser, tem seis códons; outros tem 3 ou 4 códons; apenas Met tem um único códon Aparentemente, o código evoluiu para minimizar o efeito deletério de mutações
  17. 27. RNA t <ul><li>Levam os aminoácidos para o RNAm durante o processo de síntese protéica. As moléculas de RNAt apresentam, em uma determinada região, uma trinca de nucleotídeos que se destaca, denominada anticódon . </li></ul><ul><li>É através do anticódon que o RNAt reconhece o local do RNAm onde deve ser colocado o aminoácido por ele transportado. Cada RNAt carrega em aminoácido específico , de acordo com o anticódon que possui </li></ul>
  18. 29. Anti-códon Sítio de ligação ao aminoácido U A C
  19. 30. RNA r <ul><li>São componentes dos ribossomos , organela onde ocorre a síntese protéica. </li></ul><ul><li>Os ribossomos são formados por RNAr e proteínas </li></ul>
  20. 32. Aminoácidos <ul><li>Moléculas que dão origem às proteínas . </li></ul>C N H R C OH O H H
  21. 34. Ligação Peptídica <ul><li>É a ligação covalente entre dois aminoácidos. </li></ul><ul><li>Quando poucos aminoácidos estão ligados  peptídeo </li></ul><ul><li>Quando muitos aminoácidos estão ligados  proteína </li></ul>
  22. 35. N H R C OH O H H C N H R C OH O H H C H 2 O <ul><li>O grupo OH do ácido carboxílico de um aminoácido se liga em um dos hidrogênios da amina do outro aminoácido, formando uma molécula de água. </li></ul>
  23. 36. N H R C O H H N H R C OH O H C C <ul><li>Um dos carbonos de um aminoácido agora está instável porque está fazendo apenas três ligações, ao invés de quatro. O mesmo está acontecendo com o nitrogênio do outro aminoácido, pois esse está fazendo duas ligações, ao invés de três. </li></ul>
  24. 37. N H R C O H H N H R C OH O H C C Ligação Peptídica <ul><li>Então uma ligação covalente entre o carbono de um aminoácido e o nitrogênio do outro acontece. </li></ul><ul><li>essa ligação é a ligação peptídica. </li></ul>
  25. 38. Tradução <ul><li>Também chamada síntese de proteínas </li></ul><ul><li>Quando o RNAm chega ao citoplasma ele se associa ao ribossomo. Após essa associação os RNAt levam os aminoácidos, que serão ligados, formando assim a proteína. </li></ul>
  26. 41. A U G U U U C U U G A C C C C U G A U A C A A A <ul><li>Quando o RNAm chega ao citoplasma, ele se associa ao ribossomo. </li></ul><ul><li>Nessa organela existem 2 espaços onde entram os RNAt com aminoácidos específicos. </li></ul><ul><li>somente os RNAt que têm seqüência do anti-códon complementar à seqüência do códon entram no ribossomo. </li></ul>
  27. 42. A U G U U U C U U G A C C C C U G A U A C A A A <ul><li>Uma enzima presente na subunidade maior do ribossomo realiza a ligação peptídica entre os aminoácidos. </li></ul>
  28. 43. A U G U U U C U U G A C C C C U G A U A C A A A <ul><li>O RNAt “vazio” volta para o citoplasma para se ligar a outro aminoácido. </li></ul>
  29. 44. A U G U U U C U U G A C C C C U G A U A C A A A G A A <ul><li>O ribossomo agora se desloca uma distância de 1 códon. </li></ul><ul><li>o espaço vazio é preenchido por um outro RNAt com seqüência do anti-códon complementar à seqüência do códon. </li></ul>
  30. 45. A U G U U U C U U G A C C C C U G A U A C A A A G A A <ul><li>Uma enzima presente na subunidade maior do ribossomo realiza a ligação peptídica entre os aminoácidos. </li></ul>
  31. 46. A U G U U U C U U G A C C C C U G A U A C A A A G A A <ul><li>O RNAt “vazio” volta para o citoplasma para se ligar a outro aminoácido. </li></ul><ul><li>e assim o ribossomo vai se deslocando ao longo do RNAm e os aminoácidos são ligados. </li></ul>
  32. 47. A U G U U U C U U G A C C C C U G A G G G Códon de terminação <ul><li>Quando o ribossomo passa por um códon de terminação nenhum RNAt entra no ribossomo, porque na célula não existem RNAt com seqüências complementares aos códons de terminação. </li></ul>
  33. 48. A U G U U U C U U G A C C C C U G A G G G <ul><li>Então o ribossomo se solta do RNAm, a proteína recém formada é liberada e o RNAm é degradado. </li></ul>
  34. 49. Vários ribossomos podem traduzir simultaneamente uma molécula de mRNA Os ribossomos movem-se ao longo de um mRNA na direção 5'  3' O conjunto é conhecido como polissomo ou polirribossomo Cada ribossomo funciona independentemente dos demais
  35. 52. Considerações <ul><li>Uma proteína  + de 70 aminoácidos ligados. </li></ul><ul><li>1 códon  3 nucleotídeos no RNAm </li></ul><ul><li>1 códon  1 aminoácido na proteína </li></ul><ul><li>Nº de ligações peptídicas  Nº de aminoácidos – (menos) 1. </li></ul>
  36. 53. <ul><li>1 anticódon  3 nucleotídeos no RNAt </li></ul><ul><li>O anticódon é complementar ao códon </li></ul><ul><li>Cada RNAt leva consigo apenas um tipo de aminoácido  quem determina qual aminoácido será transportado é o anticódon. </li></ul>Considerações
  37. 56. Região Gênica É a porção que codifica para um produto final, que pode ser uma cadeia polipeptídica ou um RNA O DNA é formado por 2 regiões: Gênicas Intergênicas Região Intergênica É a porção regulatória, que sinaliza o início ou o final de um gene, que influencia a transcrição gênica, ou que é o ponto de início para a replicação do DNA Intergênicas Gênicas Regiões Codificadoras e Não-Codificadoras do DNA
  38. 57. AS PRINCIPAIS DIFERENÇAS ENTRE OS ÁCIDOS DNA E RNA   http://www.enq.ufsc.br/labs/probio/disc_eng_bioq/trabalhos_pos2003/const_microorg/%E1cidos_nucl%E9icos.htm   DNA RNA Pentose Desoxirribose Ribose Bases púricas Adenina e Guanina Adenina e Guanina Bases pirimídicas Citosina e Timina Citosina e Uracila Estruturas Duas cadeias Helicoidais Uma cadeia Enzima hidrolítica Desoxirribonuclease (DNAase) Ribonuclease (RNAase) Origem Replicação Transcrição Enzima sintética DNA - polimerase RNA - polimerase Função Informação genética Síntese de proteínas

×