Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.

Arquitetura da informação

427 vues

Publié le

Apresentação utilizada na aula de Narrativas Hipertextuais da especialização em Jornalismo Digital da PUCRS.

Publié dans : Formation
  • Soyez le premier à commenter

  • Soyez le premier à aimer ceci

Arquitetura da informação

  1. 1. Arquitetura da informação Leonardo Foletto especialização em jornalismo digital narrativas hipertextuais (PUCRS, 2016)
  2. 2. “Dar forma e organizar informação para apoiar o leitor/ator a construir suas narrativas. Área do conhecimento que oferece base teórica para tratar aspectos informacionais digitais por meio de um conjunto de procedimentos metodológicos a fim de auxiliar no desenvolvimento e no aumento da usabilidade de tais ambientes e seus conteúdos (contexto - conteúdo - formatos - plataformas)
  3. 3. Origens Termo cunhado por Richard Saul Wurman, arquiteto, autor do livro “Ansiedade da informação: como transformar informação em conhecimento”. “Tentar penetrar numa informação sem uma noção de sua estrutura (relações) é como ir numa biblioteca e procurar um livro nas prateleiras sem nenhuma referência”. Você pode até achar, mas vai demorar mais Sistemas analógicos- sistemas web - sistemas transmídias: quanto mais ampla a rede e a lógica da rede, mais se amplia o papel do arquiteto (“roteirista”). Fonte: WURMAN, Richard Saul. Ansiedade de informação. Como transformar informação em compreensão. São Paulo; Cultura Editores, 1991.
  4. 4. Papel? Mediação. Design, gestão (administração), pesquisa (conteúdo). Projetar informações e espaços, organizar, estruturar, classificar, redigir, identificar princípios de usabilidade.
  5. 5. Quatro tipos de planejamento Funções - estrutura - informação - navegação
  6. 6. Planejamento funcional Qual a “função” de cada página? “Mapa do site”. Mapa? Redes sociais? Sobre? Contato? Vídeos? Textos?
  7. 7. Planejamento estrutural: wireframe “Desenho do site”. Como o site vai ser visto? lápis/papel ou software Mais em: http://desenvolvimentoparaweb.com/ux/wireframe-web-guia-completo/ Softwares? http://desenvolvimentoparaweb.com/ux/ferramentas-criacao-wireframes/
  8. 8. Planejamento informacional Quais as informações a serem colocadas no site? Edição. Conteúdo e formato de cada informação: foto, texto, vídeo, áudio, etc
  9. 9. Planejamento de navegação Para onde o leitor/ator pode ir? “Caminhos, links”. Roteiro! Imaginar e desenhar os caminhos possíveis que o leitor pode fazer.
  10. 10. Como fazer? _ reunir/apurar toda informação; _ organizar a informação (temas, assuntos, formatos); _ categorizar (um caminho/lógica de navegação); _ classificar: possibilidades de trajetória; durabilidade (tempo?); documentar (como “funciona”) para que outros possam continuar; _ distribuir: escolher as linguagens;
  11. 11. Exercício final Produzir um roteiro de uma “long-form” journalism (uma grande reportagem hipertextual). Em duplas. Roteiro técnico Que CMS usar? Onde e como vai ser hospedado? Arquitetura da informação: qual o(s) caminho(s) a se percorrer? Planejamentos funcionais, estruturais (wireframe), navegação e informação; Roteiro narrativo Pauta? Sinopse (no mínimo uma lauda). Pré-apuração: quais fontes entrevistar? Pensar em locais, fotos e vídeos. Estratégias de circulação. Como divulgar? Entregar e apresentar na última aula (21/5).
  12. 12. Exercício final: critérios de avaliação Arquitetura da informação: acessibilidade, usabilidade, metadados (dados para achar outros dados), ferramentas de busca, personalização e customização. Criatividade: na forma de apresentação, na escolha das fontes (não só “oficiais”), nos lugares a se ir, na variedade dos recursos. No interesse público do assunto abordado.
  13. 13. pautas/duplas _ Fábio e Maurício: impactos da tecnologia no “gaúcho” dos pampas; _ Rafael e Airan: mapeamento do investimento em cultura do governo do RS e perfil dos conselheiros estaduais de cultura; _ Ricardo e Stéfano: adoção: ponto de vista da criança e dos pais; _ Fabiana e Camila: moradores de rua no inverno: albergue ou rua? _ Danielle e Carolina: pacientes do interior que vem a capital para atendimento médico; _ Tatiana, Taysi, Alysson: da terra ao prato: alimentos orgânicos (e a galinha!); _ Tatiana e Juliana: eventos de rua que se apropriam de espaço público; _ Diogo e Gabriela: guia do descarte de resíduos eletrônicos; _ Caroline e Karen: A polêmica Uber X Taxi.
  14. 14. gracias! http://leofoletto.info leofoletto@gmail.com - @leofoletto http://baixacultura.org info@baixacultura.org - @baixacultura

×