Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.
Ação de formação: A biblioteca escolar 2.0 Turma II                                   Sessão 1 – Tarefa 3Comentário ao tex...
Assim, os objetivos da biblioteca do século XXI encontram-se centrados nos seus utilizadores enas suas reais necessidades,...
Prochain SlideShare
Chargement dans…5
×

Sessão 1 tarefa 3

333 vues

Publié le

Publié dans : Formation
  • Soyez le premier à commenter

  • Soyez le premier à aimer ceci

Sessão 1 tarefa 3

  1. 1. Ação de formação: A biblioteca escolar 2.0 Turma II Sessão 1 – Tarefa 3Comentário ao texto A Web2.0 e a BE 2.0O texto mostra-nos a evolução sofrida pela Web 1.0 para a sua transformação em Web 2.0 e jános faz algumas referências para a evolução desta para as seguintes. Esta evolução nãocorresponde na prática, a uma mudança da tecnologia mas sim, da forma como as ligações sefazem hoje em dia.Assim, em vez de termos uma Web estática em que nós eramos apenas consumidores, o queacontecia com a Web 1.0, passámos a ter uma Web em que qualquer um de nós poderelacionar-se e interagir com outras pessoas na rede.É a proliferação das redes sociais, apesar de alguns perigos que estas apresentam, desde aprimeira a ser utilizada pelos nossos jovens como o hi5 até outras mais recentes.Muitos dos serviços da Web 2.0 são gratuitos e daí o seu interesse para os mais jovens, alémde todo o desenvolvimento de conteúdos que se encontram partilhados e com os quaispodemos interagir, criando novos conhecimentos.Segundo, Tim O’Reilly, que criou o termo Web2.0, esta não tem limites nem fronteiras, é antesum “núcleo gravitacional, onde orbitam vários conceitos e recomendações”, que vão desde aWeb como plataforma à inteligência coletiva.O termo biblioteca 2.0 surgiu a partir de 2005 com os estudos realizados por Casey.Segundo Maness (2006) existem 4 características fundamentais para que a biblioteca possa serconsiderada 2.0: Centrada no utilizador; Disponibiliza uma experiência multimédia; Socialmente rica; Inovadora ao serviço da comunidade.
  2. 2. Assim, os objetivos da biblioteca do século XXI encontram-se centrados nos seus utilizadores enas suas reais necessidades, devendo oferecer novos serviços que respondam a estas,implicando-os na construção de conhecimentos, deixando os alunos de terem uma meraatitude passiva para passarem a também eles ajudarem a construir os seus saberes, devepromover o envolvimento de toda a comunidade educativa e tirar partido das váriaspotencialidades que o áudio e o vídeo têm no desempenho dos seus utilizadores.Para conseguir desenvolver e atingir estes objetivos a biblioteca escolar deve desenvolverformas coletivas de trabalho colaborativo entre pares e entre docentes e alunos utilizandowikis, plataformas digitais, email, blogues, temáticos ou não em que todos podem e devemparticipar, construir vídeos colaborativamente, a realização de podcasting’s educativos,participar ativamente no desenvolvimento de uma cultura colaborativa na comunidadeescolar tirando partido de um sem número de potencialidades que a Web 2.0 nos coloca àdisposição de um clique de um rato.Contudo, à biblioteca escolar colocam-se ainda grandes desafios, a realizar no âmbito dodesenvolvimento de competências dos seus utilizadores pois, deve prepará-los para autilização das várias ferramentas e recursos que a Web 2.0 disponibiliza. Deve alertá-los para aforma como devem utilizar estes recursos e incentivá-los a serem participantes ativos e críticosdos conteúdos apresentados.A biblioteca 2.0 deve ser o motor da mudança da escola e da construção dos diversos saberesde forma colaborativa entre toda a comunidade educativa. Não só a sua pequena comunidademas, alargá-la através da Web 2.0 a outras comunidades educativas, com as quais deveinteragir para uma escola melhor e mais participativa com grande interação entre as pessoasquer presencialmente quer em ambientes digitais.Deve ainda preparar o caminho para a passagem da Web 2.0 para as que se lhe seguem e dasquais se fala, como a Web 3.0 e a Web 4.0 que terá um desenvolvimento semântico com autilização de novas linguagens de programação e metodologias de desenvolvimento.Maria José Godinho

×