Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.

Como gerenciar o espaço físico da escola

1 485 vues

Publié le

Progestão

Publié dans : Formation
  • Soyez le premier à commenter

  • Soyez le premier à aimer ceci

Como gerenciar o espaço físico da escola

  1. 1. Como gerenciar o espaço físico e o patrimônio da escola?Professor Ulisses Vakirtzis Progestão
  2. 2. Para o bom gerenciamento do patrimônio escolar, é preciso que o(a) gestor(a) trabalhe na perspectiva de integrar estas duas vertentes, necessariamente complementares: o patrimônio material e o patrimônio imaterial. Só faz sentido existir o prédio se a instituição nele abrigada desempenha com clareza seu papel na comunidade ao longo de sua existência, cumprindo sua função social.
  3. 3. Patrimônio Público Podemos identificar duas origens de ameaça ao patrimônio: uma interna, representada pela própria comunidade escolar; e outra externa, representada por pessoas ou instituições que estão fora da escola. Tais origens sugerem que a gestão do patrimônio seja feita por meio de estratégias que considerem o público interno e o externo da escola.
  4. 4. O patrimônio material bem formado e bem gerido é condição para o desenvolvimento do processo pedagógico com qualidade, que constitui a principal marca da escola na comunidade.
  5. 5. Uma das principais funções do gestor escolar, em trabalho conjunto com a coordenação pedagógica, é articular os diferentes usos sociais da escola, de modo a levá-la a cumprir a sua função social integrada na comunidade em que se insere.
  6. 6. É muito importante ter sempre presente a ideia de que o prédio escolar é um insumo, isto é, um meio ou recurso fundamental do processo educativo. “... padrões mínimos de qualidade de ensino, definidos como a variedade e quantidade mínimas, por aluno, de insumos indispensáveis ao desenvolvimento do processo de ensino- aprendizagem.”
  7. 7. O prédio escolar deve ser elemento facilitador do desenvolvimento do projeto pedagógico da escola. E o gestor tem a responsabilidade de cuidar para que isso aconteça.
  8. 8. A gestão do patrimônio escolar também pode e deve ser exercida no contexto dessa autonomia. Há muitas coisas que o gestor escolar pode resolver diretamente, com os meios legais e financeiros de que dispõe. Art. 15 - “os sistemas de ensino assegurarão às unidades escolares públicas de educação básica que os integram progressivos graus de autonomia pedagógica e administrativa e de gestão financeira, observadas as normas gerais de direito financeiro público.” LDB
  9. 9. A organização do trabalho escolar pressupõe o planejamento do uso do tempo, dos espaços, dos equipamentos e dos diversos recursos materiais e humanos. É uma atividade determinada, portanto, pelo estabelecimento de relações entre o tempo, os espaços e as pessoas.
  10. 10. A definição curricular adotada na escola deve ser o eixo orientador do planejamento dos recursos materiais a serem adquiridos. Alterações na metodologia de ensino podem impor mudanças de mobiliário e equipamentos.
  11. 11. Monitoramento das condições de funcionamento da escola • conjunto pedagógico: constituído pelas salas de aula, laboratórios de informática e ciências, oficinas de trabalho e biblioteca; • conjunto administrativo: composto pela diretoria, secretaria e sala de professores; • conjunto de serviços: constituído pela cozinha, refeitório, dispensa e banheiros; • conjunto comunitário: que inclui as áreas de recreação e esporte, auditório, pátio, os corredores e a horta.
  12. 12. Alguns requisitos mínimos de funcionamento, para um projeto pedagógico que privilegie a qualidade Obras e Instalações: • a adequação • o conforto • a segurança • a higiene • a salubridade Equipamentos e Materiais: • a qualidade • os custos de aquisição e manutenção • a segurança • a estética • a facilidade de operação • a versatilidade • o transporte • a manutenção
  13. 13. Manter e Conservar exigem esforço e atenção redobrada, todos os dias do ano, o dia todo.
  14. 14. Em uma realidade de progressiva autonomia financeira das escolas, o gestor passa a dispor de recursos para aquisição de materiais e realização de pequenos reparos e serviços na escola. Ele precisa conhecer as relações dessa autonomia com suas responsabilidades em relação ao patrimônio escolar. a) Que providência o gestor escolar deve tomar tão logo sejam adquiridos bens para a escola? ................................................................................................................................ ................................................................................................................................ b) Quais são as responsabilidades do gestor escolar com relação a esses bens? ................................................................................................................. ................................................................................................................. Ele deverá providenciar a incorporação desses bens ao patrimônio público estadual ou municipal, conforme o caso Suas responsabilidades são de guarda e conservação desses bens.
  15. 15. Concluindo... Todo bem patrimonial entregue à escola está sob a responsabilidade direta do gestor escolar, cabendo-lhe zelar por sua guarda e conservação. É claro que essa responsabilidade é compartilhada com todos os servidores públicos que trabalham na escola. Mas o responsável último pelo patrimônio escolar é, com certeza, o seu gestor.

×