Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.

Coding Dojo - Unreal Engine

149 vues

Publié le

Apresentado no Coding Dojo da Semana Technológica 2017 da UTFPR Curitiba

Publié dans : Formation
  • Soyez le premier à commenter

  • Soyez le premier à aimer ceci

Coding Dojo - Unreal Engine

  1. 1. Coding Dojo Unreal Engine Semana Technológica 2017 Paulo Cezar de Oliveira
  2. 2. 2 / 10 Envolvidos no Dojo ● Adolfo Gustavo Serra Seca Neto - Coordenador – Professor Doutor, DAINF/PPGCA. – Atuação: desenvolvimento ágil de software, lógica para computação. – adolfo@utfpr.edu.br ● Paulo Cezar de Oliveira - Moderador – Aluno do programa de mestrado do PPGCA. – Pesquisa: Coding Dojo no aprendizado de programação de software. – paulooliveira@alunos.utfpr.edu.br ● Jean Avila Rangel - Sensei – Aluno do programa de mestrado do PPGCA. – Pesquisa: Desenvolvimento de jogos para detecção de fraudes – jean_rangel94@hotmail.com
  3. 3. 3 / 10 Coding Dojo, o que é? ● Programadores e interessados em aprender se reúnem com o objetivo de trocar experiência. ● Diversão e discussão de temas como design, testes, refatoração, escolha do editor de código e ferramentas. ● Uso de Práticas Ágeis para o desenvolvimento. ● Buscam – Encontrar soluções simplificadas para problemas simples. – Permitir que o público acompanhe a linha de raciocínio dos desenvolvedores.
  4. 4. 4 / 10 Coding Dojo, o que não é? ● Não é uma competição. ● Os problemas não devem ser complexos. ● Não há a necessidade achar uma solução para o problema proposto. ● O problema não precisa ser resolvido. – Porém, durante o Dojo, busca-se solucionar o problema.
  5. 5. 5 / 10 Coding Dojo, como funciona? ● Todos da plateia podem participar como piloto e copiloto. ● Estabelece um tempo de permanência no teclado entre 3 a 10 minutos para o piloto. ● Vencido o prazo o copiloto assume o teclado e mouse e outro da plateia assume o papel de copiloto. ● Todos trabalham no mesmo projeto. ● Pode fazer mudanças no que estava sendo feito pelo piloto.
  6. 6. 6 / 10 Programação em Pares ● É uma das principais práticas ágeis. ● Prática colaborativa de desenvolvimento de software. ● Duas funções no mesmo teclado e mouse: – Piloto – Assume o teclado e mouse e coloca em prática as ideias. – Copiloto – acompanha todo o processo de desenvolvimento orientando e dando sugestões sobre como melhorar o código. – Cada um permanece um tempo predefinido em cada função.
  7. 7. 7 / 10 Passos de Bebê ● Passo a passo. ● Objetivo – Fazer mudanças sutis no desenvolvimento do código. ● Pode se obter uma melhor solução. – É possível que outros compreendam todo o processo de desenvolvimento, sendo inclusive, possível sua replicação. – No Coding Dojo, os desenvolvedores falam em bom som o que estão fazendo e o que querem fazer.
  8. 8. 8 / 10 Desenvolvimento Orientado a Testes - TDD ● Desenvolver testes de unidade automatizados em códigos de programas. ● Construído e aplicado antes de ser implantado no código original. ● Permite saber se tal funcionalidade é viável. ● Caso algum teste falhe, o código é corrigido antes de dar continuidade no desenvolvimento. ● É possível identificar falhas antes da implementação efetiva.
  9. 9. 9 / 10 Refatoração ● Objetivo: – Melhorar a estrutura e qualidade do código. – Remoção de partes duplicadas e/ou desnecessárias do código. – Reestruturar o processo de mudança do código. – Não pode alterar o comportamento externo do programa computacional.
  10. 10. 10 / 10 Obrigado! Dúvidas? Contato: paulooliveira@alunos.utfpr.edu.br

×