Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.
Chargement dans…3
×
1 sur 6

Pauta 1ª aula parte 2- 9 de maio

1

Partager

Télécharger pour lire hors ligne

PNAIC

Livres associés

Gratuit avec un essai de 30 jours de Scribd

Tout voir

Pauta 1ª aula parte 2- 9 de maio

  1. 1. DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO GUAIANASES PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA CURSO DO PNAIC - ENCONTRO DE FORMAÇÃO CONTINUADA COM PROFESSORES DO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO 1ª PAUTA – PARTE 2 - 9 DE MAIO/2013 Objetivos do encontro: 1. Promover um momento de apresentação dos integrantes do grupo e levantar as expectativas relativas aos encontros de formação – Curso PNAIC; 2. Socializar e sistematizar as opiniões e conhecimentos acerca do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa; 3. Construir o contrato didático do grupo para qualificar o percurso dos encontros de formação; 4. Possibilitar reflexões e aprofundar a discussão sobre o currículo, concepção de alfabetização e avaliação nos anos iniciais do Ensino Fundamental; 5. Iniciar uma conversa sobre o eixo de aprendizagem Leitura 6. Propor tarefa pessoal aos integrantes do grupo, bem como dar início à construção do registro reflexivo como marca do percurso do grupo. Iniciando a conversa 1- Apresentação e Leitura da Pauta 1.1 - Leitura deleite • Livro: Contos da Rua Broca – Pierre Gripari – Ed. Martins Fontes • Breve discussão sobre os propósitos e procedimentos de leitura 2- Levantar as demandas formativas e expectativas do grupo. Encaminhamentos: Cada participante se apresenta para os demais parceiros do grupo e em seguida socializa: • As expectativas individuais frente aos encontros de formação do curso do PNAIC • O que você espera dessa formação? • Como você acredita que essa formação refletirá no processo de alfabetização? • O que você sabe sobre o Pacto? • Sistematizando – documento em PowerPoint • Mais um pouco de conversa... • Estrutura dos encontros:  Leitura deleite  Tarefas de casa e escola e retomada do encontro anterior  Estudo dirigido de textos  Planejamento de atividades a serem realizadas na s aulas seguintes ao encontro  Socialização de memórias  Vídeo em debate  Análise de situações de sala de aula filmadas ou registradas  Análise de atividades de alunos  Análise de relatos de rotinas, sequências didáticas, projetos didáticos e de planejamento de aulas  Exposição dialogada  Elaboração de instrumentos de avaliação e discussão de seus resultados  Avaliação da formação Equipe Pedagógica/SP2013 Orientadora de estudo – Ester Marques de Paula Dionisio 1
  2. 2. DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO GUAIANASES • COMPARTILHANDO... • O foco está no direito que a criança tem de aprender. • Por essa razão, falamos em direitos de aprendizagem, do mesmo modo que falamos dos demais direitos básicos do cidadão • ESCLARECENDO O QUE NÃO É O PNAIC  O PNAIC não é uma volta aos métodos tradicionais de alfabetização (sintéticos e analíticos), bem como à cartilha  Não tem como concepção de aprendizagem um sujeito passivo  Não organiza o currículo da escola para que as crianças se alfabetizem no 3º ano  Não substitui o material já existente na Rede Municipal • CONCEPÇÃO DE APRENDIZAGEM dicotomia que se estabelece é a de uma concepção que considera a criança como sujeito ativo da sua aprendizagem (“métodos construtivistas”) versus uma concepção empirista/inatista que considera a criança uma tábula rasa, na qual seriam gravadas os conhecimentos, de maneira passiva para o aprendiz. Necessariamente, não há a dicotomia de métodos ativos versus consciência fonológica. 3- Construir coletivamente um contrato didático Aprofundando o tema 4- Resgate das memórias de alfabetização dos integrantes da turma à luz da questão: • Roda de conversa: Foi possível identificar se em suas memórias foram vivenciadas experiências na perspectiva do Currículo inclusivo? Quais? 4.1- Proposta de encaminhamento: Cada integrante receberá todos os textos para uma leitura integral durante o percurso, no entanto cada grupo irá aprofundar em uma temática. (Currículo, Concepção de Alfabetização ou Avaliação) Textos elencados: • Currículo no Ciclo de Alfabetização: Princípios Gerais (Ano 1 – Unidade 1) • Concepções de Alfabetização: O que ensinar no Ciclo de Alfabetização. (Ano 1 – Unidade 1) • Avaliação no Ciclo de Alfabetização(Ano 1 – Unidade 1) • Currículo no Ciclo de Alfabetização: Ampliando o direito de aprendizagem a todas as crianças (Ano 2 – Unidade 1) • A complexidade da aprendizagem do sistema de escrita alfabética: ampliação do tempo para consolidação da leitura e da escrita pela criança. (Ano 2 – Unidade 1) • Avaliação no Ciclo de alfabetização: o monitoramento do processo de ensino e de aprendizagem das crianças. (Ano 2 – Unidade 1) • Currículo no Ciclo de Alfabetização. (Ano 3 – Unidade 1) • Alfabetização: O que ensinar no 3º ano do Ensino Fundamental (Ano 3 – Unidade 1) • Avaliação para inclusão: Alfabetização para todos. (Ano 3 – Unidade 1) Questões para nortear as discussões nos grupos dos textos elencados • Currículo  Que você entende por currículo? • Alfabetização  Que ações/atitudes são necessárias para que o ciclo de alfabetização se organize pautado pelos princípios da inclusão, continuidade e progressão. Tais ações/atitudes foram comuns Equipe Pedagógica/SP2013 Orientadora de estudo – Ester Marques de Paula Dionisio 2
  3. 3. DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO GUAIANASES nas experiências vivenciadas pelo grupo em seus tempos de estudante? Tem sido comuns em sua experiências como professoras (es) • Avaliação  O que seria avaliar na concepção de alfabetização e currículo abordado no Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa ( neste encontro ) ? Socialização e sistematização dos estudos realizados nos grupos ...Sistematização pelo orientador(a) – documento PowerPoint COMPARTILHANDO... Objetivos do Ensino Fundamental I • Dentro de uma perspectiva inclusiva e democrática: • Garantir que todas as crianças sejam alfabetizadas até o final do primeiro ciclo. • Direito da criança de estar alfabetizada até os 8 anos de idade. • Compreender as propriedades do Sistema de Escrita Alfabética (SEA). • É preciso que o processo de alfabetização da criança esteja articulado com as particularidades socioculturais dela. • Práticas de alfabetização contextualizadas. • Alfabetizar promovendo práticas de letramento (inserir a criança em situações reais de uso da leitura e da escrita Para saber mais: • Unidade 1, Ano 1, azul – Avaliação no ciclo cle alfabetização (p. 24-29) • Unidade 1, Ano 2, laranja – Avaliação no ciclo de alfabetização: o monitoramento do processo de ensino e de aprendizagem das crianças (p. 19-26) • Unidade 1, Ano 3, verde – Avaliação para inclusão: alfabetização para todos (p. 22-27) Tarefa Pessoal: • Comparar os quadros de “ Direitos de Aprendizagem – em Língua Portuguesa” com o documento curricular (OC) do Município de São Paulo; • Perfil da Turma - • Analisar atividades didáticas de alfabetização (análise linguística/SEA) do(s) seu(s) livro didático,relacionando-as aos quadros de direitos de aprendizagem, e o quanto e como estas estão organizadas na sua rotina de trabalho. (trazer a atividade analisada para o próximo encontro). • Organizando o nosso percurso formativo – teórico e prático • Portfólio • Registro reflexivo (escrito, fotografado e/ou filmado) Aprendendo mais... • Livro: Guilherme Augusto Araújo Fernandes – Mem Fox e Julie Vivas Ed. Brinque-Book Equipe Pedagógica/SP2013 Orientadora de estudo – Ester Marques de Paula Dionisio 3
  4. 4. DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO GUAIANASES • Livro: A Roda e o Registro – uma parceria entre professor, alunos e conhecimento, Editora Paz e Terra, 1993. FINALIZANDO... Considerações finais e retomando a conversa anterior. Informes Gerais sobre a estrutura do curso: a. Cronograma b. Frequência c. Ajuda de custo d. Certificado e. Devolutivas/registros f. Local/horário g. Contatos – socializar telefones e/ou e-mail Cronograma dos encontros com os Professores alfabetizadores • DIA DA SEMANA: QUINTA FEIRA o NOITE – QUINZENALMENTE  HORÁRIO: Das 19h00 as 23h00 o DATAS:  25/4; 09 e 23/5; 06, 13, 20 e 27/06; 04 e 25/7; 08 e 22/08; 05, 12 e 26/9; 03 e 17/10; 14 e 28/11 e 05 e 12/12. • DIA DA SEMANA: SÁBADO o MANHÃ E TARDE – MENSALMENTE  HORÁRIO: Das 8H00 AS 17H00 o DATAS:  27/4; 25/5; 08/06; 29/6; 27/7; 24/08; 21/9; 19/10; 23/11 e 07/12. Compartilhar as nossas ações durante a realização do PNAIC: -Estabelecer vínculos através da Edu/comunicação/redes sociais, ou seja, e-mail, Egroups, blogs, ambientes colaborativos como: edmodo, etc.; -Compartilhar relatórios, registros reflexivos do percurso, socializar atividades; -Trocar endereços eletrônicos e telefones; -Solicitar ajuda sempre que precisar, informar as ocorrências, dar visibilidade as ações/atividades exitosas; -Socializar os portfólios (entre os cursistas e entre os próprios orientadores); Anotações: AFAGOS PEDAGÓGICOS Equipe Pedagógica/SP2013 Orientadora de estudo – Ester Marques de Paula Dionisio 4
  5. 5. DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO GUAIANASES ATÉ O PRÓXIMO ENCONTRO! DIA 23/5/2013 Equipe Pedagógica/SP2013 Orientadora de estudo – Ester Marques de Paula Dionisio 5
  6. 6. DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO GUAIANASES ATÉ O PRÓXIMO ENCONTRO! DIA 23/5/2013 Equipe Pedagógica/SP2013 Orientadora de estudo – Ester Marques de Paula Dionisio 5

×