Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.

Apresentação de Alto Impacto Empresa Construção

2 869 vues

Publié le

Transformamos seu conteúdo em mensagens coesas e consistentes, aliando o discurso ao visual para envolver a audiência e alcançar resultados. Criamos apresentações de alto impacto visual que potencializam produtos, serviços, negócios e ideias.
Uma apresentação de impacto em PowerPoint é um momento decisivo na vida de alguém (empresa, marca ou órgão governamental) que pretende passar uma mensagem para uma pessoa ou um grupo de pessoas (gestores ou autoridades). Ou se faz isso com sucesso, ou não.

Publié dans : Business
  • Soyez le premier à commenter

  • Soyez le premier à aimer ceci

Apresentação de Alto Impacto Empresa Construção

  1. 1. EPC CONSTRUÇÕES, empresa sediada em Brasília-DF, atua na área da construção pesada em obras que modernizam a infraestrutura em diversas regiões brasileiras, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social de nosso país. A trajetória da empresa é marcada por grandes transformações e pela atualização constante, tanto na capacidade gerencial quanto tecnológica, de forma a sustentar o rápido crescimento da empresa nos seus 15 anos de existência. As operações da EPC CONSTRUÇÕES garantem à empresa uma posição de destaque dentre as mais importantes empresas de engenharia do Brasil, com um importante portfolio de obras espalhadas em todas as regiões do país. A infraestrutura aeroportuária foi o inicio de tudo. Com mais de 50 obras aeroportuárias executadas a EPC conquistou o reconhecimento do mercado e firmou-se entre as importantes empresas do setor. Nesse período a EPC ampliou os horizontes e diversificou suas atividades e imprimiu uma marca de eficiência operacional e técnica. Passou a atuar em outras áreas da construção pesada, tais como: mobilidade urbana, obras rodoviárias, saneamento básico e edificações. Com um sistema de gestão integrada, a EPC administra, com eficiência plena, canteiros de obras espalhados pelo Brasil. Essa eficiência é ampliada pela aposta em renovação de frota, manutenção preventiva de equipamentos e treinamento de seus colaboradores, permitindo uma atuação sempre com o máximo de qualidade nos empreendimentos. Esse cenário complementa-se com uma transição rumo a uma configuração em que a participação dos recursos públicos tende a diminuir, em um movimento diretamente proporcional ao crescimento da participação do capital privado nos empreendimentos A EMPRESA
  2. 2. Para a EPC não existe fronteira quando o assunto é evolução. Do comprometimento com a qualidade de vida de seus funcionários à total satisfação dos seus clientes, há sempre uma busca incessante pela superação das expectativas. É com essa visão, aliada à grande capacidade técnica e operacional, que a empresa vem ocupando uma posição de destaque no mercado nacional. Na revista O Empreiteiro 2013 a EPC ficou posicionada no 2º lugar no ranking das construtoras que obtiveram maior crescimento na receita bruta, ficando em 81º lugar no Ranking Geral Nacional. A EPC está bem posicionada para aproveitar as oportunidades criadas pelo processo de crescimento econômico do Brasil e seguir em sua rota de expansão. EXPANSÃO
  3. 3. Tem por objetivo apoiar na gestão de processos e procedimentos da empresa, de modo garantir a confiabilidade e qualidade dos serviços e produtos entregues pela EPC. Fundamentado nas normas internacionais de padronização, o SGI resguarda nossos clientes e demais parte envolvidas, garantindo excelência nos serviços, a integridade física e a preocupação com saúde dos colaboradores e comunidade, além da preservação do meio ambiente. • O SGI compreende as normas ISO 9001 de Qualidade, a ISO 14001 de Meio Ambiente e a OHSAS 18001 de Segurança e Saúde no Trabalho. • O Sistema de Gestão da Qualidade define a missão, os princípios e valores da empresa para garantir a melhoria constante dos processos de forma a superar, com excelência, as exigências dos clientes e do mercado. SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO
  4. 4. Na EPC, o Departamento de Maquinas e Equipamentos (DME) funciona como uma empresa independente, responsável pela gestão da frota utilizada nas obras. Como funciona: Desde a escolha, aquisição, quanto pelas manutenções corretivas e preventivas, isso sem falar no descarte de unidades quando necessário. Benefícios: Garantem o atendimento de todas as demandas e requisições da área operacional de todos os nossos projetos O investimento em modernização de equipamentos e na manutenção preventiva é uma das características que diferenciam a EPC e que explicam seu desempenho e qualidade nas obras de que participa. A aposta na renovação dos equipamentos tem resultados importantes nos custos da empresa e nos resultados das obras. Em razão disso, a EPC mantem-se atenta ao desenvolvimento de novas tecnologias no Brasil e no mercado global GESTÃO DE EQUIPAMENTOS
  5. 5. Fundação da EPC Projetos e Construções LTDA Alteração da Razão Social para EPC Construções LTDA R$ 1 bilhão em contratos (backlog) Início da Construção 2ª Pista de pouso do aeroporto de Brasília Início da Política de Aquisição de Equipamentos Alteração para EPC CONSTRUCOES SA - Práticas de Governança - Código de Ética EPC DEFESA & TECNOLOGIA EPC ENERGIA EPC INVESTIMENTOS LINHA DO TEMPO
  6. 6. OBRAS EXECUTADAS
  7. 7. MAIS DE 50 OBRAS AEROPORTUÁRIAS EM TODO O BRASIL Fortaleza-CE Parnaíba-PI Salvador-BA Vitória-ES Rio de Janeiro-RJ Campos dos Goitacases-RJ Cabo Frio-RJ Porto Alegre-RS São José dos Campos-SP São Paulo-SP Guarulhos-SP Uberaba-MG Uberlandia-MG Anapólis-GO Goiânia-GO Brasília-DF Cuiabá-MT Rio Branco-AC Altamira-PA Macapá-AP OBRAS AEROPORTUÁRIAS
  8. 8. Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/RJ – Galeão Alargamento das pistas (Preparação para operação da aeronave A-380) Aeroporto Internacional de Parnaíba/PI Ampliação e restauração da pista de pouso. OBRAS AEROPORTUÁRIAS PISTAS DE POUSO
  9. 9. Aeroporto Internacional de Brasília/DF Construção da segunda pista de pouso. Aeroporto de São José dos Campos/SP Recapeamento da pista de pouso. OBRAS AEROPORTUÁRIAS PISTAS DE POUSO
  10. 10. Aeroporto Internacional de Brasília/DF Construção de estacionamento de veículos. Aeroporto Internacional de Salvador/BA Ampliação dos pátios de aeronaves do Aeroporto. OBRAS AEROPORTUÁRIAS PÁTIOS DE AERONAVES
  11. 11. Base Aérea de Brasília / DF Construção de pátio de Aeronaves na Base Aérea. Aeroporto Internacional de Brasília/DF Construção dos pátios de aeronaves pistas de taxiamento do novo Aeroporto. OBRAS AEROPORTUÁRIAS PÁTIOS DE AERONAVES
  12. 12. Aeroporto Internacional de Porto Alegre/RS Construção do novo pátio de aeronaves. Aeroporto Internacional de Fortaleza/CE Construção do novo pátio de aeronaves. OBRAS AEROPORTUÁRIAS PÁTIOS DE AERONAVES
  13. 13. Rodovia DF – 001 Restauração da rodovia DF-0001 (Barragem do Paranoá). DF – 290 Restauração da rodovia DF – 290. OBRAS RODOVIÁRIAS
  14. 14. Programa Asfalto Novo Brasília – DF Recuperação de vias urbanas em Brasília/DF – Programa Asfalto Novo. BRT em Brasília Implantação do Corredor de Ônibus – BRT em Brasília/DF. OBRAS URBANAS
  15. 15. Parque da Ermida Dom Bosco – DF Recuperação ambiental do Parque da Ermida Dom Bosco. Ciclovias – Brasília/DF Construção de ciclovias. OUTRAS OBRAS
  16. 16. 1 OBRA AEROPORTOS Ampliação do Pátio de Aeronaves - Porto Alegre/RS Construção do Pátio do Terminal de Cargas - Porto Alegre/R Construção do Terminal de Cargas - Porto Alegre/RS Restauração do sistema de pistas - Rio Branco/AC Construção da Torre de Controle - Jacarepaguá/RJ Construção do Terminal de Passageiros - Macapá/AP MOBILIDADE URBANA BRT (Bus Rapid Transit) - Goiânia/GO Programa Asfalto Novo II - Brasilia/DF Urbanização de vias - Aparecida de Goiânia/GO Urbanização - Mobilidade Urbana - Macapá/AP RODOVIAS Duplicação e Restauração da BR-101/SE - DNIT Implantação da Rodovia BR-487/PR - DNIT PRIVADOOS Construção de Tunel de Queda Livre -iFly - São Paulo/SP CONTRATOS A 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 1 2 3 4 5 6 7 89 10 11 12 13 OBRAS EM ANDAMENTO
  17. 17. O BRT do Eixo Norte – Sul possuirá, em sua totalidade, 27 km, dos quais 22 km encontram-se em Goiânia, e o restante, em Aparecida de Goiânia BRT contará com duas faixas de circulação exclusivas para os ônibus no eixo da via e com duas faixas adicionais nas estações para a ultrapassagem dos ônibus das linhas expressas. As faixas de ônibus serão separadas das faixas de tráfego geral por canteiros laterais. Serão implantadas 39 estações, das quais 32 em Goiânia e 7 em Aparecida de Goiânia O CONSORCIO BRT NORTE SUL, com participação da EPC (40%) ficará responsável pelos 22km na cidade de Goiânia e 32 estações. Cliente: PREFEITURA DE GOIÂNIA Localização: GOIANIA/GO Prazo de Construção: 20 meses MOBILIDADE URBANA BRT NORTE SUL - GOIÂNIA
  18. 18. Construção do novo Terminal de Cargas do Aeroporto de Porto Alegre. Cliente: INFRAERO Localização: PORTO ALEGRE/RS Prazo de Construção: 21 meses (início em Abril/2015) Valor: R$ 129 MM PARTICIPAÇÃO EPC: 50% OBRAS AEROPORTUÁRIAS CONSTRUÇÃO DO TERMINAL DE CARGAS DO AEROPORTO DE PORTO ALEGRE-RS
  19. 19. Adequação de Capacidade com Restauração da Pista Exsitente, na BR-101/SE, Km 0 ao Km 40. O trecho da rodovia BR-101 localizado na região nordeste configura-se como principal ligação entre as capitais litorâneas nordestinas e o centro- sul do país. Pavimentada há mais de 30 anos, a BR-101/NE atende a um tráfego sempre crescente e possui importância estratégica para a região, tanto em termos de circulação de produtos como de pessoas. Cliente: DNIT Localização: SERGIPE Prazo de Construção: 24 meses Valort: R$ 148 MM PARTICIPAÇÃO EPC: 30% OBRAS RODOVIÁRIAS BR-101/SE
  20. 20. - ADOÇÃO DE PRÁTICAS DE GOVERNANÇA CORPORATIVA - MELHORES PRÁTICAS CONTÁBEIS - CONTRATAÇÃO DE AUDITORIA EXTERNA PARA TODO O ANO DE 2015 - MELHORIA DA EQUIPE INTERNA DE CONTROLADORIA - PUBLICAÇÕES - APRIMORAMENTO DO SGI (SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA) - Certificação ISO 9001, ISO 14001, OHSAS 18000 METAS PARA 2015
  21. 21. NOVOS NÉGOCIOS ENERGIA DEFESA & TECNOLOGIA PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS CONCESSÕES e PPP’s • AEROPORTOS • PORTOS • RODOVIAS • ESTACIONAMENTOS • SANEAMENTO • SERVIÇOS PÚBLICOS • PPP´s PERSPECTIVA 2015
  22. 22. DEFESA & TECNOLOGIA Em Janeiro de 2015 a EPC incluiu em seu objetivo social a atuação nas indústrias de defesa, segurança e tecnologia, podendo: fornecer, produzir, comercializar, desenvolver, direta ou indiretamente, produtos e serviços, inclusive serviços de construção e engenharia destinados a tais indústrias; realização ou condução de atividades de pesquisa, projeto, desenvolvimento, industrialização, prestação dos serviços de tecnologia industrial básica, assistência técnica e transferência de tecnologia, produção, reparo, conservação, revisão, conversão, modernização ou manutenção de Produto Estratégico de Defesa no País, consoante definição da Lei nº 12.5988/12 e alterações posteriores, incluídas a venda e a revenda somente quando integradas às atividades industriais supracitadas.
  23. 23. DEFESA & TECNOLOGIA Empresa provedora de soluções inovadoras para o desenvolvimento da indústria nacional de defesa. A EPC está preparada para conceber, implantar, integrar e gerenciar projetos de alta complexidade, tecnologias e produtos de uso militar e civil. Atuando no contexto de implantação da Estratégia Nacional de Defesa (END) do Governo brasileiro, que tem, entre outros objetivos, a modernização do setor e a reestruturação da indústria brasileira, assegurando o atendimento das necessidades de reaparelhamento das Forças Armadas com tecnologias sob domínio nacional.
  24. 24. ENERGIA PROPOSTAS EM FECHAMENTO: Contrato Turnkey para construção de planta de 10MW de energia solar no estado de Goiás, em parceria com a SINOMACH; Preparação para participação no próximo leilão de energia solar. PARCEIROS:
  25. 25. PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS PPP’S CONCESSÕES FOCO:  FERROVIAS  RODOVIAS  AEROPORTOS (em 2015 previstos Porto Alegre, Salvador e Florianópolis)  Portos
  26. 26.  Maiores oportunidades nas concorrências das grandes obras de infraestrutura, após a maior “abertura do mercado”;  Consolidar participação em Aeroportos;  Ferrovias  Portos – Dragagem  Rodovias  Mobilidade Urbana  Fechar parcerias estratégicas para as próximas rodadas de concessões de Aeroportos, Portos, Rodovias e Ferrovias;  Desenvolver a EPC Defesa & Tecnologia;  Desenvolver a EPC Energia. PERSPECTIVAS PARA 2015

×