Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.
A ÁGUA NA TERRA:
ABUNDÂNCIA, ESCASSEZ E
ÁGUA POTÁVEL
Agrupamento de Escolas de Maximinos
Escola Secundária de Maximinos
Tr...
A ÁGUA NA TERRA E A SUA
DISTRIBUIÇÃO
 Vivemos num Planeta de Água, já que esta cobre 71% da sua superfície.
 No entanto,...
29%
terra
71%
água
97,5%
Oceanos
e mares
2,5%
Água doce
0,3%
lagos e rios
30,8%
Águas subterrâneas,
humidades do solo e
at...
A ÁGUA NA TERRA E A SUA
DISTRIBUIÇÃO
• A precipitação é um fator muito importante para os recursos hídricos
superficiais e...
A ÁGUA NA TERRA E A SUA
DISTRIBUIÇÃO
• As águas de infiltração penetram no subsolo até encontrarem uma
superfície impermeá...
A ÁGUA NA TERRA E A SUA
DISTRIBUIÇÃO
• A água está desigualmente distribuída na terra, sendo que a maior parte do
continen...
A ÁGUA NA TERRA E A SUA
DISTRIBUIÇÃO
• Estima-se que a média anual de consumo de água é de 600 𝐦 𝟑
por pessoa,
dos quais, ...
• Nas sociedades pré-industriais, o consumo de água é baixo, mantendo-se
constante ou aumentando lentamente. Por outro lad...
• A crise mundial da água traduz-se na sua escassez crescente, na diminuição
da sua qualidade em consequência da poluição ...
• Segundo a Organização Mundial de Saúde, há mais de mil milhões de
pessoas em todo o mundo que não tem acesso a água limp...
• Melhorar a qualidade da água requer meios financeiros, técnicos e culturais,
que a maioria dos países não tem. Devido a ...
• O problema da água é que ela não se renova ao ritmo a que os seres
humanos a poluem.
• A ação humana conduz a alterações...
• A par dos desperdícios de água que se verificam em quase todo o mundo, a
procura aumenta mais depressa do que a capacida...
Poluição da água
Tem origem
Industrial
(nos efluentes)
Urbana
(nos esgotos)
Agropecuária
(nas água de
escorrimento)
Navega...
Dos vários tipos de poluição destacam-se:
• A poluição biológica: por microrganismos patogénicos que podem provocar
doença...
• Nem sempre a água é suficientemente pura para ser diretamente utilizada na
indústria, nas atividades domésticas e, muito...
• Para cada um dos parâmetros, a legislação indica os valores seguintes:
• VMA- Valor Máximo Aceitável. Este valor não pod...
• Relativamente à água doce há uma enorme e complexa teia de leis, desde as
normas de Helsínquia de 1966, passando pela Ca...
Quando no rótulo das garrafas se lê “água pura”, quer dizer água pura sob o
ponto de vista alimentar e não água quimicamen...
• O tratamento da água é um conjunto de procedimentos físicos e químicos que são
aplicados na água para que esta fique em ...
• Filtração - a água passa por filtros formados por carvão, areia e pedras de
diversos tamanhos.
Nesta etapa, as impurezas...
1.º fórum mundial da água – 1997,
Marrocos
ENCONTROS MUNDIAIS SOBRE A ÁGUA
Com vista à resolução da escassez da água potáv...
A NOSSA MENSAGEM…!
Prochain SlideShare
Chargement dans…5
×

A água na Terra - abundância, distribuição, escassez e água potável

A água na Terra: abundância, escassez, distribuição e água potável.
Física e Química A
2015/2016

  • Soyez le premier à commenter

A água na Terra - abundância, distribuição, escassez e água potável

  1. 1. A ÁGUA NA TERRA: ABUNDÂNCIA, ESCASSEZ E ÁGUA POTÁVEL Agrupamento de Escolas de Maximinos Escola Secundária de Maximinos Trabalho realizado por: • Bárbara Rodrigues, nº5 11º2 • Beatriz Rodrigues, nº6 11º2 • Bruno Queirós, nº7 11º2 Física e Química A 2015/2016
  2. 2. A ÁGUA NA TERRA E A SUA DISTRIBUIÇÃO  Vivemos num Planeta de Água, já que esta cobre 71% da sua superfície.  No entanto, apenas 2,5% da água total é água doce utilizável e desta, apenas 0,1% é água potável.  A água contida nos mares e oceanos, constitui 97,5% da água total.  A água doce encontra-se sobretudo sob a forma de glaciares e neves eternas (68,9%), em águas subterrâneas (29,9%), na humidade do solo e da atmosfera (0,9%) e nos lagos e rios (0,3%)
  3. 3. 29% terra 71% água 97,5% Oceanos e mares 2,5% Água doce 0,3% lagos e rios 30,8% Águas subterrâneas, humidades do solo e atmosfera 68,9% Glaciares e neves eternas Distribuição da água no planeta Terra
  4. 4. A ÁGUA NA TERRA E A SUA DISTRIBUIÇÃO • A precipitação é um fator muito importante para os recursos hídricos superficiais e subterrâneos. • A água da chuva é parcialmente absorvida pelo solo e pela vegetação, sendo uma parte devolvida à atmosfera pela evapotranspiração. A parte que não volta à atmosfera nem penetra no solo, chama-se água de superfície e escorre para as bacias hidrográficas. evapotranspiração
  5. 5. A ÁGUA NA TERRA E A SUA DISTRIBUIÇÃO • As águas de infiltração penetram no subsolo até encontrarem uma superfície impermeável. Quando a superfície é inclinada, a água segue o declive, podendo percorrer centenas de quilómetros, como um rio, antes de emergir. Quando a superfície é plana ou côncava, a água acumula-se. • Quando as águas de infiltração encontram uma falha de grande dimensão escorrem até cerca de centenas de metros de profundidade e formam reservas subterrâneas onde podem permanecer durante milhares de anos.
  6. 6. A ÁGUA NA TERRA E A SUA DISTRIBUIÇÃO • A água está desigualmente distribuída na terra, sendo que a maior parte do continente africano, do médio oriente, da austrália e de algumas zonas do continente americano debatem-se com graves problemas de escassez de água. • A escassez de água é um problema mundial, cujos efeitos se fazem sentir com mais intensidade em determinadas zonas e épocas.
  7. 7. A ÁGUA NA TERRA E A SUA DISTRIBUIÇÃO • Estima-se que a média anual de consumo de água é de 600 𝐦 𝟑 por pessoa, dos quais, 50 𝐦 𝟑 são água potável – o que corresponde a um consumo diário de 137 litros de água. • No entanto, estes números são teóricos pois o uso da água por parte da população mundial é desigual. • Em algumas dezenas de anos, o crescimento demográfico, o desenvolvimento industrial e a irrigação multiplicaram as utilizações da água, fazendo aumentar muito a sua procura. • Na Europa, no total, são consumidos 300 litros por habitante diariamente, duas vezes menos que nos EUA e Japão. OS CONSUMOS
  8. 8. • Nas sociedades pré-industriais, o consumo de água é baixo, mantendo-se constante ou aumentando lentamente. Por outro lado, o consumo de água cresce muito em países em vias de industrialização e naqueles em que a agricultura irrigada tende a corresponder a um forte crescimento demográfico. • Em alguns países, a agricultura é responsável por um elevado consumo de água, como o México e a Índia. Noutros países, a industria é o principal responsável pelo consumo de água, como a Alemanha. A ÁGUA NA TERRA E A SUA DISTRIBUIÇÃO OS CONSUMOS
  9. 9. • A crise mundial da água traduz-se na sua escassez crescente, na diminuição da sua qualidade em consequência da poluição e também nas secas. • Há escassez de água. Contudo, a água disponível bastaria para satisfazer as necessidades mundiais se fosse gerida adequadamente, tendo em vista um aproveitamento eficaz e uma repartição equitativa. • A gestão da água tem de se enquadrar no conceito de desenvolvimento sustentável*, de modo que satisfaça os objetivos da sociedade no presente e no futuro, e que assegure, em simultâneo, a preservação ambiental dos sistemas de recursos hídricos. *- Satisfazer as necessidades do presente sem retirar às futuras gerações a possibilidade de satisfazer as suas. A ÁGUA NA TERRA E A SUA DISTRIBUIÇÃO A gestão
  10. 10. • Segundo a Organização Mundial de Saúde, há mais de mil milhões de pessoas em todo o mundo que não tem acesso a água limpa. • Os problemas com a água são responsáveis pela morte de 1,6 milhões de pessoas todos os anos e cerca de 6000 crianças morrem todos os dias de doenças que poderiam ser evitadas caso se melhorasse a qualidade da água e do saneamento. A gestão A ÁGUA NA TERRA E A SUA DISTRIBUIÇÃO
  11. 11. • Melhorar a qualidade da água requer meios financeiros, técnicos e culturais, que a maioria dos países não tem. Devido a isto, a Europa emitiu uma diretriz sobre a água que diz: “A água não é um bem negociável como os outros, mas um património que é preciso proteger e defender como tal.” • Em Portugal, a legislação estabelece critérios e normas de qualidade com a finalidade de proteger, preservar e melhorar a água em função das suas principais utilizações. Cerca de 40% da água captada perde-se pelo caminho antes de chegar às torneiras. A gestão A ÁGUA NA TERRA E A SUA DISTRIBUIÇÃO
  12. 12. • O problema da água é que ela não se renova ao ritmo a que os seres humanos a poluem. • A ação humana conduz a alterações apreciáveis no ciclo hidrológico natural. • A faculdade de regeneração natural das águas doces, ou autodepuração, é definida como a faculdade que um rio, um troço de rio ou um lago tem de absorver, sem dificuldade, uma determinada carga de poluição e de assegurar a destruição ou a mineralização dos elementos poluentes. A ÁGUA NA TERRA E A SUA DISTRIBUIÇÃO A poluição
  13. 13. • A par dos desperdícios de água que se verificam em quase todo o mundo, a procura aumenta mais depressa do que a capacidade de reposição pelo ciclo hidrológico natural. • A poluição da água pode ter várias origens e tipos diversos. A ÁGUA NA TERRA E A SUA DISTRIBUIÇÃO A poluição
  14. 14. Poluição da água Tem origem Industrial (nos efluentes) Urbana (nos esgotos) Agropecuária (nas água de escorrimento) Navegação (na água salgada) Outras Poluição da água doce Poluição da água salgada
  15. 15. Dos vários tipos de poluição destacam-se: • A poluição biológica: por microrganismos patogénicos que podem provocar doenças até à morte. • A poluição térmica: aquecimento da água por descargas de águas residuais usadas nos processos de arrefecimento industriais e nas centrais térmicas. • A poluição química: a mais grave é causada pela presença de produtos químicos prejudiciais. A ÁGUA NA TERRA E A SUA DISTRIBUIÇÃO A poluição
  16. 16. • Nem sempre a água é suficientemente pura para ser diretamente utilizada na indústria, nas atividades domésticas e, muito menos, para consumo humano. • Ela encontra-se muitas vezes poluída, sobretudo pela matéria orgânica dos solos, pelos fertilizantes e pelos pesticidas. • Existe legislação para estabelecer os teores em que certas espécies químicas podem existir na água utilizável. • São os chamados parâmetros de qualidade, que podem variar, consoante os objetivos de utilização. A ÁGUA NA TERRA E A SUA DISTRIBUIÇÃO A Qualidade da Água e a Legislação
  17. 17. • Para cada um dos parâmetros, a legislação indica os valores seguintes: • VMA- Valor Máximo Aceitável. Este valor não pode ser ultrapassado, sob risco de prejudicar a saúde. • VMR- Valor Máximo Recomendado. Este valor não deve ser ultrapassado, pois tal poderá colocar em risco a saúde, podendo até ser indício de contaminação. Nome de qualidade VMR/ g 𝒅𝒎−𝟑 VMA/ g 𝒅𝒎−𝟑 Iões Fluoreto (𝐅−) 1,0 1,5 Iões nitrato (𝐍𝐨 𝟑 − ) 25 50 A ÁGUA NA TERRA E A SUA DISTRIBUIÇÃO A Qualidade da Água e a Legislação
  18. 18. • Relativamente à água doce há uma enorme e complexa teia de leis, desde as normas de Helsínquia de 1966, passando pela Carta Europeia da Água em 1968, que inspirou todas as regulamentações adotadas, desde então, na Europa. Esta carta europeia estabelece 12 princípios sobre a água e a sua importância para a Humanidade. I. NÃO HÁ VIDA SEM ÁGUA. A ÁGUA É UM BEM PRECIOSO, INDISPENSÁVEL A TODAS AS ACTIVIDADES HUMANAS. III. ALTERAR A QUALIDADE DA ÁGUA É PREJUDICAR A VIDA DO HOMEM E DOS OUTROS SERES VIVOS QUE DEPENDEM DELA. • A legislação Portuguesa estabelece os critérios e normas de qualidade da água em função dos seus principais usos, nomeadamente, os valores de VMR e VMA. A ÁGUA NA TERRA E A SUA DISTRIBUIÇÃO A Qualidade da Água e a Legislação
  19. 19. Quando no rótulo das garrafas se lê “água pura”, quer dizer água pura sob o ponto de vista alimentar e não água quimicamente pura. A ÁGUA NA TERRA E A SUA DISTRIBUIÇÃO Água da chuva, Água destilada e Água pura A água quimicamente pura, exclusivamente constituída por moléculas de água, sem quaisquer substâncias dissolvidas e com pH igual a 7 não existe na Natureza. Na Natureza, se não houvesse poluição, a água que mais se aproximaria da água pura seria a água da chuva, que para além das moléculas de água conteria apenas algum dióxido de carbono proveniente da atmosfera. A água da chuva pode comparar-se a água destilada natural, pois obtém-se por condensação da água que se evaporou. Nos laboratórios e na indústria produz-se água destilada através de um processo de evaporação, por aquecimento, seguido da condensação do vapor de água, formado por arrefecimento.
  20. 20. • O tratamento da água é um conjunto de procedimentos físicos e químicos que são aplicados na água para que esta fique em condições adequadas para o consumo – para que se torne potável. • Numa estação de tratamento de água, o processo ocorre em etapas: • Coagulação: quando a água na sua forma natural entra na ETA, ela recebe, nos tanques, uma determinada quantidade de sulfato de alumínio. Esta substância serve para juntar as partículas sólidas que se encontram na água como, por exemplo, a argila. • Floculação - em tanques com a água em movimento, as partículas sólidas agrupam-se em flocos maiores. • Decantação - noutros tanques, por ação da gravidade, os flocos com as impurezas ficam depositadas no fundo dos tanques, separando-se da água. A ÁGUA NA TERRA E A SUA DISTRIBUIÇÃO Como tornar a água potável? http://site.sabesp.com.br/uploads/file/flash/tratamento_agua.sw f
  21. 21. • Filtração - a água passa por filtros formados por carvão, areia e pedras de diversos tamanhos. Nesta etapa, as impurezas de tamanho pequeno ficam retidas no filtro. • Desinfeção – na água é aplicado cloro ou ozono para eliminar microrganismos causadores de doenças. • Fluoretação - é aplicado flúor na água para prevenir a formação de cáries dentárias. • Correção de PH - é aplicada na água uma certa quantidade de carbonato de sódio. Esse procedimento serve para corrigir o PH da água e preservar a rede de canalizações. A ÁGUA NA TERRA E A SUA DISTRIBUIÇÃO Como tornar a água potável?
  22. 22. 1.º fórum mundial da água – 1997, Marrocos ENCONTROS MUNDIAIS SOBRE A ÁGUA Com vista à resolução da escassez da água potável, foram realizados vários encontros mundiais sobre a água: Reafirmar uma politica que tenha em conta os problemas da água, bem como o estabelecimento de medidas concretas a serem adoptadas, principalmente por aqueles que têm maior responsabilidade na gestão mundial da água. Neste fórum, o príncipe japonês Naruhito chamou a atenção para os problemas relacionados com a água e pediu maior consciencialização aos países que consideram a água como algo inacabável: 2.º fórum mundial da água – 2000, Holanda "Existem 1,1 mil milhões de pessoas no mundo que não podem consumir água potável. São 2,60 mil milhões de pessoas que não contam com instalações de higiene adequadas. A cada 10 segundos uma criança perde a vida por causa de doenças 3.º fórum mundial da água -2003, Japão 4.º fórum mundial da água – 2006, MéxicoPrincipal objetivo:
  23. 23. A NOSSA MENSAGEM…!

×