Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.

Pintura Renascimento

63 vues

Publié le

Consultas e adaptações
PINTO e outros, Ideias e Imagens. Porto, Porto Editora, 2013.
NUNES, Paulo Simões, História da Cultura e das Artes, Porto, Raiz Editora, 2013.
https://pt.slideshare.net/vmsantos/04-ainda-sob-o-signo-de-al
https://pt.slideshare.net/bolotinha73/mdulo-4-a-arte-sob-o-signo-de-al

Publié dans : Formation
  • Soyez le premier à commenter

  • Soyez le premier à aimer ceci

Pintura Renascimento

  1. 1. M5 A Cultura do Palácio HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES PINTURA DO RENASCIMENTO 1
  2. 2. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 2  Pintura enquanto exercício intelectual  Construção científica de espaço tridimensional  Perspetiva linear (Brunelleschi)  Artista é intelectual, humanista, criador  Homem é a unidade de todas as medidas – referência e objeto de todas as pesquisas Filippo Brunelleschi, Igreja de San Lourenzo, Florença, 1421- 60, https://bit.ly/2JQNcdO, consultado a 19/05/2019
  3. 3. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 3  Pintura enquanto exercício intelectual  Finalidade da arte é atingir o Belo  Reassumir dos conceitos clássicos de proporção, simetria e equilíbrio  Desenho é meio privilegiado para aplicação da perspetiva  Cor é vital para a dimensão psicológica das personagens  Chiaroscuro (claro-escuro) – modelação tridimensional dos volumes
  4. 4. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 4  Pesquisa da perspetiva linear  Criação mental abstrata  Traçado de linhas formando uma pirâmide cujo vértice é o ponto de fuga  Ilusão do espaço tridimensional numa superfície plana é rutura com representação medieval https://bit.ly/2T3rI3v, consultado a 19/05/2019
  5. 5. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 5  Novos processos  Perspetiva – processo geométrico que permitia representar com exatidão o espaço e as formas tridimensionais numa superfície plana  Aproximação ao naturalismo – cresceu o interesse pelo estudo da anatomia dos corpos como forma de obter maior realismo nas representações  Enquadramentos arquitetónicos – inclusão dos assuntos em cenários arquitetónicos, evidenciando a aplicação da perspetiva  Novos suportes: telas, cavaletes, papel
  6. 6. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 6  Novas técnicas  Adoção da pintura a óleo . Maior tempo de secagem e permite modelados e velaturas  Utilização do sfumato – esbatimento de tons de modo a gerar uma transição suave luz- sombra  Novos pimentos aglutinantes – facilitou a modelação das formas e a criação de atmosferas mais luminosas
  7. 7. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 7  Novos temas  Retrato: Humanismo, Individualismo e o cultyo da personalidade fizeram crescer o gosto pelo retrato como afirmação social e cultural  Nu – “descoberta” do Homem da sua anatomia e perfeição das formas, o nu está ligado à tradição greco-romana  Paisagem – estudo do mundo envolvente e a representação da natureza e dos ambientes é um tema ideal para aplicação dos novos recursos técnicos e plásticos
  8. 8. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 8 Homem como Unidade de Medida Surge em Itália: Florença (séc. XV), Roma e Veneza (séc. XVI) Raízes : •Antiguidade Clássica (temática; humanismo) •Idade Média : pintura de Giotto e Gótico Internacional Homem torna-se objeto de pesquisa Artista torna-se um intelectual •Processo de aprendizagem longo •Estudo de geometria, aritmética, filosofia, história, astronomia, anatomia, etc. Obra de arte é o produto de estudo do Homem pelo artista, visa ser uma Obra-Prima Objetivo da arte é imitar a natureza (imitação intelectualizada e tecnicista) •Aplicação de regras racionais •Procura de soluções científicas
  9. 9. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 9 Características técnicas Perspetiva científica •Construção do espaço pictórico de forma racional e matemática •Tratamento da luz de forma coerente Pintura a óleo •Permitiu desenvolver técnicas de modelados e velaturas •Utilização de texturas e gradações cromáticas Papel •Permitiu a realização de estudos de projeto Telas e cavaletes •Facilitaram criação, execução e transporte
  10. 10. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 10 FRA ANGELICO, O Juízo Final (Giudizio Universale)Têmpera sobre painel (105 x 210 cm), 1425-1430. Museo Nazionale di San Marco, Florença https://bit.ly/2VpIkhO, consultado a 15-05-2019
  11. 11. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 11 FRA ANGELICO, Deposição de Cristo (Deposizione dalla Croce) Têmpera sobre painel (176 × 185 cm), 1432-1434, Museo Nazionale di San Marco, Florença https://bit.ly/2VpIkhO, consultado a 15-05-2019
  12. 12. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 12 FRA ANGELICO, Anunciação, 1437-1446, afresco, 312,cmX230cm, Museu Nacional de S. Marcos, Florença https://bit.ly/2VpIkhO, consultado a 15-05-2019
  13. 13. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 13 SANDRO BOTTICELLI, Anunciação (Retábulo Cestello), c. 1489- 1490T, têmpera sobre madeira, 150 x 156 cm https://bit.ly/2JmDX5E consultado a 15-05-2019
  14. 14. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 14 SANDRO BOTTICELLI, Primavera c. 1482, Têmpera sobre madeira de choupo, 203 x 314 cm https://bit.ly/2JmDX5E consultado a 15-05-2019
  15. 15. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 15 SANDRO BOTTICELLI, O nascimento de Vénus c. 1485, Têmpera sobre tela, 172,5 x 278,5 cm https://bit.ly/2JmDX5E consultado a 15-05-2019
  16. 16. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 16 MASACCIO, O Pagamento do Tributo, 1425, detalhe do afresco da Capela Brancacci, Florença https://bit.ly/2JmDX5E consultado a 15-05-2019
  17. 17. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 17 PAOLO UCCELLO, A Batalha de São Romano, têmpera sobre madeira, 183cmX320cm, 1450-1456, Galeria Nacional de Londres https://pt.wikipedia.org/wiki/Paolo_Uccello, consultado a 15-05-2019
  18. 18. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 18 PAOLO UCCELLO, S. Jorge e o Dragão, c. 1455, têmpera sobre tela Dimensões: 57 x 73 cm, Galeria Nacional, Londres, Grã-Bretanha https://pt.wikipedia.org/wiki/Paolo_Uccello, consultado a 15-05-2019
  19. 19. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 19 PIERO DELLA FRANCESCA, Flagelação, 1465, têmpera sobre nadeira, 59X81,5 cm, Galleria Nazionale delle Marche, Urbino https://pt.wikipedia.org/wiki/Piero_della_Francesca, consultado a 15-05-2019
  20. 20. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 20 PIERO DELLA FRANCESCA, Díptico dos duques de Urbino, 1465, têmpera sobre madeira, 47X33, Galleria degli Uffizi, Florença https://pt.wikipedia.org/wiki/Piero_della_Francesca, consultado a 15-05-2019
  21. 21. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 21 PIERO DELLA FRANCESCA, Madona de Sinigaglia, afresco, 61X53,3 cm, Galleria Nazionale delle Marche, Urbino https://bit.ly/2JGG6sw, consultado a 15-05-2019
  22. 22. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 22 ANDRE MANTEGNA, Lamentação sobre o Cristo Morto, 1475-78, têmpera sobre tela, 68X81, Pinacoteca de Brera, Milão https://bit.ly/2HqfRUj, consultado a 15-05-2019
  23. 23. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 23 ANDRE MANTEGNA, Sala dos Esposos, a Corte dos Gonzaga, 1465- 1474, afresco, Castello di San Giorgio, Mântua https://bit.ly/2VuO9uM , consultado a 15-05-2019
  24. 24. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 24 LEONARDO DA VINCI, Anunciação, c. 1473-1475, óleo sobre madeira, 98X217,2 cm, Galleria degli Uffizi, Florença https://bit.ly/2JGTjS7, consultado a 15-05-2019
  25. 25. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 25 VERROCHIO, O Batismo de Cristo, 1472–1475, Tinta a óleo, 1,77 m x 1,51 m, Uffizi Gallery https://bit.ly/2JGTjS7, consultado a 15-05-2019
  26. 26. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 26 LEONARDO DA VINCI, A Virgem com o Menino e Santa Ana, c. 1502-1516, óleo sobre madeira, 168X130 cm, Museu do Louvre, Paris https://bit.ly/2JGTjS7, consultado a 15-05-2019
  27. 27. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 27https://bit.ly/2JGTjS7, consultado a 15-05-2019 LEONARDO DA VINCI, Última Ceia, 1495–1498, fresco, 4,6 m x 8,8 m, Santa Maria delle Grazie
  28. 28. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 28https://bit.ly/2JGTjS7, consultado a 15-05-2019 RAFAEL, A Virgem e o Pintassilgo
  29. 29. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 29https://bit.ly/2JGTjS7, consultado a 15-05-2019 RAFAEL, A Escola de Atenas
  30. 30. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 30https://bit.ly/2JGTjS7, consultado a 15-05-2019 MIGUEL ÂNGELO Juízo final
  31. 31. M5 - A cultura do Palácio Pintura do Renascimento 31https://bit.ly/2JGTjS7, consultado a 15-05-2019 MIGUEL ÂNGELO, Criação de Adão
  32. 32. HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES A CULTURA DO PALÁCIO 32 Professora Cristina Barcoso Lourenço maria.barcoso@agr-tc.pt historia.cultura.artes.faro@gmail.com FB: https://www.facebook.com/HCA.AETC/ Consultas e adaptações PINTO e outros, Ideias e Imagens. Porto, Porto Editora, 2013. NUNES, Paulo Simões, História da Cultura e das Artes, Porto, Raiz Editora, 2013. https://pt.slideshare.net/vmsantos/04-ainda-sob-o-signo-de-al https://pt.slideshare.net/bolotinha73/mdulo-4-a-arte-sob-o-signo-de-al M4 A Cultura da Catedral – As Cidades e Deus

×