Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.

Jesus andou fazendo o bem

325 vues

Publié le

Jesus fez milagres; curou cegos; leprosos; coxos...

Publié dans : Spirituel
  • Soyez le premier à commenter

  • Soyez le premier à aimer ceci

Jesus andou fazendo o bem

  1. 1. Lição 11: Jesus Cristo Andou Fazendo o Bem
  2. 2. Leia Mateus 5:43–47 e no início de cada frase, antes de lê-la comece pelo seu nome. Que princípio Jesus ensinou nesses versículos? Por que é difícil seguir esse princípio do evangelho? Atos 10:38: “(Jesus) andou fazendo o bem, e curando todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele. (...) ao qual mataram, pendurando-o num madeiro.” Filme: A lei maior
  3. 3. •Em grupos: Leiam as escritura e dramatizem para o resto da turma. Grupo 1: Mateus 9:9–13 Grupo 2: Mateus 12:22–30 Grupo 3: Marcos 3:1–6 Grupo 4: Marcos 11:15–19 Grupo 5: João 11:43–53 Após a dramatização identifiquem a boa obra praticada por Jesus em cada passagem e como as pessoas reagiram diante do que Ele fez. O que vocês perceberam sobre como o Salvador reagia quando era perseguido?
  4. 4. Como reagir às perseguições? Mateus 5:9–12 Mateus 5:21–24 (ver também 3 Néfi 12:22) Mateus 5:38–41; 7:12 Mateus 6:14–15 (ver também D&C 64:9–10) Mateus 7:1–5 Como a forma como tratamos outras pessoas pode afetar o relacionamento delas com Deus?
  5. 5. • “Algumas pessoas pensam erroneamente, que responder com silêncio, mansidão, perdão e ou prestar um humilde testemunho são sinal de fraqueza ou passividade. Mas, amar nossos inimigos, bendizer os que nos maldizem, fazer o bem aos que nos odeiam e orar pelos que nos maltratam e perseguem (ver Mateus 5:44) exige fé, força, e acima de tudo coragem cristã. (…) • Quando não retaliamos — quando damos a outra face e resistimos aos sentimentos de raiva — nós também estamos seguindo o exemplo do Salvador. Mostramos Seu amor, que é o único poder capaz de subjugar o adversário e responder aos nossos acusadores sem devolver na mesma moeda. Isso não é fraqueza. Isso é coragem cristã. (…) • Ao respondermos aos outros, cada circunstância será diferente. Felizmente, o Senhor conhece o coração dos nossos acusadores e como podemos responder a eles do modo mais eficaz. Quando os verdadeiros discípulos buscam a orientação do Espírito, eles recebem a inspiração adequada para tratar cada opositor. E a cada um, os verdadeiros discípulos respondem de maneira a convidar o Espírito a estar presente. (…) • Como verdadeiros discípulos, nossa principal preocupação deve ser o bem- estar dos outros, e não provar que estamos certos. Perguntas e críticas dão- Élder Robert D. Hales

×