Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.

Manejo de Doencas da teca - Ana Carolina Vieira Mouro - Prof. Milton L. Paz Lima

Apresentação realizada durante a disciplina de Fitopatologia II ofertada no segundo semestre de 2016 pelo prof. Milton Luiz da Paz Lima.

  • Identifiez-vous pour voir les commentaires

Manejo de Doencas da teca - Ana Carolina Vieira Mouro - Prof. Milton L. Paz Lima

  1. 1. Apresentadora: Ana Carolina Vieira Mouro Instituto Federal Goiano Câmpus Urutaí. Curso de Agronomia Disciplina de Fitopatologia II MANEJO DE DOENÇAS DA CULTURA DA TECA (Tectona grandis)
  2. 2. INTRODUÇÃO •  A Tectona grandis pertence à família botânica Verbenaceae; •  Espécie florestal de grande porte, na@va do sudoeste da Ásia; •  Possui uma das madeiras mais valiosas do mundo; •  U@lizada na construção de móveis luxuosos, na construção naval e como componente de objetos decora@vos.
  3. 3. Fonte: olhadireito.com.br Fonte: portuguesalibaba.com Fonte: tecanocerrado.com.br
  4. 4. INTRODUÇÃO - Embora as plantações de teca têm-se expandido desde a década de 90, pouco se sabe sobre o impacto de doenças sobre a cultura; - As doenças fúngicas são as mais comuns e as mais importantes.
  5. 5. OBJETIVO - O obje@vo deste trabalho foi fazer uma revisão de literatura a respeito do manejo de doenças da cultura da Teca (Tectona grandis).
  6. 6. Ordem Doenças Agente causal Referência 1 Queima dos brotos ou Mancha da teca Phomopsis sp. Revista de Ciênc 2 Cancro Longitudinal Fusarium sp. Embrapa, 2001 3 Cancro Nectria Nectria nauritiicola Prezi, 2016 4 Murcha Ceratocystis fimbriata Prezi, 2016 5 Ferrugem da teca Olivea tectonae Biologico, 2011 6 Podridão-seca, Podridão-de-raiz Fusarium solani Prezi, 2016 7 Cancro Botryodiplodia sp. Prezi, 2016 8 Rachamento longitudinal da casca Dothiorella sp. Prezi, 2016 9 Podridão Branca Ganoderma sp. Prezi, 2016 10 Podridão de raízes Phellinus noxious Prezi, 2016 11 Mancha da Teca Pseudoepicocum tectonae Documents, 201 12 Necrose das folhas Rhizoctonia solani Prezi, 2016 DESENVOLVIMENTO Doenças causadas por fungos
  7. 7. Phomopsis sp. - ”Queima dos Brotos”; - Patógeno afeta a folhagem, ataca os brotos de árvores jovens de 6 a 24 meses de idade; - A porção necró@ca provocada pelo fungo assume coloração enegrecida, provocando a morte de toda a parte afetada.
  8. 8. Phomopsis sp. -Controle químico: fungicidas benzimidazóis (benomyl, carbendazin e thiabendazole); - Controle gené@co: O melhor método para doenças em folhagens é a exploração da variabilidade gené@ca, u@lizando-se espécies tolerantes ou resistentes.
  9. 9. Fonte:haps://prezi.com/hmg2l8goyfwl/ doencas-da-especie-tectona-grandis-teca/
  10. 10. Ceratocys4s fimbriata -Esse fungo infecta caules e foi encontrado no estado de Mato Grosso no final de 2009 associado à teca; -Infectando o caule, o fungo a@nge o xilema da planta impedindo o transporte de nutrientes, causando murchas percebíveis nos ponteiros posteriormente chega a matar a planta.
  11. 11. Ceratocys4s fimbriata - Controle: Resistência gené@ca, pois não há fungicidas registrados para o controle dessa doença.
  12. 12. Fonte:haps://prezi.com/hmg2l8goyfwl/doencas-da-especie-tectona- grandis-teca/
  13. 13. Olivae tectonea - “Ferrugem da teca” ; - Nas plantas infectadas, observam-se manchas de coloração marrom escuro (necró@cas) na face adaxial da folha e a presença de pústulas amarelas na face abaxial; - No campo, a doença pode ocorrer tanto em plantas jovens quanto em plantas adultas, e o principal prejuízo da doença é a desfolha prematura da planta, que pode reduzir em até 30% no crescimento.
  14. 14. Olivae tectonea - Controle Biológico: Fungo Preto; - Controle Gené@co: variabilidade para resistência, permite a seleção e o plan@o de clones resistentes; - Controle Químico: Em mudas de viveiros ou plantações recém-estabelecidas que têm a doença, deve fazer aplicações com fungicidas como benomil, Óxido de cobre, oxicarboxina.
  15. 15. Fonte: hap://florestal.revistaopinioes.com.br/revista/detalhes/4-principais-doencas-da-teca- no-brasil/
  16. 16. Doenças causadas por bactérias
  17. 17. Pseudomonas sp. “Mal da Teca” Controle químico: Bion 500WG, Ingrediente A@vo: acibenzolar-S-meqlico (benzo@adiazol) (AGROFIT, 2016).
  18. 18. Agrobacterium tumefasciens •  “Coroa de Guelras” •  Causa tumores em mais de 80 famílias de plantas herbáceas e florestais, principalmente em espécies do gênero Eucalyptus; •  Pequenas protuberâncias que desenvolvem-se com o tempo
  19. 19. •  Controle cultural: Gestão silvicultual
  20. 20. CONCLUSÕES - A cultura da Teca é uma cultura rela@vamente nova por isso pouco se sabe sobre ela. - Neste pouco já se sabe que ela é de uma madeira de boa qualidade que pode ser usada de diversas formas - Tem o beneficio que é pouco susceqvel a doenças e essas poucas doenças a maioria são causadas por fungos.
  21. 21. LITERATURA CITADA •  EMBRAPA. Disponível em:<hap://iquiri.cpafac.embrapa.br/pdf/doc101.pdf>, Acesso em 23 de setembro de 2016 •  UNEMAT. Disponível em: <hap://www.unemat.br/revistas/rcaa/docs/vol10-2/10_modelo_ar@go_rcaa_v10n2a2012_solange.pdf> Acesso em 23 de setembro de 2016 •  EMBRAPA. Disponível em: < haps://www.agencia.cnp@a.embrapa.br/Repositorio/circ-tec45_000hlqykp8u02wx7ha0rww4wonsph0mi.pdf> Acesso em 23 de setembro de 2016. •  BIOLOGICO. Disponível em: <hap://www.biologico.agricultura.sp.gov.br/docs/dt/DT_09_2011.pdf> Acesso em 26 de setembro de 2016. •  PREZI. Disponível em: <haps://prezi.com/hmg2l8goyfwl/doencas-da-especie-tectona-grandis-teca/> Acesso em 26 de setembro de 2016 •  IPEF. Disponível em: <hap://www.ipef.br/eventos/2009/rtprotef13/RTProtef-Palestra_08.pdf> Acesso em 26 de setembro de 2016. •  EMBRAPA. Disponível em: < haps://www.embrapa.br/amazonia-ocidental/busca-de-publicacoes/-/publicacao/665477/ocorrencia-e-controle-do-apodrecimento- da-casca-botryodiplodia-sp-acima-do-colo-da-seringueira> Acesso em 3 de outubro de 2016. •  DEFESA VEGETAL. Disponível em: <hap://www.defesavegetal.net/fusaso •  hap://documents.mx/documents/enfermedades2012-resumen.html> Acesso em 3 de outubro de 2016. •  CIFLORESTAS. Disponível em: <hap://www.ciflorestas.com.br/texto.php?p=eucalipto> Acesso em 4 de outubro de 2016. •  AGROLINK. Disponível em: <hap://www.agrolink.com.br/agricultura/problemas/busca/damping-off_1886.html> Acesso em 4 de outubro de 2016. •  BIBLIODIGITAL. Disponível em: < hap://bibliodigital.itcr.ac.cr/bitstream/handle/2238/547/Baltodano%20Vargas%20Cris@an.pdf?sequence=1&isAllowed=y> Acesso em 3 de outubro de 2016. •  PORTAL DO REFLORESTAMENTO. Disponível em: < hap://www.portaldoreflorestamento.com.br/eucalipto-e-seus-riscos-%E2%80%93-7-doencas-comuns-nos-eucaliptos.html> Acesso em 4 de outubro de 2016. •  AGROFIT. Disponível em: hap://agrofit.agricultura.gov.br/agrofit_cons/principal_agrofit_consAcesso em 4 de outubro de 2016.

×