Educomunicação e Pedagogia de Projetos Lílian Bhruna Pinho  de Andrade
Educomunicação e Pedagogia de Projetos <ul><li>“ Era da informação” provoca mudanças sociais profundas e influi também na ...
Educomunicação e Pedagogia de Projetos <ul><li>Educomunicação não é disciplina fechada em seus limites, mas um novo paradi...
Educomunicação e Pedagogia de Projetos <ul><li>Educomunicação é marcada por relação dialógica e interdiscursiva destinada ...
Educomunicação e Pedagogia de Projetos <ul><li>Inter-relação entre comunicação e educação é abordada por FREIRE, que desta...
Educomunicação e Pedagogia de Projetos <ul><li>Para garantir o pleno desenvolvimento das práticas educomunicativas, é fund...
Educomunicação e Pedagogia de Projetos <ul><li>A inserção de projetos educomunicativos deve ser estrutural e integrada ao ...
Prochain SlideShare
Chargement dans…5
×

Grupo 03 tr16 juliana dos santos educomunicaã§ã£o e pedagogia_de_projetos

576 vues

Publié le

  • Soyez le premier à commenter

  • Soyez le premier à aimer ceci

Grupo 03 tr16 juliana dos santos educomunicaã§ã£o e pedagogia_de_projetos

  1. 1. Educomunicação e Pedagogia de Projetos Lílian Bhruna Pinho de Andrade
  2. 2. Educomunicação e Pedagogia de Projetos <ul><li>“ Era da informação” provoca mudanças sociais profundas e influi também na escola, que precisa rever sua postura com relação aos meios de comunicação. </li></ul><ul><li>Verticalidade das relações professor-aluno já mostrou limitações, o que reforça a necessidade de intersecção entre as áreas de comunicação e educação. </li></ul><ul><li>Educomunicação é instrumento pedagógico possível de ser aliado à Pedagogia de Projetos. </li></ul><ul><li>Teoria das mediações de BARBERO (2000) abre caminho para inserção dos meios de comunicação nas práticas pedagógicas. Necessidade de “proteger” o indivíduo dos efeitos das mídias dá lugar a estratégias para interação consciente com os recursos midiáticos. </li></ul>
  3. 3. Educomunicação e Pedagogia de Projetos <ul><li>Educomunicação não é disciplina fechada em seus limites, mas um novo paradigma discursivo transverso, formado por conceitos transdisciplinares abordados por meio novas categorias analíticas (SOARES, 1999). </li></ul><ul><li>Possíveis áreas de intervenção, tendo como fundamento comum a ação comunicativa no espaço educativo: </li></ul><ul><li>- educação para a comunicação (formação de receptores críticos dos meios); </li></ul><ul><li>- mediação tecnológica da educação (utilização das tecnologias da informação na educação); </li></ul><ul><li>- gestão comunicativa (planejamento e execução de ecossistemas comunicativos); </li></ul><ul><li>- reflexão epistemológica (inter-relação entre comunicação e educação como fenômeno cultural emergente). </li></ul>
  4. 4. Educomunicação e Pedagogia de Projetos <ul><li>Educomunicação é marcada por relação dialógica e interdiscursiva destinada a fortalecer a capacidade de análise crítica e autônoma do receptor. </li></ul><ul><li>Valoriza a contribuição individual dos educandos, abordando os conhecimentos de forma integrada e transversal </li></ul><ul><li>Procura criar, desenvolver e fortalecer os ecossistemas comunicacionais dentro do ambiente educativo, contando com o envolvimento de todos os participantes no processo. </li></ul><ul><li>A busca por ambientes democráticos e participativos é um ponto importante de intersecção entre a Pedagogia de Projetos e a Educomunicação. </li></ul>
  5. 5. Educomunicação e Pedagogia de Projetos <ul><li>Inter-relação entre comunicação e educação é abordada por FREIRE, que destaca a troca de informações baseada na cotidianidade e na pluriculturalidade dos envolvidos, promovendo transformação social e individual. </li></ul><ul><li>Teoria dialógica freireana está presente também nos estudos de BARBERO (2001), KAPLÚN (1999) e SOARES (1999), permitindo a teorização sobre os ecossistemas comunicacionais no ambiente educativo. </li></ul><ul><li>Educomunicação é instrumento importante de democratização do ambiente escolar, contribuindo para a formação do cidadão dentro dos conceitos e recursos de educacionais, comunicacionais e tecnológicos. </li></ul>
  6. 6. Educomunicação e Pedagogia de Projetos <ul><li>Para garantir o pleno desenvolvimento das práticas educomunicativas, é fundamental que o professor passe a vivenciar uma relação educativa centrada no aluno, e não mais no modelo tradicional de ensino, que tem como base a figura do professor. </li></ul><ul><li>O trabalho do educador deve aliar o conhecimento em pedagogia, em práticas comunicativas e o uso dos recursos tecnológicos no desenvolvimento educativo. </li></ul><ul><li>Projetos educomunicativos contribuem para tornar a escola num ambiente promissor para que o aluno interaja com os recursos comunicacionais, desenvolvendo também a visão crítica sobre os trabalhos que envolvem a comunicação. </li></ul>
  7. 7. Educomunicação e Pedagogia de Projetos <ul><li>A inserção de projetos educomunicativos deve ser estrutural e integrada ao planejamento do ensino no espaço educativo. </li></ul><ul><li>A Educomunicação, ao contrário da Pedagogia de Projetos, nasce em ambiente externo à escola e, portanto, traz em si também a possibilidade de colocar o aluno em contato com referências externas a ela. </li></ul><ul><li>O Educomunicador é profissional híbrido que transita nos mundos tanto externo quanto interno ao ambiente escolar. </li></ul><ul><li>Alunos, quando compartilham seus conhecimentos, já começam a trabalhar com a Educomunicação, utilizando-se do diálogo e potencializando as informações que possuem. </li></ul>

×