Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.

A obsessão de Van Gogh

4 139 vues

Publié le

  • Excelente trabalho!
       Répondre 
    Voulez-vous vraiment ?  Oui  Non
    Votre message apparaîtra ici
  • Se um super artista tinha tanta admiração por outro, seu Mestre, vimos uma sequência genial (sou leigo, mas fã do trabalho dos impressionistas).

    Cascaes

    Veja o que diz a Wikipédia:
    Sua vida foi marcada por fracassos. Ele falhou em todos os aspectos importantes para o seu mundo, em sua época. Foi incapaz de constituir família, custear a própria subsistência ou até mesmo manter contactos sociais. Aos 37 anos, sucumbiu a uma doença mental, suicidando-se.

    Ou seja, não queriam nem saber qual era sua inspiração...
       Répondre 
    Voulez-vous vraiment ?  Oui  Non
    Votre message apparaîtra ici

A obsessão de Van Gogh

  1. 1. Relação Obsessiva Jean François Millet (1814-1875) Vincent van Gogh (1853 – 1890)
  2. 2. Foi aos 22 anos de idade que Vincent van Gogh descobriu, sem querer, a obra de Millet, poucos meses depois de sua morte. Todavia, sua admiração por ele aumentaria ao longo do tempo, cada vez mais. "Millet é o guia e o conselheiro para os jovens pintores", diria ele numa de suas carta a Theo van Doesburg.
  3. 3. “ Os primeiros passos” - Millet - 1853
  4. 4. “ Os primeiros passos” - Van Gogh - 1890
  5. 5. “ A siesta” - Millet - 1866
  6. 6. “ A Siesta” - Van Gogh - 1889
  7. 7. <ul><li>Van Gogh não tinha escrúpulos ao reivindicar suas cópias de Millet, tal como Delacroix havia feito com as de Rubens, ou como Manet e Degas com as de Velázquez. </li></ul><ul><li>&quot;Alguns copiam e outros não, eu comecei por acaso e sinto que sempre se aprende e se encontra consolo e companhia na obra do outro”, dizia </li></ul><ul><li>Van Gogh se iniciou na pintura copiando primeiro a Delacroix, a Rembrandt, a Doré, mas todos esses seriam substituídos definitivamente por Millet quando tomou conhecimento de seus quadros. </li></ul>
  8. 8. “ Mulher con rastilho” Millet - 1854
  9. 9. “ Mulher con rastilho” Van Gogh - 1889
  10. 10. “ O Semeador” Millet - 1850
  11. 11. “ O Semeador” Van Gogh - 1881
  12. 12. <ul><li>Van Gogh, maravilhado com </li></ul><ul><li>“ O Semeador”, </li></ul><ul><li>fez oito óleos com esse motivo, reconhecendo, depois, a seu irmão Theo que “desistiu porque nunca poderia alcançar ‘O Semeador’ de Millet&quot;. </li></ul>
  13. 13. “ O Lenhador” Millet - 1856
  14. 14. “ O Lenhador” Van Gogh - 1889
  15. 15. <ul><li>Van Gogh considerava que copiar o motivo do quadro de outro não supunha deixar de criar, ao mesmo tempo, uma nova obra e a sua teoria não é difícil de entender se se comparam suas cores vivas e sua riquíssima técnica impressionista ao classicismo e às cores obscuras de Millet. </li></ul><ul><li>Seu toque pessoal é inegável ainda mais nas obras que mais se parecem com as de seu mestre. </li></ul><ul><li>Técnicamente sua percepção da luz, a utilização audaciosa das cores pouco tinham que ver com o trabalho de Millet. </li></ul>
  16. 16. “ Os tosquiadores de ovelhas” Millet - 1852
  17. 17. “ Os tosquiadores de ovelhas” Van Gogh - 1889
  18. 18. “ Dois Lavradores” Millet - 1854
  19. 19. “ Dois Lavradores” Van Gogh - 1889
  20. 20. “ A caminho do trabalho” Millet - 1855
  21. 21. “ A caminho do trabalho” Van Gogh - 1890
  22. 22. <ul><li>Dos 870 quadros que deixou ao morrer, uma maioria das obras de Van Gogh foram cópias de motivos de Millet, ainda que em determinado momento, seu mimetismo com o seu mestro foi tão grande, que chegou a pintar uma obra muito similar a outra deste, ainda que nunca se tenha chegado a ver nem a se ouvir falar desse original, tal como sucedeu com a obra: </li></ul><ul><li>“ La Nuit ètoilée” </li></ul><ul><li>(A noite estrelada) </li></ul>
  23. 25. <ul><li>Tradução para o português: </li></ul><ul><li>R. Soares-Gomes </li></ul>

×