Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.
“A Arca dos Contos”

Características:
Espaço: Ponte
Palavra-chave: sabedoria
Personagens Animais: peixe
Acções: esquecer
P...
Como dizia Xenofonte “As guerras demoradas terminam sempre em destruição ou na
desgraça dos combatentes”, que foi o que ac...
Prochain SlideShare
Chargement dans…5
×

A arca dos contos

278 vues

Publié le

  • Soyez le premier à commenter

  • Soyez le premier à aimer ceci

A arca dos contos

  1. 1. “A Arca dos Contos” Características: Espaço: Ponte Palavra-chave: sabedoria Personagens Animais: peixe Acções: esquecer Personagens humanas: gigante Caracterizações: poderoso Objeto mágico: óculos Textualização: Em Ponte de Lima, havia uma ponte de pedra. Na margem direita do rio viviam os gigantes poderosos que protegiam a sua cidade das bruxas que habitavam no lado oposto do rio.E no rio místico viviam os peixes. Já há alguns dias que estava tudo tranquilo entre as duas margens. Contudo, essa tranquilidade terminou quando chegou aos ouvidos da Bruxa Mor, que na cidade dos gigantes havia um objecto mágico, cujo poder ainda era desconhecido para elas. Esse objecto era uns óculos.E o que as bruxas sabiam era apenas que os gigantes os protegiam para estes não caírem nas mãos erradas, o que aumentou intensamente o desejo delas em adquirirem esses óculos.Por essa razão, bruxas e gigantes entraram em disputa durante três anos, o que resultou em numerosas mortese feridos para ambos os lados. Um peixe velho, deveras velho, mas sábio, que era conhecido por “O Professor”, estava cansado do que se estava a passar em ambas as margens do seu rio. Toda aquela guerra, todo aquele ódio, toda aquela destruição… tudo por uns meros óculos que nem se sabia se eram reais ou se era apenas um rumor. Foi então que o peixe decidiu tentar fazê-los ver que os óculos eram um mito, que não passavam disso. Mas as bruxas não quiseram acreditar e revoltadas ainda causaram mais pânico, terror e destruição. Ambos os lados só pararam quando se destruíram por completo. E os peixes foram os únicos sobreviventes, querendo agora esquecer tudo que se tinha passado e continuar com as suas vidas.
  2. 2. Como dizia Xenofonte “As guerras demoradas terminam sempre em destruição ou na desgraça dos combatentes”, que foi o que aconteceu neste local. João Rei 9ºA nº16

×