Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.
Manoel Neves
O Hífen e o Acordo Ortográfico de 1990
O HÍFEN NOS COMPOSTOS
revisando as regras gerais
quando o 1° elemento é representado por forma substantiva, adjetiva, nume...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras compostas
quando o 1° elemento é representado por forma substantiva, adjetiva, numer...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras compostas
Com o passar do tempo, alguns compostos perderam, em alguma medida, a noçã...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras compostas
Os outros compostos com a forma verbal para- seguirão sendo separados por ...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras compostas
Os outros compostos com a forma verbal manda- seguirão sendo separados por...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras compostas
A tradição ortográfica conserva o hífen em outras combinações vocabulares:...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras compostas
Formas empregadas em função adjetiva, como afro-, anglo-, euro-, franco-, ...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras compostas
Compostos entre cujos elementos há o emprego do apóstrofo devem ser hifeni...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras compostas
Nomes próprios que entrem na formação de palavras escrevem-se com inicial ...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras compostas
quando o elemento está representado por além, aquém, recém, bem e sem, usa...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras compostas
quando o primeiro elemento está representado pela forma mal- e
o segundo e...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras compostas
Emprega-se o hífen nos nomes de lugar [topônimos] compostos pelas formas g...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras compostas
Serão hifenizados os adjetivos gentílicos derivados de topônimos compostos...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras compostas
Emprega-se o hífen nos compostos que designam espécies botânicas, zoológic...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras compostas
os encadeamentos de palavras levam agora um hífen e não mais um traço
pont...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras compostas
Não se emprega hífen nas seguintes locuções substantivas:
cão de guarda bu...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras compostas
Não se emprega hífen nas seguintes locuções adjetivas:
cor de açafrão cor ...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras compostas
Não se emprega hífen nas seguintes locuções pronominais:
cada um ele própr...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras compostas
Não se emprega hífen nas seguintes locuções adverbiais:
à parte à vontade ...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras compostas
Não se emprega hífen nas seguintes locuções conjuncionais:
a fim de que ao...
O HÍFEN NOS DERIVADOS
regras gerais
Emprega-se o hífen quando
primeiro elemento segundo elemento
prefixo termina por vogal...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras derivadas
Emprega-se o hífen quando o 1° elemento terminar em vogal igual à que inic...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras derivadas
Prefixos co-, pro-, pre- e re- se aglutinam ao 2° elemento, mesmo quando i...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras derivadas
Emprega-se o hífen quando o 1° elemento termina por consoante igual à que ...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras derivadas
Emprega-se o hífen quando o primeiro elemento termina acentuado graficamen...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras derivadas
Usa-se o hífen qdo o 1° elemento termina em –m ou –n e o 2° começa por vog...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras derivadas
Emprega-se o hífen quando o primeiro elemento é um dos prefixos: ex-, sota...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras derivadas
Emprega-se o hífen quando o 1° elemento termina por vogal, r ou b e o 2° e...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras derivadas
Não se emprega o hífen com as palavras não e quase em função prefixal:
não...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras derivadas
Emprega-se o hífen quando o 1° elemento termina por b ou d e o 2° começa p...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras derivadas
Não se usa o hífen quando o 1° elemento termina por vogal e o 2° começa po...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras derivadas
Não se usa o hífen quando o 1° elemento termina por vogal e o 2° começa po...
O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990
palavras derivadas
Emprega-se o hífen nos vocábulos terminados pelos sufixos de origem tupi-g...
Prochain SlideShare
Chargement dans…5
×

O emprego do hífen e o Acordo Ortográfico de 1990

963 vues

Publié le

Hífen, Emprego do hífen, O hífen e o Acordo Ortográfico de 1990, Acordo ortográfico, Acordo ortográfico de 1990, Nova ortografia

  • Soyez le premier à commenter

O emprego do hífen e o Acordo Ortográfico de 1990

  1. 1. Manoel Neves O Hífen e o Acordo Ortográfico de 1990
  2. 2. O HÍFEN NOS COMPOSTOS revisando as regras gerais quando o 1° elemento é representado por forma substantiva, adjetiva, numeral ou verbal: nomes geográficos antecedidos de grã-, grão- ou verbos, ou nomes ligados por artigo espécies vegetais ou animais mal, antes de vogal, h ou r além, aquém, recém, bem e sem encadeamentos de palavras afro-americano conta-gotas mato-grossense quarta-feira Albergaria-a-Velha Grã-Bretanha Quebra-Costas Trinca-Fortes vitória-régia erva-do-chá cobra-capelo dente-de-cão mal-adaptado mal-arrumado mal-entendido mal-olhado além-Atlântico bem-aventurado bem-falante sem-cerimônia ponte Rio-Niterói relação professor-aluno acordo Angola-Brasil região de Alsácia-Lorena
  3. 3. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras compostas quando o 1° elemento é representado por forma substantiva, adjetiva, numeral ou verbal: afro-americano afro-luso-brasileiro alcaide-mor amor-perfeito ano-luz arcebispo-bispo arco-íris azul-celeste bate-estacas boa-fé conta-gotas decreto-lei és-sueste finca-pé guarda-comidas guarda-mirim guarda-noturno joão-ninguém luso-africano má-fé mato-grossense médico-cirurgião mesa-redonda norte-coreano porta-aviões porta-moedas porta-retratos porto-alegrense primeiro-ministro primo-infecção quarta-feira quebra-mar quebra-queixo rainha-cláudia seu-vizinho sul-africano tenente-coronel tio-avô vaga-lume zé-povinho
  4. 4. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras compostas Com o passar do tempo, alguns compostos perderam, em alguma medida, a noção de composição e passaram a ser escritos de forma aglutinada: girassol pontapé mandachuva paraquedismo madressilva paraquedas paraquedistas paraquedístico
  5. 5. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras compostas Os outros compostos com a forma verbal para- seguirão sendo separados por hífen: para-brisa para-chispas para-fogo para-choque para-chuva para-luz para-lama para-cinzas para-muro para-apendicite para-costas para-raios para-axial para-estilhaços para-sol para-balas para-estopilha para-sol-da-china para-centelhas para-fios para-vento
  6. 6. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras compostas Os outros compostos com a forma verbal manda- seguirão sendo separados por hífen: manda-lua manda-tudo
  7. 7. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras compostas A tradição ortográfica conserva o hífen em outras combinações vocabulares: abaixo-assinado blá-blá-blá zás-trás assim-assim reco-reco zigue-zague ave-maria lenga-lenga pingue-pongue salve-rainha zum-zum tico-tico tico-tico tique-taque trouxe-mouxe xique-xique
  8. 8. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras compostas Formas empregadas em função adjetiva, como afro-, anglo-, euro-, franco-, indo-, luso-, sino- são hifenizadas quando se referem a mais de uma etnia: afro-americano anglo-saxão ítalo-americano luso-africano Quando se referirem a apenas uma etnia, serão empregados sem hífen: afrodescendente afrogenia afrofilia anglomania anglofalante eurocêntrico francófono lusofonia
  9. 9. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras compostas Compostos entre cujos elementos há o emprego do apóstrofo devem ser hifenizados: cobra-d’água mestre-d’armas mãe-d’água olho-d’água
  10. 10. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras compostas Nomes próprios que entrem na formação de palavras escrevem-se com inicial minúscula, quando se afastam de seu sentido primitivo: água-de-colônia joão-de-barro erva-de-santa-maria folha-de-flandres Não são hifenizadas as seguintes formas: doença de Chagas mal de Alzheimer sistema Didot anel de Saturno
  11. 11. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras compostas quando o elemento está representado por além, aquém, recém, bem e sem, usa-se hífen: além-Atlântico além-fronteiras além-mar bem-aventurado bem-estar bem-humorado bem-falante bem-mandado bem-nascido sem-cerimônia sem-cerimonioso sem-dita aquém-mar bem-criado bem-vestido sem-fim aquém-Pirineus recém-casado recém-admitido bem-ditoso bem-dito bem-dizer bem-vindo bem-visto sem-barba sem-número sem-vergonha sem-terra Há casos em que o advérbio bem aparece aglutinado ao segundo elemento. Veja: bendito benfazejo benfeitor benquerença benfeitoria benquerer benquisto benquistar
  12. 12. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras compostas quando o primeiro elemento está representado pela forma mal- e o segundo elemento começa por vogal, h ou l: mal-acondicionado mal-apessoado mal-encarado mal-intencionado mal-acostumado mal-arranjado mal-ensinado mal-limpo mal-adaptado mal-arrumado mal-entendido mal-olhado mal-afortunado mal-assombrado mal-estar mal-ouvido mal-agradecido mal-empregado mal-humorado mal-usar Se, nos compostos em que houver a palavra mal, houver elemento de ligação, grafa-se sem hífen: mal de Alzheimer mal de são lázaro mal de umbigo Mal com significado de doença é escrito com hífen: mal-caduco mal-céltico mal-francês mal-turco
  13. 13. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras compostas Emprega-se o hífen nos nomes de lugar [topônimos] compostos pelas formas grã-, grão-, ou por forma verbal, ou, ainda, naqueles ligados por artigo: Abre-Campo Albergaria-a-Velha Baía de Todos-os-Santos Entre-os-Rios Grã-Bretanha Grão-Pará Passa-Quatro Quebra-Costas Quebra-Dentes Traga-Mouros Trinca-Fortes Trás-os-Montes São hifenizados: Timor-Leste Guiné-Bissau Não recebem hífen: América do Sul Belo Horizonte Belo Oriente Governador Valadares
  14. 14. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras compostas Serão hifenizados os adjetivos gentílicos derivados de topônimos compostos grafados ou não com elementos de ligação: alto-rio-docense aurorense-do-tocantins belo-horizontino
  15. 15. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras compostas Emprega-se o hífen nos compostos que designam espécies botânicas, zoológicas e afins, estejam ou não ligados por preposição ou qualquer outro elemento: bem-te-vi feijão-verde fava-de-santo-inácio cobra-d’água batata-inglesa formiga-branca bem-me-quer lesma-de-conchinha couve-flor abóbora-menina andorinha-grande dente-de-leão vitória-régia erva-do-chá cobra-capelo dente-de-cão erva-doce ervilha-de-cheiro andorinha-do-mar bênção-de-deus
  16. 16. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras compostas os encadeamentos de palavras levam agora um hífen e não mais um traço ponte Rio-Niterói relação professor-aluno acordo Angola-Brasil região de Alsácia-Lorena
  17. 17. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras compostas Não se emprega hífen nas seguintes locuções substantivas: cão de guarda burro de carga ponto e vírgula fim de semana juiz de paz calcanhar de aquiles sala de jantar oficial de dia fogo de santelmo pau a pique general de divisão cafundó do judas alma danada folha de flandres arco e flecha boca de fogo camisa de vênus comum de dois
  18. 18. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras compostas Não se emprega hífen nas seguintes locuções adjetivas: cor de açafrão cor de vinho sem fim cor de café com leite à toa às direitas tuta e meia
  19. 19. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras compostas Não se emprega hífen nas seguintes locuções pronominais: cada um ele próprio nós mesmos nós próprios quem quer que seja
  20. 20. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras compostas Não se emprega hífen nas seguintes locuções adverbiais: à parte à vontade depois de amanhã de mais em cima por isso à toa de repente tão somente a olhos vistos de per se
  21. 21. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras compostas Não se emprega hífen nas seguintes locuções conjuncionais: a fim de que ao passo que contanto que logo que por conseguinte visto que
  22. 22. O HÍFEN NOS DERIVADOS regras gerais Emprega-se o hífen quando primeiro elemento segundo elemento prefixo termina por vogal iniciado por vogal = à do 1° ou iniciado por h h í f e n prefixo terminado por r [hiper-, super-, inter-] iniciado por h ou r prefixo terminado por b [ab-, ob-, sob-, sub-] iniciado por b, h ou r prefixo terminado por d [ad-] iniciado por d, h ou r circum-, pan- iniciado por vogal, h, m, n, b ou p ex-, pós-, pré-, pró-, sota-, soto-, vice-, vizo- iniciado por qualquer elemento elemento terminado por vogal em sílaba tônica -açu, -guaçu e -mirim
  23. 23. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras derivadas Emprega-se o hífen quando o 1° elemento terminar em vogal igual à que inicia o 2° elemento: anti-infeccioso eletro-ótica sobre-escravo anti-inflamatório entre-eixo sobre-elevar arqui-inteligente infra-axilar sobre-estimar arqui-inimigo micro-onda supra-auricular auto-ônibus neo-ortodoxo euro-ocidental contra-almirante semi-intensivo contra-ataque
  24. 24. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras derivadas Prefixos co-, pro-, pre- e re- se aglutinam ao 2° elemento, mesmo quando iniciado por o ou e: coabitar cogestão preestabelecer coautor coirmão preexistir coedição proativo reedição coerdeiro procônsul reedificar coobrigação proembrião reelaborar coocupante proeminente reeleição coordenar propor reeducação cooperar preeleito reelaborar coeminente preembrião reenovelar coenzima preeminência reentrar cogerente preenchido reescrita
  25. 25. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras derivadas Emprega-se o hífen quando o 1° elemento termina por consoante igual à que inicia o 2° elemento: ad-digital inter-regional sub-biótipo ad-digitalizador sub-barrocal sub-braquial hiper-realista sub-base sub-brigadeiro inter-relação sub-bibliotecário super-revista
  26. 26. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras derivadas Emprega-se o hífen quando o primeiro elemento termina acentuado graficamente: pós-, pré-, pró-: pós-graduação pré-história pró-diretas pré-escolar pré-cambriano pró-europeu pré-histórico pró-ativo pré-requisito O VOLP, em sua quinta edição, registra as seguintes formas concorrentes: pré-embrião e preembrião pré-esclerético e preesclerótico pré-eleito e preeleito
  27. 27. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras derivadas Usa-se o hífen qdo o 1° elemento termina em –m ou –n e o 2° começa por vogal, h, m, n, b ou p: circum-escolar pan-africano pan-mágico circum-hospitalar pan-americano pan-negritude circum-murado pan-harmônico pan-brasileiro circum-navegação pan-hispânico pan-psiquismo
  28. 28. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras derivadas Emprega-se o hífen quando o primeiro elemento é um dos prefixos: ex-, sota-, soto-, vice-, vizo-: ex-aluno sota-almirante vice-presidente ex-diretor sota-mestre vice-ministro ex-presidente soto-pôr vice-reitor ex-rei sota-voga vizo-rei
  29. 29. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras derivadas Emprega-se o hífen quando o 1° elemento termina por vogal, r ou b e o 2° elemento se inicia por h: adeno-hipófise bio-histórico hidro-hemopericárdio abdômino-histerotomia contra-haste infra-homem alfa-hélice deca-hidratado inter-hemisfério ante-histórico entre-hostil poli-hidrite anti-herói extra-hepático simi-histórico anti-hemofílico foto-heliografia sob-roda arqui-hipérbole geo-história sub-humano auto-hipnose giga-hertz super-homem beta-hemolítico hétero-hemorragia tri-hídrico
  30. 30. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras derivadas Não se emprega o hífen com as palavras não e quase em função prefixal: não agressão não periódico quase delito não beligerante não violência quase domicílio não fumante não participação quase equilíbrio não mencionado
  31. 31. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras derivadas Emprega-se o hífen quando o 1° elemento termina por b ou d e o 2° começa por r: ab-reptício ad-referendar sub-réptil ab-rogar ad-renal sub-rogar ab-rupção ob-rogar sub-residência ab-rupto sub-reitor sub-rolho Constituem exceções: adrenalina adrenalite
  32. 32. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras derivadas Não se usa o hífen quando o 1° elemento termina por vogal e o 2° começa por vogal diferente: aeroespacial contraespionar neoafricano agroindustrial contraofensiva neoimperialismo anteaurora extraescolar plurianual antiaéreo extraoficial protoariano autoajuda extrauterino pseudoalucinação autoaprendizagem hidroelético pseudoepígrafe autoestrada infraestrutura semiárido coadministrador infraordem sobreaquecer coautor intrauterino socioeconômico
  33. 33. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras derivadas Não se usa o hífen quando o 1° elemento termina por vogal e o 2° começa por r ou s: antessala eletrossiderurgia neorrealismo antirreligioso extrarregular neossimbolismo antissemita infrarrenal protossatélite antissocial infrassom pseudossigla autorregulamentação microssistema semirrígido contrarregra minissaia sobressaia contrassenha neorrinoplastia suprarrenal cosseno neorromano ultrassonografia
  34. 34. O HÍFEN E O “ACORDO” DE 1990 palavras derivadas Emprega-se o hífen nos vocábulos terminados pelos sufixos de origem tupi-guarani -açu, -guaçu e -mirim, quando o primeiro elemento terminar por vogal acentuada graficamente ou quando a pronúncia exigir a distinção gráfica dos dois elementos: amoré-guaçu andá-guaçu Ceará-mirim anajá-mirim capim-açu

×