Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.
COMPREENSÃO	TEXTUAL
Manoel	Neves
ESTRATÉGIAS	ARGUMENTATIVAS
INDUÇÃO
INDUÇÃO
raciocínio	que	parte	do	particular	e	vai	para	o	geral;
toma-se,	primeiramente,	um	caso	que	ilustre	a	ideia	que	se	...
Redação.	Belo	Horizonte:	Qualoo	Escola	Criativa,	2016.
O	filme	“Elephant”,	de	Gus	van	Sant,	apresenta,	de	forma	ficcionali...
DEDUÇÃO
DEDUÇÃO
raciocínio	que	parte	do	geral	para	o	particular;
primeiro,	apresenta-se	a	ideia	global;	em	seguida,	prova	e/ou	deb...
Redação.	Belo	Horizonte:	Qualoo	Escola	Criativa,	2016.
É	indubitável	que	a	origem	dos	repetidos	atos	intimidatórios	e	viol...
PROVA	CONCRETA
PROVA	CONCRETA
depois	de	se	indicar	a	ideia	que	se	quer	desenvolver,	apresenta-se	fato	com	fonte;
o	fato	comprova	a	veraci...
Redação.	Belo	Horizonte:	Qualoo	Escola	Criativa,	2016.
Como	 desdobramento	 das	 ações	 hostis	 praticadas	 de	 forma	 int...
ARGUMENTO	DE	AUTORIDADE
ARGUMENTO	DE	AUTORIDADE
apresenta-se,	em	um	primeiro	momento,	a	ideia	que	se	quer	defender;
em	seguida,	veicula-se	pensame...
Redação.	Belo	Horizonte:	Qualoo	Escola	Criativa,	2016.
Outrossim,	é	relevante	ressaltar	o	pragmatismo	das	manifestações	vi...
SUBDIVISÃO
SUBDIVISÃO
consiste	em	elencar	[na	introdução	ou	no	desenvolvimento]	as	ideias	que	serão
desenvolvidas	ao	longo	da	constru...
Redação.	Belo	Horizonte:	Qualoo	Escola	Criativa,	2016.
Dados	 do	 último	 Censo	 realizado	 pelo	 IBGE	 indicam	 que	 a	 p...
COMOÇÃO
COMOÇÃO
o	manipulador	utiliza	uma	imagem	negativa	(de	si)	a	fim	de	levar	o	interlocutor
a	querer	fazer	algo
Revista	“Veja”
INTIMIDAÇÃO
INTIMIDAÇÃO
o	manipulador	evidencia	um		castigo	ao	manipulado	caso	ele	não	compartilhe	sua	ideia
Disponível	em:	http://anodabiodeversidade.blogspot.com.	Acesso	em:	16	jan.	2017.
CHANTAGEM
CHANTAGEM
o	manipulador	tem	poder	sobre	o	manipulado	OU	usa	imagem	do	manipulado
Disponível	em:	http://coletiva.net.	Acesso	em:	17	jan.	2017.
SEDUÇÃO
SEDUÇÃO
o	manipulador	usa	imagem	positiva	do	manipulado	para	levá-lo		a	querer	fazer	algo
Disponível	em:	http://redetiradentes.com.br.	Acesso	em:	15	jan.	2017.
PROVOCAÇÃO
PROVOCAÇÃO
o	intimidador	usa	imagem	negativa	do	manipulado	de	modo	a	levá-lo	a	querer	fazer	algo.
Disponível	em:	http://redetiradentes.com.br.	Acesso	em:	15	jan.	2017.
TRAJETÓRIA	HISTÓRICA
TRAJETÓRIA	HISTÓRICA
elencam-se	eventos	históricos	associados	ao	fato	que	se	vai	debater
Redação.	Belo	Horizonte:	Qualoo	Escola	Criativa,	2016.
O	ano	de	1789	é	o	marco	inicial	da	Idade	Contemporânea	e	sua	import...
CAUSA
CAUSA
indicação	dos	motivos	que	levaram	à	situação	que	se	está	debatendo
Redação.	Belo	Horizonte:	Qualoo	Escola	Criativa,	2016.
São	inegáveis	os	problemas	de	saúde	causados	pelo	aumento	da	emissã...
CONSEQUÊNCIA
CONSEQUÊNCIA
indicação	dos	desdobramentos/efeitos/reflexos	do	assunto
Redação.	Belo	Horizonte:	Qualoo	Escola	Criativa,	2016.
Outrossim,	 merecem	 destaque	 os	 distúrbios	 ambientais	 resultan...
CONCEITUAÇÃO
CONCEITUAÇÃO/DEFINIÇÃO
explicitação	de	conceito	[relacionado	relacionado	ao	tema]	debatido
Redação.	Belo	Horizonte:	Qualoo	Escola	Criativa,	2016.
O	 preconceito	 linguístico	 é	 aquele	 gerado	 pelas	 diferenças	 ...
CONFRONTO
CONFRONTO
explicitação	de	aspectos	positivos	e	negativos	da	ideia	debatida
Redação.	Belo	Horizonte:	Qualoo	Escola	Criativa,	2016.
Dados	 do	 último	 Censo	 realizado	 pelo	 IBGE	 indicam	 que	 a	 p...
ANALOGIA
ANALOGIA
consiste	em	apresentar	ideia	a	partir	de	outra	que	com	ela	guarde	semelhança
Disponível	em:	http://rodrigopia.wordpress.com.	Acesso	em:	14	jan.	2017.
SENSO	COMUM
SENSO	COMUM
apela-se	para	ideias	comuns	na	sociedade	para	fazer	seu	discurso	ser	aceito
[ausência	de	prova	concreta	e	de	e...
Atirador	deixou	carta	para	amigos	e	namorada	antes	de	matar	12	pessoas.	Disponível	em:	http://g1.com.	Acesso	em:	17	jan.	2...
Prochain SlideShare
Chargement dans…5
×

Estratégias argumentativas

1 500 vues

Publié le

Estratégias argumentativas, Dedução, Indução, Prova concreta, Argumento de autoridade, Trajetória histórica, Subdivisão, Causa e consequência, Causa, Consequência, Intimidação, Chantagem, Comoção, Sedução, Provocação, Conceituação, Argumento baseado no consenso, Senso comum, Confronto, Analogia, Salinha de redação, Salinha de redação em BH, Salinha de redação em Belo Horizonte, Salinha de redação para o ENEM em Belo Horizonte

Publié dans : Formation
  • Soyez le premier à commenter

Estratégias argumentativas

  1. 1. COMPREENSÃO TEXTUAL Manoel Neves ESTRATÉGIAS ARGUMENTATIVAS
  2. 2. INDUÇÃO
  3. 3. INDUÇÃO raciocínio que parte do particular e vai para o geral; toma-se, primeiramente, um caso que ilustre a ideia que se quer demonstrar; em seguida, analisa-se o caso e/ou apresenta-se a ideia global que será debatida.
  4. 4. Redação. Belo Horizonte: Qualoo Escola Criativa, 2016. O filme “Elephant”, de Gus van Sant, apresenta, de forma ficcionalizada, a história de dois jovens que, após sofrerem repetidas intimidações dos colegas, invadem uma escola em Columbine, no Colorado, matam 13 estudantes um professor e, em seguida, suicidam-se. Casos como o Massacre do Realengo, ocorrido em 2011, no Rio de Janeiro, mostram que tal realidade não está distante da vivenciada cotidianamente pelas vítimas de bullying nas escolas brasileiras. Por isso, faz-se necessário refletir acerca de medidas que visem a minimizar os impactos desse comportamento agressivo que fragiliza os adolescentes e compromete sua formação.
  5. 5. DEDUÇÃO
  6. 6. DEDUÇÃO raciocínio que parte do geral para o particular; primeiro, apresenta-se a ideia global; em seguida, prova e/ou debate. [a prova/debate comprova a veracidade daquilo que se afirma]
  7. 7. Redação. Belo Horizonte: Qualoo Escola Criativa, 2016. É indubitável que a origem dos repetidos atos intimidatórios e violentos está relacionada ao convívio em sociedade. Dados divulgados pela “Revista latino-americana de enfermagem” indicam que os agressores escolhem vítimas a partir de elementos como imagem corporal, gênero, aspectos religiosos ou desempenho escolar. Nesse sentido, é relevante destacar que tal comportamento quase sempre ocorre em espaços públicos e atinge pessoas mais tímidas ou com dificuldade de inserção social. Dessa forma, evidencia-se a necessidade de se pensar em atitudes que tornem saudável e respeitosa a convivência no ambiente coletivo.
  8. 8. PROVA CONCRETA
  9. 9. PROVA CONCRETA depois de se indicar a ideia que se quer desenvolver, apresenta-se fato com fonte; o fato comprova a veracidade do que se afirma; por isso, tem com ele íntima conexão.
  10. 10. Redação. Belo Horizonte: Qualoo Escola Criativa, 2016. Como desdobramento das ações hostis praticadas de forma intencional e repetitiva, notam-se danos na saúde e na aprendizagem. Segundo a revista “Nova escola”, as vítimas de bullying ficam com medo de frequentar o ambiente escolar e enfrentam problemas que vão desde a queda de rendimento e o défice de aprendizagem até a baixa resistência imunológica, o estresse e o suicídio. Nesse sentido, é fácil depreender que a ausência de intervenções que visem a minimizar tais infortúnios contraria o direito à vida, à dignidade e ao respeito assegurados pelo artigo 227 da Constituição Federal que garante que nenhum jovem pode ser vítima de negligência, de crueldade ou de opressão.
  11. 11. ARGUMENTO DE AUTORIDADE
  12. 12. ARGUMENTO DE AUTORIDADE apresenta-se, em um primeiro momento, a ideia que se quer defender; em seguida, veicula-se pensamento de autoridade em alguma área do saber.
  13. 13. Redação. Belo Horizonte: Qualoo Escola Criativa, 2016. Outrossim, é relevante ressaltar o pragmatismo das manifestações virtuais como consequência do pouco acesso à informação. Nessa perspectiva, o filósofo Sócrates dizia que educar implica desenvolver o indivíduo por completo, dando-lhe possibilidades de intervir ativamente nas questões sociais e políticas. Diante disso, torna-se notório que, na contemporaneidade, a propagação de ideais discriminatórios e as desigualdades confirmam o caráter leviano do cyberativismo.
  14. 14. SUBDIVISÃO
  15. 15. SUBDIVISÃO consiste em elencar [na introdução ou no desenvolvimento] as ideias que serão desenvolvidas ao longo da construção do texto
  16. 16. Redação. Belo Horizonte: Qualoo Escola Criativa, 2016. Dados do último Censo realizado pelo IBGE indicam que a população indígena triplicou nas últimas duas décadas, passando de 294 mil, em 1991, para 818 mil, em 2012. Entretanto, o aumento no número de casos de suicídio e as mortes advindas por disputas de terras são problemas que merecem ser debatidos no sentido de garantir não só o direito à terra e à vida, mas também a preservação da identidade cultural daqueles que tanto contribuíram para a formação da sociedade brasileira.
  17. 17. COMOÇÃO
  18. 18. COMOÇÃO o manipulador utiliza uma imagem negativa (de si) a fim de levar o interlocutor a querer fazer algo
  19. 19. Revista “Veja”
  20. 20. INTIMIDAÇÃO
  21. 21. INTIMIDAÇÃO o manipulador evidencia um castigo ao manipulado caso ele não compartilhe sua ideia
  22. 22. Disponível em: http://anodabiodeversidade.blogspot.com. Acesso em: 16 jan. 2017.
  23. 23. CHANTAGEM
  24. 24. CHANTAGEM o manipulador tem poder sobre o manipulado OU usa imagem do manipulado
  25. 25. Disponível em: http://coletiva.net. Acesso em: 17 jan. 2017.
  26. 26. SEDUÇÃO
  27. 27. SEDUÇÃO o manipulador usa imagem positiva do manipulado para levá-lo a querer fazer algo
  28. 28. Disponível em: http://redetiradentes.com.br. Acesso em: 15 jan. 2017.
  29. 29. PROVOCAÇÃO
  30. 30. PROVOCAÇÃO o intimidador usa imagem negativa do manipulado de modo a levá-lo a querer fazer algo.
  31. 31. Disponível em: http://redetiradentes.com.br. Acesso em: 15 jan. 2017.
  32. 32. TRAJETÓRIA HISTÓRICA
  33. 33. TRAJETÓRIA HISTÓRICA elencam-se eventos históricos associados ao fato que se vai debater
  34. 34. Redação. Belo Horizonte: Qualoo Escola Criativa, 2016. O ano de 1789 é o marco inicial da Idade Contemporânea e sua importância reside no fato de ter sido o primeiro momento em que a sociedade civil engajou-se com vistas a democratizar as relações de poder. No Brasil dos anos 2010, entretanto, as mobilizações sociais têm tido desdobramentos tanto positivos quanto negativos. Por isso, é preciso que se discutam os problemas relativos aos movimentos que buscam protagonismo na sociedade democrática.
  35. 35. CAUSA
  36. 36. CAUSA indicação dos motivos que levaram à situação que se está debatendo
  37. 37. Redação. Belo Horizonte: Qualoo Escola Criativa, 2016. São inegáveis os problemas de saúde causados pelo aumento da emissão de gases tóxicos. Segundo dados divulgados pela Secretaria Estadual de Educação do Paraná em 2014, a concentração de gás carbônico na atmosfera aumentou em mais de 30% nos últimos 50 anos. Dentre os possíveis desdobramentos de tal degradação ambiental, é possível observar alterações de padrões de doenças infecciosas — notadamente pulmonares — e mortes por temperaturas extremas. Essa realidade torna evidente a necessidade de se pensar em medidas que tenham por objetivo deter tais mudanças climáticas e assegurar a preservação da biodiversidade.
  38. 38. CONSEQUÊNCIA
  39. 39. CONSEQUÊNCIA indicação dos desdobramentos/efeitos/reflexos do assunto
  40. 40. Redação. Belo Horizonte: Qualoo Escola Criativa, 2016. Outrossim, merecem destaque os distúrbios ambientais resultantes da atividade humana. De acordo com dados divulgados pela Comissão Mundial de Meio Ambiente, a ação danosa do homem tem levado à destruição da camada de ozônio, ao aumento do efeito estufa e à degradação de fontes hídricas. Nesse sentido, tais atos revelam o quanto o progresso técnico e científico pode trazer prejuízo não só ao planeta, mas também às criaturas que nele habitam. Dessa forma, evidencia-se a urgência de se adotarem medidas que visem a minimizar os males provocados pelo ser humano ao meio ambiente.
  41. 41. CONCEITUAÇÃO
  42. 42. CONCEITUAÇÃO/DEFINIÇÃO explicitação de conceito [relacionado relacionado ao tema] debatido
  43. 43. Redação. Belo Horizonte: Qualoo Escola Criativa, 2016. O preconceito linguístico é aquele gerado pelas diferenças linguísticas, principalmente regionais, como dialetos, gírias e sotaques, existentes dentro de um mesmo idioma. Nesse sentido, atitudes como essa podem desencadear na sociedade desde violência verbal ou psicológica até o reforço da exclusão social. Em vista disso, esse inconveniente é um problema que merece ser debatido no sentido de garantir uma convivência mais harmônica e respeitosa na sociedade.
  44. 44. CONFRONTO
  45. 45. CONFRONTO explicitação de aspectos positivos e negativos da ideia debatida
  46. 46. Redação. Belo Horizonte: Qualoo Escola Criativa, 2016. Dados do último Censo realizado pelo IBGE indicam que a população indígena triplicou nas últimas duas décadas, passando de 294 mil, em 1991, para 818 mil, em 2012. Entretanto, o aumento no número de casos de suicídio e as mortes advindas por disputas de terras são problemas que merecem ser debatidos no sentido de garantir não só o direito à terra e à vida, mas também a preservação da identidade cultural daqueles que tanto contribuíram para a formação da sociedade brasileira.
  47. 47. ANALOGIA
  48. 48. ANALOGIA consiste em apresentar ideia a partir de outra que com ela guarde semelhança
  49. 49. Disponível em: http://rodrigopia.wordpress.com. Acesso em: 14 jan. 2017.
  50. 50. SENSO COMUM
  51. 51. SENSO COMUM apela-se para ideias comuns na sociedade para fazer seu discurso ser aceito [ausência de prova concreta e de estratégia argumentativa]
  52. 52. Atirador deixou carta para amigos e namorada antes de matar 12 pessoas. Disponível em: http://g1.com. Acesso em: 17 jan. 2016. Filho, antes de vc se casar observe bem sua futura sogra, pois sua esposa será a mesma coisa que a velha, outro aviso, vc perderá sua família, depois do casamento só a família dela prestará! No seu caso será melhor pra vc, pois com a mãe que vc tem é melhor tolerar a sogra. […] Os homens não batem na mulher sem motivo! Alguma coisa elas fazem pra irritar o agressor. O cara não vai lá dar porrada à toa! […]

×