Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.

Prova de redação da UFMG-2009

707 vues

Publié le

Prova de redação, UFMG, UFMG-2009

Publié dans : Formation
  • Soyez le premier à commenter

  • Soyez le premier à aimer ceci

Prova de redação da UFMG-2009

  1. 1. Prova de redação UFMG 2009 Manoel Neves
  2. 2. ARTIGO DE OPINIÃO ufmg-2009 INSTRUÇÃO: Leia estes trechos extraídos de uma reportagem intitulada “É possível viver sem petróleo?”:
  3. 3. UFMG-2009 texto 01 O mundo se prepara para diminuir a dependência do petróleo, mas enfrenta dificuldades: este é um recurso que move a economia mundial, é cobiçado por todos os países, garante o direito de ir e vir e está presente em quase tudo que nos cerca. Diante da escassez anunciada, dos preços em alta e da ameaça do aquecimento global, produtoras e distribuidoras investem pesadamente em opções alternativas. Montadoras testam novas tecnologias para mover carros e caminhões. Mas a tarefa é quase impossível. A queda na produção de petróleo influenciaria a quantidade e o tipo de bens produzidos na economia mundial – e não se está falando apenas de energia e transporte. Formado por uma mistura de compostos, o petróleo é matéria-prima essencial nas indústrias de tintas, ceras, vernizes, resinas, pneus, borrachas, fósforos, fertilizantes, alimentos. A partir de seu refino, são extraídos, entre outros, gasolina, diesel, querosene, óleo combustível, lubrificante e parafina. Assim, não é à toa que ele tenha sido apelidado de “ouro negro”. PRIMEIRO PARÁGRAFO busca-se alternativa para a dependência de petróleo SEGUNDO PARÁGRAFO causas [escassez, alta de preços, aquecimento] + busca de novas tecnologias + quase impossível TERCEIRO PARÁGRAFO petróleo [matéria-prima: cera, verniz, pneu, borracha, fertilizante, alimentos, diesel, combustível]
  4. 4. UFMG-2009 texto 02 O PETRÓLEO NOSSO DE CADA DIA O petróleo está tão integrado ao nosso cotidiano, que não notamos a sua presença, mesmo que indireta, na maioria dos produtos.
  5. 5. UFMG-2009 texto 03 A ESTRATÉGIA DAS FONTES RENOVÁVEIS Em tempos de busca de outras fontes de energia renováveis, os especialistas se voltaram para a energia solar, dos ventos e da biomassa, que, até há pouco tempo, estavam desacreditadas por questões de preço e desenvolvimento tecnológico. Hoje, elas atendem a 18% do consumo e a tendência é de expansão. PARÁGRAFO energia solar, eólica e da biomassa já atendem a 18% da demanda total por energia
  6. 6. UFMG-2009 texto 04 O USO DE CADA FONTE DE ENERGIA Carvão e petróleo são mais utilizados no mundo, mas o Brasil se destaca com biomassa e hidrelétricas. ADEODATO, Sérgio. É possível viver sem petróleo? Horizonte geográfico, n. 115, p. 31-41, fev. 2008.
  7. 7. UFMG-2009 analisando os textos OS TEXTOS, visão geral os textos apresentam informações acerca do grau de dependência do mundo e do Brasil em relação ao petróleo e a outras fontes de energia renováveis TEXTOS 01 E 02 constatação da dependência e da importância do petróleo para a vida do homem moderno TEXTO 03 constatação de que o uso de fontes alternativas de energia está em franco crescimento TEXTO 04, Mundo o mundo está se livrando da dependência do petróleo [65% de fontes alternativas de energia] TEXTO 04, Brasil o Brasil está se livrando da dependência do petróleo [62,3% de fontes alternativas de energia] enquanto o mundo se utiliza fontes de energia suja [e não renováveis], como carvão mineral, em grande quantidade, o Brasil investe no uso de biomassa [energia limpa e renovável].
  8. 8. UFMG-2009 o comando Com base nas informações contidas nesses quatro trechos e em seu conhecimento de mundo, REDIJA um artigo de opinião, respondendo à pergunta-título da reportagem: É possível viver sem petróleo? Apresente argumentos relevantes e coerentes, que justifiquem seu ponto de vista. Não serão corrigidas redações com menos de 15 (quinze) linhas.
  9. 9. UFMG-2009 textos de apoio x proposta os textos de apoio servem para apresentar o tema e indicar o posicionamento que Instituição tem acerca do assunto a ser abordado; o que se depreende da leitura dos quatro textos é que é, sim, possível viver sem petróleo – isso fica claro quando se contrapõe o texto 03 ao texto 04 –; outra conclusão possível da leitura dos textos motivadores é que o Brasil usa cerca de 45% de energia limpa e renovável [biomassa e hidrelétrica] enquanto no mundo esse percentual é bastante baixo [12,7]; outra dado que indica que o Brasil tem uma condição invejável é o que indica que o uso de fontes de energia sujas e não renováveis como o carvão mineral é baixo, em comparação à média mundial [6,0% x 25,3 %]; por outro lado, poder-se-ia, ainda, defender a tese de que não é possível viver sem petróleo, posto que, mesmo com a descoberta de fontes de energia alternativa, o ouro negro ainda representa mais de 1/3 das fontes de energia usadas na atualidade, e, ainda, seria possível destacar a importância do petróleo para a indústria e para a alimentação.
  10. 10. O ARTIGO DE OPINIÃO estrutura do gênero introdução tema breve notícia apresenta o assunto desenvolvimento exposição-ampliação discute-se o problema conclusão retomada resumida peroração [facultativa] [em apenas um parágrafo] [dois ou mais parágrafos] locutor de primeira pessoa [elidido no verbo]; não use: eu, nós, eu acho, eu penso o objetivo discursivo é expor o ponto de vista do autor sobre um assunto relevante o que o artigo faz é uma análise da notícia de assuntos relevantes para a sociedade lembre-se de que é proibido assinar a prova de redação em MG! título resumo do texto curto, sintético não é frase!
  11. 11. TÍTULO já foi fornecido [É possível viver sem petróleo?] INTRODUÇÃO formulação da notícia que deu origem ao texto NÃO: constatação da grande dependência que ainda hoje há em relação ao petróleo SIM: apontam-se diretrizes de esforços em pesquisas/uso de energias alternativas ao ouro negro DESENVOLVIMENTO no mínimo dois parágrafos, em que se expõem e debatem argumentos 1) além das idéias fornecidas pelos textos de apoio, convém usar outros argumentos; 2) é esperado o uso de primeira pessoa [deve-se esconder o pronome dentro do verbo]. UFMG-2009 construindo o artigo de opinião
  12. 12. CONCLUSÃO explicitação do ponto de vista do candidato; espera-se que o texto responda à pergunta-título; [exortação, apelo, palavra de ordem são técnicas esperadas] UFMG-2009 construindo o artigo de opinião

×