Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.
Aids é a doença que se desenvolve
O QUE É HIV?
O HIV é o vírus da aids.Ele é transmitido em relações sexuais
Para evitar o...
Prochain SlideShare
Chargement dans…5
×

Folder transmissão vertical hiv sífilis

1 641 vues

Publié le

DST - 2012 Depto DST/Aids HV - DHRV Direitos Humanos, Risco e Vulnerabilidade

Publié dans : Santé & Médecine
  • Soyez le premier à commenter

  • Soyez le premier à aimer ceci

Folder transmissão vertical hiv sífilis

  1. 1. Aids é a doença que se desenvolve O QUE É HIV? O HIV é o vírus da aids.Ele é transmitido em relações sexuais Para evitar o HIV,as medidas de prevenção mais comuns são:usar a camisinha, nunca compartilhar agulhas ou seringas e fazer o teste anti-HIV no pré-natal. pelo sangue e da mãe para o filho durante a gravidez.desprotegidas, PARCERIA: Todas as crianças e adolescentes protegidos do HIV/aids e da sífilis Responda à ESSASs perguntas e veja se a sua comunidade já está na direção certa para combater a aids e a sífilis entre crianças e adolescentes! Se responder “não” a alguma dessas perguntas acima, seu município ainda precisa melhorar. Essa cartilha foi preparada para ajudar o seu município a encontrar formas de reduzir a transmissão do HIV e da sífilis. O QUE É SÍFILIS? A sífilis é uma doença sexualmente transmissível (DST),causada por um agente infeccioso chamado Treponema pallidum. Essa doença pode ser transmitida por qualquer forma de contato sexual (oral, vaginal ou anal). A mulher grávida que sofre de sífilis pode transmitir a doença ao feto através da placenta, cau- sando a sífilis congênita, que pode trazer graves conseqüências à criança: desde a morte do bebê ainda na barriga ou recém-nascido, até o desenvolvi- mento de seqüelas no cérebro, coração e ossos, dentre outros órgãos. A morte relacionada à sífilis congênita pode ocorrer em até 40% dos casos, depen- dendo de quando a mãe foi infectada, da intensidade da doença e do trata- mento oferecido. As iniciativas para impedir o avanço da sífilis congênita e da aids são parecidas. Com a instituição do tratamento adequado da gestante e do parceiro,e do con- trole laboratorial,também é possível reduzir bastante o risco de transmissão da sífilis para o bebê durante o pré-natal. O teste para detectar a sífilis, o VDRL, é simples e economicamente viável, e o tratamento, que usa a penicilina bezatina, é altamente eficaz. Esse medica- mento é de baixo custo, faz parte da farmácia básica e está disponível ampla- mente na rede de atenção à saúde. A ocorrência de sífilis congênita é um claro indicador da qualidade de assistên- cia pré-natal, sendo essencial que o Gestor Municipal inclua as ações para o controle da sífilis congênita na agenda da saúde de seu município. Se a gestante que tem sífilis foi tratada, mas o parceiro não, ainda pode ocorrer transmissão da sífilis para o seu bebê. Assim, o parceiro sexual da gestante deve ser considerado como parte ativa do processo de atenção pré-natal, possibilitando resultados definitivos na prevenção da transmissão vertical da sífilis. Além disso, o reconhecimento da parceria sexual pela equipe de saúde, reforça laços e compromissos da gestante e de seu parceiro, cujos resultados poderão impactar de forma positiva a melhoria dos padrões de saúde perinatal. Quem tem o HIV pode ser chamado de soropositivo. ISSO significa que, depois do teste, a presença do vírus foi detectada no sangue da pessoa. Para o pessoal do laboratório, sangue e soro significam a mesma coisa. 1.Toda gestante tem que fazer o teste anti-HIV no pré-natal. Ele está disponível no seu município? 2.Se a gestante é HIV positiva, ela precisa de tratamento para ela e para o bebê, que pode nascer sem o vírus. Seu município pode oferecer isso a todas as gestantes? 3.Toda gestante deve fazer dois testes de sífilis (VDRL) no pré-natal. Esse teste está disponível no seu município? 4.Se a gestante é positiva para sífilis,ela precisa de tratamento para ela e seu parceiro, pois o bebê pode nascer com sífilis congênita. Seu município pode oferecer isso a todas as gestantes e seus parceiros? 5.O serviço de saúde do seu município já tem o Protocolo de Prevenção da Transmissão Vertical do HIV e da Sífilis implantado? Como prevenir a transmissão vertical do HIV e da sífilis no seu município GUIA PARA GESTORES QUAL A DIFERENÇA ENTRE HIV E AIDS? O HIV é um vírus.E a aids é a doença que se desenvolve a partir da presença desse vírus no organismo. É possível ter HIV sem ainda ter desenvolvido a aids, por isso não dá para saber quem é soropositivo e quem não é. Se você transou sem camisinha ou compartilhou agulhas e seringas, a única maneira segura de saber se você tem ou não o HIV é fazendo o teste.

×