Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.

Aula 13 4 rpan_2010_2

  • Soyez le premier à commenter

Aula 13 4 rpan_2010_2

  1. 1. Aula 13 – Televisão – formatos 21/09/2010 4RPAN Prof. Ney Queiroz de Azevedo www.midiaeconsumo.com.br twitter.com/neyqueiroz Mídia
  2. 2. <ul><li>[Ney Queiroz de Azevedo] </li></ul><ul><li>Formado em Comunicação Social e Direito; </li></ul><ul><li>Mestre pela PUC-PR; </li></ul><ul><li>Professor do MBA em Marketing da Universidade Positivo; </li></ul><ul><li>Professor do MBA em Marketing da OPET; </li></ul><ul><li>Professor de Mídia, Novas Mídias, Marketing e Leg.Publicitária na UniBrasil; </li></ul><ul><li>Diretor Executivo da Centermídia | Grupo Outdoormídia; </li></ul><ul><li>Editor do Blog Mídia&Consumo | www.midiaeconsumo.com.br </li></ul>
  3. 3. Carga horária: 72 horas – 36 encontros (18 faltas); Chamada; Disciplina = respeito. Material de apoio: disponível no blog www.midiaeconsumo.com.br Metodologia: exposição, vídeos, debates, grupos... Obs.: as apresentações (power point) e outros materiais disponíveis no blog NÃO substituem as aulas!
  4. 4. <ul><li>[Avaliação] </li></ul><ul><ul><li>Provas................... 7,0 </li></ul></ul><ul><ul><li>Trabalhos.............. 2,0 </li></ul></ul><ul><ul><li>Presença............... 1,0 </li></ul></ul>Presença: 1,0 (até 2 faltas), 0,5 (até 4 faltas) e 0,0 (+ de 4 faltas).
  5. 5. <ul><li>Usa imagens, sons, cores e movimento </li></ul><ul><ul><li>É o meio mais difundido </li></ul></ul><ul><li>Se comunica tão bem com a massa que cria jargões </li></ul><ul><ul><li>É o meio de maior cobertura </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Mesmo com baixos índices de audiência, atinge milhões de indivíduos </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Custo relativo baixo </li></ul></ul><ul><li>Custo por Mil reduzido </li></ul>Pontos Positivos
  6. 6. <ul><ul><li>Custo absoluto alto; </li></ul></ul><ul><ul><li>Pouco tempo de exposição; </li></ul></ul><ul><ul><li>Congestionamento de comerciais no intervalo; </li></ul></ul><ul><ul><li>Menor grau de seletividade do público; </li></ul></ul><ul><ul><li>Alto custo de produção. </li></ul></ul>Pontos Negativos
  7. 7. Programação costuma ser dividida: <ul><ul><li>Hora do Dia (Day Parts) </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Começo da Manhã (7h-11h) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Meio do Dia (11h-14h) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Tarde (14h-17h) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Fim de Tarde (17h-19h) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Horário Nobre (19h-22h) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Fim de Noite (22h-01h) </li></ul></ul></ul>
  8. 8. Programação costuma ser dividida: <ul><ul><li>Gêneros de Programas </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Desenhos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Séries </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Filmes </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Entrevistas </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Novelas </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Noticiário </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Esportes </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Auditório </li></ul></ul></ul>
  9. 9. Formatos Mais Comuns <ul><ul><li>30 segundos (o mais comum) </li></ul></ul><ul><ul><li>60 segundos </li></ul></ul><ul><ul><li>120 segundos </li></ul></ul><ul><ul><li>15 segundos (75% do valor de 30”) </li></ul></ul>
  10. 10. Aspectos Comerciais - tabelas
  11. 11. Outros Formatos <ul><li>Formatos de caracterização de patrocínio Abertura Encerramento Vinheta de passagem Vinheta de bloco Chamada Insert de vídeo com locução Insert de vídeo sem locução Insert virtual Entrada de jornalismo Flash </li></ul><ul><li>Closed caption </li></ul>
  12. 12. Outros Formatos <ul><li>Produtos e formatos diferenciados Top de 5&quot; Break exclusivo Comercial virtual Patrocínio de quadro Merchandising Intervalo integrado no Domingão do Faustão Quadro no Domingão do Faustão Promoção Ação integrada Projetos institucionais Espaço empresarial Espaço responsabilidade social Contagem regressiva </li></ul>
  13. 13. Outros Formatos <ul><li>Produtos e projetos locais Campanhas de vídeo locais Eventos / projetos locais Projetos de comunicação Propriedades de arena no Futebol </li></ul>
  14. 14. A Publicidade e a TV Digital 30 segundos X Merchandising
  15. 15. Outros Formatos <ul><li>As oportunidades de Merchandising ... </li></ul><ul><li>O que é “Product Placement”? </li></ul>
  16. 16. <ul><li>“ As pessoas cansaram de assistir comerciais - o que obriga as marcas criarem estratégias para se fixar dentro de uma programação - de conteúdo pertinente - colocando sua mensagem ali, sem “forçar a barra””. </li></ul><ul><li>http://adivertido.com/audi-tv-e-o-branded-television/ </li></ul>
  17. 17. <ul><li>Merchandising na TV brasileira é basicamente testemunhal </li></ul><ul><ul><li>Primeiro relatório do Controle da Concorrência sobre as açoes de merchandising na TV brasileira que acaba de sair referindo a semana de 21 a 27 de abril - indica que o testemunhal é o formato mais utilizado pelas agências/anunciantes. Responde por 94,2% das ações. </li></ul></ul><ul><ul><li>O estudo é o 1o divulgado pela empresa desde que adotou novo critério de classificação do merchandising, separando em 'Estimulo visual', 'Açao integrada' e 'Testemunhal'. </li></ul></ul><ul><ul><li>Fonte: Blue Bus </li></ul></ul>
  18. 18. <ul><li>Europa vai liberar 'merchandising' na TV </li></ul><ul><ul><li>Emissoras que mostram produtos nos seus programas em troca do dinheiro das fabricantes recebem multas altas. Mas isto está prestes a mudar. </li></ul></ul><ul><ul><li>No mês passado, a União Européia deu aprovação final à Audiovisual Media Services Directive, que acaba com muitas restrições dos merchandisings na televisão. Os países membros terão dois anos para adotar as novas regras. Uma empresa de pesquisas, a PQ Media, calcula que em 2010, o merchandising na TV renda 130 milhões de euros, crescendo para 195 milhões de euros, em 2011. </li></ul></ul><ul><ul><li>Em Paris, funcionários da autoridade audiovisual da França examinam mais de 50 mil horas de programas de televisão por ano para detectar, entre outras coisas, propagandas de merchandising. </li></ul></ul>

×