Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.
OXIGENOTERAPIAEnfº Residente Renata MeloAbril,2013
Anatomia do sistema respiratório-Faringe
- Laringe• A laringe é umórgão curto queconecta a faringecom a traquéia.
-Traquéia e brônquios
Bronquíolos
Circulação Pulmonar
Fisiologia do sistema respiratório-Ventilação
Fisiologia do sistema respiratório-Difusão e Perfusão
Oxigenoterapia• A oxigenoterapia consiste na administração de oxigêniosuplementar com o intuito de elevar ou manter a satu...
Oxigenoterapia• Parâmetros para administração de O2:• Segundo a “American Association for Respiratory Care”(AARC), as indi...
Tipos de oxigenoterapia• Sistemas de baixo fluxo• Sistemas de alto fluxo• A seleção do dispositivo baseia-se na FIO2deseja...
Sistemas de baixo fluxoOs dispositivos de O2 de baixo fluxo, supremtaxas de fluxo menores que o volume inspiratóriodo paci...
Cânula nasal• É utilizado, quandoo paciente requeruma concentraçãobaixa ou média deoxigênio.• As velocidades defluxo super...
Material necessário• Cânula nasaldupla estéril;• Umidificador;• Extensão;• Fluxômetro;• Água destilada
Cateter nasofaríngeo• Raramente éutilizado, mas podeser prescrito naterapia de curtoprazo, paraadministrar baixase moderad...
Material utilizado• Cateternasofaríngeoestéril• Esparadrapo• Gaze• Lubrificante• Umidificador• Extensão• Fluxômetro• Água ...
Máscara simples• O corpo da máscaraem si coleta e armazenaoxigênio entre asinspirações do pacientee, a expiração se fazatr...
Material utilizado• Máscara facialsimples• Umidificador• Extensão• Fluxômetro• Água destilada
Sistemas de alto fluxoOs dispositivos de alto fluxo de oxigêniosuprem taxas de fluxo suficientemente elevadaspara acomodar...
Venturi• É o método maisconfiável e exato paraadministrarconcentrações exatasde oxigênio através demeios não-invasivos.• E...
Material utilizado• Válvula de acordocom FiO2• Traquéiacorrugada• Extensor• Umidificador• Fluxômetro• Água destilada
Tempo de Exposição (h) Resposta Fisiológica12-24 Traqueobronquite; tosse seca;dortorácica subesternal; diminuição dacleare...
Aspiração• Geralmente é necessário aspirar as secreções dopaciente por causa da eficácia diminuída domecanismo de tosse.• ...
Material utilizado• Sonda de aspiração• Extensor• Luvas estéreis• Óculos de proteção• Soro fisiológico estéril• Copo de as...
Nebulização• Durante a nebulização,forma-se uma nuvem deaerossol que seráaspirado pelo paciente.• Favorece o processo defl...
Material Utilizado• Fluxômetro• Máscara simples• Copo nebulizador• Extensão plástica• Água destilada
OBRIGADA!
Prochain SlideShare
Chargement dans…5
×

Oxigenoterapia

26 351 vues

Publié le

Publié dans : Santé & Médecine
  • Identifiez-vous pour voir les commentaires

Oxigenoterapia

  1. 1. OXIGENOTERAPIAEnfº Residente Renata MeloAbril,2013
  2. 2. Anatomia do sistema respiratório-Faringe
  3. 3. - Laringe• A laringe é umórgão curto queconecta a faringecom a traquéia.
  4. 4. -Traquéia e brônquios
  5. 5. Bronquíolos
  6. 6. Circulação Pulmonar
  7. 7. Fisiologia do sistema respiratório-Ventilação
  8. 8. Fisiologia do sistema respiratório-Difusão e Perfusão
  9. 9. Oxigenoterapia• A oxigenoterapia consiste na administração de oxigêniosuplementar com o intuito de elevar ou manter a saturaçãode oxigênio acima de 90%, corrigindo os danos dahipoxemia.• A hipóxia celular pode ser causada pela diminuição daquantidade de oxigênio no gás inspirado (exposição aelevadas altitudes), diminuição da ventilação alveolar,alterações na relação ventilação/perfusão, alterações detransferência gasosa, decréscimo no gasto cardíaco, emsituações de choque hipovolêmico e diminuição oualterações moleculares da hemoglobina.
  10. 10. Oxigenoterapia• Parâmetros para administração de O2:• Segundo a “American Association for Respiratory Care”(AARC), as indicações básicas de oxigenoterapia são:-PaO2 < 60 mmHg ou Sat O2 < 90 % (em ar ambiente)- Sat O2 < 88% durante a deambulação, exercício ou sonoem portadores de doenças cardiorrespiratórias.-IAM-Intoxicação por gases (monóxido de carbono)-Envenenamento por cianeto• Avaliação de Enfermagem considera: nível deconsciência, sinais vitais, coloração dos leitos ungueais,SatO2.
  11. 11. Tipos de oxigenoterapia• Sistemas de baixo fluxo• Sistemas de alto fluxo• A seleção do dispositivo baseia-se na FIO2desejada.
  12. 12. Sistemas de baixo fluxoOs dispositivos de O2 de baixo fluxo, supremtaxas de fluxo menores que o volume inspiratóriodo paciente.Ex:• Cânula nasal(tipo óculos)• Cateter nasofaríngeo• Máscara simples
  13. 13. Cânula nasal• É utilizado, quandoo paciente requeruma concentraçãobaixa ou média deoxigênio.• As velocidades defluxo superiores a 6e 8l/min podemlevar a deglutição dear e o ressecamentoda mucosa nasal efaríngea.
  14. 14. Material necessário• Cânula nasaldupla estéril;• Umidificador;• Extensão;• Fluxômetro;• Água destilada
  15. 15. Cateter nasofaríngeo• Raramente éutilizado, mas podeser prescrito naterapia de curtoprazo, paraadministrar baixase moderadasconcentrações deO2.• Deve sersubstituído por umnovo a cada 8h.
  16. 16. Material utilizado• Cateternasofaríngeoestéril• Esparadrapo• Gaze• Lubrificante• Umidificador• Extensão• Fluxômetro• Água destilada
  17. 17. Máscara simples• O corpo da máscaraem si coleta e armazenaoxigênio entre asinspirações do pacientee, a expiração se fazatravés de orifícioslaterais ou pela própriaborda da máscara.• Com fluxos inferioresa 5l/min, o volume damáscara atua comoespaço morto e provocaa reinalação do CO2.
  18. 18. Material utilizado• Máscara facialsimples• Umidificador• Extensão• Fluxômetro• Água destilada
  19. 19. Sistemas de alto fluxoOs dispositivos de alto fluxo de oxigêniosuprem taxas de fluxo suficientemente elevadaspara acomodar duas ou três vezes o volumeinspiratório do paciente.Ex:• Venturi
  20. 20. Venturi• É o método maisconfiável e exato paraadministrarconcentrações exatasde oxigênio através demeios não-invasivos.• Ela é utilizadaprincipalmente parapacientes com DPOC.• A máscara deVenturi emprega oprincípio de Bernoulli .FiO2 50% 40% 35% 28% 24%Vazão(lpm)15 12 8 6 4
  21. 21. Material utilizado• Válvula de acordocom FiO2• Traquéiacorrugada• Extensor• Umidificador• Fluxômetro• Água destilada
  22. 22. Tempo de Exposição (h) Resposta Fisiológica12-24 Traqueobronquite; tosse seca;dortorácica subesternal; diminuição daclearencemucociliar; diminuição da capacidadevital24-30 Parestesias; náuseas; vômitos;alteração da síntese protéica nascélulas endoteliais;alterações na função celular;30-48 Diminuição da complacênciapulmonar; aumento da P(A-a)O2;diminuição dacapacidade de difusão.48-60 Inativação do surfactante; edemaalveolar por aumento dapermeabilidade> 60 SDRA: morte
  23. 23. Aspiração• Geralmente é necessário aspirar as secreções dopaciente por causa da eficácia diminuída domecanismo de tosse.• A aspiração é realizada quando os sonsrespiratórios adventícios são detectados ousempre que as secreções estiverem nitidamentepresentes.
  24. 24. Material utilizado• Sonda de aspiração• Extensor• Luvas estéreis• Óculos de proteção• Soro fisiológico estéril• Copo de aspiração• Gaze
  25. 25. Nebulização• Durante a nebulização,forma-se uma nuvem deaerossol que seráaspirado pelo paciente.• Favorece o processo defluidificação dassecreções presentes nasvias aéreas.• Meio de administraçãode medicamentos, comobroncodilatadores.
  26. 26. Material Utilizado• Fluxômetro• Máscara simples• Copo nebulizador• Extensão plástica• Água destilada
  27. 27. OBRIGADA!

×