1
ADERINDO AO NÍVEL 1 DE GOVERNANÇA     CORPORATIVA DA BOVESPA            18.09.2002
NOVO AMBIENTE DO SETOR ELÉTRICO BRASILEIRO                                                    ANEEL        ONS            ...
Modelo Empresarial Elétrico Paulista                  CisãoELETROPAULO    Janeiro de 98                                  A...
Modelo Empresarial Elétrico Paulista                             Distribuição - Julho 98                                  ...
O PROCESSO DEINCORPORAÇÃO DA EPTE       PELA CTEEP  Concluído em Novembro de 2001                                  6
CTEEP        7
EPTE       8
S/E BRAGANÇA                                                                                                              ...
Modelo Empresarial Elétrico Paulista         ELETROPAULO                            CESP                   CPFL  ELPA   BA...
EM NÚMEROS
Linhas de transmissão   Extensão de linhas         11.548 km   Extensão de circuitos      18.096 kmSubestações  Número de ...
Telecomunicações   Estações de microondas             145   Cabos de fibras óticas             891 kmCentros de controle  ...
Centros Regionais de Operação        da Transmissão           Bauru                              B.Jardim                 ...
Centros de Operação da Geração              Jupiá                      Bariri                                   B.JardimCO...
Relacionamentos do COSSistema Interligado Nacional - SINCOSR-SE      COSR-S                                     16
Meio AmbienteCertificação ISO - 14.001      SE Santa Bárbara ( Rural )   Jun - 2002      SE Xavantes ( Urbana )       Out ...
QualidadeCertificação ISO - 9000      COS - Bom Jardim          Dez- 1998      CRO - SP Cambucí          Mar- 2001      CR...
INFORMAÇÕES ECONÔMICO-FINANCEIRAS
CONVERGÊNCIA   ÓRGÃOS       QUANT   REDUÇÃO NA ESTRUTURA DIRETORIAS       04 ASSESSORIAS      11DEPARTAMENTOS     20   DIV...
CONVERGÊNCIA                                   REDUÇÃO NAS GERÊNCIAS    CORPO GERENCIAL        QUANTASSESSORES / ASSISTENT...
DESPESA COM PESSOAL                TRANSMISSÃO PAULISTA                    CTEEP + EPTE   PERÍODO         EMPREGADOS      ...
Dispêndios na Operação ( R$ milhões )          1999   2000   2001 2002 *Investimentos            55,1   62,4   108,0 186,0...
PRINCIPAIS INVESTIMENTOS EM EXPANSÃO                   INVESTIMENTO                            R$ MMLOCAL              DES...
BALANÇO PATRIMONIAL                          30 Junho 2002                           R$ milhõesATIVO                      ...
DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS                          CTEEP + EPTE VIRTUAL (1999 a 2001)                          R$ MM     ...
EVOLUÇÃO DE MERCADO                                                 31/05/01 a 16/09/02      % (Índice 100 em 31/05/2002)1...
DESAFIOS E OPORTUNIDADES
REDE BÁSICA                          CONEXÃO   > 230 kV                           < 230 kV                      ATUAÇÃO DA...
TRANSMISSÃO - REDE BÁSICA               ( INVESTIMENTOS EM LT/SE COM TENSÃO > 230 kV)                                     ...
TRANSMISSÃO - CONEXÃO         ( INVESTIMENTOS EM LT/SE COM TENSÃO < 230 kV)        RESOLUÇÃO 489/02RESPONSABILIDADE DE EXE...
TRANSMISSÃO                NECESSIDADES E OPORTUNIDADES NO BRASIL                           (Energizações de 2003 a 2005) ...
ADERIR AO NÍVEL 1 DE GOVERNANÇA           CORPORATIVA DA BOVESPA   É REAFIRMAR COMPROMISSOS:• EFICÁCIA NA SUA MISSÃO INSTI...
Prochain SlideShare
Chargement dans…5
×

21 apres bovespa180902

545 vues

Publié le

  • Soyez le premier à commenter

  • Soyez le premier à aimer ceci

21 apres bovespa180902

  1. 1. 1
  2. 2. ADERINDO AO NÍVEL 1 DE GOVERNANÇA CORPORATIVA DA BOVESPA 18.09.2002
  3. 3. NOVO AMBIENTE DO SETOR ELÉTRICO BRASILEIRO ANEEL ONS MAE G T D CLCONTRATO DE CONCESSÃO DA TRANSMISSÃOCUST - CONTRATO DE USO DO SISTEMA DE TRANSMISSÃOCPST - CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE TRANSMISSÃOCCT - CONTRATO DE CONEXÃO AOS SISTEMAS DE TRANSMISSÃO 3
  4. 4. Modelo Empresarial Elétrico Paulista CisãoELETROPAULO Janeiro de 98 Abril 98 ELPA ELETROPAULO METROPO- D LITANA G ELPA BAND Out Setembro 98 EBE + D BANDEIRANTE 01 PIRAT EBE T Estatal EMAE G EMAE + D Estatal T EPTE EPTE 4
  5. 5. Modelo Empresarial Elétrico Paulista Distribuição - Julho 98 ELEKTROCESP Cisão Abril 99 PARANA- Julho 99 PARANA- G G CESP PANEMA PANEMA + Outubro 99 G TIETE TIETE G T Estatal + G CESP CESP + T D T CTEEP Estatal CTEEP 5
  6. 6. O PROCESSO DEINCORPORAÇÃO DA EPTE PELA CTEEP Concluído em Novembro de 2001 6
  7. 7. CTEEP 7
  8. 8. EPTE 8
  9. 9. S/E BRAGANÇA PAULISTA S/E ARARAQUARA S/E BOM JARDIM (CEMIG) (FURNAS) MINAS GERAIS UHE JOSÉ ERMÍRIO DE MORAES (ÁGUA VERMELHA) UHE JAGUARI MOGI CABREÚVA (FURNAS) S/E S. J. DOS (ELEKTRO) MAIRIPORÃ CAMPOS (SABESP) RIO GRANDE S/E BOTUCATU CARDOSO GUARULHOS (FURNAS) MOGI S/E TAUBATÉ (ELEKTRO) PIRITUBA NORDESTE ANHANGUERA ITAPETI NORTE JALES UHE ILHA (ELEKTRO) EDGARD DE R. REBERTE F. SOLTEIRA IBIÚNA S/E RIO SOUZA S/E BAURU (FURNAS) CENTRO PARDO STO. ÂNGELO ILHA ANHANGUERA ETR SOLTEIRA VOTUPORANGA II PROVISÓRIA CENTRO MATO GROSSO M. FORNASARO M. REALE LESTE TIJUCO PRETO (FURNAS) DO SUL (CPFL) XAVANTES BANDEIRANTES UHE ENG. BERTIOGA II SOUZA DIAS SUL (JUPIÁ) UHE S. JOSÉ DO INTERLAGOS JUPIÁ TRÊS RIO PRETO PIRATININGA S/E SÃO TRÊS IRMÃOS SEBASTIÃO IRMÃOS (CNEE) RIO (ENERSUL) PA UHE NOVA RD (CPFL) (ELEKTRO) O HENRY AVANHANDAVA (CPFL) (CPFL) BORDEN (CNEE) EMBU GUAÇU BAIXADA UBARANA CATANDUVA SANTISTA VALPARAÍSO VICENTE DE RIBEIRÃO CARVALHO UHE MÁRIO PRETO (ELMA) P. TAQUES (BE) LOPES LEÃO PENÁPOLIS (PROMISSÃO) ITAIPAVA (ELEKTRO) (CPFL) MOCOCA UHE EUCLIDES Á (CPFL) MONGAGUÁ N (CPFL) DA CUNHA RA UHE A. SALLES UHE CACONDE PA DRACENA (ELEKTRO) RIO OLIVEIRA TIE (LIMOEIRO) RIO FLÓRIDA TÊ (CAIUÁ) PAULISTA CASA BRANCA S/E PERUÍBE S. JOSÉ DO SÃO CARLOS I RIO PARDO (CPFL) DESCALVADO UHE IBITINGA ARARAQUARA (CPFL) POÇOS DE CALDAS PORTO FERREIRA (FURNAS) PRES. PRUDENTE II (CAIUÁ) TUPÃ (EEVP) (CPFL) (CAIUÁ) UHE A. SOUZA LIM A SÃO JOÃO DA PRES. PRUDENTE I (BARIRI) BOA VISTA II RANCHARIA (EEVP) SÃO CARLOS II PINHAL (CPFL) STA. LINA BAURU (CPFL)DOURADOS (EEVP) MOGI GUAÇU I(ENERSUL) UHE SERGIO M OTA (CESP) (ELEKTRO (PTO. PRIM AVERA) (CPFL) (CPFL) MOGI MIRIM II (CESP) (CTEO) ASSIS RIO CLARO I (EEVP) UHE BARRA MOGI MIRIM III BONITA RIO (CPFL)PTO. PRIMAVERA PAR (CTEO) A NAP LIMEIRA I A NEM UHE ESCOLA A ASSIS POLITÉCNICA UHE ROSANA (TAQUARUÇU) (CPFL) STA. CABEÇA BERN. DE CAMPOS JAGUARIUNA UHE ESCOLA DE (CLFSC) STA. BARBARA ENG. MAKENZIE (CPFL) D OESTE OURINHOS BOTUCATU (EEB) ÍBA (CAPIVARA) (CLFSC) (CLFSC) PA RA RIO DE (COPEL) (COPEL) RIO JANEIRO (FURNAS) APARECIDA UHE SUMARÉ BRAGANÇA UHE (EPTE) (BE) PAULISTA CANOAS I UHE CHAVANTES TAUBATÉ CANOAS II UHE LUCAS TIETÊ N. GARCEZ UHE (BE) (CPFL) (COPEL) (SALTO GRANDE) AVARÉ (CLFSC) BOM JARDIM JAGUARI UHE ARMANDO (ELEKTRO) CABREUVA MOGI A. LAYDNER CERQUILHO (FURNAS) UHE (JURUM IRIM ) (COPEL) MOGI S. J. DOS PARAIBUNA MAIRIPORÃ CAMPOS (COPEL) (SABESP) ITAPETININGA I CBA ITAPETI (PETROBRÁS) UBATUBA EDGARD DE ITAPETININGA II IBIÚNA SOUZA STO. ÂNGELO RIO PARDO (ELEKTRO) TIJUCO (BE) (FURNAS) PRETO LEGENDA TERMINAL TERMINAL (FURNAS) CARAGUATATUBA (CSPE) OESTE SUL INTERLAGOS BERTIOGA II (BE) USINA HIDRELÉTRICA PARANÁ (ELEKTRO) SÃO SEBASTIÃO ITAPEVA EMBU GUAÇU BAIXADA (PETROBRÁS) CAPÃO BONITO SANTISTA USINA C/ SUBESTAÇÃO CTEEP ITARARÉ II VICENTE DE CARVALHO (ELMA) ITARARÉ I P. TAQUES SUBESTAÇÃO CTEEP (ELEKTRO) (BE) O IC NT MONGAGUÁ SUBESTAÇÃO OUTRAS CIAS. (COPEL) LÂ AT SUBESTAÇÃO INDUSTRIAL NO PERUÍBE EA OC REGISTRO LT FUTURA LT 230 kV LT 500 kV LT 230 kV SUBTERRÂNEA (ELEKTRO) LT 440 kV LT 138 kV LT 345 kV LT 88 kV LT 345 kV SUBTERRÂNEA LT 69 kV LT DE OUTRAS CONCESSIONÁRIAS SETEMBRO / 2001 TRANSMISSÃO PAULISTA 9
  10. 10. Modelo Empresarial Elétrico Paulista ELETROPAULO CESP CPFL ELPA BAND EMAE EPTE CTEEP CESP PRPN TIETE ELEK CPFLELPA BAND EMAE EPTE CTEEP CESP PRPN TIETE ELEK CPFLELPA BAND EMAE EPTE CTEEP CESP PRPN TIETE ELEK CPFL CTEEPELPA B P EMAE CESP PRPN TIETE ELEK CPFL 9/11/2001 ESTATAL 10
  11. 11. EM NÚMEROS
  12. 12. Linhas de transmissão Extensão de linhas 11.548 km Extensão de circuitos 18.096 kmSubestações Número de subestações 99 Número de transformadores 444 Número de disjuntores 1.513 Número de reatores 53Energia transmitida por ano 135.580 GWhCapacidade de transformação 36.000 MVA 12
  13. 13. Telecomunicações Estações de microondas 145 Cabos de fibras óticas 891 kmCentros de controle Centro de Operação do Sistema 1 Bom Jardim Centros Regionais de Operação 3 Bauru Cabreuva São Paulo 13
  14. 14. Centros Regionais de Operação da Transmissão Bauru B.Jardim CabreúvaCOS São PauloCROs (T) 14
  15. 15. Centros de Operação da Geração Jupiá Bariri B.JardimCOS Chavantes EMAECOGsCESPDUKEAES / TietêEMAE 15
  16. 16. Relacionamentos do COSSistema Interligado Nacional - SINCOSR-SE COSR-S 16
  17. 17. Meio AmbienteCertificação ISO - 14.001 SE Santa Bárbara ( Rural ) Jun - 2002 SE Xavantes ( Urbana ) Out - 2002*Regularização ambiental Termo de ajuste de conduta Out - 2002* Regularização de licenças Out - 2002*(*) Previsto 17
  18. 18. QualidadeCertificação ISO - 9000 COS - Bom Jardim Dez- 1998 CRO - SP Cambucí Mar- 2001 CRO - C Cabreúva Mai- 2002 CRO - B Bauru Mai- 2002Certificação de Operadores COS 54 Nov-2001 Subestações 468 Nov-2001 18
  19. 19. INFORMAÇÕES ECONÔMICO-FINANCEIRAS
  20. 20. CONVERGÊNCIA ÓRGÃOS QUANT REDUÇÃO NA ESTRUTURA DIRETORIAS 04 ASSESSORIAS 11DEPARTAMENTOS 20 DIVISÕES 51 TOTAL 86 REDUÇÃO NA QUANTIDADE ATUAL DE ÓRGÃOS: ÓRGÃOS QUANT DE 86 PARA 62 = 27,9% DIRETORIAS 04 ASSESSORIAS 06DEPARTAMENTOS 14 DIVISÕES 38 TOTAL 62 20
  21. 21. CONVERGÊNCIA REDUÇÃO NAS GERÊNCIAS CORPO GERENCIAL QUANTASSESSORES / ASSISTENTES 17 DIRETORES 04 CHEFES DE ASSESSORIA 11GERENTES DEPARTAMENTO 20 GERENTES DE DIVISÃO 51 TOTAL 103 REDUÇÃO NA QUANTIDADE ATUAL DE GERENTES: CORPO GERENCIAL QUANT DE 103 PARA 72 = 30,1%ASSESSORES / ASSISTENTES 10 DIRETORES 04 CHEFES DE ASSESSORIA 06GERENTES DEPARTAMENTO 14 GERENTES DE DIVISÃO 38 TOTAL 72 21
  22. 22. DESPESA COM PESSOAL TRANSMISSÃO PAULISTA CTEEP + EPTE PERÍODO EMPREGADOS DESPESA ANUAL R$ Milhões DEZ/99 3.731 283 DEZ/00 3.499 312 DEZ/01 3.152 287 AGO/02 3.136 277 (*)(*) Estimado 22
  23. 23. Dispêndios na Operação ( R$ milhões ) 1999 2000 2001 2002 *Investimentos 55,1 62,4 108,0 186,0Despesas de Manutenção 33,2 40,9 52,0 57,5Total 88,3 103,3 160,0 243,5(*) Estimado 23
  24. 24. PRINCIPAIS INVESTIMENTOS EM EXPANSÃO INVESTIMENTO R$ MMLOCAL DESCRIÇÃO TOTAL 2002 CONCLUSÃOLT TIJUCO PRETO- UM BAY 345 kV E 16 16 OUT/02BAIXADA SANTISTA LANÇAM. 3º CIRCUITOSE SUMARÉ UM BCO. TRANSF. 32 10 JUN/02 440/138 kV-3x100MVAETI INTERLAGOS UM AUTO TRAFO 500MVA 9 7 DEZ/02SE CABREÚVA VÃO DE CONEXÃO E 13 7 SET/02 BARRAM. 440/230kV MAR/03LT CHAVANTES- UM CIRC.137KM-230kV 34 12 JUN/03BOTUCATU DOIS BAYS DE LINHASE ARARAQUARA DOIS BANCOS 4 4 DEZ/02 440 - 138 kV - 300MVAETT MIGUEL REALE DOIS BANCOS 400 MVA 167 22 DEZ/02 UM CBBD - SF6 - 138 kVDEMAIS 9 PROJETOS 163 35 _TOTAL 16 PROJETOS 438 113 24
  25. 25. BALANÇO PATRIMONIAL 30 Junho 2002 R$ milhõesATIVO PASSIVOCirculante 516 Circulante 214Realizável a L. Prazo 216 Exigível a L. Prazo 400Investimentos 14 Resultados Futuros 177Imobilizado 3.389 PATRIMÔNIO LÍQUIDO 3.344 4.135 4.135 25
  26. 26. DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS CTEEP + EPTE VIRTUAL (1999 a 2001) R$ MM 31.12.99 (1) 31.12.00 31.12.01 31.12.02 (3)RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA 570 611 668 654DESPESA OPERACIONAL (531) (568) (582) (576) PESSOAL + POP + PLR (283) (312) (287) (252) SERV./MATERIAIS/OUTROS (92) (95) (102) (146) DEPRECIAÇÃO (156) (161) (193) (178)RESULTADO DO SERVIÇO 39 43 86 78LUCRO LÍQUIDO DO PERÍODO 38 43 98 142LUCRO LÍQ. P/ MIL AÇÕES (R$) (2) 0,25 0,29 0,66 0,96LUCRO LÍQ./PATRIMÔNIO LÍQ. (%) 1,0 1,2 3,0 4,3 (1) CTEEP - Resultado de 9 meses anualizado (2) Qtde. virtual de ações (p/ 1999 e 2000) = 149,3 bilhões (3) Resultado de 6 meses anualizado 26
  27. 27. EVOLUÇÃO DE MERCADO 31/05/01 a 16/09/02 % (Índice 100 em 31/05/2002)150145140135130125120115110 CTEEP ON +6 %105100 95 CTEEP PN -7 % 90 IGC -8 % 85 80 IEE -23 % 75 D. JONES -23 % 70 65 IBOVESPA -33 % 60 NASDAQ -40 % 55 50 Mai- Jun- Jul- Ago- Set- Out- Nov- Dez- Jan- Fev- Mar- Abr- Mai- Jun- Jul- Ago- Set- 01 01 01 01 01 01 01 01 02 02 02 02 02 02 02 02 02 VARIAÇÃO EM 2002 ( Até 16/09/02)CTEEP ON -6% IGC -11% D. JONES -17% CTEEP PN -19% IBOVESPA -28% IEE -29% NASDAQ -36%27
  28. 28. DESAFIOS E OPORTUNIDADES
  29. 29. REDE BÁSICA CONEXÃO > 230 kV < 230 kV ATUAÇÃO DA TRANSMISSÃO PAULISTACOMPARTILHAMENTO SERVIÇOSDE INFRAESTRUTURA - OPERAÇÃO E- TELECOM MANUTENÇÃO- ENERGIA ELÉTRICA - CONSULTORIA 29
  30. 30. TRANSMISSÃO - REDE BÁSICA ( INVESTIMENTOS EM LT/SE COM TENSÃO > 230 kV) TRANSMISSORA Analisa Necessidades CCPE ONS (Comitê Coord. do Planejamento de Expansão) (Operador Nacional do Sistema) PDET - Plano Determinativo de Expansão PAR - Plano de Ampl. e Reforços (decenal) (trienal) PAR/PDET Consolidado (trienal) Melhorias ANEEL Determina providências e fixa Receita Anual TRANSMISSORA - Ampliações (novas LT/SE mediante nova concessão) Leilão - Reforços (novas LT/SE nas concessões existentes) Autorização - Melhorias (substituição de equip. s/ aumento de capacidade)CPST: Contrato de Prestação de Serviços de Transmissão (ONS x Transmissora) - Transmissora recebe Receita Anual, corrigida pelo IGPM - Geradoras, Distribuidoras e demais acessantes pagam conforme tarifa definida pela ANEEL 30
  31. 31. TRANSMISSÃO - CONEXÃO ( INVESTIMENTOS EM LT/SE COM TENSÃO < 230 kV) RESOLUÇÃO 489/02RESPONSABILIDADE DE EXECUÇÃO É DA DISTRIBUIDORA ALTERNATIVAS DE IMPLEMENTAÇÃO Diretamente pela Distribuidora Contratação da Transmissora local CCT: Contrato de Conexão à Licitação entre Transmissoras existentes Transmissão (Distribuidora x Transmissora) Transmissora recebe, da Distribuidora, Receita Anual corrigida pelo IGPM 31
  32. 32. TRANSMISSÃO NECESSIDADES E OPORTUNIDADES NO BRASIL (Energizações de 2003 a 2005) REDE BÁSICA CONEXÃO PAR Consolidado CCPE Núcleos de R$ 6,1 bi Articulação Regional Já equacionados R$ 4,7 bi A equacionar(leilão/autorizações) R$ 1,4 bi Núcleo de Articulação Região SE/CO Região SE/CO Regional SP R$ 1,0 bi R$ 0,5 bi R$ 0,6 bi Transmissão Transmissão Paulista Paulista avaliará oportunidades R$ 0,5 bi NOVOS INVESTIMENTOS COM TAXA INTERNA DE RETORNO DE 11% A. A. 32
  33. 33. ADERIR AO NÍVEL 1 DE GOVERNANÇA CORPORATIVA DA BOVESPA É REAFIRMAR COMPROMISSOS:• EFICÁCIA NA SUA MISSÃO INSTITUCIONAL• EFICIÊNCIA ECONÔMICA E RETORNO AOS ACIONISTAS• PADRÕES DE EXCELÊNCIA NA GOVERNANÇA CORPORATIVA• TRANSPARÊNCIA NAS RELAÇÕES COM A SOCIEDADE E INVESTIDORES

×