Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.
A industria no Brasil
A era Vargas e a era Kubitschek
• A 2º etapa do desenvolvimento industrial teve
participação desses dois governantes.
• Ge...
• Juscelino Kubitschek, privilegiou a geração de
energia, os transportes e a construção de
rodovias, que facilitou a insta...
A internacionalização da industria
• Em 1960, o pais passou por um conturbado periodo
que culminou com o golpe militar de ...
A industria brasileira na globalização
• Os anos de 1990 foram marcados pela
globalização da economia mundial, pela políti...
A industria brasileira no século XXI
• Começou incerto não só para a economia
brasileira, como para a economia mundial, o ...
O plano Real
• Criado com objetivo de combater a inflação
que assolava a economia brasileira. O Plano
baseava-se na parida...
Concentração industrial
• A industria brasileira começou a se concentrar
no estado de São Paulo no Período que vai de
1907...
Dispersão industrial
Esse processo passou a ocorrer em duas escalas:
• No território brasileiro ( escala nacional), buscan...
Região Sudeste
• É a região mais industrializada do Brasil, tendo
como destaque o triangulo formado pelas
cidades de São P...
São Paulo
• Este estado possui todos os ramos industriais
como os bens de consumo não-duráveis e
bens de consumo duraveis,...
Rio de Janeiro
• Esta entre os quatro estados mais
industrializados do Brasil e o segundo em
crescimento da produção indus...
Minas Gerais
• Ocupa o segundo lugar entre os mais
industrializados do pais, seus principais ramos
industriais são: o meta...
Espírito Santo
• É o estado menos industrializados do Sudeste,
o principal ramo de industrial é o metalúrgico,
destaca sua...
Região Sul
• É a segunda região brasileira mais
industrializada após o Sudeste, a agroindústria
representa uma das princip...
Paraná
• O Paraná destaca-se pelas industrias de papel
e celulose, de madeira e por aquelas ligadas à
agroindústria, como ...
Santa Catarina
• É a principal área industrial do estado com
industrias têxteis e de cristais, e tem pólos
industrias impo...
Região Nordeste
• A participação industrial do nordeste tem
apresentado um crescimento maior que as
demais regiões brasile...
Bahia
A região metropolitana de Salvador é a maior
e mais importante área industrial do nordeste.
• O centro industrial de...
Pernambuco
• A maior parte dos estabelecimentos
industriais do estado esta na área
metropolitana do Recife, onde são
encon...
Ceará
• Vem apresentando um forte crescimento nos
setores de calçados e têxtil em virtudes das
vantagens oferecidas às ind...
Região Norte
• Com a criação da Zona Franca de Manaus em
1967, as grandes distancias dos centros
consumidores e a deficiên...
Região Centro-Oeste
• Tem o menor valor da transformação
industrial do pais, apresentando em 4º lugar
quanto ao numero de ...
A Indústria no Brasil
A Indústria no Brasil
A Indústria no Brasil
A Indústria no Brasil
A Indústria no Brasil
Prochain SlideShare
Chargement dans…5
×

A Indústria no Brasil

1 714 vues

Publié le

Trabalho montado e apresentado pelos alunos do 2º médio "B"

Publié dans : Formation
  • Soyez le premier à commenter

A Indústria no Brasil

  1. 1. A industria no Brasil
  2. 2. A era Vargas e a era Kubitschek • A 2º etapa do desenvolvimento industrial teve participação desses dois governantes. • Getulio Vargas foi responsável pela infra-estrutura necessária para a implantação de industrias no pais no seu 1º mandato. Entre suas realizações estão a Companhia Siderúrgica Nacional e a mineradora Companhia Vale do Rio Doce. Criou também a fabrica nacional de motores e a companhia hidrelétrica de São Francisco.Durante o 2º mandato de desenvolvimento econômico (1952), e em (1953) foi instituída a Petrobras.
  3. 3. • Juscelino Kubitschek, privilegiou a geração de energia, os transportes e a construção de rodovias, que facilitou a instalação de montadoras estrangeiras de veículos em nosso pais. Ao contrario de Vargas , marcou o inicio da internacionalização do parque industrial brasileiro. Vieram industrias de aparelhos eletrônicos e de alimentos, que passaram a controlar o mercado interno.
  4. 4. A internacionalização da industria • Em 1960, o pais passou por um conturbado periodo que culminou com o golpe militar de 1964, nesse ano o processo de internacionalização da economia consolidou-se definitivamente. O governo militar ficou conhecido como o “milagre econômico brasileiro” quando atingimos a 8º posição mundial em relação ao PIB e o 1º lugar entre as nações subdesenvolvidas industrializadas ou periféricas. O Brasil recebeu vultoso empréstimos internacionais e sua produção industrial foi muito grande, como conseqüência a divida externa aumentou muito.
  5. 5. A industria brasileira na globalização • Os anos de 1990 foram marcados pela globalização da economia mundial, pela política neoliberal e pelas crises econômicas, o setor industrial se caracterizou-se pela queda da participação da industria na composição do PIB e pela redução do numero de empregos nessa área. O Brasil participa e sofre os efeitos da globalização econômica, as inovações tecnológicas geram maior produtividade com menor numero de trabalhadores no mundo todo. Mas a década de 1990 por ter sido bem mais produtiva q a década de 1980 podemos dizer que ela foi positiva para a industria brasileira.
  6. 6. A industria brasileira no século XXI • Começou incerto não só para a economia brasileira, como para a economia mundial, o Brasil tem uma economia dependentes de capitais externos que apresenta forte reflexos dessa crise mundial. O Brasil ocupou o 46º lugar no ranking do Relatório Global de Tecnologia da Informação no período de 2004-2005. • Em 2001 a crise econômica na Argentina decidiu para o mau desempenho do setor industrial do setor industrial no Brasil. • Em 2004 a industria brasileira voltou a atingir os níveis de crescimento de 1994, época da criação do Plano Real.
  7. 7. O plano Real • Criado com objetivo de combater a inflação que assolava a economia brasileira. O Plano baseava-se na paridade real/dólar, ou seja, um real valia um dólar americano. O alto valor da nova moeda causou um déficit na balança comercial. Crises internacionais agravaram o quadro econômico brasileiro, isso fez com que o real acabou se desvalorizando.
  8. 8. Concentração industrial • A industria brasileira começou a se concentrar no estado de São Paulo no Período que vai de 1907 a 1920, tendo sua origem nos capitais de economia cafeeira. • Com a força econômica de São Paulo e o poder político do Distrito Federal ( no Rio de Janeiro ate 1960) a região sudeste firmou-se como a maior área de concentração industrial no pais.
  9. 9. Dispersão industrial Esse processo passou a ocorrer em duas escalas: • No território brasileiro ( escala nacional), buscando se expandir para outras regiões; • Na região Sudeste ( escala regional), procurando fugir de áreas já muito industrializadas. No primeiro caso, planos do governo federal procuram instalar pólos industriais em outras regiões, como Norte e o Nordeste. No segundo caso, a dispersão das industrias foi marcada pelo congestionamento da área metropolitana de São Paulo.
  10. 10. Região Sudeste • É a região mais industrializada do Brasil, tendo como destaque o triangulo formado pelas cidades de São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro.
  11. 11. São Paulo • Este estado possui todos os ramos industriais como os bens de consumo não-duráveis e bens de consumo duraveis, que se encontram distribuídos pela cidades de São Paulo e sua área metropolitana é por quatro principais eixos industriais que seguem sua principais rodovias: • Eixo Castelo Branco-Raposo Tavares. • Eixo Anhanguera-Bandeirantes-Washington Luís. • Eixo Anchieta-imigrantes. • Eixo formado pela Via Dutra.
  12. 12. Rio de Janeiro • Esta entre os quatro estados mais industrializados do Brasil e o segundo em crescimento da produção industrial, concentrando suas atividades nos ramos da extração do petróleo, químico, farmacêutico e da construção naval.
  13. 13. Minas Gerais • Ocupa o segundo lugar entre os mais industrializados do pais, seus principais ramos industriais são: o metalúrgico, o químico, o mecânico, extrativo mineral e o alimentício. Encontrado em varias regiões do estado.
  14. 14. Espírito Santo • É o estado menos industrializados do Sudeste, o principal ramo de industrial é o metalúrgico, destaca suas industrias de alimentícias, possui um pólo de produção de celulose e abriga usinas de pelotização de minério de ferro pertencentes à companhia Vale do Rio Doce.
  15. 15. Região Sul • É a segunda região brasileira mais industrializada após o Sudeste, a agroindústria representa uma das principais atividades econômicas da região Sul
  16. 16. Paraná • O Paraná destaca-se pelas industrias de papel e celulose, de madeira e por aquelas ligadas à agroindústria, como as de alimentos e de fertilizantes.
  17. 17. Santa Catarina • É a principal área industrial do estado com industrias têxteis e de cristais, e tem pólos industrias importantes.
  18. 18. Região Nordeste • A participação industrial do nordeste tem apresentado um crescimento maior que as demais regiões brasileiras, a instalação de industrias no Nordeste é resultado dos esforços do governo para dinamizar a economia regional.
  19. 19. Bahia A região metropolitana de Salvador é a maior e mais importante área industrial do nordeste. • O centro industrial de Aratu destacou-se em industrias de bens de consumo duráveis. • O pólo industrial integrado de Camaçari tem como principal empresa a Braskem. Que recebe petróleo da Petrobras e o transforma em subprodutos básicos.
  20. 20. Pernambuco • A maior parte dos estabelecimentos industriais do estado esta na área metropolitana do Recife, onde são encontradas industrias alimentícias, de material elétrico, de comunicação, metalúrgicas e de bens de consumo duráveis.
  21. 21. Ceará • Vem apresentando um forte crescimento nos setores de calçados e têxtil em virtudes das vantagens oferecidas às indústria para se instalarem em suas cidades.
  22. 22. Região Norte • Com a criação da Zona Franca de Manaus em 1967, as grandes distancias dos centros consumidores e a deficiência da rede de transportes da região acabaram por criar áreas industriais desarticuladas da economia regional. • Na Amazônia destaca-se na produção industrial como: equipamentos de comunicação, material eletrônico, motocicletas, lentes para óculos e relógios de pulso. • No Para destaca-se as industrias extrativas, na produção de alumínio, de madeira e de papel e celulose.
  23. 23. Região Centro-Oeste • Tem o menor valor da transformação industrial do pais, apresentando em 4º lugar quanto ao numero de estabelecimentos industriais e pessoal, vem apresentando elevado crescimento nos setores industriais ligados à agroindústria. Goiás é o estado mais industrializado com destaque para a sua capital.

×