Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.
A Revolução
Americana
Enquadramento
Iluminismo
Época
Contemporânea
Revoluções liberais
Revolução Liberal Portuguesa
Revolução Americana
Revoluçã...
No séc. XVIII a Inglaterra possuía treze colónias na costa ocidental da América
do Norte…
Colónias do Norte e do Centro:
(Nova Inglaterra)
Colónias do Sul:
A base económica era a agricultura,
complementada pela p...
As causas da Revolução
Consequências da Guerra dos Sete Anos
Em 1764 e 1765, o rei e o Parlamento inglês decidiram que os ...
Contestação ao sistema de exclusividade do comércio
As colónias americanas só podiam comprar e vender produtos a Inglaterr...
O espírito de revolta aumentou quando, em 1773,
foi lançado o Tea Act (imposto sobre o chá).
Em dezembro de 1773 deu-se a ...
A Declaração de Independência
A Revolução Americana resultou da insurreição das 13 colónias inglesas na América do Norte
c...
Declaração da Independência das 13 colónias
dos Estados Unidos da América.
Declaração da Independência
O texto faz eco dos...
Thomas Jefferson (3º
Presidente dos EUA)
Fundador dos EUA. Defensor
do espírito de liberdade,
princípio fundamental na
Rev...
 1775: os colonos americanos
e tropas inglesas defrontam-se
na batalha de Lexington;
 1777: Os colonos americanos
vencem...
A REVOLUÇÃO AMERICANA FOI UMA REVOLUÇÃO
LIBERAL
REVOLUÇÃO LIBERAL designa o movimento de revolta
contra a restrição das li...
A Constituição Americana de 1787 apresentava várias
características:
• Estabelece a república federal como modelo político...
A Constituição Americana de 1787
começa com a expressão:
“Nós o Povo dos Estados Unidos.”
“(Nos EUA) existe uma sociedade moderna que não é composta, como na
Europa, de grandes senhores que tudo possuem e de um p...
A Liberdade iluminando o Mundo é a designação
oficial da estátua, mais conhecida como Estátua da
Liberdade, que surge à en...
Exercício:
Justifique a afirmação:
“A Revolução Americana (…) é (…) uma guerra de libertação exterior, mas também uma nova...
Prochain SlideShare
Chargement dans…5
×

Revolução americana

7 983 vues

Publié le

Material de apoio aos conteúdos lecionados nas aulas

Publié dans : Formation

Revolução americana

  1. 1. A Revolução Americana
  2. 2. Enquadramento Iluminismo Época Contemporânea Revoluções liberais Revolução Liberal Portuguesa Revolução Americana Revolução Francesa
  3. 3. No séc. XVIII a Inglaterra possuía treze colónias na costa ocidental da América do Norte…
  4. 4. Colónias do Norte e do Centro: (Nova Inglaterra) Colónias do Sul: A base económica era a agricultura, complementada pela pesca, criação de gado, comércio e construção naval Atividades ligadas à agricultura (grandes plantações de tabaco e algodão) Usavam mão-de-obra livre Usavam mão-de-obra escrava e produziam (muitas vezes em regime de monocultura) para exportar para a metrópole Partilhavam: a língua inglesa, a religião protestante, a necessidade de defesa contra os ataques dos índios contra a expansão territorial dos franceses, o espírito de trabalho, uma forte tradição de liberdade de pensamento e a submissão à Coroa inglesa. … colónias com características distintas:
  5. 5. As causas da Revolução Consequências da Guerra dos Sete Anos Em 1764 e 1765, o rei e o Parlamento inglês decidiram que os colonos da América pagariam impostos para suportar os custos da guerra dos Sete Anos contra a França: - o Sugar Act - o Stamp Act Doc.2, pág.13 Pormenor de uma caricatura contra o Stamp Act, publicada em 1766. Este jornal da Pensilvânia (bem como os de outras cidades) substituiu o selo que deveria figurar no jornal (conforme o estabelecido pelo Stamp Act) pelo símbolo de uma caveira em protesto contra a imposição da Inglaterra.
  6. 6. Contestação ao sistema de exclusividade do comércio As colónias americanas só podiam comprar e vender produtos a Inglaterra ou às colónias inglesas e só podiam importar mercadorias europeias por intermédio de Londres; Descontentamento político Os colonos americanos, sendo cidadãos britânicos, não estavam representados no Parlamento de Londres, pelo que consideravam ilegais os impostos votados; Cronologia dos factos mais relevantes 1765 Stamp Act 1770 Primeira revolta em Boston 1773 Tea Act Boston Tea Party 1774 Declaração dos Direitos 1775 Início da guerra da independência Batalha de Lexington 1777 Batalha de Saratoga 1778 Aliança entre a França e os EUA 1781 Batalha de Yorktown Rendição inglesa 1787 Convenção de Filadélfia Aprovação da Constituição dos EUA
  7. 7. O espírito de revolta aumentou quando, em 1773, foi lançado o Tea Act (imposto sobre o chá). Em dezembro de 1773 deu-se a revolta de Boston Tea Party. Um grupo de colonos disfarçados de índios lançou ao mar a carga de chá de três navios no porto de Boston. O rei Jorge III reagiu com a interdição do porto, a ocupação militar da cidade e a exigência do pagamento de indemnizações e George Washington chefia um movimento de resistência.
  8. 8. A Declaração de Independência A Revolução Americana resultou da insurreição das 13 colónias inglesas na América do Norte contra o domínio da Inglaterra. Os revoltosos reuniram-se: - no 1º Congresso de Filadelfia (setembro de 1774) e exigiram as mesmas liberdades que a metrópole de forma a assegurar o desenvolvimento das colónias; - no 2º Congresso de Filadelfia (maio de 1775) onde não só organizaram a luta armada contra Inglaterra designando George Washington comandante-chefe do exército, como elaboraram e aprovaram a Declaração de Independência dos EUA (4 de julho de 1776), um texto redigido por Thomas Jefferson (que viria a ser o 3º presidente dos EUA )e que consagra os princípios iluministas da igualdade e da soberania popular; Ler e analisar Doc.5, pág.15
  9. 9. Declaração da Independência das 13 colónias dos Estados Unidos da América. Declaração da Independência O texto faz eco dos ideais iluministas e exalta : • a liberdade de expressão - a liberdade de pensamento • o direito à justiça e a um julgamento justo - a divisão dos poderes • a igualdade dos cidadãos perante a lei - o parlamentarismo • a liberdade religiosa - a eleição dos representantes pelos cidadãos
  10. 10. Thomas Jefferson (3º Presidente dos EUA) Fundador dos EUA. Defensor do espírito de liberdade, princípio fundamental na Revolução Americana. Integrou o segundo Congresso Continental de Filadélfia em 1776 e foi o redator da Declaração da Independência. George Washington (1º Presidente dos EUA) Fundador dos EUA. Comandou as tropas americanas durante a guerra pela independência, especialmente na batalha de Yorktown. Presidiu à convenção que, em 1787, redigiu a Constituição Americana. Foi eleito o primeiro presidente dos EUA em 1789 e apelidado de “pai da nação”. Figuras importantes da Revolução
  11. 11.  1775: os colonos americanos e tropas inglesas defrontam-se na batalha de Lexington;  1777: Os colonos americanos vencem na batalha de Saratoga;  1778: aliança entre os colonos e a França e, no mesmo ano, Espanha juntou-se à causa americana;  1781: derrota das tropas britânicas em Yorktown e rendição inglesa.  1783: Tratado de Versalhes – a Inglaterra reconhece a independência das 13 colónias; Guerra pela independência Pintura de Archibald MacNeal Willard. c. 1875.
  12. 12. A REVOLUÇÃO AMERICANA FOI UMA REVOLUÇÃO LIBERAL REVOLUÇÃO LIBERAL designa o movimento de revolta contra a restrição das liberdades e dos direitos. Defende a liberdade do indivíduo como um princípio supremo e inalienável. Defende a limitação do poder político. Defende que o Homem possui direitos naturais, fundamentais, que não podem ser restringidos ou postos em causa por nenhum poder. Os direitos e liberdades do Povo e o exercício do poder político estão consagrados na Constituição Americana, aprovada em 1787. Ler e analisar Doc. 9, pág.17
  13. 13. A Constituição Americana de 1787 apresentava várias características: • Estabelece a república federal como modelo político; • Estabelece a divisão tripartida do poder e a adoção do sistema presidencialista de exercício do poder executivo; • Atribui o poder legislativo ao Congresso, o poder executivo ao Presidente e o poder judicial ao Supremo Tribunal e aos tribunais estaduais; • Estabelece um Congresso bicameralista, ou seja, dividido em duas câmaras: o Senado e a Câmara dos Representantes; • Consagra o princípio da soberania popular, através do voto censitário, para a eleição do Congresso, e por sufrágio indireto para a eleição do Presidente.
  14. 14. A Constituição Americana de 1787 começa com a expressão: “Nós o Povo dos Estados Unidos.”
  15. 15. “(Nos EUA) existe uma sociedade moderna que não é composta, como na Europa, de grandes senhores que tudo possuem e de um povo que nada tem. Não há famílias aristocráticas, não há bispos, não há poder oculto. O americano é um homem novo que age segundo princípios novos” (relato de um francês que visitou os EUA em 1787) A independência e o novo modelo de organização política dos EUA tiveram grande impacto na Europa e na América Central e do Sul. A Revolução Americana constituiu o modelo de uma nova sociedade e inaugurou um período de revoluções no Ocidente – as Revoluções Liberais. O impacto da Revolução Americana na Europa e na América do Sul
  16. 16. A Liberdade iluminando o Mundo é a designação oficial da estátua, mais conhecida como Estátua da Liberdade, que surge à entrada do porto de Nova Iorque. Foi um presente do povo da França ao povo dos Estados Unidos. Obra do escultor francês Frédéric de Bartholdi, com a colaboração de Gustave Eiffel. Destinou-se a assinalar o primeiro centenário da independência americana. Na mão esquerda, A Liberdade segura um livro onde está inscrita a data da Declaração da Independência, 4 de julho de 1776.
  17. 17. Exercício: Justifique a afirmação: “A Revolução Americana (…) é (…) uma guerra de libertação exterior, mas também uma nova contestação dos fundamentos e das formas de governo (…)” René Remond … porque as colónias se libertaram da metrópole; … porque se reclamaram os princípios políticos iluministas de defesa da liberdade e da igualdade

×