Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.

Workshop • UX design •

1 388 vues

Publié le

• Sobre o Workshop •
Tem como objetivo desmistificar o termo “UX Design” e oferecer contato com alguns processos-chave que fazem parte desse universo tão comentado atualmente.
Uma imersão em novos conceitos e ideias que irão iluminar a perspectiva sobre a experiência de interação humano-computador.

Publié dans : Design

Workshop • UX design •

  1. 1. UX DESIGNWORKSHOP
  2. 2. Suzi Sarmento • UI/UX Designer • Trabalha com visual design e experiência do usuário há mais de 6 anos. Já passou pelas áreas de publicidade, portal de notícias, e-commerce, e agora faz parte do time de UX da startup Youse.
  3. 3. E me conta de você: ● Qual o seu nome? ● O que faz da vida? ● E qual é o seu aplicativo favorito? (Ou quais)
  4. 4. vamos falar sobre o Comportamento humano
  5. 5. Hoje as pessoas estão mais Conectadas do que nunca
  6. 6. Pew Research Center, April , 2015 25% das pessoas estão conectadas em 4 ou mais devices por semana.
  7. 7. Essa campanha foi baseada em pesquisas que revelaram que 84% das pessoas não ficam sem celular um único dia sequer.
  8. 8. Já parou pra pensar o porquê?
  9. 9. Facilita, poupa seu tempo e melhora sua vida.
  10. 10. De onde veio esse lance de UX?
  11. 11. Titio Don Normam ;P
  12. 12. "I invented the term because I thought Human Interface and usability were too narrow: I wanted to cover all aspects of the person's experience with a system, including industrial design, graphics, the interface, the physical interaction, and the manual." Don Normam
  13. 13. Ou talvez bem antes, com: "If the point of contact between the product and the people becomes a point of friction, then [the designer] has failed. If, on the other hand, people are made safer, more comfortable, more eager to purchase, more efficient-or just plain happier-the [the designer] has succeeded. " Designing for People - Henry Dreyfuss (1904 – 1972)
  14. 14. Henry Dreyfuss Designer Industrial
  15. 15. Alguns estudos antropométricos feitos por Henry
  16. 16. Sobre interfaces ou Designers (ou DAs) egoístas
  17. 17. E o UX designer O que faz?
  18. 18. O que você precisa saber para se tornar um bom UX Designer?
  19. 19. 1.Ter empatia Acima de tudo, bons UX Designers sentem empatia por outras pessoas. Empatia é incrivelmente importante quando se desenha uma interface. Você precisa entender as necessidades e dores das pessoas, só assim conseguirá desenvolver soluções adequadas.
  20. 20. 2.Questionar Questione tudo. Isso abrirá sua mente para novas perspectivas. Novas soluções. Novas alternativas e novos problemas também. Questione tudo.
  21. 21. 3.Manjar dos paranauê de princípios de design & Usabilidade Esses princípios vão te ajudar a encontrar melhores soluções e oferecer a melhor experiência para os usuários.
  22. 22. Closure exemplo aplicado
  23. 23. 4.Experiências ≠ Buscar conhecimento em outras áreas ajuda a entender e conhecer mais sobre o comportamento humano. Entender os pensamentos e sentimentos dos usuários ajuda os UX designers a guiar suas decisões de projeto para a direção certa.
  24. 24. 5.Processos de UX O processo de experiência do usuário normalmente consiste em cinco fases principais: estratégia, pesquisa, análise, concepção e produção.
  25. 25. Check list de um projeto de UX
  26. 26. Como podemos desenhar experiências que respeitem, empoderem e melhorem a vida das pessoas?
  27. 27. partiu aomozo!
  28. 28. projeto do curso E-commerce de esportes
  29. 29. Análise Heurística
  30. 30. Como e por que? Uma das técnicas mais importantes para começar a projetar experiências de usuário (UX). A Análise Heurística se trata de uma técnica de pesquisa e avaliação da usabilidade de um determinado projeto ou dos projetos concorrentes.
  31. 31. Design thinking, a gourmetização do design?
  32. 32. Design centrado no usuário É o processo onde mantemos o foco nas necessidades, desejos e limitações dos usuários.
  33. 33. Imagine agora que cada grupo faz parte do time de UX de um e-commerce de produtos esportivos. A partir dessa ideia vamos realizar as seguintes técnicas: 1 - Planejamento do "the brief"' 2 - Criação de Personas (proto personas) 3 - Jornada do consumidor 4 - Teste de usabilidade.
  34. 34. Exercício 1 The Brief
  35. 35. The design brief Quais as soluções, os diferenciais do seu produto? Quais os atributos e a personalidade do seu produto? Para qual público ele foi desenhado? Qual o propósito do seu produto?
  36. 36. The design brief é algo que você cria para o seu time, para os stakeholders, para qualquer um que esteja envolvido com o projeto. Ele ajuda a manter todos com a mesma visão e compartilhar a essência da experiência do usuário.
  37. 37. Visão (Why) Uma breve história que contextualize o porquê do produto ser tão importante para a vida das pessoas. Requisitos (What) Quais as características que fazem dele tão especial? Princípios do produto (How) Como esse produto vai interferir na vida das pessoas de maneira positiva.
  38. 38. Exercício 2 Crie Personas (ou proto personas)
  39. 39. Alan Cooper "Personas são personagens fictícios de produtos e serviços que representam as necessidades de um grupo maior de usuários. Devem ser criadas com base em dados reais e atuam, nos projetos de design, como representantes dos usuários reais ajudando a equipe a tomar decisões sobre funcionalidades e design"
  40. 40. Leah Buley "Proto Personas é uma versão modificada das personas e simula o mesmo tipo de empatia e pensamento centrado no usuário. Porém com muito menos investimento de tempo. É baseado em insights, em menos dados reais, mas pode ajudar o time a ter um mindset que atenda às necessidades dos usuários.
  41. 41. Como criar? Discuta com o grupo o que eles sabem ou supeitam sobre os usuários do site e então foque em um tipo em particular para desenvolver como proto-persona. Descreva com detalhes a história dessa "pessoa". Onde vive? O que faz da vida? Quais as suas frustrações. Como seria a rotina dessa pessoa? Como era a vida dela antes de usar o produto/site ?
  42. 42. infos importantes Trate essas proto-personas como hipóteses que podem ser validadas ou invalidadas. Não confunda proto-personas com personas de verdade, esse processo rápido que executamos serve apenas como oportunidades de investigação, um norte para você continuar o processo de pesquisa de verdade.
  43. 43. Exercício 3 Jornada do usuário
  44. 44. Exercício 3 Jornada do usuário
  45. 45. Por que criar? ● Para mapear possíveis comportamentos dos usuários dentro do site; ● Para antecipar possíveis melhorias e novas funcionalidades; ● Ajuda a definir a taxonomia e a interface;
  46. 46. Como criar? Com base nos dados das personas que você criou, crie um mapa com a jornada do consumidor. Post-it verde - para o que motivou a pessoa a entrar no site Post-it amarelo - para o que fez a pessoa continuar no processo de compra Post-it rosa - problemas ou atitudes tomadas depois da compra
  47. 47. Ativação Avaliação Compra Pós-compra
  48. 48. Entenda o modelo mental dos usuários. Como? Card Sorting.
  49. 49. Cafézinho?
  50. 50. Exercício 4 Teste de usabilidade
  51. 51. Um teste de usabilidade é uma técnica de pesquisa muito utilizada para validar hipóteses, dúvidas e questionamentos sobre as interfaces. Essa técnica segue um roteiro que contém tarefas relacionas com as hipóteses que queremos validar.
  52. 52. testes de usabiliade é uma eterna arte de praticar o desapego
  53. 53. Exemplo de cenário e tarefas Você é uma pessoa que gosta de fazer exercícios físicos e sua nutricionista indicou whey protein para sua nova dieta. Tarefa 1 - O que você faria para comprar esse produto? Tarefa 2 - Entre no site X e procure esse produto. Tarefa 3 - Compre o whey de sabor morango.
  54. 54. Ferramentas online que ajudam a entender os usuários
  55. 55. Heatmaps exibem clicks, mapas de calor e até onde o usuário fez o scroll na página.
  56. 56. Gravação das visitas feitas no site
  57. 57. Funis de conversão
  58. 58. Para desenhar e prototipar interfaces para os usuários
  59. 59. Cursos http://arquiteturadeinformacao.com/user-experience/cursos-de-ux-design-no-exterior-e-tambem- online/ No Brasil eu não encontrei nenhum ainda =,( Na gringa http://www.cooper.com/training/ https://www.nngroup.com/training/ Online http://www.lynda.com/User-Experience-training-tutorials/97-0.html https://www.udacity.com/course/product-design--ud509 http://www.invisionapp.com/ecourses/principles-of-ux-design
  60. 60. Referências - UX http://blog.usabilla.com/the-20-best-ux-articles-of-2015-part-1/ http://blog.usabilla.com/the-20-best-ux-articles-of-2015-part-2/ http://arquiteturadeinformacao.com/user-experience/os-vencedores-do-ixda-awards-2016/? utm_content=buffer0192c&utm_medium=social&utm_source=facebook.com&utm_campaign=buffer http://www.uxdesign.blog.br/usabilidade/10-licoes-de-usabilidade-de-steve-krug/ http://www.uxdesign.blog.br/user-experience/ux-ecommerce-jornada-do-consumidor/ http://samuraiux.com.br/blog/user-experience-samurai/guia-ux-o-que-e-jornada-do-usuario/ http://www.linhadecodigo.com.br/artigo/2355/abc-da-usabilidade-analise-heuristica.aspx https://medium.com/ux-ui-design-1/analise-heuristica-o-que-e-fff5b7826ecb#.w049oo4oc http://www.uxdesign.blog.br/user-experience/ux-por-onde-comecar/
  61. 61. Livros
  62. 62. Livros
  63. 63. Palestras e vídeos Sobre os princípios de design aplicado a UX
  64. 64. Brigada e Vlw. Flw.

×