Ce diaporama a bien été signalé.

3. a nova vida em cristo

4

Partager

Chargement dans…3
×
1 sur 14
1 sur 14

3. a nova vida em cristo

4

Partager

Télécharger pour lire hors ligne

  1. 1. 3. A Nova Vida em Cristo 1/12
  2. 2. Depois que o homem começa uma nova vida com Cristo, recebendo o perdão dos seus pecados, a Bíblia diz que o mesmo é uma nova criatura; portanto, devemos conhecer algumas das condições dessa nova vida. 2/12
  3. 3. 3.1- A TRANSFORMAÇÃO DO HOMEM • O homem salvo agora é uma nova criatura. 2 Cor 5:17 E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas. • Deus insere na nossa natureza humana uma nova tendência através do Espírito Santo. Nascemos sob o pecado, com uma propensão inata e natural para perversão. 3/12
  4. 4. Quando abrimos o coração para Jesus, Deus insere em nós uma nova tendência na nossa natureza. Romanos 8:5,6...Porque os que se inclinam para a carne cogitam das coisas da carne; mas os que se inclinam para o Espírito, das coisas do Espírito. Porque o pendor da carne dá para a morte, mas o do Espírito, para a vida e paz. Quando aceitamos a Jesus, o Espírito Santo vem sobre nossa vida e gera em nós uma nova mentalidade,mortificando os efeitos da carne, nos enchendo do seu poder para vivermos segundo a mente de Deus. 4/12
  5. 5. • Deus nos dá consciência de que há prazeres que edificam e prazeres que geram a morte, e também nos dá poder para dizer não aos desejos da carne. Quanto mais investimento no Espírito, menos cederemos aos desejos da carne. Romanos 8:13Porque, se viverdes segundo a carne, caminhais para a morte; mas, se, pelo Espírito, mortificardes os feitos do corpo, certamente, vivereis. 5/12
  6. 6. 3.2- O PROBLEMA DA TENTAÇÃO A maior parte de nossas batalhas espirituais são vencidas ou perdidas exatamente na arena de nosso coração e mente. Se levarmos cada pensamento a obediência ao Senhor, nossa caminhada diária será também obediente. Ao contrário, se permitirmos que nossos pensamentos tenham liberdade a ceder às sugestões tentadoras do inimigo, logo nos encontraremos, vivendo nossas fantasias secretas. 6/12
  7. 7. Inicialmente nossos pensamentos não são nada mais que reações involuntárias aos estímulos externos. Por exemplo, quando estou lendo a Bíblia ou adorando a Deus na igreja, meus pensamentos se dirigem a Deus, por outro lado quando sou bombardeado com estímulos materialistas e sexuais, meus pensamentos se voltam para realização desses desejos. 7/12
  8. 8. Nesse ponto meus pensamentos ainda se encaixam no reino da tentação. Posso rejeitá-los ou então criar um lugar para eles em meu coração. Se me recuso a permitir que se alojem, logo desaparecerão e morrerão, pois precisam de meu consentimento para existir. Os meus pensamentos se transformam em pecado, quando dou a eles permissão para seu alojamento dentro de mim. 8/12
  9. 9. • Na raiz de cada luta espiritual, há duas forças em guerra, a vontade de Deus e a nossa vontade. Quando chega a tentação, somos o nosso pior inimigo. O tentador tem uma parte a executar, como também os amigos e colegas que nos influenciam, mas a parte deles é pequena. O papel principal é do inimigo interno, isto é, a nossa vontade. Tiago 1:14 Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz. Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte. 9/12
  10. 10. 3.3- UMA VIDA VITORIOSA A nossa vitória se dá quando nos submetemos à vontade de Deus e rejeitamos fazer a nossa vontade. Isto significa se render ao senhorio de Cristo. A cada obediência à vontade de Deus produz um enfraquecimento da nossa vontade. Todas às vezes que vencemos uma batalha contra a tentação, enfiamos uma faca em nosso “eu”. 10/12
  11. 11. Quando se trata da tentação, a causa principal é a nossa natureza caída, isto é a nossa predisposição pra pecar. A única defesa do crente contra as mentiras do diabo é a verdade da Palavra de Deus. Nunca use nenhum raciocínio ou lógica, porque você vai cair. 11/12
  12. 12. • O próprio Senhor Jesus ao ser tentado usou a verdade da palavra de Deus. Mateus 4:3,4...Então, o tentador, aproximando-se, lhe disse: Se és Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães. Jesus, porém, respondeu: Está escrito: • Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus. 12/12
  1. 1. 3. A Nova Vida em Cristo 1/12
  2. 2. Depois que o homem começa uma nova vida com Cristo, recebendo o perdão dos seus pecados, a Bíblia diz que o mesmo é uma nova criatura; portanto, devemos conhecer algumas das condições dessa nova vida. 2/12
  3. 3. 3.1- A TRANSFORMAÇÃO DO HOMEM • O homem salvo agora é uma nova criatura. 2 Cor 5:17 E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas. • Deus insere na nossa natureza humana uma nova tendência através do Espírito Santo. Nascemos sob o pecado, com uma propensão inata e natural para perversão. 3/12
  4. 4. Quando abrimos o coração para Jesus, Deus insere em nós uma nova tendência na nossa natureza. Romanos 8:5,6...Porque os que se inclinam para a carne cogitam das coisas da carne; mas os que se inclinam para o Espírito, das coisas do Espírito. Porque o pendor da carne dá para a morte, mas o do Espírito, para a vida e paz. Quando aceitamos a Jesus, o Espírito Santo vem sobre nossa vida e gera em nós uma nova mentalidade,mortificando os efeitos da carne, nos enchendo do seu poder para vivermos segundo a mente de Deus. 4/12
  5. 5. • Deus nos dá consciência de que há prazeres que edificam e prazeres que geram a morte, e também nos dá poder para dizer não aos desejos da carne. Quanto mais investimento no Espírito, menos cederemos aos desejos da carne. Romanos 8:13Porque, se viverdes segundo a carne, caminhais para a morte; mas, se, pelo Espírito, mortificardes os feitos do corpo, certamente, vivereis. 5/12
  6. 6. 3.2- O PROBLEMA DA TENTAÇÃO A maior parte de nossas batalhas espirituais são vencidas ou perdidas exatamente na arena de nosso coração e mente. Se levarmos cada pensamento a obediência ao Senhor, nossa caminhada diária será também obediente. Ao contrário, se permitirmos que nossos pensamentos tenham liberdade a ceder às sugestões tentadoras do inimigo, logo nos encontraremos, vivendo nossas fantasias secretas. 6/12
  7. 7. Inicialmente nossos pensamentos não são nada mais que reações involuntárias aos estímulos externos. Por exemplo, quando estou lendo a Bíblia ou adorando a Deus na igreja, meus pensamentos se dirigem a Deus, por outro lado quando sou bombardeado com estímulos materialistas e sexuais, meus pensamentos se voltam para realização desses desejos. 7/12
  8. 8. Nesse ponto meus pensamentos ainda se encaixam no reino da tentação. Posso rejeitá-los ou então criar um lugar para eles em meu coração. Se me recuso a permitir que se alojem, logo desaparecerão e morrerão, pois precisam de meu consentimento para existir. Os meus pensamentos se transformam em pecado, quando dou a eles permissão para seu alojamento dentro de mim. 8/12
  9. 9. • Na raiz de cada luta espiritual, há duas forças em guerra, a vontade de Deus e a nossa vontade. Quando chega a tentação, somos o nosso pior inimigo. O tentador tem uma parte a executar, como também os amigos e colegas que nos influenciam, mas a parte deles é pequena. O papel principal é do inimigo interno, isto é, a nossa vontade. Tiago 1:14 Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz. Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte. 9/12
  10. 10. 3.3- UMA VIDA VITORIOSA A nossa vitória se dá quando nos submetemos à vontade de Deus e rejeitamos fazer a nossa vontade. Isto significa se render ao senhorio de Cristo. A cada obediência à vontade de Deus produz um enfraquecimento da nossa vontade. Todas às vezes que vencemos uma batalha contra a tentação, enfiamos uma faca em nosso “eu”. 10/12
  11. 11. Quando se trata da tentação, a causa principal é a nossa natureza caída, isto é a nossa predisposição pra pecar. A única defesa do crente contra as mentiras do diabo é a verdade da Palavra de Deus. Nunca use nenhum raciocínio ou lógica, porque você vai cair. 11/12
  12. 12. • O próprio Senhor Jesus ao ser tentado usou a verdade da palavra de Deus. Mateus 4:3,4...Então, o tentador, aproximando-se, lhe disse: Se és Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães. Jesus, porém, respondeu: Está escrito: • Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus. 12/12

Plus De Contenu Connexe

×