Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.

Luis Vidigal - Rendimento Básico Universal (RBU) - Uma inevitabilidade para o Futuro?

77 vues

Publié le

Rendimento Básico Universal (RBU) Uma inevitabilidade para o Futuro? ULHT / OLAE – 24 de Maio de 2018

  • Soyez le premier à commenter

Luis Vidigal - Rendimento Básico Universal (RBU) - Uma inevitabilidade para o Futuro?

  1. 1. Luís Vidigal 24/5/2018 Rendimento Básico Universal (RBU) Uma inevitabilidade para o Futuro? Luís Vidigal ULHT / OLAE – 24 de Maio de 2018 1
  2. 2. Luís Vidigal 24/5/2018 Grandes objeHvos Crescimento Económico Criação de Valor Inclusão Digital Coesão Social 2
  3. 3. Luís Vidigal 24/5/2018 Futuros na Sociedade da Informação Grupo da APDSI •  Desenvolver reflexão e pensamento estratégico sobre o futuro da SI •  Ser um espaço de aprendizagem coleEva •  Ajudar a APDSI a melhorar a sua capacidade de influenciar as políEcas futuras no domínio da SI •  Dois cenários abordados: ConHnuidade e Disrupção 3
  4. 4. Luís Vidigal 24/5/2018 Que tendências nos irão afetar no Futuro? (Abordagem PESTEL) 4
  5. 5. Luís Vidigal 24/5/2018 Explorar o Futuro 5 Junho 2016 Dezembro 2017
  6. 6. Luís Vidigal 24/5/2018 Cenário DisrupHvo •  Mudanças “QualitaEvas” •  Evolução disrupEva •  HLAI – Não existem limites para o desenvolvimento das tecnociências •  A “Máquina Inteligente” coexiste/integra o humano (Transhumanismo) MulHdimensionalidade da Inteligência •  Extensão não marginal do tempo de vida dos humanos •  Coloca questões éEcas e filosóficas do Hpo: Quem sou eu ? Onde é que estou ? Ou Onde é que me puseram ? . 6
  7. 7. Luís Vidigal 24/5/2018 Grandes Tendências 7
  8. 8. Luís Vidigal 24/5/2018 MoHvações para o RBU Pressões •  Cienhficas / Tecnológicas •  Empresariais / Zero Based Cost •  Ideológicas / Estado Mínimo Impactos e Reações •  Societárias / Coesão Social •  Económicas / Consumo
  9. 9. Luís Vidigal 24/5/2018 Pressões CienRficas e Tecnológicas 9
  10. 10. Luís Vidigal 24/5/2018 10 Máquina Cérebro Humano
  11. 11. Luís Vidigal 24/5/2018 Homem ou Máquina? Teste de Inteligência Humana 11
  12. 12. Luís Vidigal 24/5/2018 Para já as máquinas são Ratos 12
  13. 13. Luís Vidigal 24/5/2018 Sistemas Neuromórficos 13
  14. 14. Luís Vidigal 24/5/2018 Aceleração Tecnológica 14
  15. 15. Luís Vidigal 24/5/2018 As 4 fases da Era Digital 15 Crowd Companies, Jan 2016
  16. 16. Luís Vidigal 24/5/2018 Convergência Tecnológica 16
  17. 17. Luís Vidigal 24/5/2018 Convergência Tecnológica Indústria 4.0 17 Automação IoT Internet das Coisas Convergência IT / OT Redes •  Ethernet, IP, WIFI, Gateways •  Redes de ponta inteligentes Computação FOG •  Banda Larga Móvel Coisas •  Computação embebida / micro-sensores •  Drives / Aplicações móveis •  Tecnologia Wearable Dados •  Infraestrutura Cloud •  Plataformas IoT •  Big Data PrediHvo / AnalyHcs / Machine Learning
  18. 18. Luís Vidigal 24/5/2018 Tendências Tecnológicas •  Melhoramento Humano: Pela via da biotecnológica (NBIC) •  Prolongamento não marginal da vida humana •  Transhumanismo •  A autodeterminação da IA •  A Internet de “tudo” (IoE) •  Matéria programável •  Computação quânHca •  Robots com acção de/em grupo 18
  19. 19. Luís Vidigal 24/5/2018 Pressões Empresariais 19
  20. 20. Luís Vidigal 24/5/2018 Pressão para o Custo Zero 20 ZBx Zero-Based Spend Zero-Based OrganizaHon Zero-Based Front Office Zero-Based Supply Chain
  21. 21. Luís Vidigal 24/5/2018 Na Administração Pública Remover as arbitrariedades A verdadeira lei é o algorítmo Recuperar •  Accountability •  Coordenação •  Transparência •  Equidade •  Imparcialidade New Weberian e post NPM 21
  22. 22. Luís Vidigal 24/5/2018 AutomaHzar e Redesenhar Processos 22 AutomaEzação Agressiva Redesenhar e AutomaEzar AutomaEzação SeleEva Redesenho SeleEvo Alto Baixo Valor da Automação para o Negócio Qualidade dos processos atuais Alta Baixa April 13, 2017 Bain Brie
  23. 23. Luís Vidigal 24/5/2018 Pressões Ideológicas 23
  24. 24. Luís Vidigal 24/5/2018 Estado Mínimo (Minarquismo) 24 Nenhum Estado pode ser maior do que o Estado mínimo que pode ser jusEficado
  25. 25. Luís Vidigal 24/5/2018 Neoliberalismo •  Estado Mínimo (Minarquismo) •  Segurança e defesa fortes •  Desregulação •  PrivaHzação •  Redução drásHca das despesas do Estado •  Individualismo •  Autodeterminação •  O Mercado é uma lei natural 25
  26. 26. Luís Vidigal 24/5/2018 Impactos e Reações Sociais 26
  27. 27. Luís Vidigal 24/5/2018 Exclusão Social “Muitas pessoas não podem beneficiar de tudo o que acumulamos e de tudo o que sabemos” 27
  28. 28. Luís Vidigal 24/5/2018 Desigualdades vs Saúde e Problemas Sociais 28 •  Esperança Média de Vida •  Literacia •  Mortalidade InfanHl •  Homicídios •  Prisioneiros •  Mães adolescentes •  Confiança •  Obesidade •  Doenças Mentais (Drogas e Alcoolismo) •  Mobilidade Social
  29. 29. Luís Vidigal 24/5/2018 Limiar do Risco de Pobreza em Portugal 29 1994 2.602 € 2016 5.443 €
  30. 30. Luís Vidigal 24/5/2018 Tendências Sociais •  Robots com presença na Vida Diária •  Mudanças Demográficas •  Simplificação do Estado Social •  RBU – Rendimento Básico Universal •  Cibercultura •  O Fim da Privacidade 30
  31. 31. Luís Vidigal 24/5/2018 Impactos e Reações Económicas 31
  32. 32. Luís Vidigal 24/5/2018 Economias de hoje 32
  33. 33. Luís Vidigal 24/5/2018 Emprego •  Part-Hme •  Temporário •  Freelance •  Self-employed
  34. 34. Luís Vidigal 24/5/2018 Automação e Desemprego 34
  35. 35. Luís Vidigal 24/5/2018 # Empregos em risco Frey†, Carl Benedikt & Michael A. Osborne (2013). The Future of Employment: How SuscepHble are Jobs to ComputerisaHon? Oxford University Engineering Sciences Department and the Oxford MarHn Programme on the Impacts of Future Technology, in Workshop “Machines and Employment”, September 17th Parar Avançar
  36. 36. Luís Vidigal 24/5/2018 Pessoas e Robots Fim da Globalização? Graças à automação, os EUA produziram em 2017 85% mais bens do que em 1987, mas com apenas dois terços do número de trabalhadores 36
  37. 37. Luís Vidigal 24/5/2018 Era do Pós-Emprego O Fim da História? 37 Automação 1 Desemprego 2 Quebra de Rendimento 3 Quebra de Consumo 4 Fim da Economia 5 PolíEcas Públicas Rendimento Básico Universal Felicidade 6
  38. 38. Luís Vidigal 24/5/2018 Sustentabilidade do Estado Social 38 Tempo Estado Social Acionistas Bismarck Séc XIX
  39. 39. Luís Vidigal 24/5/2018 Uma nova Ordem Económica •  A revolução Tecnológica e a evolução da Ciência possibilitarão caminhar para uma economia da abundância ou de pós- escassez •  A maioria dos bens e serviços terão uma produção automaEzada, em abundância, com um mínimo de trabalho humano, assente em robots e na inteligência das máquinas e disponíveis para todos os cidadãos a custo muito baixo •  Declínio acentuado da pobreza material devido ao crescimento económico nomeadamente das economias hoje emergentes e do RBU •  A prosperidade virá cada vez mais de sectores que fornecem produtos imateriais - a economia de serviços •  “GDP Global” a duplicar até 2050 •  Poder económico a mover-se para Sul e Este 39
  40. 40. Luís Vidigal 24/5/2018 Nova Geração de Direitos •  Numa era de integração “Humano/Máquina” o que é a “Dignidade Humana” ? ConHnuará esta a ser um desígnio societal ? •  Estado Soberano, o Estado de Direito democráEco baseado na “dignidade humana” que consta hoje de algumas ConsHtuições poderá ter, em muitos casos, dificuldade de sobreviver •  A IA avançada, a RV aumentada e a IoE criarão seres que passarão de “coisas” ou “objectos de direito” a sujeitos de acção (drones, robots, negociadores em rede, motores de busca inteligentes, ...) •  Alteração profunda dos conceitos de responsabilidade civil, penal, administraHva ou fiscal hoje existentes •  O espaço de nascimento, residência ou de trabalho será irrelevante e será dominado por pertença a grupos de conhecimento que não reconhecem fronteiras e estados •  Estaremos no que se designa por Sexta Geração de Direitos, ou seja, o Direito do Transhumano - Cidadão Ciborgue e Novas Cidadanias 40
  41. 41. Luís Vidigal 24/5/2018 Rendimento Básico Universal (RBU) 41
  42. 42. Luís Vidigal 24/5/2018 Que necessidades suportar? Pirâmide de Maslov 42 Realização Pessoal EsHma Pertença Segurança Segurança Física, Rendimento, Saúde Sobrevivência Comida, Água, Abrigo
  43. 43. Luís Vidigal 24/5/2018 RBU Universal ou Indexado? 43 A Luta A Boa Vida Sobrevivência Segurança Relações Sociais Respeito Auto-Realização Desenvolvimento Intensidade das Necessidades
  44. 44. Luís Vidigal 24/5/2018 Soberania Serviços universais Funções de Soberania •  Defesa •  Segurança pública •  JusHça Serviços Básicos •  Saúde •  Educação •  Habitação Saúde Educação Habitação
  45. 45. Luís Vidigal 24/5/2018 Questões para Reflexão 45
  46. 46. Luís Vidigal 24/5/2018 Questões para Reflexão 1.  Poderá assisHr-se ao colapso da autonomia do ser humano (da qual a natureza humana consHtui o firme fundamento da moralidade) ? 2.  Ainda estamos a tempo de impedir a autodeterminação da IA já em desenvolvimento ? 3.  Se se confirmar a autodeterminação da IA e se o “Valor Acrescentado ArHficial” for superior ao “Valor Acrescentado do Humano”, para que servirá o Homo Sapiens ? 46
  47. 47. Luís Vidigal 24/5/2018 Questões para Reflexão 4.  Quais as consequências do melhoramento humano por vias biotecnológicas (NBIC), nomeadamente ao nível da moral induzida por alterações cerebrais ? 5.  Se formos um misto de Humanos + Máquinas qual o senHdo de “Dignidade Humana” ? 6.  Na Era da Longevidade –  Poderemos nós escolher o nosso próprio perfil de evolução ? –  De que forma se fará o relacionamento entre gerações ? –  Como evoluirá o conceito de Família ? E o de AfecHvidade ? –  Como garanHr o direito a parHr? 47
  48. 48. Luís Vidigal 24/5/2018 Questões para Reflexão 7.  Decorrentes do cenário que alterações fundamentais se colocam ao nível da Religião, da PolíEca e da Filosofia ? 8.  O que é ser-se feliz no contexto deste cenário ? 9.  Quem sou eu? Onde é que estou? Onde é que me puseram? Are you Living in a Computer SimulaHon ? 48 Nick Bostrom – Philosophical Quartly (2003)
  49. 49. Luís Vidigal 24/5/2018 Onde começar? 49 Novas tecnologias Novos paradígmas
  50. 50. Luís Vidigal 24/5/2018 Obrigado 50 Telefone: +351 963459044 Mail: vidigal.luis@gmail.com Skype: luis.vidigal1 Blog: hÅp://mudaroestado.blogspot.com Facebook: hÅp://www.facebook.com/lvidigal Linkedin: hÅp://www.linkedin.com/in/luisvidigal Twirer: @luisvidigal Apresentações: hÅp://www.slideshare.net/vidigal Papers: hÅps://ulisboa.academia.edu/LuisVidigal

×