Ce diaporama a bien été signalé.
Le téléchargement de votre SlideShare est en cours. ×

Cnidarios - E.M.

Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Prochain SlideShare
Filo cnidaria
Filo cnidaria
Chargement dans…3
×

Consultez-les par la suite

1 sur 14 Publicité
Publicité

Plus De Contenu Connexe

Publicité
Publicité

Cnidarios - E.M.

  1. 1. CNIDÁRIOS
  2. 2. CARACTERÍSTICAS GERAIS Também conhecidos por celenterados (significa – dotados de cavidade intestinal). Primeiros a apresentarem corpo com tecidos organizados e um princípio de aparelho digestório; Exclusivamente na água, a maioria habitando os mares; Podem viver em colônias – os recifes de corais; Posuem simetria radia; A maioria dos cnidários passa por duas fases no seu ciclo de vida: uma fase conhecida por pólipo e a outra por medusa.
  3. 3. CARACTERÍSTICAS GERAIS  Presença de células especiais chamadas cnidoblastos ou cnidócitos, que produzem uma substância urticante, utilizada para defesa e captura de pequenos animais utilizados como alimento;  Localizadas nos tentáculos (único tentáculo pode conter milhares de cnidoblastos) e ao redor da boca;  Dentro do cnidoblasto está o nematocisto, que dispara substâncias tóxicas quando tocado;  Podem causar paralisação ou morte no caso de pequenos animais atingidos, como crustáceos, peixes ou vermes;  Em seres humanos, pode causar sérias queimaduras;
  4. 4. CARACTERÍSTICAS GERAIS A parede do corpo dos cnidários apresenta: • Epiderme (externa) - células epitélio- musculares células sensoriais, células intersticiais e cnidócitos. • Gastrodermedo (interna) - células intersticiais, células glandulares e células muscular- digestivas. • Entre a epiderme e a gastroderme há uma camada gelatinosa denominada mesogleia, onde encontramos as células nervosas.
  5. 5. CARACTERÍSTICAS GERAIS • O corpo dos cnidários abriga uma cavidade denominada gastrovascular. • Sistema digestivo incompleto: são dotados apenas de um orifício para a boca (não há ânus). • Possuem dois processos digestivos. • Extracelular: ao entrar na cavidade o alimento é colocado em contato com algumas enzimas. • Intracelular: as partículas são englobadas pelas células do revestimento da cavidade, em cujo citoplasma a digestão se encerra.
  6. 6. MORFOLOGIA • São chamados diblásticos - apresentam dois tipos de tecidos em seu desenvolvimento embrionário; • São animais carnívoros e se alimentam de pequenos crustáceos, de larvas, de insetos, de moluscos e de pequenos peixes. • As trocas gasosas e a excreção (amônia) de resíduos metabólicos se processam por difusão através da superfície do corpo. • Sistema nervoso rudimentar - difuso ou reticular.
  7. 7. PÓLIPOS
  8. 8. PÓLIPOS  Corpo cilíndrico;  Geralmente sésseis;  Extremidade inferior fechada, por onde o animal se fixa a um substrato qualquer;  A outra extremidade é aberta e nela há uma boca, geralmente rodeada por tentáculos;  Eles podem viver isolados ou em colônias.
  9. 9. MEDUSA
  10. 10. MEDUSA  Possui um corpo gelatinoso em forma de guarda-chuva com a boca localizada na parte inferior;  Tem vida livre e nada ativamente;  Possui tentáculos longos que estão distribuídos ao redor da boca e nas bordas do corpo;  Algumas são microscópicas, mas há espécies muito grandes, cujos tentáculos chegam a atingir vários metros de comprimento.
  11. 11. CLASSIFICAÇÃO • Classe Hydrozoa: os hidrozoários apresentam a forma de pólipo nitidamente predominante. Os organismos mais conhecidos são a Hydra, a Obelia e a Physalia pelagica. • Classe Scyphozoa: os cifozoários apresentam a forma de medusa como duradoura, e os animais podem variar de poucos centímetros a dois metros de diâmetro. São exemplos conhecidos a Aurelia aurita (a “água-viva”), a vespa marinha e a Haliclystus. • Classe Anthozoa: os antozoários apresentam somente a forma de pólipos. São exemplos de antozoários as anêmonas-do-mar e os corais.
  12. 12. REPRODUÇÃO Assexuada
  13. 13. REPRODUÇÃO Sexuada
  14. 14. ALTERNÂNCIA DE GERAÇÕES

×