Ce diaporama a bien été signalé.
Le téléchargement de votre SlideShare est en cours. ×

Cap iii louvores particular

Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité

Consultez-les par la suite

1 sur 9 Publicité
Publicité

Plus De Contenu Connexe

Diaporamas pour vous (18)

Similaire à Cap iii louvores particular (20)

Publicité

Plus par Helena Coutinho (20)

Plus récents (20)

Publicité

Cap iii louvores particular

  1. 1.   Padre António Vieira (Sermão pronunciado em São Luís do Maranhão, a 13 de Junho de 1654)
  2. 2. Louvores em particular PEIXE DE TOBIAS - o fel sara a cegueira; o coração expulsa os demónios; "o fel era bom para curar da cegueira"; "o coração para lançar fora os demónios RÉMORA - tão pequeno no corpo e tão grande na força e no poder; "(...) se se pega ao leme de uma nau da índia (...) a prende e amarra mais que as mesmas âncoras, sem se poder mover, nem ir por diante." TORPEDO - descarga elétrica que faz tremer o braço do pescador; "Está o pescador com a cana na mão, o anzol no fundo e a bóia sobre a água, e em lhe picando na isca o torpedo, começa a lhe tremer o braço. Pode haver maior, mais breve e mais admirável efeito?" QUATRO-OLHOS -dois olhos voltados para cima para se vigiarem das aves; -dois olhos voltados para baixo para se vigiarem dos peixes. "e como têm inimigos no mar e inimigos no ar, dobrou-lhes a natureza as sentinelas e deulhes dois olhos, que direitamente olhassem para cima, para se vigiarem das aves, e outros dois que direitamente olhassem para baixo, para se vigiarem dos peixes."
  3. 3. Peixe de TOBIAS RÉMORA TORPEDO QUATRO-OLHOS VIRTUDES . O fel sara a cegueira . O coração lança fora os demónios . Pequena no corpo . grande na força e no poder. . Energia . Dois olhos olham para cima .dois olhos olham para baixo COMPARAÇÃO S. António. Alumiava e curava as cegueiras dos homens . Lançava os Demónios fora de casa S. António. A Língua de S. António Domou a fúria das paixões humanas: Soberba, Vingança, Cobiça, Sensualidade S. António 22 pescadores tremeram ouvindo as palavras de S. António e converteram-se Pregador O peixe ensinou o pregador a olhar para o Céu (para cima) e para o Inferno (para baixo)
  4. 4. Imagens Elementos Vocabulário essencial: • substantivos • adjetivos • verbos Nau Soberba • velas, vento • inchadas • desfazer, rebentavam Nau Cobiça • artilharia, botafogos • abocada, acesos • corriam, queimariam • gáveas • sobrecarregada, aberta • incapaz de fugir • cerração • enganados • perder a sua língua detêm a cobiça a sua língua contêm-nos Efeitos do poder Mão no leme a sua língua da língua de S. detém a fúria António Finalidade das Convencer os ouvintes interrogações Comentário sobre cada imagem Nau Sensualidade Nau Vingança Usadas com a finalidade de chamar a atenção dos ouvintes para as várias tentações a evitar.
  5. 5. CONCLUSÃO – CAP. III  Tobias: Os homens precisam de ser alumiados e curados da cegueira que lhes obscurece a razão.  Rémora: «pegada ao leme da nau, é freio da nau e leme do leme» = «virtude e força da língua de António» que teve mão nos soberbos, nos vingativos, nos cobiçosos, nos sensuais, o que sugere alegoricamente por meio de naus que a língua do Santo prendeu.  Torpedo: Aos pescadores da terra fazia-lhes falta um torpedo, para lhes fazer tremer o braço e arrepiar caminho!  Quatro-olhos: Mais falta fariam os dois pares de olhos aos homens do que aos peixes. O elogio dos peixes termina realçando-se a sua importância na prática do jejum e o seu mais fácil acesso aos pobres.
  6. 6. Disciplina de Português Profª: Helena Maria Coutinho
  7. 7.  Rémora (peixe pegador) – possui a barbatana dorsal transformada numa ventosa, com a qual se fixa a outros peixes de grandes dimensões, tartarugas ou mesmo a navios, podendo assim viajar grandes distâncias. Isto permite-lhe poupar energia.
  8. 8.  Torpedo – gera eletricidade através dos órgãos que se localizam ao longo de quase todo o corpo. Tratase de tecidos musculares, que, em vez de contrair, como fazem os músculos, libertam energia para o meio ambiente. Surge assim, à volta do peixe, um campo elétrico que, ao ser modificado pela presença de um corpo estranho, alerta o peixe e este emite uma descarga elétrica no intruso. As descargas produzidas prestam-se quer à subsistência alimentar, quer à autodefesa do animal em razão de perigo iminente.
  9. 9. Peixe quatro-olhos – tem, na verdade, apenas dois olhos. Cada olho é dividido em duas parte por uma tira opaca horizontal. Cada metade tem sua córnea e íris próprias, mas apenas uma única retina. Os cristalinos ovais são como óculos bifocais: a parte superior é própria para enxergar no ar e a parte inferior para enxergar na água. O peixe nada na superfície da água, com metade de cada um dos olhos submersa, e usa as duas séries de visão ao mesmo tempo.

×