FACULDADE DE RONDÔNIA 
ANALISE E PREVALÊNCIA DE PARASITOSES 
INTESTINAIS EM IDOSOS DA CASA SÃO VICENTE DE 
PAULA DE PORTO ...
INTRODUÇÃO 
 Os avanços tecnológico e científico tem acarretando melhorias 
na qualidade de vida da humanidade. 
 O Bras...
INTRODUÇÃO 
 As parasitoses intestinais dependem dos seguintes 
fatores: 
 constituição do solo; 
 índice de aglomeraçã...
OBJETIVO 
 Analisar a prevalência de parasitoses intestinais em idosos 
que residem na Casa do Ancião “Casa São Vicente d...
METODOLOGIA 
 O presente trabalho se refere a uma pesquisa de campo, 
quantitativa com perfil comparativo, que teve como ...
METODOLOGIA 
MÉTODOS E TÉCNICAS UTILIZADOS 
 Os métodos utilizados para a avaliação dos parasitos 
intestinais nas fezes ...
RESULTADOS E DISCUSSÃO 
 A Casa do Ancião “Casa São Vicente de Paula” tem um 
grau de limpeza e asseio recomendável, todo...
RESULTADOS E DISCUSSÃO 
IDENTIFICAÇÃO DO ENTREVISTADO: SEXO 
Nas 15 pessoas pesquisadas, o 
sexo predominante foi o 
mascu...
RESULTADOS E DISCUSSÃO 
IDENTIFICAÇÃO DO ENTREVISTADO: ESTADO CIVIL 
Sobre o estado civil, 53% 
responderam que são soltei...
RESULTADOS E DISCUSSÃO 
IDENTIFICAÇÃO DO ENTREVISTADO: IDADE 
A idade predominante situou-se 
entre 60 e 99 anos, com 
87%...
RESULTADOS E DISCUSSÃO 
IDENTIFICAÇÃO DO ENTREVISTADO: TEMPO DE RESIDÊNCIA 
O tempo de residência com 
maior predominância...
RESULTADOS E DISCUSSÃO 
INFORMAÇOES DE HIGIENE DO ENTREVISTADO 
 No exame parasitológico são pesquisadas formas diversas ...
RESULTADOS E DISCUSSÃO 
RESULTADO DOS EXAMES 
 A avaliação de entoparasitoses humanas, por meio de 
exames parasitológico...
RESULTADOS E DISCUSSÃO 
RESULTADO DOS EXAMES 
Após a coleta do material e 
posterior realização dos 
exames, foi constatad...
RESULTADOS E DISCUSSÃO 
RESULTADO DOS EXAMES 
O único parasita encontrado 
nos exames realizados foi a 
Ascaris lumbricoid...
RESULTADOS E DISCUSSÃO 
RESULTADO DOS EXAMES 
 Estes vermes parasitam o intestino delgado humano 
principalmente na regiã...
RESULTADOS E DISCUSSÃO 
RESULTADO DOS EXAMES 
 Devido a falta de dados sobre a prevalência de enteroparasitos 
em idosos ...
RESULTADOS E DISCUSSÃO 
RESULTADO DOS EXAMES 
 Embora a taxa de parasitose encontrada em idosos residentes 
na Casa do An...
CONSIDERAÇÕES FINAIS 
 O estudo alcançou seus objetivos e demonstrou sua 
importância quanto à prevalência de parasitos i...
CONSIDERAÇÕES FINAIS 
 Pesquisas devem continuar sendo realizadas nos idosos 
não apenas na Casa do Ancião em Porto Velho...
Prochain SlideShare
Chargement dans…5
×

Defesa

321 vues

Publié le

0 commentaire
0 j’aime
Statistiques
Remarques
  • Soyez le premier à commenter

  • Soyez le premier à aimer ceci

Aucun téléchargement
Vues
Nombre de vues
321
Sur SlideShare
0
Issues des intégrations
0
Intégrations
2
Actions
Partages
0
Téléchargements
12
Commentaires
0
J’aime
0
Intégrations 0
Aucune incorporation

Aucune remarque pour cette diapositive

Defesa

  1. 1. FACULDADE DE RONDÔNIA ANALISE E PREVALÊNCIA DE PARASITOSES INTESTINAIS EM IDOSOS DA CASA SÃO VICENTE DE PAULA DE PORTO VELHO Acadêmica: Angelucia Lima Tomé Orientadora: Profª. Adriana Mesquita.
  2. 2. INTRODUÇÃO  Os avanços tecnológico e científico tem acarretando melhorias na qualidade de vida da humanidade.  O Brasil tem demonstrado um significativo aumento na expectativa de vida de seu povo, entretanto, ainda há uma discrepância no que se refere à qualidade de vida entre as faixas etárias, em especial aos idosos, principalmente de regiões pobres como o Norte e o Nordeste.  Segundo o IBGE (2010) a população de idosos no Brasil dobrou nos últimos 20 anos e Porto Velho possui um quantitativo de 24.153 idosos, representando 6% da população.  O envelhecimento é caracterizado pela perda gradual das funções orgânicas, apresentando um aumento na suscetibilidade ao desenvolvimento de doenças entre elas as infecções parasitológicas.  No Brasil, as enteroparasitoses ocorrem em todas as regiões, tanto em zonas rurais, quanto em urbanas e em diferentes faixas etárias, prevalecendo nas populações que dispõem de deficitárias condições sanitárias e de saúde.
  3. 3. INTRODUÇÃO  As parasitoses intestinais dependem dos seguintes fatores:  constituição do solo;  índice de aglomeração da população;  condições econômicas e sociais;  condições sanitárias e educacionais;  presença de animais na área em torno das residências;  condições de uso e contaminação do solo, da água e dos alimentos;  capacidade de evolução das larvas e ovos dos helmintos e de cistos de protozoários em cada um desses ambientes.  As doenças parasitárias resultam em altos índices de morbidade e geralmente são associadas a quadros de diarreia crônica e desnutrição, comprometendo a saúde física e mental (Marques, 2003).
  4. 4. OBJETIVO  Analisar a prevalência de parasitoses intestinais em idosos que residem na Casa do Ancião “Casa São Vicente de Paula”, no município de Porto Velho, mantido pelo estado de Rondônia.
  5. 5. METODOLOGIA  O presente trabalho se refere a uma pesquisa de campo, quantitativa com perfil comparativo, que teve como alvo a população de idosos do município de Porto Velho – RO.  O critério de exclusão utilizado foi para dentre os residentes, os que não tenham concordado em se submeter à coleta de material (fezes).  O exame parasitológico das fezes (EPF) foi realizado para diagnosticar a presença de parasitos nas fezes dos idosos.
  6. 6. METODOLOGIA MÉTODOS E TÉCNICAS UTILIZADOS  Os métodos utilizados para a avaliação dos parasitos intestinais nas fezes foram:  o exame macroscópico e  a técnica de sedimentação espontânea (técnica de Lutz ou Hoffman, Pons e Janer).  As condições higiênicas do ambiente bem como dos pacientes foram avaliadas. POPULAÇÃO E AMOSTRA  População: O número de residentes é de 25 pessoas e  Amostra: pesquisada com idade média de 81,5 anos, foi de 15 internos
  7. 7. RESULTADOS E DISCUSSÃO  A Casa do Ancião “Casa São Vicente de Paula” tem um grau de limpeza e asseio recomendável, todo ambiente é higienizado desde a área de convivência, local mais vulnerável à infecção, passando pelos banheiros e sala de refeições até os quartos para dormir.  Toda água consumida pelos residentes é água mineral e estes são instruídos e lembrados a fazerem a higiene pessoal em horários pré-estabelecidos pelos profissionais da instituição.  A pesquisa foi dividida em duas partes:  identificação do entrevistado e  informações higiênicas.
  8. 8. RESULTADOS E DISCUSSÃO IDENTIFICAÇÃO DO ENTREVISTADO: SEXO Nas 15 pessoas pesquisadas, o sexo predominante foi o masculino com 60% e apenas 40% feminino, conforme pode ser visto no gráfico 1, ao lado. 60% 40% SEXO Masculino Feminino Gráfico 1 – Sexo dos entrevistados
  9. 9. RESULTADOS E DISCUSSÃO IDENTIFICAÇÃO DO ENTREVISTADO: ESTADO CIVIL Sobre o estado civil, 53% responderam que são solteiros e os demais, 47%, disseram serem viúvos, conforme gráfico 2, ao lado. Vale a pena acrescentar que embora a maioria que prepondera seja de solteiros quase todos têm famílias. 53% 47% ESTADO CIVIL Solteiro Viúvo Gráfico 2 – Sexo dos entrevistados
  10. 10. RESULTADOS E DISCUSSÃO IDENTIFICAÇÃO DO ENTREVISTADO: IDADE A idade predominante situou-se entre 60 e 99 anos, com 87%, encontrando-se pessoas com mais de 100 anos ( 13%). Isto mostra a grande variação de idade das pessoas pesquisadas. Estas informações estão apresentadas no gráfico 3, ao lado. 27% 20% IDADE 13% 20% 20% De 60 a 69 anos De 70 a 79anos De 80 a 89 anos De 90 a 99 anos De 100 ou mais anos Gráfico 3 – Idade dos entrevistados
  11. 11. RESULTADOS E DISCUSSÃO IDENTIFICAÇÃO DO ENTREVISTADO: TEMPO DE RESIDÊNCIA O tempo de residência com maior predominância varia entre 4 e 5 anos com um percentual de 33%, entretanto existem pessoas residindo no abrigo com até 7 anos responsáveis por 13% dos entrevistados, como pode ser observado no gráfico 4, ao lado TEMPO DE RESIDÊNCIA 13% 20% 33% 13% 20% Até 02 anos De 02 a 03 anos De 04 a 05 anos De 06 a 07 anos De 08 ou mais anos Gráfico 4 – Tempo de residência
  12. 12. RESULTADOS E DISCUSSÃO INFORMAÇOES DE HIGIENE DO ENTREVISTADO  No exame parasitológico são pesquisadas formas diversas de vários parasitas que causam doenças em humanos.  Alguns parasitas observados no exame não causam doenças, porém devem ser relatados, pois refletem o contato do paciente com alimentos, água e outros .  A Casa do Ancião tem um grau de limpeza e asseio dentro dos padrões, recomendáveis a uma boa residência, principalmente se tratando de um público idoso.  A água consumida é água mineral e com relação à higiene pessoal todos os idosos são orientados a lavar as mãos antes das refeições e após as necessidades fisiológicas, todos tomam banho diariamente, duas vezes ao dia.  Embora nenhum tenha realizado exame de fezes no ano de 2013 todos foram medicados contra parasitoses.
  13. 13. RESULTADOS E DISCUSSÃO RESULTADO DOS EXAMES  A avaliação de entoparasitoses humanas, por meio de exames parasitológicos, tem sido um parâmetro utilizado no sentido de se avaliar as condições sanitárias de populações que vivem em condições precárias no que tange ao saneamento básico e às baixas condições socioeconômicas.  Neste trabalho, para que tais condições fossem analisadas, foi solicitado aos residentes da Casa do Ancião “Casa São Vicente de Paula” que respondessem a um questionário.  As respostas dadas tinham o intuito de se verificar os hábitos de higiene dos residentes, as condições sanitárias do ambiente bem como coleta de material (fezes) para a realização de exames parasitológicos.
  14. 14. RESULTADOS E DISCUSSÃO RESULTADO DOS EXAMES Após a coleta do material e posterior realização dos exames, foi constatado os seguintes resultados. A prevalência de enteroparasitos diagnosticada foi de 27%, conforme mostrado no gráfico 5. RESULTADO DOS EXAMES 27% 73% Positivo Negativo Gráfico 5 – Resultado dos exames
  15. 15. RESULTADOS E DISCUSSÃO RESULTADO DOS EXAMES O único parasita encontrado nos exames realizados foi a Ascaris lumbricoides em forma de ovo, conforme demonstrado na figura 1, a seguir. Figura 1 – Ovo da ascaris lumbricoides Fonte: Atlas de parasitologia humana A espécie Ascaris lumbricoides, popularmente conhecidos como lombrigas ou bichas é o agente etiológico da ascaridíase. Trata-se de um representante do filo Nematódea, classe Secernentea, ordem Ascaridida, família Ascarididae.
  16. 16. RESULTADOS E DISCUSSÃO RESULTADO DOS EXAMES  Estes vermes parasitam o intestino delgado humano principalmente na região do jejuno, entretanto, nas infecções mais intensas, todo o intestino delgado pode estar povoado, não sendo rara a eliminação de vermes pela boca ou pela narina em indivíduos fortemente parasitados, especialmente crianças.  A ascaridíase é a mais frequente verminose humana. É amplamente distribuída pelas zonas tropicais e temperada do globo, sendo mais comum nas regiões com clima quente e úmido e está relacionada às condições sanitárias precárias.  Diante do exposto verifica-se que a Amazônia brasileira é o lugar propício à sua existência, tanto pelo clima como pela baixa existência de saneamento básico.
  17. 17. RESULTADOS E DISCUSSÃO RESULTADO DOS EXAMES  Devido a falta de dados sobre a prevalência de enteroparasitos em idosos no estado de Rondônia, fica difícil estimar a repercussão do parasitismo intestinal sobre a saúde e a economia da população de idosos estudados em Porto Velho.  Estudo semelhante realizado em Porto Alegre-RS no Instituto de Geriatria e Gerontologia da Pontifícia da (PUCRS), em 2011, mostrou que a prevalência de enteroparasitos encontradas nos idosos estudados em Porto Alegre foi de 12,9%, tanto para os idosos institucionalizados quanto para os idosos que frequentavam o ambulatório geriátrico.  Verifica-se, um percentual maior de idosos infectados na Casa do Ancião em Porto Velho-RO, comparado ao encontrado no ambulatório geriátrico de Porto Alegre-RS.
  18. 18. RESULTADOS E DISCUSSÃO RESULTADO DOS EXAMES  Embora a taxa de parasitose encontrada em idosos residentes na Casa do Ancião em Porto Velho-RO, tenha sido elevada, ainda assim foi menor do que em outros estudos realizados no Brasil e na América Latina.  Em Nova Olinda-AM, foi encontrado uma prevalência de 72,8% de enteroparasitoses em 81 idosos.  No Chile, em 493 idosos chilenos, prevalência de enteroparasitos foram de 37,8% da população parasitada.  Em João Pessoa-PB, em 365 idosos verificou-se a percentagem de 55,1% de parasitos intestinais.  Esses resultados mostram que cada região geográfica tem suas peculiaridades socioeconômicas, ambientais e educacionais.
  19. 19. CONSIDERAÇÕES FINAIS  O estudo alcançou seus objetivos e demonstrou sua importância quanto à prevalência de parasitos intestinais na população idosa.  Conforme pesquisas feitas para a conclusão deste estudo, provavelmente até o momento este é o único voltado à correlação de enteroparasitoses em idosos na Casa Do Ancião em Porto Velho-RO.  Não é correto, cientificamente, fazer comparações entre os resultados apresentados pelos diferentes trabalhos no Brasil e na América Latina, por terem sido feitos com amostras não padronizadas da população estudada e usando-se técnicas coproscológicas diferentes.  Para a busca da prevenção das infecções parasitárias, se faz necessário a identificação da fonte e o modo como ocorre a infecção, que podem diferir em áreas geográficas e períodos sazonais.
  20. 20. CONSIDERAÇÕES FINAIS  Pesquisas devem continuar sendo realizadas nos idosos não apenas na Casa do Ancião em Porto Velho-RO mas também em toda Rondônia e no Brasil.  O objetivo é propor medidas sanitárias e educacionais para melhorar o estado de saúde das populações.  Estudos de prevalência são necessários não só para se mensurar o problema das altas taxas de morbidade associadas a essas parasitoses, mas também para gerar dados para o planejamento de políticas públicas voltadas para melhoria na qualidade de vida da sociedade.

×