Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.

Transparência e Compliance no Terceiro Setor

299 vues

Publié le

Fernando Nogueira | Painelista
Coordenador do Mobilab+ Laboratório de Inovação Aberta da Prefeitura de São Paulo, vinculado à Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia e à Prodam; É professor na FGV-SP, instituição onde fez Mestrado e Doutorado em Administração Pública e Governo; É pesquisador e ativista em inovação pública, gestão de associações e investimento social privado; É Presidente do Conselho do Instituto Doar e responsável pelo Guia Melhores ONGs; Já trabalhou em diversas organizações de destaque no 3º setor como GIFE – Grupo de Institutos, Fundações e Empresas, Amcham – Câmara Americana de Comércio, CDI – Comitê para Democratização da Informática e Fundação Kellogg.

Publié dans : Business
  • Soyez le premier à commenter

Transparência e Compliance no Terceiro Setor

  1. 1. Transparência e Compliance no Terceiro Setor CRA-SP – 13/agosto/2019 Fernando Nogueira – Instituto Doar
  2. 2. 1. Instituto Doar e Melhores ONGs
  3. 3. • Guia para orientar doadores em suas doações: fortalecimento da Cultura de Doação • Divulgar as organizações que mais se destacam por sua gestão e transparência nas ações • Fortalecimento das organizações • Ferramenta para aprimoramento de processos internos Sobre o Guia
  4. 4. 2. Critérios e processo de seleção
  5. 5. Processo do Guia Melhores ONGs • 1ª fase: abril a junho 2019 • 2ª fase: julho a agosto 2019 • Pré-seleção de 200 finalistas pela equipe do Melhores • Julgamento pelos jurados: setembro / outubro 2019 • Reunião da Comissão Julgadora (Doar, lideranças da soc. civil e pesquisadores CEAPG / FGV-SP): outubro 2019 • Divulgação dos resultados: novembro / dezembro 2019
  6. 6. Critérios de seleção 1. Causa e Estratégia de Atuação 2. Representação e Responsabilidade (Governança) 3. Gestão e Planejamento 4. Estratégia de Financiamento 5. Comunicação e Prestação de contas Em síntese: uma organização com missão, causa e estratégia claras, apoiada por uma ampla gama de pessoas, comunidades e organizações, com práticas de gestão sistematizadas e transparentes, tendo múltiplas fontes de sustentabilidade e legitimidade organizacional.
  7. 7. 3. Visão geral e números
  8. 8. Números das edições 2018 / 2019 2018: • 675 completas • 306 selecionadas para a 2ª fase • 100 premiadas 2019: • 757 completas • 406 selecionadas para a 2ª fase • 100 premiadas (serão conhecidas até dez/2019) • Pela 1ª vez: candidatos de todos os estados brasileiros!
  9. 9. UF # SP 49 RJ 14 MG 9 RS 8 BA 3 AM 2 CE 2 DF 2 PR 2 SC 2 ES, GO, MT, PA, PB, PE, RN (cada) 1 Total 100 100 melhores ONGs 2018 Região # SE 73 S 12 NE 8 CO 4 N 3 Total 100
  10. 10. 100 melhores ONGs 2018 Causa # Assistência Social 27 Criança e Adolescente 18 Saúde 18 Educação 10 Desenvolvimento Local 9 Meio Ambiente 5 Direitos Humanos 4 Outros 4 Cultura 3 Esporte 2 Total 100 Faixa de orçamento # 1. Até R$ 100 mil 1 2. De R$ 100 a 200 mil 2 3. De R$ 200 a 500 mil 4 4. De R$ 500 mil a 1 milhão 11 5. De R$ 1 a 10 mi 46 6. De R$ 10 a 50 mi 22 7. Acima de R$ 50 mi 14 Total 100
  11. 11. Categoria Vencedor Região Norte IMAZON Região Nordeste Associação Obras Sociais Irmã Dulce Região Centro-Oeste Casa Azul Felipe Augusto Região Sul FOCO EMPREENDEDOR Região Sudeste Instituto Fazendo História Assistência Social Instituto Ramacrisna Criança e Adolescente ChildFund Brasil Saúde Instituto Ronald McDonald Educação Vaga Lume Desenvolvimento Local TETO Brasil Meio Ambiente WWF-Brasil - Fundo Mundial para a Natureza Direitos Humanos Instituto Igarapé Esporte Instituto Reação Cultura ASSOCIAÇÃO AMIGOS DO PROJETO GURI ONG de pequeno porte Unidos Pela Vida | Instituto Brasileiro de Atenção à Fibrose Cística Melhor ONG geral Casa de Apoio à Criança com Câncer Durval Paiva - CACC Vencedores da edição 2018
  12. 12. 4. O que podemos aprender com as melhores ONGs do Brasil?
  13. 13. Principais diferenças entre 100 melhores e finalistas - gerais • As 100 melhores: • Captam mais com indivíduos e com governos (as finalistas dependem mais das empresas) • Média de 4 mil doadores PF • Fazem mais planejamento estratégico • Avaliam desempenho dos gestores • Fazem plano de captação de recursos (com metas!) • Dependem menos de apenas 1 única fonte de financiamento (ou seja, base de apoio mais diversa)
  14. 14. Estratégias de comunicação • Principais estratégias / canais usados: 1. [MUITO] Site e mídias sociais 2. [MÉDIO] Email marketing e folhetos / materiais impressos 3. [POUCO] Anúncios (online + rádio TV), assessoria de imprensa e mala direta • Mídias sociais mais usadas: • Facebook (100%!) • Twitter (+50%) • Instagram (20 a 30%)
  15. 15. Transparência e prestação de contas • As 100 melhores: • Têm plano de comunicação anual (78% > 53%) • Divulgam estatuto no site (88% > 79%) • Publicam relatório de atividades anual (96% > 84%) • Publicam demonstrativos financeiros (94% > 75%)
  16. 16. Novidades para a edição 2019 1. Foco da comunicação • Programas / atividades • comunicação institucional • causa • prestação de contas • canal de diálogo 2. Mais questões de governança / relação entre conselho, gestores e equipe 3. Tem código de ética / conduta?
  17. 17. Algumas questões para reflexão 1. O desafio da transparência em um contexto de restrições democráticas: o caso das ONGs de defesa de direitos 2. Confiança na ONG é tida como cada vez mais relevante por doadores brasileiros (pesquisas IDIS e FGV/Conectas) • Confiança a partir de elementos pessoais / informais e impessoais / formais • Confiança como transparência e gestão adequada dos recursos e impacto na realidade (em menor grau, verificação externa e ausência de corrupção / mau uso de recurso) 3. Diagnóstico preliminar de fragilidade das áreas de comunicação / transparência em ONGs
  18. 18. Caminhos para desenvolvimento organizacional 1. Comunicar mais e investir em transparência 2. Sistematizar práticas e planos de gestão 3. Investir em captação: planos, recursos, diversificar fontes 4. Buscar base de apoio e legitimidade mais ampla – público alvo, voluntários, conselheiros, doadores pessoa física
  19. 19. Obrigado =) Fernando Nogueira Presidente do Conselho Instituto Doar Fernando.nogueira@fgv.br Para dúvidas do guia: melhores@institutodoar.org

×