Curso Linux Daiane Aliprandini Joice Fontanella
Menino O menino que corria pelos campos de trigo, hoje não corre mais. As pernas cansaram. Ele, que não imaginava o tamanh...
Mas, o sol ainda brilha nos dias de hoje, talvez o mesmo sol de sua infância. O negro dos seus olhos ainda é semelhante as...
Hoje seu corpo est á  envelhecido, mas nele, não morreu a crian ç a do passado.
O menino que corria pelos campos de trigo,  hoje corre pelas cidades dos homens tentando se adaptar as trocas de seus dinh...
As negociatas de influência abrem portas, pernas e mostram o vazio de algumas vidas que s ó  consegue ser preenchido com m...
O menino que corria pelos campos de trigo,  hoje sonha com uma volta. Para onde?
Talvez ao mundo dos meninos. Não, l á  tamb é m não foi bom.
Acredito, menino, que o segredo  é  caminhar. Um dia parar, envelhecer e morrer. Tudo tão simples.
Poesia Adalberto Machado dos Santos Fotos Daiane Maria Aliprandini
Prochain SlideShare
Chargement dans…5
×

Poesia Menino

1 659 vues

Publié le

Publié dans : Art & Photos, Formation, Technologie
  • Soyez le premier à commenter

  • Soyez le premier à aimer ceci

Poesia Menino

  1. 1. Curso Linux Daiane Aliprandini Joice Fontanella
  2. 2. Menino O menino que corria pelos campos de trigo, hoje não corre mais. As pernas cansaram. Ele, que não imaginava o tamanho do mundo, hoje, j á possui uma no ç ão de sua grandeza. Ele, que sonhava encontrar pessoas com seu jeito, acordou do sonho triste e s ó .
  3. 3. Mas, o sol ainda brilha nos dias de hoje, talvez o mesmo sol de sua infância. O negro dos seus olhos ainda é semelhante as noites em que ficava acordado, imaginando o mundo adulto.
  4. 4. Hoje seu corpo est á envelhecido, mas nele, não morreu a crian ç a do passado.
  5. 5. O menino que corria pelos campos de trigo, hoje corre pelas cidades dos homens tentando se adaptar as trocas de seus dinheiros.
  6. 6. As negociatas de influência abrem portas, pernas e mostram o vazio de algumas vidas que s ó consegue ser preenchido com moedas.
  7. 7. O menino que corria pelos campos de trigo, hoje sonha com uma volta. Para onde?
  8. 8. Talvez ao mundo dos meninos. Não, l á tamb é m não foi bom.
  9. 9. Acredito, menino, que o segredo é caminhar. Um dia parar, envelhecer e morrer. Tudo tão simples.
  10. 10. Poesia Adalberto Machado dos Santos Fotos Daiane Maria Aliprandini

×