Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.

Freud e os mecanismos de defesa

Trabalho de psicologia da educação. Com tema Psicanálise de Freud e os mecanismo de defesa.

Livres associés

Gratuit avec un essai de 30 jours de Scribd

Tout voir
  • Soyez le premier à commenter

Freud e os mecanismos de defesa

  1. 1. PSICANÁLISE: FREUD E OS MECANISMOS DE DEFESA LICENCIATURA EM FILOSOFIA PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO ANDREI NASCIMENTO DOS ANJOS FÁBIO ASSUNÇÃO MELO VASCONCELOS JOMARA FERREIRA LIMA THAÍS CRISTINA OLIVEIRA DE MORAES
  2. 2. “O ESPELH O, SÃO MUITOS.” GUIMARÃES ROSAROSA, João Guimarães. Primeiras estórias. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1988.
  3. 3. REPRESSÃO É um mecanismo de defesa básico pelo qual os sentimentos, as lembranças e os impulsos proibidos são expulsos da consciência. Ex: em sala de aula pode haver uma dificuldade em abordar certos temas.
  4. 4. NEGAÇÃO Trata-se de um mecanismo primitivo que consiste em negar um fato evidente. É geralmente uma defesa contra a angústia, negando a realidade. Ex: diante do término de um namoro, o sujeito pode dizer “Está tudo bem. Eu nunca gostei dele (a) mesmo. Estou ótimo (a)!”
  5. 5. OUTROS EXEMPLOS
  6. 6. FORMAÇÃO REATIVA Este processo acontece quando existe repressão dos próprios impulsos acompanhada com uma tendência contrária. Assim, mantém o impulso indesejado e oculto longe do consciente, super-enfatizando o impulso oposto, ainda que “falso”. Ex: o sujeito possui uma postura e atitude extremamente rígidas com relação à sexualidade, pode estar ocultando seu lado sexual mais libertino e o que a sociedade consideraria imoral.
  7. 7. OUTROS EXEMPLOS
  8. 8. PROJEÇÃO
  9. 9. RACIONALIZAÇÃO O Homem Vitruviano O Abaporu
  10. 10. FIXAÇÃO
  11. 11. REGRESSÃO
  12. 12. DESLOCAMENTO
  13. 13. SUBLIMAÇÃO
  14. 14. REFERÊNCIAS: BRAGHNIROLLI, Elaine Mari. et. al. Psicologia Geral. Petrópolis: Vozes, 1997. pp. 195 – 197. CARRARA, Kester (org). Introdução à psicologia da educação: seis abordagens. São Paulo: Avercamp, 2004. pp. 2 KUSNETZOFF, Juan Carlos. Introdução à psicopatologia psicanalítica. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1982. pp.183-197. RIBEIRO, Maviane Vieira Machado; NEVES, Marisa Maria Brito da Justa. A educação e a psicanálise: um encontro possível?. Brasília: UNB. Psicologia: Teoria e Prática – 2006. p.112-122. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/ptp/v8n2/v8n2a08.pdf. Acesso em: 30/10/16. SILVA, Elizabete Bianca Tinoco. Mecanismos de defesa do Ego. FUNEDI. Disponível em: http://www.psicologia.pt/artigos/textos/TL0212.pdf. Acesso em: 30/10/16.

    Soyez le premier à commenter

    Identifiez-vous pour voir les commentaires

  • CarlaLopes110

    Apr. 5, 2017
  • JulianaEschiavoni

    Jun. 18, 2017
  • MarcelaVerosa1

    Aug. 6, 2017
  • AliceMontenegro

    Sep. 14, 2017
  • VeraLuciaDaSilva10

    Oct. 30, 2017
  • GiseliaGomesBrito

    Dec. 6, 2017
  • AlexsanderQueirozSil1

    May. 19, 2018
  • TamirisGonalves6

    May. 25, 2018
  • Niklausmk7

    May. 27, 2018
  • Lawer2018

    Jun. 11, 2018
  • CarolinedeOliveira27

    Mar. 25, 2019
  • EmanuelleGonalves2

    May. 1, 2019
  • julianasalles19

    Jan. 13, 2020
  • MarleneSantos68

    May. 10, 2020
  • DanniMachadoSiqueira

    May. 13, 2020
  • SheilaVarejo

    Oct. 1, 2020

Trabalho de psicologia da educação. Com tema Psicanálise de Freud e os mecanismo de defesa.

Vues

Nombre de vues

4 319

Sur Slideshare

0

À partir des intégrations

0

Nombre d'intégrations

2

Actions

Téléchargements

75

Partages

0

Commentaires

0

Mentions J'aime

16

×