Ce diaporama a bien été signalé.
Le téléchargement de votre SlideShare est en cours. ×

Moluscos novo

Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Publicité
Prochain SlideShare
Moluscos
Moluscos
Chargement dans…3
×

Consultez-les par la suite

1 sur 15 Publicité
Publicité

Plus De Contenu Connexe

Publicité

Moluscos novo

  1. 1. MOLUSCOS
  2. 2. CARACTERIZAÇÃO GERAL • Corpo mole, viscoso e não segmentado • Partes do corpo: cabeça, pé e massa visceral. • Cabeça nítida ou não, pode apresentar olhos e tentáculos. • Pé: órgão locomotor, fixador e cavador • Massa visceral: protegida ou não por uma concha • Hábitat: aquático ou terrestre úmido
  3. 3. CARACTERIZAÇÃO GERAL
  4. 4. CLASSIFICAÇÃO •Gastrópodes
  5. 5. Possui o maior número de espécies dentre os moluscos, com cerca de 70.000 espécies. Único grupo de moluscos com representantes na água doce, no mar e no ambiente terrestre. Grande diversidade de hábitos alimentares: há espécies carnívoras, espécies herbívoras e espécies detritívoras.
  6. 6. Classe Bivalvia (Pelecypoda) Apresentam corpo envolvido por uma concha constituída de 2 valvas. Ocorrem tanto na água doce como no ambiente marinho. Na evolução do grupo houve redução da cabeça e desaparecimento da rádula. Os bivalves são animais filtradores e conseguem o alimento pelas brânquias. Como representantes do grupo temos as ostras, os mariscos, as vieiras e os mexilhões. Um bivalve exótico é o teredo, que vive em madeira e atacam embarcações. Vieiras Ostra
  7. 7. PRODUÇÃO DE PÉROLA Certos bivalves são capazes de produzir pérolas com valor comercial – são as ostras perlíferas. A formação da pérola inicia-se quando algum corpo estranho entra no espaço entre a concha e o manto. Este, então, secreta sucessivas camadas de nácar Ostra perlífera (madrepérola  material orgânico, brilhante, presente na superfície interna da concha, usado para fazer botões) sobre o invasor. Trata-se, portanto, de um mecanismo de defesa do molusco.
  8. 8. Classe Cephalopoda: • Grupo de moluscos mais evoluídos. • Representantes: lulas, sépias, náutilo, polvo, argonauta. • São moluscos com sistema circulatório fechado e sistema nervoso bem com gânglio cerebróide bem desenvolvido. • Possuem olhos com visão em cores. • Há espécies com concha calcária externa (ex.:náutilo), com concha interna e reduzida (ex.: lula) e sem concha (ex.: polvo). • A pele possui células denominadas cromatóforos, dotadas de pigmentos, cuja alteração de distribuição promove alterações na cor do animal. • Lulas e moluscos possuem glândula de tinta. Sempre que ameaçados eliminam o conteúdo dessa glândula, o que torna o ambiente turvo, possibilitando-os fugir. Polvo argonauta Náutilo
  9. 9. Apresentam tubo digestório completo. A digestão é extracelular e intracelular. Na boca dos moluscos, exceto dos bivalves, há uma estrutura exclusiva do grupo: a rádula
  10. 10. Respiração: branquial (ocorre nas formas aquáticas) ou pulmonar (ocorre nos gastrópodes  único grupo de moluscos a conquistar o ambiente terrestre. Ex.: lesmas. Em algumas espécies há respiração cutânea. Excreção: ocorre por meio de nefrídeos. Cada nefrídeo possui uma abertura no celoma, responsável pela filtração do líquido celomático e uma abertura na cavidade do manto, por onde as excretas são eliminadas. Sistema Nervoso: Tipo ganglionar ventral. Há vários gânglios nervosos ligados entre si por meio de cordões nervosos ventrais.
  11. 11. Sistema circulatório. Nos moluscos, o sistema circulatório é aberto, exceto nos cefalópodes (polvos/lulas/sépias...). Uma característica desse tipo de sistema circulatório é que ao sair dos vasos o sangue perde pressão, o que limita o tamanho do animal. Nos cefalópodes, o sistema circulatório é fechado. O sangue fica permanentemente dentro de vasos sangüíneos.

×