Ce diaporama a bien été signalé.
Nous utilisons votre profil LinkedIn et vos données d’activité pour vous proposer des publicités personnalisées et pertinentes. Vous pouvez changer vos préférences de publicités à tout moment.
Ginásio Experimental Olímpico – Santa Teresa /RJ
Humanidades Turma: ________ Ano: 6º
Professor(a): Tânia Almeida
Atividade...
Ginásio Experimental Olímpico – Santa Teresa /RJ
Humanidades Turma: ________ Ano: 6º
Professor(a): Tânia Almeida
Atividade...
Ginásio Experimental Olímpico – Santa Teresa /RJ
Humanidades Turma: ________ Ano: 6º
Professor(a): Tânia Almeida
Atividade...
Ginásio Experimental Olímpico – Santa Teresa /RJ
Humanidades Turma: ________ Ano: 6º
Professor(a): Tânia Almeida
Atividade...
Ginásio Experimental Olímpico – Santa Teresa /RJ
Humanidades Turma: ________ Ano: 6º
Professor(a): Tânia Almeida
Atividade...
Ginásio Experimental Olímpico – Santa Teresa /RJ
Humanidades Turma: ________ Ano: 6º
Professor(a): Tânia Almeida
Atividade...
Prochain SlideShare
Chargement dans…5
×

Elementos da Narrativa - 6º ano

21 434 vues

Publié le

Atividade sobre elementos da narrativa, introduzindo o assunto.

Publié dans : Formation
  • Identifiez-vous pour voir les commentaires

Elementos da Narrativa - 6º ano

  1. 1. Ginásio Experimental Olímpico – Santa Teresa /RJ Humanidades Turma: ________ Ano: 6º Professor(a): Tânia Almeida Atividade: O texto narrativo e seus elementos O QUE É UMA NARRAÇÃO Narração é o relato de acontecimentos, reais ou fictícios, com a participação de personagens cujas ações são contadas por um narrador. O texto narrativo apresenta um enredo, formado por uma sequência de fatos dos quais participam personagens, em determinado lugar e em determinado tempo. Em geral, o enredo de um texto narrativo apresenta as seguintes partes: · introdução ou apresentação: começo da história em que se situam os fatos iniciais,; · conflito: acontecimento que altera a situação inicial e complica o enredo; · clímax: momento de maior tensão, quando o conflito atinge seu ponto máximo; · conclusão ou desfecho: solução do conflito, que pode ser feliz, cômica, trágica, surpreendente. Em uma narrativa, costuma haver os elementos a seguir: · Fatos: conjunto de acontecimentos encadeados que constituem o enredo ou a trama. · Personagens: pessoas ou seres personificados que vivem os fatos narrados; podem ser protagonistas, antagonistas ou personagens secundários. · Tempo: época em que a história se passa; quanto tempo duram os fatos. · Lugar: espaço ou cenário onde ocorrem os fatos. · Narrador: aquele que conta os fatos: pode ser personagem ou observador. EXEMPLO E EXERCÍCIOS TEXTO 1 Os homens do ar Em sua prisão, Dédalo continuava a trabalhar. Porém, cansado dessa estadia forçada em Creta e querendo voltar para Atenas, pôs o filho a par de suas intenções: “Minos pode nos fechar os caminhos da terra e das águas, mas o dos céus permanece aberto. É por ele que iremos. Minos pode ser senhor de tudo, menos do ar!” Tratou então de inventar uma nova arte que iria proporcionar ao homem meios antes nunca experimentados. Arrumou numa linha, regularmente, penas de pássaros, alternando as curtas e as compridas. Grudou todas elas com cera e depois as curvou de leve para imitar as asas dos pássaros. O jovem Ícaro ajudava desajeitadamente seu pai nessa delicada montagem. Dois pares de asas saíram das mãos do artesão. Pai e filho as prenderam aos ombros. Milagre! Bastava agitá-las para sair do solo.
  2. 2. Ginásio Experimental Olímpico – Santa Teresa /RJ Humanidades Turma: ________ Ano: 6º Professor(a): Tânia Almeida Atividade: O texto narrativo e seus elementos Essa sensação nova encantou o jovem Ícaro. Antes de levantar voo, Dédalo beijou o filho e lhe fez as últimas recomendações: “Mantenha distância do oceano para que o ar úmido não torne suas asas pesadas demais. Mas também não vá muito alto, senão o calor do sol irá queimá-lo. Voe entre os dois e procure me seguir.” Creta já ficara para trás, quando o rapaz quis ganhar um pouco de liberdade. Afastando-se do guia, voou mais alto, cada vez mais alto, na direção do sol ardente. O calor não demorou a amolecer a cera que unia as penas, e elas se soltaram e dispersaram ao sabor das correntes de ar quente. O garoto agitou os braços nus... Mas já não tinha apoio no ar. Seu corpo caiu pesadamente e desapareceu nas profundezas do oceano. Ele mal teve tempo de gritar o nome do pai. Dédalo se virou tarde demais. Lá embaixo, viu a água escura marcada por um ponto de espuma. Amaldiçoou seu invento e deu cabo dele assim que chegou a Atenas. POUZADOUX, Claude. Contos e lendas da mitologia grega. O texto “Os homens do ar” conta uma história, portanto é um texto narrativo. Observe a presença de fatos. a) Os fatos narrados podem ser reais ou imaginários. Após a leitura desse texto você observou se os fatos são reais ou fictícios? Retire elementos do texto que possam justificar sua resposta. ______________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________ b) O personagem principal recebe o nome de protagonista. Qual é o protagonista do texto lido? ______________________________________________________________________________________________ c) O personagem que participa menos dos fato chama-se personagem secundária. Nessa narrativa quem é o personagem secundário? ______________________________________________________________________________________________ d) O que Dédalo pensou quando resolveu voltar para Atenas e revelou a seu filho suas intenções? Retire o fragmento do texto. ______________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________
  3. 3. Ginásio Experimental Olímpico – Santa Teresa /RJ Humanidades Turma: ________ Ano: 6º Professor(a): Tânia Almeida Atividade: O texto narrativo e seus elementos e) Qual a invenção de Dédalo pensando em proporcionar ao homem uma sensação de liberdade? ______________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________ f) Dédalo, ao prender o invento em Ícaro, seu filho, fez uma recomendação. Qual recomendação foi essa? ______________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________ Quem conta os fatos no texto é próprio narrador, quando a história é contada por um dos personagens, temos o narrador-personagem, ou narrador em 1ª pessoa. Se o narrador não participa dos fatos, recebe o nome de narrador-observador, ou narrador em 3ª pessoa. ► No texto, qual é o tipo de narrador? Justifique sua resposta. ______________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________ TEXTO 2 Leia a seguir um conto tradicional do Japão, datado do século VIII, de autoria desconhecida. Como outros contos do estilo, ele apresenta uma história aparentemente inocente, mas com um ensinamento de vida. Espelho no cofre De volta de uma longa peregrinação, um homem carregava sua compra mais preciosa adquirida na cidade grande: um espelho, objeto até então desconhecido para ele. Julgando reconhecer ali o rosto do pai, encantado, ele levou o espelho para sua casa. Guardou-o num cofre no primeiro andar, sem dizer nada a sua mulher. E assim, de vez em quando, quando se sentia triste e solitário, abria o cofre para ficar contemplando “o rosto do pai”. Sua mulher observou que ele tinha um aspecto diferente, um ar engraçado, toda vez que o via descer do quarto de cima. Começou a espreitá-lo e descobriu que o marido abria o cofre e ficava longo tempo olhando para dentro dele. Depois que o marido saiu, um dia ela abriu o cofre, e nele, espantada, viu o rosto de uma mulher. Inflamada de ciúme, investiu contra o marido e deu-se então uma grave briga de família. O marido sustentava até o
  4. 4. Ginásio Experimental Olímpico – Santa Teresa /RJ Humanidades Turma: ________ Ano: 6º Professor(a): Tânia Almeida Atividade: O texto narrativo e seus elementos fim que era o seu pai quem estava escondido no cofre. Por sorte, passava pela casa deles uma monja. Querendo esclarecer de vez a discussão, ela pediu que lhe mostrassem o cofre. Depois de alguns minutos no primeiro andar, a monja comentou ainda lá de cima: — Ora, vocês estão brigando em vão: no cofre não há homem nem mulher, mas tão somente uma monja como eu! Fonte: Espelho no cofre. In: Os cem melhores contos de humor da literatura universal. Seleção e tradução de Flávio Moreira da Costa. Rio de Janeiro: Ediouro, 2001. p. 29-30. O texto “O espelho no cofre” é um conto. Nele, a ação pode situar-se em qualquer época, mesmo no futuro. No entanto, o espaço onde se passa a história costuma ser limitado. Pode existir mais de um cenário, mas a ação principal geralmente transcorre num lugar só. No conto, é o conflito que organiza a ação e, geralmente, este é estabelecido nos primeiros parágrafos. É em torno dele que a ação será desenvolvida e concluída. 1) Identifique, no conto, alguns elementos do enredo. Para cada um, escreva uma frase com suas palavras. a) O conflito ______________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________ b) O clímax ______________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________ c) A situação final ______________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________ 2) Onde está o humor do conto? ______________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________ 3) Em que espaço a história acontece? Como você poderia caracterizá-lo? ______________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________
  5. 5. Ginásio Experimental Olímpico – Santa Teresa /RJ Humanidades Turma: ________ Ano: 6º Professor(a): Tânia Almeida Atividade: O texto narrativo e seus elementos 04) A história ocorre: (a) num espaço aberto (b) num espaço fechado (c) dentro do cofre (d) no texto não há elementos para responder a pergunta 05) Em que consiste o humor do conto? (a) No homem reconhecer, no espelho, o rosto do pai. (b) Na mulher ver, no espelho, o rosto de uma mulher. (c) Na monja reconhecer, no espelho, outra monja, como ela. (d) No fato de que nenhuma das personagens conhece ou sabe para que serve um espelho. 06) Indique o clímax do texto. (a) O marido sustenta que era seu pai quem estava no cofre. (b) A mulher abre o cofre e vê sua própria imagem refletida no espelho. (c) A monja vê sua imagem no espelho. (d) Ocorre uma briga entre marido e mulher. 07) Dentre os acontecimentos do Conto, está em estaque: (a) A briga entre marido e mulher, ou seja, o conflito. (b) A intervenção da monja, isto é, o desfecho. (c) A mulher ter visto sua imagem no espelho. (d) O homem ter dito à mulher que era seu pai quem estava no cofre. 08) No texto, a personagem principal: (a) É o marido. (b) É a monja. (c) É a mulher. (d) São homem, mulher e monja. 09) A palavra espreitar, no texto, tem como sinônimo: (a) Indagar. (b) Espremer.
  6. 6. Ginásio Experimental Olímpico – Santa Teresa /RJ Humanidades Turma: ________ Ano: 6º Professor(a): Tânia Almeida Atividade: O texto narrativo e seus elementos (c) Vigiar. (d) Olhar. 10) Em “Encantado, julgou reconhecer o rosto do pai”, percebe-se que: (a) O homem gostou de ter encontrado seu pai. (b) O homem havia comprado um espelho. (c) O homem parecia-se com o pai. (d) No espelho havia o retrato de seu pai. Adaptações de http://aprendaportugueson.blogspot.com.br/2011/02/6-ano-texto-narrativo-uma-historia- http://atividadeslinguaportuguesamarcia.blogspot.com.br/2013/02/estudo-da-estrutura- do-conto-espelho-no.htmlde.html

×